– Uma mãe de viciado sobre Ludmila na Fátima Bernardes e o boicote dos consumidores contra a empresa de cosméticos (#ComLudmillaNaAvonTôFora)

Já viram a campanha #ComLudmillaNaAvonTôFora, que convida as pessoas a colarem essa #hastag de repudio à empresa de cosméticos?

Pois é: após a música que faz apologia às drogas chamada “Verdinha”, a cantora Ludmilla ganhou elogios entre os defensores da liberação das drogas e usuários da Maconha. E, como toda celebridade, ela tem um público cativo – que pode gostar desde as suas músicas, seu comportamento e até mesmo sua ideologia (não necessariamente concomitantemente).

Entretanto, a AVON, que a tem como garota-propaganda, está sofrendo uma ação de boicote por não combinar os valores dos consumidores da empresa e o mote defensivo de narcóticos da cantora.

Vide em: https://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/celebridades/marca-sofre-ameaca-de-boicote-apos-contratar-ludmilla-como-garota-propaganda-32453?fbclid=IwAR1WSSqJ-q2A3Ja9iR_gfs5n1vMcGLTgPfcFO6tJNNKd_FxTdduTYzs_bMk

A mesma Ludmilla trouxe muita repercussão quando esteve na Rede Globo, no Programa de Fátima Bernardes, dias atrás, trazendo grande aborrecimento às pessoas que possuem dependentes de drogas em seus lares e a fala descompromissada de responsabilidade social.

Enfim: tratar a Maconha como algo recreativo e sem alertar aos problemas sérios que são trazidos à saúde por uma artista, nada mais parece como um meio de se ganhar dinheiro sem pensar nas consequências. Ou não?

Abaixo, uma publicação extraída do Facebook da Jornalista Izilda Alves, da Federação do Amor Exigente:

INDIGNADA, MÃE QUE PERDEU O FILHO POR DEPENDÊNCIA DE MACONHA ESCREVE A LUDMILLA E A FÁTIMA BERNARDES

Vocês não viveram na pele o que eu e outras tantas mães passamos por causa do uso de maconha pelos nossos filhos: surtos, agressões, traficantes (por causa de dívida e a família é quem paga, para que não se pague tirando a vida deles), e por último a demência mental que esta maldita droga, a maconha, causa.”.

Palavras de JANI XAVIER, que na véspera do Dia das Mães DE 2017, estava no Instituto Médico Legal, de Cotia, cidade paulista a 35 quilômetros da capital, reconhecendo o corpo do filho de 27 anos, Jefferson, que desenvolveu esquizofrenia por uso de maconha e foi encontrado morto na rua. Foi em 13 de maio de 2017. “Até hoje, não superei essa dor devastadora”, chora Jani Xavier em sua carta a Ludmilla e a Fátima Bernardes:

“Ludmilla e Fátima Bernardes, minha total indignação por apresentarem a música Verdinha numa emissora de TV em horário em que a maioria das crianças e adolescentes assiste, principalmente neste mês de férias.. Vocês não viveram na pele o que eu e outras tantas mães passamos por causa do uso de maconha pelos nossos filhos: surtos , agressões, traficantes ( por causa de dívida e a família é quem paga, para que não se pague tirando a vida deles), e por último a demência mental que esta maldita droga, a maconha, causa no cérebro deles, a esquizofrenia.
Proponho a vocês, Ludmilla e Fátima Bernardes passarem um único dia em um hospital psiquiátrico vendo como é o sofrimento de mães, vendo filhos internados por doença mental, causada pela maconha, e ouvindo a história de cada família!!! Aí eu queria ver se a vida de vocês não não iria mudar!!.
A Fátima tem três filhos e ela não está imune de que um deles ou todos eles venham a fazer uso desta droga, a maconha, por incentivo de uma música que ela própria permitiu que entrasse no seu programa, Encontro com Fátima Bernardes, e dentro de todos os lares, inclusive do dela.”

Resultado de imagem para LUDMILLA VERDINHA

– Feliz Aniversário, Elvis Presley!

Claro, sou daqueles que acreditam que Elvis não morreu“!

Brincadeiras a parte, se vivo fosse, hoje o Rei do Rock completaria 85 anos. Que pena que um gênio da música se deixou levar para o mundo das drogas…

E isso porque elas eram proibidas e difíceis de serem encontradas. Imagine nos dias atuais, onde elas são achadas em qualquer esquina apesar da ilicitude?

