– Noites Traiçoeiras. E dias também!

Eu gosto demais da canção católica “Noites Traiçoeiras”, especialmente quando se fala sobre “se o mundo te faz sofrer, Deus te quer sorrindo”.

Abaixo:

NOITES TRAIÇOEIRAS

Deus está aqui neste momentoSua presença é real em meu viverEntregue sua vida e seus problemasFale com Deus, Ele vai ajudar você
 
Deus te trouxe aquiPara aliviar os teus sofrimentoÉ Ele o autor da FéDo princípio ao fimEm todos os seus tormentos
 
E ainda se vier noites traiçoeirasSe a cruz pesada for, Cristo estará contigoO mundo pode até fazer você chorarMas Deus te quer sorrindo
 
E ainda se vier noites traiçoeirasSe a cruz pesada for, Cristo estará contigoO mundo pode até fazer você chorarMas Deus te quer sorrindo
 
Seja qual for o seu problemaFale com Deus, ele vai ajudar vocêApós a dor vem a alegriaPois Deus é amor e não te deixará sofrer
 
Deus te trouxe aquiPara aliviar o seu sofrimentoÉ Ele o autor da FéDo princípio ao fimEm todos os seus tormentos
 
E ainda se vier noites traiçoeirasSe a cruz pesada for, Cristo estará contigoO mundo pode até fazer você chorarMas Deus te quer sorrindo
 
E ainda se vier noites traiçoeirasSe a cruz pesada for, Cristo estará contigoO mundo pode até fazer você chorarMas Deus te quer sorrindoMas Deus te quer sorrindo
 

– Viva Santa Cecília, Padroeira dos Músicos!

A todos os músicos (assim como “eu”), hoje é um dia de alegria. É dia de Santa Cecília, padroeira dos músicos!

A seguir, a belísisma história da nossa intercessora:

http://www.ordemdesantacecilia.org/historia_de_santa_cecilia_2.html

Ops: Acho que exagerei quando disse que era músico. Esposo de instrumentista também entra na categoria? Sou afinadinho…

Abaixo, o hino de Santa Cecília:

http://www.ordemdesantacecilia.org/hino_de_santa_cecilia.html

Ops2: Tudo bem, até minha filhinha toca melhor do que eu. Não sei nem bater palmas…

Agora, a Oração de Santa Cecília:

http://www.ordemdesantacecilia.org/oracao_a_santa_cecilia.html

Ops3: Músico ou não, o que vale é a fé em Santa Cecília!

Imagem extraída de https://conventodapenha.org.br/santa-cecilia-padroeira-dos-musicos-22-de-novembro/ (Reprodução ACI Digital)

– Letra e Cifra de “Estás entre Nós” / “Tu és minha Vida”.

Para inspirar: “Tu és minha vida” / “Estás entre nós” é uma canção católica que nos faz viajar no Espírito Santo! Uma letra que permite refletir o quanto Deus nos ama e nos protege.

Meditemos a letra dessa música! Assista e reflita em: https://youtu.be/uwKbhfdoBK0

ESTÁS ENTRE NÓS

Em         C     D             G
Tu és minha vida, outro Deus não há!
Em             C        D         G
Tu és minha estrada, a minha verdade
Am       D      G         Em
Em tua palavra eu caminharei
Am            D       G           B7
Enquanto eu viver e até quando tu quiseres
Am                D     G           Em
Já não sentirei temor, pois, estás aqui
C           D       Em
Tu estás no meio de nós

Em              C    D           G
Creio em Ti, Senhor, vindo de Maria
Em             C      D           G
Filho eterno e Santo, homem como nós
Am          D          G            Em
Tu morreste por amor; vivo estás em nós
Am        D         G             B7
Unidade trina com o Espírito e o Pai
Am             D     G         Em
E um dia eu bem sei: tu retornarás
C           D          Em
E abrirás o reino dos céus

Em              C    D           G
Tu és minha força, outro Deus não há!
Em          C    D           G
Tu és minha paz, minha liberdade
Am          D    G       Em
Nada nesta vida nos separará
Am        D    G                 B7
Em tuas mãos seguras minha vida guardarás
Am                D   G           Em
Eu não temerei o mal, tu me livrarás
C           D         Em
E no teu perdão viverei!

Em              C    D           G
Ó, Senhor da vida, creio sempre em ti!
Em          C    D           G
Filho Salvador, eu espero em ti!
Am          D    G       Em
Santo Espírito de amor: desce sobre nós
Am          D        G                 B7
Tu, de mil caminhos, nos conduzes a uma fé
Am                D   G           Em
E por mil estradas onde andarmos nós
C           D         Em
Qual semente nos levarás!

