– A Política de Preços Flutuantes da Petrobrás

A Petrobrás oficializou o que vem chamado pelos economistas de política flutuante. Ou seja, muda o preço conforme a variação no mercado internacional. Isso faz com que as oscilações possam ser diárias. Quem recebeu combustível na 6ª e sábado, pagou caro e teve que reajustar. Se der sorte de comprar na baixa, dá para vender mais barato.
Veremos os preços dessa semana para ver o que acontece. Está cada vez mais difícil essa política de preços…

Como se programar financeiramente? E o consumidor, como fica? É uma gangorra de valores!

Repare que na alta, sobe rapidinho. Mas na baixa…

bomba.jpg

– A Compra da Liquigás pela Ultragaz: o CADE realmente proibirá?

A Ultragaz (que é da Ipiranga) quer comprar a Liquigás (que é da Petrobrás). Para tanto, em novembro de 2016 ofereceu R$ 2,8 bilhões pela aquisição.

Porém, nessa semana o CADE (que barrou a compra da Alesat pela Ipiranga) reafirmou que a complexa operação pode não ser realizada. Quem agradece é a Nacional Gás, da Família Queiroz (dona da Rede Verde Mares de Comunicação e da água Minalba).

Aliás, segundo as projeções do Governo, o botijão de gás deverá custar quase R$ 100,00 até dezembro de 2017!

bomba.jpg

– De Mito ao Mico da Indústria Automobilística

E o que falar do Nano, o carro popular da Tata Motors?

Ratan Tata foi comparado como o novo Henry Ford do século XXI. O empreendedor indiano apostou alto no Nano, um carrinho pequeno e que prometia ser uma sensação global.

Uma matéria antiga, mas relevante sobre o projeto tão badalado (extraído de Época Negócios, Ed Janeiro / 2011, pg 26)

O NANO MICOU

por Fernando Valeika de Barros

O bilionário indiano Ratan Tata deveria fechar o ano de 2010 rindo à toa. Seu conglomerado de 98 companhias em setores como construção, siderurgia, energia, comunicações e automóveis faturou US$ 67,4 bilhões. Mas Tata enfrenta uma dor de cabeça inesperada. Ela vem do produto que o tornou famoso no mundo: o Nano.

Quando foi lançado, em 2009, por módicos R$ 4,2 mil, o carro compacto gerou uma fila de 2,5 milhões de pessoas interessadas em adquirir as primeiras 100 mil unidades. Só que as coisas não saíram como Tata esperava. A produção do Nano numa nova linha de montagem em Sanand, no estado de Gujarat, atrasou, e o carro só chegou a cinco províncias indianas. Mas mesmo nelas o entusiasmo esfriou e o Nano encalhou. Em novembro passado, quando o mercado indiano registrou vendas de 203 mil automóveis, foram comercializadas apenas 509 unidades do Nano. A previsão da Tata apontava para 10 mil unidades mensais.

Mas o que deu errado? Quase tudo. O preço subiu 7,7%. Uma falha no projeto causou incêndio em seis automóveis. Para piorar, a Tata Motors recusou-se a admitir o problema e responsabilizou a instalação de aparelhos de som potentes pelos incêndios. Só em novembro a empresa anunciou a extensão da garantia dos carros zero-quilômetro para quatro anos (e não mais 18 meses). Enfrentou ainda problemas externos, como a falta de crédito ao consumidor mais pobre e o fato de o Nano, diferentemente das motos, muito usadas na Índia, não caber nas pequenas vielas e garagens das favelas de cidades grandes como Mumbai e Nova Délhi. Mais um contratempo: muitos dos consumidores que Ratan Tata cobiçava não querem um carro com motor de 624 cilindradas, que acelera a 105 km/h a duras penas. Para enfrentar o problema, a Tata Motors quer agora vender o Nano nas áreas rurais. “O Nano merece uma chance”, diz Prakash Telang, diretor de operações da Tata. “Nosso carro é seguro, tem qualidade e é confiável.”

 

bomba.jpg

– A Recuperação Judicial do Lance!

Quem diria… o jornal esportivo Lance pediu “concordata” (como se diria antigamente), motivado pela queda de mais de 20% da circulação e da menor quantidade de assinantes digitais.

A verdade é que a crise econômica atinge os setores. Se você pode ler a mesma notícia pela Internet de graça em portais renomados como UOL, GloboEsporte, ESPN ou FOX, por que pagar uma assinatura de jornal?

Claro, dá muito gosto virar calmamente as páginas do jornal e ler sem pressa (eu prefiro o papel impresso do que a leitura na tela), mas são sinais do tempo, nos quais perdeu-se o costume do “jornal escrito”.

