– E o Jayme Cintra irá realmente a leilão!

A partir das 11h desta quinta-feira (27/04), o Paulista FC verá o Estádio Jayme Cintra ser leiloado para pagar dívidas trabalhistas.

Às vésperas de completar 108 anos de vida, na 4a divisão estadual e sem calendário para jogar até abril de 2018, o clube deve algumas dezenas de milhões em impostos, contas diversas e saldos a pagar a funcionários. O leilão irá como garantia a uma cobrança de aproximadamente R$ 1,4 milhões devidos a 19 pessoas. Mas sabidamente deve muito mais, sendo que essa conta está no “consórcio de credores” feito na Justiça.

O problema hoje é: por quê não se tem acesso a toda a relação nominal de credores e seus valores? Por quê o torcedor não sabe para quem e quanto se deve a Fulano ou Beltrano?

Triste. Em uma área valorizada, o valor do terreno e do prédio está avaliado em R$ 35 milhões (achei subestimado esse valor), mas você pode arrematar (em qualquer caso de leilão judicial) por metade do preço em lance inicial

Quer saber? Com dor no coração escrevo: se for para ter o nome limpo na praça, paciência! Se pague as dívidas e responsabilize os culpados dessa vergonha.

Infelizmente, o clube precisará ser refundado com gente nova. Pode ser inevitável.

Em tempo: o Estádio foi tombado pelo patrimônio público de Jundiaí nos últimos dias. Isso não impede do leilão acontecer e de um comprador entrar na Justiça contra esse tombamento…

bomba.jpg

– 1a Constituição, só que…

Sabiam que hoje se comemora a Primeira Constituição do Brasil? Sim, em 25 de março de 1824 tivemos a nossa Carta Magna do país.

Entretanto, depois de tanto tempo, as leis são usadas e mudadas ao seu bel-prazer. Vide o polêmico projeto da Terceirização plena (que possui inegáveis pontos favoráveis, mas outros desfavoráveis).

Na próxima 3a feira dia 28, deve ser anunciado um brutal aumento de impostos! Quer dizer: um país falido legal, financeira e moralmente.

Que pena do nosso Brasil…

bomba.jpg

– O Radical Cristão Bolsonaro e o Evangelho de hoje.

Tenho medo de políticos radicais, sejam eles de esquerda ou de direita. E assisti a uma fala de Jair Bolsonaro no programa de entrevistas do Danilo Gentili, no SBT. Disse ele em determinado momento que:

Violência se combate com violência”.

Discordo, chega da lei do “Olho por Olho”. A violência só gera violência. Violência se combate com Educação e Valores Morais às crianças, oportunidade de emprego aos jovens, cumprimento das leis pelos adultos, autoridade do Estado (não autoritarismo).

Aliás, Jair Bolsonaro que é do Partido Social Cristão, e que professa a fé evangélica, deveria se lembrar que Jesus pede tolerância, misericórdia e amor, que deveria ser tratado nos dias atuais, para esses casos, como reinclusão social.

Aliás, nesta 3a feira, o Evangelho fala na liturgia católica de que Cristo orientava a perdoar 70×7…

Meio incoerente com o discurso do “Bolsamito”, não?

Repito: não gosto de fanatismos ou radicalismos, nem de esquerda e nem de direita.

bomba.jpg

– A nova lista de Jannot, os 3.4 bi da Odebrecht e o PIB que despencou!

A relação dos políticos citados em corrupção da nova lista a ser entregue pelo Procurador de Justiça Rodrigo Jannot vai sacudir Brasília, não há dúvida.

O problema é: o quanto isso vai parar o Brasil?

A Odebrechet, segundo o Estadão de hoje, distribuiu R$ 3,4 bi em propina (você não leu errado: três bilhões e quatrocentos milhões de reais em dinheiro sujo). Para quem dá um valor desse, espera-se arrecadar quanto? Ninguém suborna por valor mais alto que receberá.

Além dessa quebradeira, fica a observação: divulgou-se que o PIB oficial caiu 3,6% no último ano, acumulando 7,2% no último biênio! Ou seja, o país quebrou.

A pergunta é inevitável: ao mesmo tempo que aos poucos parece que o país começará a ter uma retomada (com a injeção do dinheiro das contas inativas do FGTS, por exemplo), há um lado pessimista de que o lado podre da Política brasileira (intrínseca em nosso dia-a-dia) é maior do que pensávamos.

