– Carta Aberta de um Não Eleitor, Não Militante, Não Sindicalizado e Não Entusiasta do SAFESP (nem de COAFESP ou órgão apócrifo).

Sei que no dia 25 de março ocorrerão eleições no Sindicato dos Árbitros do Estado de São Paulo. Aurélio Sant’Anna Martins, do Vale do Paraíba e ex-árbitro contemporâneo a minha época será um dos concorrentes (com a ex-árbitra Regildênia, Fabrício Porfírio, Marco Andrade Mota, Alex Alexandrino e outros corretos membros em sua chapa).

Nunca fiz campanha a ninguém. Não farei agora (até porque não voto). Mas por ter certa respeitosa liberdade e nenhum impedimento de me relacionar com essa candidatura, algumas perguntas pertinentes:

Prezado Aurélio, durante e pós-campanha…

Não mudará o nome de Aurélio para Aureliozinho para ganhar simpatia?;

Não vai promover (ou pedir que árbitros promovam) cervejada eleitoral?;

Não vai pedir para gravarem vídeo dizendo que “o Aurélio mudou minha vida”?;

Não apagará da Internet a campanha para ficar sem rastreamento do que foi dito?;

Não precisará pedir a amigo que convoque reunião de árbitros, pesagem dentro de um salão ou qualquer obrigação que fará árbitro viajar de todo o estado coincidindo com sua presença e uma urna no local?;

Não será picareta em dizer que se sacrificará e abrirá mão do seu tempo e dinheiro pelos colegas árbitros (isso seria demagogia barata, tem que trabalhar remuneradamente, com horário e transparência, sem se fazer de vítima);?

Não trabalhará de empregado junto aos que você tem que cobrar, evitando a incompatibilidade de cargos?;

Não fará favor gratuito às entidades que escalam árbitros, como suposto abnegado pela arbitragem e disfarçadamente exercendo seu desejo pessoal?;

Não abaixará a cabeça ou desviará de arquibancada quando ver alguém honesto e conhecido, fazendo de conta que não viu a pessoa e nem por ter medo de ser cobrado?;

Não estará concomitantemente no Acre e em São Paulo; nem nos confins de qualquer estado do Nordeste ou em reunião de outra entidade, pois sabe que foi eleito para SP e em SP estará?;

Não visitará árbitro em teste físico e ficará abraçando apaixonados pela categoria, devolvendo favores em escalas?;

Não menosprezará iniciantes da carreira e nem se fará prestativo somente na campanha?;

Não cairá no ridículo em mandar seus árbitros sindicalizados seguirem X ou não seguirem Y nas Redes Sociais, tentando desqualificar àqueles que você tem repulsa?;

Não gastará dinheiro em coisas que não dizem respeito à arbitragem, nem em lugares que mancham a imagem de um esportista ou até mesmo de uma pessoa honrada?;

Não se embebedará nem estará em inferninhos da vida usando do cargo?;

Não patrocinará textos de blogueiros com matérias em prol-Aurelio, nem difamatórias aos que emitem alguma opinião concretamente justa contra-Aurelio?; 

Não impedirá uma auditoria total e a publicidade dos fatos, nem terá medo de uma Lava-Jato do futebol?;

Não criticará ninguém com os termos de “tenista” ou “frentista”, como se fosse algo pejorativo, e sugestionando seus subordinamos a evitarem tais pessoas?; e,

Não pulará do barco quando a corda começar a arrebentar para curtir a vida e deixar de lado as promessas de campanha?

Caro Aurélio, antes que alguém possa escrever ou dizer que estou atacando fulano ou beltrano com esses questionamentos a você (não estou atacando outros candidatos, nem o atual presidente ou a entidade SAFESP), saiba que são somente palavras direcionadas à sua candidatura, sem citar nomes de ninguém além do seu, a fim de ter certeza de que está consciente das coisas que pode enfrentar, acertar ou errar. 

Que os desafios sejam encarados para o enfrentamento e que a preocupação em sempre fazer o certo (isso inclui comportamento ético, democrático e digno) sejam perenes e a necessidade de fugir das tentações, da vaidade, da ganância do poder e do dinheiro (isso é uma reflexão ao candidato Aurélio e seus pares de chapa a se atentarem incessantemente) tornem-se lembretes diários. 

Reforço: torço que os candidatos à Eleição do Safesp estejam preparados e que ela seja uma disputa elegante, respeitosa e repelida dos bajuladores de cargos e pessoas nojentas ao mundo da democracia e da educação / bons costumes. 

Em tempo e em linguagem bem direta: se você ganhar, não seja vingativo com quem perdeu / àqueles que perderam (seja justo apenas), pois algo muito triste seria imaginar a tentativa de prejudicar a carreira de alguém por envolvimento político OU NÃO O ENVOLVIMENTO DE.

O texto é longo, mas as preocupações com o futuro do Safesp são do mesmo tamanho. Novamente desejo boa sorte aos candidatos e que essas palavras de um NÃO ELEITOR, mas ex-árbitro sindicalizado à entidade POR OBRIGAÇÃO da FPF (isso é ridículo que tenha que ser submetido), possa apenas trazer a reflexão de uma conduta transparente e exemplar. E como não sou mais membro do Safesp, me recuso a dizer o que acho “que tenha sido as outras gestões” (tanto que em momento algum cito aqui os nomes dos outros gestores). 

Felizmente vivemos uma democracia onde todos podem se candidatar e o respeito deve andar de mãos dadas com a liberdade de expressão.

Insisto às patrulhas e exploradores: as perguntas pertinentes desta postagem são a você, Aurélio, a fim de, em caso ganhando, se policiar. Não sei o que aconteceu ou o que acontece nos bastidores do Sindicato dos Árbitros de São Paulo desde 2010 (e nem quero saber, tenho coisas muito mais importantes a fazer), por isso escrevo bem a vontade.

Se eu fosse eleitor, não votaria na chapa do Aurélio, pois não desejo que sofra com problemas gástricos. Eu votaria em branco. E se ganhar, não me convide a cargos (lógico que não me convidará) e não terá meu apoio situacionista nem minha oposição radicalista. Sou como árbitro de antes de 01.06.2019 com as regras antigas: NEUTRO.

Atenciosamente,

Rafael Porcari. 

Anúncios

3 comentários sobre “– Carta Aberta de um Não Eleitor, Não Militante, Não Sindicalizado e Não Entusiasta do SAFESP (nem de COAFESP ou órgão apócrifo).

  1. Corrigindo o que foi descrito no início… Não são ex-árbitros, estão afastados até o final das eleições por força do estatuto do Safesp. Após eleição, ganhando ou perdendo, podem retornar as escalas de jogos profissionais normalmente.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.