C           D       Em
Tu estás no meio de nós
C           D          Em
E abrirás o reino dos céus
C           D         Em
E no teu perdão viverei!
C           D         Em
Qual semente nos levarás!

Em         C     D             G
Tu és minha vida, outro Deus não há!

– Vermelho. Que musiquinha ruim…

Rapaz, sem querer, bem por acaso, assisti a um clipe chamado “Vermelho”, da cantora Glória Groover (ou algo assim).

Respeito todos os gostos musicais, mas… além da letra de duplo ou triplo sentido, uma produção para lá de gosto duvidoso. Apelativo!

Claro, há quem goste. Mas eu não compraria uma mídia como essa.

– As 10 melhores músicas de todos os tempos!

Se você gosta de música boa, certamente já deve ter lido muitas listas sobre “as melhores de todos os tempos”.

Abaixo, da Revista Rolling Stones, as 10 mais (extraído de: https://www.revistabula.com/44870-10-melhores-musicas-de-todos-os-tempos-segundo-a-revista-rolling-stone/)

10 MELHORES MÚSICAS DE TODOS OS TEMPOS

Por Fer Kalaoun

A revista “Rolling Stone” existe desde 1967, na Califórnia, produzindo conteúdo completamente voltado para a cultura popular, a música, o cinema e assuntos políticos mais polêmicos, inicialmente com cobertura do extravagante jornalista Hunter Thompson. Com um exército de 250 artistas, músicos, produtores, críticos e jornalistas do meio musical, o veículo recriou sua lista de “500 melhores músicas de todos os tempos”. A última versão da lista foi lançada há quase 20 anos. Foram aproximadamente 4 mil faixas votadas, dentre as quais, 500 foram selecionadas para o ranking. A única brasileira a despontar no rol é “Ponta de Lança Africano (Umbabarauma)”, de Jorge Ben, lançada em 1976. Confira o top 10 da lista agora, na Revista Bula. Os títulos estão classificados de acordo com as posições no ranking original.

Respect, Aretha Franklin (1967)

Originalmente escrita e lançada em 1965 por Otis Redding, a canção foi sucesso na voz de seu autor, mas superou todas as expectativas quando gravada pela cantora de Rythm & Blues, Aretha Franklin, em 1967. Além de se tornar um dos singles mais vendidos dos Estados Unidos, na voz da diva, a música ficou no topo na Billboard por duas semanas seguidas e se tornou um símbolo do movimento feminista.

Fight the Power, Public Enemy (1989)

A primeira versão da música foi lançada como single, em 1989, e se destacou como trilha sonora do filme de Spike Lee “Do The Right Thing”. Em 1990, o grupo a relançou em uma nova versão para o álbum “Fear of a Black Planet”. A letra inclui referências a James Brown, o cristianismo afro-americano e a luta pelos direitos civis.

A Change is Gonna Come, Sam Cooke (1964)

Em fevereiro de 1964, Sam Cooke lançou a canção em seu álbum “Ain’t That Good News”. Mais tarde, neste mesmo ano, uma versão ligeiramente alterada, com produção de Hugo e Luigi, entrou no lado b do single “Shake”. Cooke foi inspirado a escrever “A Change is Gonna Come” por vários acontecimentos de sua vida, mas em especial, quando ele e sua banda foram expulsos de um hotel para brancos na Louisiana. O fato o marcou e o motivou a falar sobre a luta dos afro-americanos pelos direitos civis.

Like a Rolling Stone, Bob Dylan (1965)

Os primeiros versos surgiram durante uma exaustiva turnê pela Europa. Algumas semanas mais tarde, ela ganhou estrofes e foi incorporada no disco “Highway 61 Revisited”, de 1965. Considerada longa e pesada demais pela gravadora, a canção só foi lançada porque uma cópia vazou e tomou os clubes de música nos Estados Unidos, sendo considerada “revolucionária” por críticos.

Smells Like Teen Spirit, Nirvana (1991)

Faixa de abertura de “Nevermind”, de 1991, a música se tornou um hit e colocou a banda de grunge Nirvana no circuito popular. Um hino dos jovens que nasceram no pós-Segunda Guerra, a letra contesta a apatia dos adolescentes daquela geração diante de assuntos de relevância política e social. Com estrofes suaves, a canção é marcada pelo riff rápido e barulhento e vocais guturais no refrão.