Pobre Brasil… Como diria a canção debochada do Ultraje a Rigor,vamos vender o país ‘pros japonês’“.

bomba.jpg

– A insensibilidade das autoridades sobre as vítimas da boate Kiss

Lembram-se do pavoroso incêndio que matou centenas de jovens em Santa Maria/RS, repercutindo mundialmente?

Acredite se quiser: uma Procuradora de Justiça gaúcha alegou que a culpa foi das próprias vítimas, por estarem supostamente embriagadas!

Durma-se com um barulho desses…

Extraído de: https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/02/25/procuradora-do-rs-culpa-vitimas-da-kiss-por-estarem-bebadas-e-revolta-familiares.htm

PROCURADORA DO RS CULPA VÍTIMAS DA KISS POR ESTAREM BÊBADAS E REVOLTA FAMILIARES

Uma procuradora de Santa Maria (RS) causou revolta em familiares das vítimas do incêndio na boate Kiss, que matou 242 pessoas em janeiro de 2013, ao sugerir que a embriaguez de algumas das vítimas colaborou para as suas mortes.

No documento, que contesta na Justiça um pedido de indenização por danos morais feito pela família de um dos jovens mortos na tragédia, a procuradora Mirela Marquezan ressalta: “Certamente diferentes fatores contribuíram para esta diferença de condutas e desfechos, sendo, um deles, o estado de sobriedade ou de embriaguez de cada um dos frequentadores do estabelecimento, fato que deve ser bem analisado em cada caso concreto”.
O trecho foi tornado público pelo advogado Luiz Fernando Scherer Smaniotto, representante de alguns familiares de vítimas.

A procuradora diz na contestação: “Apesar da comoção generalizada e luto coletivo ocorridos com a tragédia da boate Kiss, e mesmo podendo parecer insensível mencionar a possibilidade de ocorrência de culpa das próprias vítimas; não há como ignorar o fato de que diversas pessoas que estavam em frente ao palco, onde começou o incêndio, conseguiram sair do local; ao passo que outras tantas, que estavam muito mais próximas à porta de saída, não abandonaram o recinto”.

A citação causou indignação nos familiares de mortos e sobreviventes. “Quero saber em qual técnica ela se baseou para escrever isso. Primeiro, ela não é médica. Segundo, não é bombeiro para saber se as pessoas podiam ou não sair da boate. Ela não tem conhecimento técnico para usar esse argumento”, afirma o presidente da AVTSM (Associação dos Familiares das Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria), Sérgio Silva.

Silva afirma que já tem uma reunião marcada com o novo prefeito da cidade, Jorge Pozzobom (PSDB), na qual tratará do assunto. Além disso, diz que entrará na Justiça contra a procuradora. “Meu filho estava na porta da boate, estava com o meu carro e não tinha uma gota de álcool no sangue, conforme a perícia no corpo. Qual argumento da procuradora para isso? Eu, como pai, gostaria que ele estivesse bêbado e drogado, para morrer numa boa, sem noção da realidade, e não sofrendo como aconteceu.”

A reportagem tentou, neste sábado (25), contato com a procuradora Mirela Marquezan, mas não obteve sucesso. Entretanto, ainda nessa sexta, a Prefeitura de Santa Maria emitiu nota, explicando que “as condutas adotadas foram opções técnicas feitas pelas chefias institucionais que geriam o município na época”. E prosseguiu: “A prefeitura foi renovada nas urnas e todos, inclusive as diretamente envolvidas com essa lamentável tragédia, são testemunhas da grande vontade de mudar que tem impulsionado a nossa dedicação diária às causas do município”.

Mais adiante, a administração destaca: “A nós, hoje, cabe acarinhar e acalantar essas pessoas que se sentiam órfãs frente ao poder municipal em um dos momentos mais difíceis que um ser humano é capaz de enfrentar. O que realmente importa é que essas pessoas saibam que podem contar conosco para ajudar, para compreender e, principalmente, para aprender. Esse é o nosso compromisso, isso é renovar”.

bomba.jpg

– A Suruba de Jucá

Esse é o naipe dos nossos políticos?

Não merece meu respeito o sr Romero Jucá. Disse ele:

Se acabar o foro, é para todo mundo. Suruba é suruba. Aí é todo mundo na suruba, não uma suruba selecionada“.

Extraído de: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/02/1860587-juca-critica-a-imprensa-e-defende-blindagem-a-chefes-do-legislativo.shtml?cmpid=tw-uolnot

JUCÁ CRITICA A IMPRENSA E DEFENDE BLINDAGEM A CHEFES DO LEGISLATIVO

Líder do governo no Congresso e presidente nacional do PMDB, o senador Romero Jucá (RR) saiu em defesa, nesta segunda-feira (20), da PEC (Proposta à Emenda à Constituição) que apresentou na semana passada para blindar os presidentes da Câmara e do Senado.