Como Elvis Presley estaria se não fossem elas, não?

elvis01.jpg

– “Guerra dos Meninos”, de Roberto Carlos, por Maria Estela Porcari

Minha caçulinha “Teté” é uma figurinha! Ela aprende fácil toda canção que ouve, e como gostamos do Rei Roberto Carlos, ela escutou algumas poucas vezes “Guerra dos Meninos” e gravou o “Lá-la-la-la-lá” que ficou tão marcante nesta música dos anos 80.

Hilário!

Escute com o som bem alto,

em: https://youtu.be/e1DPd8hKmk4

– A Compositora do Rei Roberto Carlos!

Há 1 ano…

Nessa semana morreu Isolda Bordout Fantucci, compositora de várias músicas de sucesso, entre elas, Outra Vez, eternizada na voz de Roberto Carlos.

Ao ler sua biografia, me impressionei com algo inusitado: Isolda escreveu muitas canções, gravadas por Milton Carlos (seu irmão), Nalva Aguiar, Nilton César, Agnaldo Rayol e Antonio Marcos (ícones dos anos 70). Em 1973, Roberto Carlos gravou Amigos, Amigos e em 1977, Outra Vez, que foi um hiper sucesso.

Sabe quando nasceu Isolda? Em 1957! Isso significa que já era “veterana”, com 16 anos, quando o Rei gravou a primeira música dela.

Dessa forma, com 61 anos de muita genialidade, descansou essa genial musicista.

Abaixo, “Outra Vez”: https://www.youtube.com/watch?v=5sztUdtkdH4

Resultado de imagem para Roberto Carlos e Isolda

 

– Marie Fredriksson: Saudade do Roxette

Puxa, com 61 anos morreu de câncer a vocalista da banda sueca Roxette!

Como não curtir a famosa Spending my time, que embalou casais apaixonados nos anos 90?

Que possa descansar em paz!

Extraído de: https://oglobo.globo.com/sociedade/saude/entenda-que-o-cancer-no-cerebro-que-matou-cantora-marie-fredriksson-do-roxette-24130382

ENTENDA O QUE É CÂNCER NO CÉREBRO QUE MATOU A CANTORA MARIE FREDRIKSSON

Vocalista da dupla Roxette , a cantora sueca Marie Fredriksson  morreu aos 61 anos, por causa de um câncer no cérebro . Em 2002, Marie foi diagnosticada com o tumor após desmaiar dentro de casa e desde então lutava contra a doença. O câncer no Sistema Nervoso Central (SNC) envolve o cérebro e a medula espinhal. 

De acordo com Antônio Aversa, chefe da seção de Neurocirurgia do Instituto Nacional do Câncer ( Inca ), os tumores malignos no cérebro são relativamente raros em adultos, correspondendo a cerca de 2,7% dos tipos de câncer, com um discreto aumento da incidência nos idosos. É, entretanto, o segundo tipo de câncer mais comum na infância. A  estimativa anual para o Brasil projetada pelo Inca é de 5.800 novos casos entre homens e 5.500 novos casos em mulheres.

Resultado de imagem para roxette

– Luiz Ayrão: o cara é bom!

Eu gosto de boa música, e um dos compositores mais competentes do Brasil é Luiz Ayrão.

Pouca gente sabe, mas sucessos como Nossa Canção e tantos outros foram escritos por ele, nas vozes de Daniel, Roberto Carlos e muitos intérpretes famosos.

Não sabia por onde ele andava, e o vi no SBT, um pouco debilitado, mas ainda simpático e capaz!

Para quem curte letras de qualidade,

em: https://www.youtube.com/watch?v=mV4sTPS8uHY

– Gosto não se discute.

Ludmilla é uma cantora popular. Como não gosto dos ritmos que ela canta (mas respeito quem possa gostar), desconheço suas canções.

E, desavisadamente, li uma letra que fazia apologia às drogas, falava debochadamente de venda a “R$ 1,00 o grama” e que seria um sucesso nas rádios. Daí descobri que é uma música dessa cantora, chamada “Verdinha”.

Cá entre nós: há gente que pode curtir, mas eu tô fora. Drogas viciam, fazem mal e trazem transtornos aos familiares. Lamentavelmente, nas “ondas de modismo do mundo”, pessoas usam como expressam de rebeldia ou por pura picuinha mesmo.

Gosto não se discute; mas, como diria um amigo meu, “gosto se lamenta…”

Resultado de imagem para Ludmila verdinha

– Viva Santa Cecília, Padroeira dos Músicos!

A todos os músicos (assim como “eu”), hoje é um dia de alegria. É dia de Santa Cecília, padroeira dos músicos!