What’s Going On, Marvin Gaye (1971)

Escrita por Marvin Gaye, Renaldo Benson e Al Cleveland, “What’s Going On” é uma canção de cunho político e que transita por elementos do gospel, soul, funk e jazz. A letra foi inspirada por um episódio testemunhado por Benson, durante uma viagem para Berkeley. Manifestantes protestavam contra a Guerra do Vietnã, em maio de 1969, quando foram recebidos com truculência por policiais no People’s Park. Ao comentar o fato com Cleveland, surgiu a ideia de escrever a canção questionando o que estaria acontecendo com o país. Ao mesmo tempo, os levantes civis de Watts motivaram Gaye a complementar a letra.

Strawberry Fields Forever, The Beatles (1967)

Composta por John Lennon, a canção foi inspirada nos campos de morango do Exército da Salvação, onde brincava quando criança e que ficava próximo de sua casa. “Strawberry Fields Forever” foi lançada em 1967, no álbum “Sgt. Peppers Lonely Hearts Club Band”, sendo a primeira música do disco a ser gravada e definindo o conceito de rock psicodélico.

Get Ur Freak On, Missy Elliott (2001)

Escrita por Missy Elliot e Timbaland, a música tem como base elementos do bhangra, um estilo popular de música indiana, especialmente em Punjab. Seu lançamento foi inicialmente como single, em março de 2001. Posteriormente, uma versão remix foi lançada por Nelly Furtado e usada como trilha sonora de “Lara Croft: Tomb Raider”. Outros filmes também utilizaram a faixa, como “Bem-vindo à Selva”, com Dwayne Johnson, e “O Virgem de 40 Anos”, com Steve Carrell.

Dreams, Fleetwood Mac (1977)

De autoria de Stevie Nicks, vocalista do grupo, “Dreams” fez parte do álbum “Rumours”, de 1977. Em 1998, o grupo The Corrs a regravou para um álbum de covers de Fleetwood Mac. Ela foi escrita durante um período em que os integrantes da banda enfrentavam problemas em seus relacionamentos conjugais, o que motivou a letra. Após Nicks escrever a canção e mostrar aos outros membros da banda, eles decidiram gravá-la no dia seguinte.

Hey Ya!, Outkast (2003)

Composta e produzida por André 3000 para o álbum “The Love Below”, que integra o álbum duplo “Speakerboxxx/The Love Below”, o videoclipe é uma paródia à apresentação dos Beatles no “The Ed Sullivan Show”, em 1964.

Abertas as inscrições para o Festival da Canção em Irineópolis - CBN Vale do Iguaçu - 106,5 FM

Imagem extraída de: https://www.vvale.com.br/cbnvaledoiguacu/cbn-tarde-de-noticias/abertas-inscricoes-para-o-festival-da-cancao-em-irineopolis/

– Axl Rose e Billy Idol no Rock in Rio: “a desejar”?

Não assisti, mas não duvido: leio que as performances de Axl Rose (do Guns N’Roses) e de Billy Idol no Rock in Rio foram decepcionantes. E por dois motivos: a qualidade / saúde da voz (que já não é a mesma) e a desafinação!

Uma pena… símbolos da minha adolescência / juventude, grandes roqueiros que não se cuidaram ao longo do tempo.

Sobre essa crítica, aqui (para quem assistiu e quer concordar ou discordar): https://www.terra.com.br/amp/diversao/musica/rock-in-rio/rock-in-rio-com-a-voz-em-ruinas-billy-idol-protagoniza-o-maior-vexame-do-festival,2a184af56389f4b34907d08ce744a6caozrdk27r.html

Foto: divulgação

– 33 anos sem o Maluco Beleza!

Um gênio, poeta e doido partiu há 33 anos.

Êta Raul Seixas… Se as drogas não tivessem acabado com ele, a metaformose ambulante continuaria por aí, sendo a Mosca na Sopa de muita gente que insiste em ser Camboy Fora da Lei! Valeu simpatia. Quem sabe daqui a 10.000 anos a gente se vê, pegando a linha do Metrô 783… Mas não estarei lá naquela sua Sociedade Alternativa não, hein?