Alvo da Lava Jato, Jucá fez duras críticas à imprensa, a que se referiu como “vivandeiras e carpideiras”, e disse que não iria se “acovardar”.

“Não sou réu, estou sendo investigado, cobro a investigação e vou continuar aqui agindo do jeito que sempre agi. Não vou me acovardar, não vou me apequenar e vou exercer o meu mandato aqui na plenitude, fazendo os enfrentamentos que eu entender que devo fazer, sem ter medo. Medo é uma palavra que eu não conheço”, afirmou Jucá na tribuna do Senado.

Jucá se disse alvo de perseguição de setores da imprensa e responsabilizou jornalistas pelo fato de senadores terem retirado assinaturas de apoio à PEC que apresentou para dar isonomia de tratamento aos presidentes dos Poderes. Pressionado, acabou retirando a proposta no dia seguinte.

“Quero aqui dizer, com muita tranquilidade, aos meus adversários e a quem quer me marcar com uma estrela no peito: eu não vou morrer de véspera, eu não me entrego, eu sei o que eu defendo, eu sei o que eu fiz, e eu sei o que vou fazer”, disse Romero Jucá.

Ele disse ter tomado a decisão de apresentar a PEC no final do ano passado, quando o STF (Supremo Tribunal Federal) determinou por liminar o afastamento de Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado.

“Pensei com meus botões: será que é justo que nós tenhamos o presidente e o vice-presidente tendo um tipo de tratamento e os presidentes dos outros Poderes tendo outro tipo de tratamento pela decisão do Supremo Tribunal Federal, que não está escrita na Constituição?”, ponderou Jucá.

IMPRENSA

Jucá comparou o trabalho dos jornalistas ao nazismo, à Inquisição e à Revolução Francesa.

“No passado, a turba fazia linchamentos. A gente viu muito isso ao longo da história do mundo. Hoje, quem tenta fazer linchamentos não é a turba, é a imprensa e setores da sociedade”, afirmou o senador.

Ele disse ainda que “as novas carpideiras e vivandeiras”, como se referiu aos jornalistas, “choram os defuntos ainda vivos”.

Ele disse ainda que “parte da imprensa não dá chance a ninguém de se defender”.

“Escolhe aleatoriamente e parte para o estraçalhamento, sem se preocupar com a verdade, sem se preocupar com a coerência, sem se preocupar com a família das pessoas, com a história de cada um”, criticou Jucá.

Ao mencionar gravação divulgada pela Folha em maio na qual aparece dizendo que é preciso “estancar a sangria”, afirmou que não se referia à Lava Jato e que nunca tramou contra a operação. O episódio levou à sua queda do Ministério do Planejamento.

“Eu não tive acesso à totalidade das gravações. A Folha de S.Paulo pode ter tido; eu não tive”, afirmou.

“Nós mudamos já todos os indicadores macroeconômicos do Brasil. Essa era a sangria. Falta mudar ainda os microeconômicos, o desemprego e o endividamento, mas vamos mudar”, completou.

FORO

Em entrevista ao jornal “O Estado de S. Paulo”, Romero Jucá reagiu à disposição dos ministros do STF de restringir a prerrogativa de políticos.

“Se acabar o foro, é para todo mundo. Suruba é suruba. Aí é todo mundo na suruba, não uma suruba selecionada”, afirmou o senador ao jornal.

Na semana passada, o relator das ações oriundas da Operação Lava Jato no STF, ministro Edson Fachin, disse ser contra o foro privilegiado.

O ministro Luís Roberto Barroso enviou ao plenário do Supremo, também na semana passada, um processo para discutir a redução do alcance da prerrogativa de foro de deputados, senadores e ministros.

bomba.jpg

– De que adianta a punição do Heltton Matheus?

O “gato da Copa SP”, Heltton Matheus, foi punido com R$ 500,00 de multa e 360 dias de suspensão.

Particularmente, creio que o Audax pagará um salário simbólico e ficará com o atleta à espera da sua liberação. Enquanto isso, provavelmente a defesa recorrerá e reduzirá a pena, transformando-a em cesta básica.

É vida que segue. Ninguém devolverá a oportunidade do Paulista em jogar a final contra o Corinthians na edição que se passou. Claro que não se deve imputar a pena de morte ao rapaz, mas o Galo de Jundiaí, sem dúvida, permanecerá eternamente com o prejuízo.