A seguir, a belísisma história da nossa intercessora:

http://www.ordemdesantacecilia.org/historia_de_santa_cecilia_2.html

Ops: Acho que exagerei quando disse que era músico. Esposo de instrumentista também entra na categoria? Sou afinadinho…

Abaixo, o hino de Santa Cecília:

http://www.ordemdesantacecilia.org/hino_de_santa_cecilia.html

Ops2: Tudo bem, até minha filhinha toca melhor do que eu. Não sei nem bater palmas…

Agora, a Oração de Santa Cecília:

http://www.ordemdesantacecilia.org/oracao_a_santa_cecilia.html

Ops3: Músico ou não, o que vale é a fé em Santa Cecília!

imgres.jpg

– Guilherme Arantes e a triste apologia da Maconha como inspiração

Repost de 3 anos:

Puxa, uma decepção. Sempre gostei das músicas de Guilherme Arantes, mas nesta sexta-feira, no Programa “JP Morning Show”, declarou que usava maconha para se inspirar no seu trabalho artístico:

Na minha geração todo mundo fumou e cheirou (…) Uma coisa eu posso afirmar: a cocaína não é boa para compor, é muito ruim. A maconha é algo altamente positivo para a prospecção e criação das letras”.

Triste demais. Sou contra QUALQUER tipo de drogas. Não precisamos de alucinógenos venenosos para fuga da realidade. Nunca!

 

– MC Gui debochando da menina com câncer: atitude faz o cantor perder contratos…

A “infelicidade dos atos” faz parte das ações do dia-a-dia de qualquer um, já que errar é humano. Mas você pode evitá-las! E quando falamos em pessoas conhecidas, celebridades ou marcas, se policiar é ainda mais importante, pois o talento e sua valorização podem estar atrelados em seus passos cotidianamente.

Digo isso pois leio que o cantor MC Gui (por ignorância minha, nunca ouvi música dele nem sei das suas qualidades sonoras) postou um vídeo na Disneylândia, onde passeava, ironizando o rosto e o cabelo artificial de uma menina. A garotinha percebeu, ficou constrangida mas ainda assim o bobalhão continuou.

Se não bastasse o bullying e a atitude desrespeitosa (poderíamos parar por aqui, tamanha foi a estupidez), circula a informação que a menina (July) era careca e estava de peruca por conta dos efeitos quimioterápicos do tratamento contra o câncer.

Mesmo se a informação sobre a doença da menina for desmentida, de nada isenta o artista em debochar de uma criança e ridicularizá-la como ele fez. E as consequências para o bolso do rapaz já se fazem vivas: está perdendo contratos publicitários.

Ficará a questão: quando o amadurecimento e a conscientização se farão presentes na vida de pessoas que sempre pensam que a irresponsabilidade e a molecagem são coisas perpétuas e sem frutos negativos?

Abaixo, extraído de IG Celebridades,

EMPRESA CANCELA SHOW DE MC GUI APÓS VÍDEO POLÊMICO

As consequências do vídeo gravado por MC Gui na Disney, em que ri de uma menina, não ficaram apenas nas críticas. O cantor vai sentir também no bolso.

Nesta terça-feira (22), em nota oficial, uma empresa anunciou o cancelamento de um show de MC Gui. Trata-se de uma escola de idiomas localizada em Mato Grosso do Sul.

“O CNA Idiomas Três Lagoas/MS através desse post, informa que foi solicitado o cancelamento do show do cantor MC Gui, que seria realizado no próximo dia 31 de outubro de 2019 em nosso evento do Halloween, por esse motivo também excluímos o post que anunciava o evento. Reforçamos que ética e respeito fazem parte dos valores da nossa empresa e qualquer situação que vá contra nossos princípios em nenhuma hipótese é aceita”, informou a nota.

O caso

MC Gui estava a bordo de um trenzinho que leva turistas às atrações dos parques da Disney, nos Estados Unidos. Ao avistar uma menina no fundo do vagão, o cantor começou a gravá-la e debochar do cabelo dela. Mesmo distante alguns metros, ela percebeu que estava sendo filmada e demonstrou constrangimento com as risadas. Um dos amigos aconselha: “Para, Guilherme”.

O vídeo teve tanta repercussão negativa que Gui decidiu apagá-lo de suas redes sociais. No entanto, aproveitou para gravar um outro vídeo dando explicações e responsabilizando os internautas por não terem levado na brincadeira.