Brincando com suas letras e canções, da inspiradíssima Gita a tantas outras, minha preferida é essa:

TENTE OUTRA VEZ

Veja!
Não diga que a canção
Está perdida
Tenha fé em Deus
Tenha fé na vida
Tente outra vez!…

Beba! (Beba!)
Pois a água viva
Ainda tá na fonte
(Tente outra vez!)
Você tem dois pés
Para cruzar a ponte
Nada acabou!
Não! Não! Não!…

Oh! Oh! Oh! Oh!
Tente!
Levante sua mão sedenta
E recomece a andar
Não pense
Que a cabeça agüenta
Se você parar
Não! Não! Não!
Não! Não! Não!…

Há uma voz que canta
Uma voz que dança
Uma voz que gira
(Gira!)
Bailando no ar
Uh! Uh! Uh!…

Queira! (Queira!)
Basta ser sincero
E desejar profundo
Você será capaz
De sacudir o mundo
Vai!
Tente outra vez!
Humrum!…

Tente! (Tente!)
E não diga
Que a vitória está perdida
Se é de batalhas
Que se vive a vida
Han!
Tente outra vez!…

Vídeo em: http://www.youtube.com/watch?v=Ef7jUQOCjS0&feature=fvst

– Luiz Ayrão: o cara é bom!

Há dois anos…

Eu gosto de boa música, e um dos compositores mais competentes do Brasil é Luiz Ayrão.

Pouca gente sabe, mas sucessos como Nossa Canção e tantos outros foram escritos por ele, nas vozes de Daniel, Roberto Carlos e muitos intérpretes famosos.

Não sabia por onde ele andava, e o vi no SBT, um pouco debilitado, mas ainda simpático e capaz!

Para quem curte letras de qualidade,

em: https://www.youtube.com/watch?v=mV4sTPS8uHY

– E Viva o Dia do Rock!

Yeah! Para quem curte, saiba porque hoje é uma data tão especial! Extraído da Wikipédia:

DIA DO ROCK

O dia 13 de julho é conhecido como Dia Mundial do Rock. A data foi escolhida em homenagem ao Live Aid, megaevento que aconteceu nesse dia em 1985. A celebração é uma referência a um desejo expressado por Phil Collins, participante do evento, que gostaria que aquele fosse considerado o “dia mundial do rock”. O evento também ficou conhecido por contar com grandes artistas do gênero, como Queen, Mick Jagger, Keith Richards, Ronnie Wood, Elton John, Paul McCartney, David Bowie, U2 entre outros.

Imagem relacionada

Imagem extraída da Internet, autoria desconhecida.

– Revivendo os anos 80: Karatê Kid e sua trilha sonora!

Minha flha mais velha é uma “Otaku” – uma adolescente apaixonada por animes e mangás japoneses. E brincando com ela sobre séries e filmes da cultura japonesa, achamos a trilha de Karatê Kid.

Quem viveu os anos 80 e não sabe o que é isso… 

De arrepiar o clip com Daniel Sam e Senhor Miagui, em: https://www.youtube.com/watch?v=3bFTlAj706A

– Simone , Simaria, Silmaria, Simara, Dona Maria, Sei lá.

Simone , Simaria, Silmaria, Simara, Dona Maria, Sei lá.

Não sou antenado nesses novos sertanejos, nem sei o que está se passando com eles. Mas que os assuntos que bombam nas redes sociais são essas mulheres nesta semana, não há dúvida.

Só sei que é uma dupla que se separou. Confere, produção?

Não seria… atenção demais para esse tema?

Extraído de: https://gauchazh.clicrbs.com.br/cultura-e-lazer/musica/amp/2022/06/homenagem-de-simone-para-simaria-em-show-vira-piada-nas-redes-sociais-cl4m2vgye0000019i6wn6pa6b.html

– “La Valse d’ Amelie”, by Marcel Franco de Oliveira.

Meu primo Marcel Franco de Oliveira é professor de música, e em seu sangue está o talento musical que veio do nosso avô. Ele sabe tocar tudo! E a sanfona do saudoso Toninho Porcari, em suas mãos, torna-se uma ferramenta de encanto aos nossos ouvidos.

Assista “La Valse d’ Amelie”, em: https://youtu.be/jl41DXbFsYk

– Gusttavo Lima é culpado?

Não sei uma música sequer dos novos sertanejos, mas sei que existem algumas polêmicas que estão acontecendo, devido a repercussão.

Por justiça: se o tal de Gusttavo Lima cobra R$ 800 mil por show em eventos particulares, por quê teria que cobrar diferente de eventos públicos?

Errado é quem paga! Que o munícipe cobre suas autoridades a justificativa de tal gasto. Dá retorno à cidade esse investimento?

Por mais que gere emprego temporário da indústria do entretenimento, a desculpa de “levar diversão” ao povo é absurda pelo valor pago.