Lembro-me de quando o Lance foi lançado e era muito bom, rivalizando com a Gazeta Esportiva, que ficou somente na Web. Tive o prazer de recortar a minha primeira “escala de arbitragem” lá publicada: Paraguaçuense X Bandeirante de Birigui, em Paraguaçu Paulista (quando a Copa Paulista era mais prestigiada). E nomes como Flávio Prado, Sócrates, depois Mauro Betting, PVC e outros tantos abrilhantaram o periódico.

Uma pena que esteja acontecendo isso, pois no Estado de São Paulo o Lance ainda é o único jornal especializado em esportes. Mas que a qualidade vinha caindo (erros de português, escala de árbitros equivocada, e outras tantas bolas foras), não dá para negar.

bomba.jpg

– E o novo aumento de Diesel?

Será que o Governo não sabe que o Brasil “roda movido a Diesel”?

Nesta 3a feira, mais um aumento no preço dos combustíveis: cerca de R$ 0,032 a mais no Óleo Diesel.

Já perceberam quantos aumentos tivemos nos últimos tempos? A cada dois ou três dias há um pequeno reajuste. Acumule tudo isso para você ver quanto dá!

Mais do que isso, o reajuste dos fretes é inevitável, fazendo com que se onere ainda mais o transporte de alimentos.

Mas calma… segundo Temer, está “tudo em ordem”…

bomba.jpg

– Comércio de Órgãos Humanos se Torna Realidade nos EUA

Diferente que o Brasil, nos EUA se pode vender sangue humano. Alguns cidadãos podem comercializar (sem prejuízo a sua saúde) o próprio sangue sem sanções da Lei. Claro que há a discussão entre os doadores (que o fazem por boa vontade) em relação a quem quer ganhar dinheiro com a ação.

Agora, a Justiça Americana autorizou a comercialização da Medula Óssea (em média, 3,000.00 dólares a quem vai ceder). Se levarmos em conta que há espera de 6 meses na fila de doadores, sabedores que é proibido se vender qualquer órgão no Brasil, valeria o debate?

Sinceramente, prefiro crer que as pessoas façam as doações por ação solidária. Mas é inegável que teríamos mais vidas salvas (a um certo custo financeiro), caso o comércio fosse legalizado por aqui.

A propósito do tema, será que a Engenharia Genética e a Medicina estariam longe da criação de órgãos em laboratórios para a comercialização? E a clonagem, ajudaria?
Questões certamente polêmicas e que serão cada vez mais pertinentes nos próximos anos.

imgres.jpg

– Há 24 anos, nascia o Telefone Celular!

Veja que interessante: a Telesp Celular começava a operacionalizar o telefone celular, 24 anos atrás.

Eu me lembro bem: era caríssimo. Assinatura de 40 dólares, fora o custo das tarifas (realizadas e recebidas)!

Olha o Estadão da época, do dia anterior ao início das atividades:

5909044950080525874.jpg

– Os 7 únicos listados mais ricos do mundo da Forbes

Na semana passada, por algumas horas, Jeff Pezos (O dono da Amazon) tornou-se o homem mais rico do mundo (por algumas horas, acumulando US$ 90 bilhões), superando Bill Gates (Microsoft), que estava há 18 anos consecutivos como número 1 da relação.

Mas você sabia que a lista da Revista Forbes, que há 30 anos faz o ranking, só teve 7 nomes diferentes no topo?

Além de Pezos (por horas) e Gates (por anos), figuraram na lista: Amancio Ortega, dono da rede de lojas Zara, Warren Buffett (investidor financeiro e dono da holding Berkshire Hathaway), Carlos Slim (dono da America Movil, que controla a Claro), Yoshiaki Tsutsumi (Seibu Group, imobiliário) e Taikicho Mori (Tokio, construtora).

bomba.jpg

– ATENÇÃO: O 6o aumento do combustível chegará nesse final de semana!

Mais 2% de aumento na Gasolina sem tanta repercussão?

Falamos na segunda-feira dos 5 (CINCO) aumentos dos combustíveis em 10 dias, que foram feitos na surdina.

(Vide aqui: https://professorrafaelporcari.com/2017/08/01/o-5o-quinto-aumento-dos-combustiveis-e-ninguem-fala-nada/.)

Ainda nesse apocalíptico panorama, a Petrobrás decidiu um novo reajuste para sábado, o sexto em 14 dias! Parece que tal forma de aumentos pequenos e contínuos servem para mascarar os grandes valores que passaram a ser cobrados.