“Aqui nos Estados Unidos, quando chego, vejo pessoas que realmente são muito iguais aos personagens que tem nos filmes, que não existem na vida real, mas as pessoas americanas parecem muito. Agora, no trem, mostrei a menina que estava com o personagem da Boo (do filme Monstros S.A). Eu achei impressionante, porque estava muito parecida. Acabei postando, dei risada porque, realmente, nunca vi aquilo, achei um pouco impressionante. Mano, a Internet tá muito chata. Ela viu que eu estava filmando, a mãe dela veio e comentou. Eu não falo inglês, muitos que estão comigo falam, e ficou meio que uma brincadeira. Não posso postar nada. Estou na Disney, estou de férias, não preciso ficar me explicando por algo que eu não fiz, mas, infelizmente, essa é a Internet que a gente tá usando hoje e é assim que funciona (…) eu filmei não só a criança, como também os pais.. e depois disso conversamos com eles, porque somos fãs do filme e achamos parecido”, reclamou. 

Circula a informação de que a menina se chama July e estaria usando a peruca por estar tratando um câncer.

Crédito: Reprodução
ofuxico_420690
Crédito: Reprodução

– 30 anos sem o Maluco Beleza!

Um gênio, poeta e doido partiu há 30 anos.

Êta Raul Seixas… Se as drogas não tivessem acabado com ele, a metaformose ambulante continuaria por aí, sendo a Mosca na Sopa de muita gente que insiste em ser Camboy Fora da Lei! Valeu simpatia. Quem sabe daqui a 10.000 anos a gente se vê, pegando a linha do Metrô 783… Mas não estarei lá naquela sua Sociedade Alternativa não, hein?

Brincando com suas letras e canções, da inspiradíssima Gita a tantas outras, minha preferida é essa:

TENTE OUTRA VEZ

Veja!
Não diga que a canção
Está perdida
Tenha fé em Deus
Tenha fé na vida
Tente outra vez!…

Beba! (Beba!)
Pois a água viva
Ainda tá na fonte
(Tente outra vez!)
Você tem dois pés
Para cruzar a ponte
Nada acabou!
Não! Não! Não!…

Oh! Oh! Oh! Oh!
Tente!
Levante sua mão sedenta
E recomece a andar
Não pense
Que a cabeça agüenta
Se você parar
Não! Não! Não!
Não! Não! Não!…

Há uma voz que canta
Uma voz que dança
Uma voz que gira
(Gira!)
Bailando no ar
Uh! Uh! Uh!…

Queira! (Queira!)
Basta ser sincero
E desejar profundo
Você será capaz
De sacudir o mundo
Vai!
Tente outra vez!
Humrum!…

Tente! (Tente!)
E não diga
Que a vitória está perdida
Se é de batalhas
Que se vive a vida
Han!
Tente outra vez!…

Vídeo em: http://www.youtube.com/watch?v=Ef7jUQOCjS0&feature=fvst

url.jpg

– Tim Maia e Raul Seixas: ô meu tempo de moleque…

Viva o YouTube! Eis que revejo em vídeo entrevistas do “Jô Soares 11h30”, há mais de 20 anos, com Tim Maia e Raul Seixas.

Excelente. Para quem não conheceu esses malucos, é bacana assistir. Para quem tem saudades, vale rever.

Nos dois links abaixo:

 

– Um dopping natural?

Não sei onde eu li essa frase do nadador megacampeão Michael Phelps, mas ela me chamou a atenção porque é perfeita para muitos.

Sobre “de onde vem sua motivação” durante um treino ou para uma prova, ou se ele “toma alguma coisa especial”, disse que:

“A música é o dopping natural para o esporte”!

Pois é: o dopping psicológico e emocional é cada vez mais verdadeiro e real no dia-a-dia dos esportistas: um estádio lotado gritando para seu ídolo, uma preleção energizada do treinador, ou até mesmo uma música que transmita uma mensagem ou melodia entusiasmante, são, sem dúvida, fatores que estimulam naturalmente.

Muito mais sadio do que anabolizantes e seus afins, não?

Resultado de imagem para A música é o doping natural para o esporte!

– Quero ter o ânimo e a pureza das crianças!

Meu sobrinho Miguel “é o cara”. Ou melhor: “é o carinha”!

Olhe ele no melhor estilo Rock’n Roll brincando com o tio Rafa (como ele gosta de me chamar). O pique dele é contagiante!

Ainda, vale sua risada e seu lindo sorriso no “Teatro do Cebolinha”. Abaixo,

No link em: https://youtu.be/NkQozcQ9S-A