O Sindicato dos Postos de Combustíveis alerta: os revendedores não estão aguentando e as vendas despencaram. Os políticos roubam a Petrobrás e o eleitor é quem paga a conta…

Sobre isso, em: http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/apos-reajustes-nos-preco-dos-combustiveis-lucro-em-postos-diminui-30-na-regiao-de-campinas.ghtml

– O 5o (QUINTO) aumento dos combustíveis! E ninguém fala nada?

Passou dos limites: a Petrobrás anunciou o 5o aumento de combustível em 10 dias! Faz parte da empresa acompanhar o mercado internacional (é uma nova política), mas tudo tem sido feito à surdina, aos poucos, sem o consumidor perceber.

Saiba: houve o aumento de R$ 0,40 dos impostos dia 28/07. Depois ocorreu na Gasolina os aumentos de 2%, 1.8%, 2% e nesta quarta-feira 1,6%. O Diesel sofreu do “mesmo mal”.

A farra das mordomias dos políticos continua, e nós pagamos o rombo?

bomba.jpg

– Quem paga R$ 1 bi em propina…

Antes, acreditávamos que o país estava quebrado por conta do Mensalão dos Correios. Posteriormente, descobriu-se algo muito maior, chamado Petrolão. Depois de tudo isso, soube-se que a Odebretch é quem mandava no país. Não bastasse isso, surgiu a JBS desmentindo a todos que acreditavam ser aquele o limite da corrupção.

Documentos entregues à Justiça demonstram que, só em propina, o Grupo J&S deu mais de 1 bilhão de reais para os políticos!

Quem dá 1 bi em corrupção espera faturar quanto de volta? Afinal, não dá para crer que alguém gasta esse valor para receber menos do que “investiu”.

bomba.jpg

– 3o Aumento dos Combustíveis e a Liminar contra o Governo!

Esse país enlouqueceu, definitivamente.

Eis que a Petrobrás anunciou um novo reajuste na Gasolina em 1,9% e do Diesel em 1,4% a partir de 4a feira, dia 26 de julho.

Se não bastasse isso, sabemos que na última semana tivemos dois aumentos: os dos impostos e do combustível em si (vide sobre o ocorrido aqui: http://wp.me/p4RTuC-jxx). Será o 3o reajuste em menos de 7 dias!

Há pouco, o juiz federal Renato Coelho Borelli, da 20a Vara de Brasília, concedeu uma liminar que suspende o 1o aumento, o de impostos, alegando que “esse tipo de aumento não pode ser por decreto, mas só por projeto de lei”.

Quanto tempo a cassarão?

bomba.jpg

– Nosso Compromisso

Amigos, reitero nosso compromisso com nossos clientes do Posto Harmonia / Ipiranga: venderemos os Combustíveis no PREÇO ANTIGO até o final do estoque (que durará até este sábado e parte do domingo, provavelmente).

Aproveitem, pois o aumento é previsto em até R$ 0,40!!!

Para quem não soube dos mega-reajustes, aqui: https://professorrafaelporcari.com/2017/07/21/dois-aumentos-nos-combustiveis-em-menos-de-24h-como-isso-e-possivel/

bomba.jpg

– Você sabe identificar notas falsas?

Na região doe Jundiaí, constantes golpes com notas falsas têm sido tentados; alguns frustrados, outros com sucesso.

É difícil identificar uma boa falsificação. Vez ou outra ouvimos notícias de que até mesmo em caixas eletrônicos pessoas recebem notas falsas. Mas vão algumas dicas:

(Extraído de http://www.acescp.com.br/ace2012/index.php/scpc/2012-03-21-22-23-24/76-dicas-sobre-como-reconhecer-notas-falsas.html)

DICAS PARA EVITAR NOTAS FALSAS

Quando você receber uma cédula veja sempre os principais elementos de segurança: a marca d’água, a imagem latente e o registro coincidente.
Cerca de 60% das cédulas falsas não possuem marca d’água. O fato do papel ser aparentemente verdadeiro, porém, não garante que a cédula seja autêntica. 15% das falsificações do Real são obtidas a partir da lavagem de cédulas de menor valor. As demais cédulas falsificadas (aproximadamente 25% do total) utilizam papel parecido, mas não autêntico, com marcas de água diferentes e vários outros detalhes alterados em relação as cédulas verdadeiras.

1. Observe a marca d’água. Cerca de 60% das cédulas falsas retidas pelo Banco Central não apresentam marca d’água.

Segure a cédula contra a luz, olhando para o lado que contém a numeração. Observe na área clara à esquerda, as figuras que representam a República ou a Bandeira Nacional, em tons que variam do claro ao escuro.

As cédulas de R$50,00 e R$100,00 apresentam como marca d’água apenas a figura da República.

As cédulas de R$1,00, R$5,00 e R$10,00 podem apresentar como marca d’água a figura da República ou a Bandeira Nacional.

A cédula de R$2,00 apresenta como marca d’água apenas a figura da tartaruga marinha com o número 2.

A cédula de R$20,00 apresenta como marca d’água apenas a figura do mico-leão-dourado com o número 20.

2. Sinta com os dedos o papel e a impressão.

O papel legítimo é menos liso que o papel comum.
A impressão apresenta relevo na figura da República (efígie), onde está escrito “BANCO CENTRAL DO BRASIL” e nos números do valor da cédula.

3. Observe a estrela do símbolo das Armas Nacionais nos dois lados da cédula.

Olhando a nota contra a luz, o desenho das Armas Nacionais impresso em um lado deve se ajustar exatamente ao mesmo desenho do outro lado.

4. Observe as micro impressões.

Com o auxílio de uma lente, pequenas letras “B” e “C” poderão ser lidas na faixa clara entre a figura da República (efígie) e o registro coincidente (Armas Nacionais) e no interior dos números que representam o valor.

5. Observe a imagem latente.

Observando o lado da cédula que contém a numeração, olhe a partir do canto inferior esquerdo, colocando-a na altura dos olhos, sob luz natural abundante: ficarão visíveis as letras “B” e “C”.

6 . Linhas multidirecionais.

As notas de real também contam com linhas retas, paralelas, extremamente finas e bastante próximas entre si, dando a idéia de que houve uma impressão contínua no local. Apesar de estarem em toda a extensão da cédula, as linhas podem ser vistas mais facilmente na área da marca d’água.

7 . Fibras coloridas.

Ao longo de toda a cédula, podem ser vistos pequenos fios espalhados no papel, nas cores vermelha, azul e verde, em ambos os lados.

8 . Fio de segurança.

Um fio vertical, de cor escura, está embutido no papel da cédula. Ele pode ser facilmente visto contra a luz. Está presente em todas as cédulas, menos nas de R$ 1 e R$ 5, que apresentam, como marca d’água, a figura da Bandeira Nacional.

9 . Fibras sensíveis à luz ultravioleta.

São pequenos fios espalhados no papel, que se tornam visíveis, na cor lilás, quando expostos à luz ultravioleta. São encontrados nos dois lados da cédula.

10 . Microchancelas.

São as duas assinaturas – uma do Ministro da Fazenda, outra do Presidente do Banco Central do Brasil. Sem as assinaturas as cédulas não têm valor legal.

11. Sempre que possível, compare a cédula suspeita com outra que se tenha certeza ser verdadeira.

– Dois Aumentos nos Combustíveis em menos de 24h! Como isso é possível?

Tivemos absurdamente dois reajustes nos preços dos combustíveis seguidamente:

1) De 5a para 6a feira, à noite, o Governo Federal aumentou os tributos dos combustíveis.

2) Na 6a feira à tarde, a Petrobrás aumentou o preço dos produtos.

Para acompanhar tudo isso, houve o disparo do preço do Etanol devido ao consumo e escassez (por culpa da demanda).

Assim, um dos impostos da Gasolina (a CIDE) saltou de R$ 0,3816 para R$ 0,792 em cada litro! Fora o aumento do PIS e COFINS, além do reajuste anunciado hoje.

O Ministro da Fazenda Henrique Meirelles disse na Globonews que o aumento poderia chegar até dois dígitos, e acreditou-se que chegaria aos R$ 0,10. Ledo engano… Quando divulgado o primeiro aumento, percebeu-se que atingiria mais de R$ 0,40, e com o reajuste dessa 6a feira, dependendo da região, atingiu R$ 0,50.

O duro é o presidente Michel Temer declarar que:

“O povo brasileiro saberá compreender esse pequeno aumento neste momento difícil”.

Entender como, cara-pálida? “Pequeno”? Onde?

Para cobrir o déficit fiscal causado pelos políticos, o contribuinte é quem pagará a conta? E os senhores políticos nada fazem para aliviar o custo do Estado?

Não me venha com discurso ideologista nessa hora, atacando a herança do PT, a gestão do PMDB ou o legado de FHC pelo PSDB: todos são culpados por tornarem a Petrobrás de 5a maior petroleira do mundo em maior empresa endividada do planeta – sendo gerida por um Governo que não corta suas despesas, em um país cujo povo permite mordomias aos políticos e autoridades das 3 esferas, sem se manifestar como deveria: nas urnas!

bomba.jpg