Que tudo isso sirva de lição para que os atletas sejam mais honestos e clubes mais prudentes. Claro, e que as federações sejam mais responsáveis ao aceitarem os registros de atletas.

bomba.jpg

– Os interessados pelo Travamento da Lava-Jato escolherão um dos seus julgadores?

A Comissão de Justiça do Senado que sabatinará para a aprovação o nome de Alexandre de Moraes como Juiz do STF é composta por 10 senadores dos 13 que estão indiciados pela Lava Jato!

Ô minha gente… isso é sacanagem explícita, não pode! É lógico que esses senhores não estão isentos para compor tal comissão.

As galinhas são o povo, já os políticos…

bomba.jpg

– O Novo Ministro do STF é Alexandre de Moraes???

O presidente Michel Temer é um fanfarrão: qual brasileiro lúcido gostou da indicação que ele fez do nome de Alexandre de Moraes para o Supremo Tribunal Federal, no lugar de Teori Zavascki?

Sem comentários…

bomba.jpg

– A morte de Teori Zavascki e as teorias sobre a queda do avião.

Teoria Zavascki, 68 anos, Ministro do STF, relator da Operação Lava-Jato, responsável por ouvir 77 das delações premiadas da Odebrecht, morreu nesta 5a feira à tarde junto com outras duas pessoas, após o avião que o transportava cair no mar em Paraty.

Um fato triste para o país e horrendo para a família. Mas agora aguentemos: o que surgirão de teorias conspiratórias, acusando políticos e/ou empresários de sabotar a aeronave… A lógica e o bom senso mandam dizer que o temporal na região derrubou o avião. A priori, nada de assustador.

Que tudo seja bem apurado!

bomba.jpg

– Na Bonança, juntos. Na Rusga, separados?

Pô, é muita cara-de-pau desses políticos, não?

Dilma Rousseff sofreu o impeachment e assumiu o vice-presidente da República, Michel Temer. Legítimo, pois você vota em uma chapa: Dilma, e na sua ausência, Temer.

Agora, com as contas da campanha de Dilma suspeitas e com indícios de dinheiro sujo das construtoras, a chapa pode ser caçada. Mas Temer quer que as contas sejam separadas: uma para a campanha para presidente e outra para vice-presidente!

Nada disso! Se elegeram juntos e devem prestar contas juntos. Que raio de incoerência é essa em desvincular a chapa dos seus componentes?

bomba.jpg

– Dois Arns no Céu

Uma das pessoas que eu considerava SANTO já nesse mundo era a Dona Zilda Arns, que à frente da Pastoral do Menor salvou milhares de vidas de crianças carentes que nasciam desnutridas. Faleceu vítima do terremoto do Haiti, onde levava uma palavra de esperança ao pobre povo daquele local.

Ontem, 14 de dezembro (Dia de São João da Cruz) veio a óbito seu irmão, Dom Paulo Evaristo Arns, um religioso de coragem e muita ação social. Uma das figuras mais relevantes do nosso Brasil, tão santo quanto sua saudosa irmã.

Para os mais jovens que não o conheceram, um relato bem fiel sobre esse ilustre brasileiro, extraído do Portal “Klick Educação”:

DOM PAULO EVARISTO ARNS, “O CARDEAL DA ESPERANÇA”

Vinte e oito anos à frente da segunda maior comunidade católica do mundo, a Arquidiocese de São Paulo, com cerca de 7,8 milhões de fiéis, perdendo apenas para a da Cidade do México, dom Paulo Evaristo Arns foi uma das mais expressivas lideranças religiosas do Brasil. Logo que assumiu o cargo de arcebispo da cidade, em 1970, vendeu o Palácio Episcopal por 5 milhões de doláres e empregou o dinheiro na construção de 1.200 centros comunitários na periferia. Impressionou o país e o mundo pelas suas atividades em defesa dos direitos humanos durante o período da ditadura militar, quando combateu a intransigência do regime militar e agiu em favor das vítimas da repressão. Defendeu também os líderes sindicais nas greves, apoiou a campanha contra o desemprego e o movimento pelas eleições diretas. Sua luta em defesa dos direitos dos pobres e pelo fim da desigualdade social lhe valeu dezenas de prêmios no mundo: título de doutor honoris causa em universidades dos Estados Unidos, Alemanha, Canadá e Holanda; prêmio do Alto-Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (1985), do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), entre outros. Filho de pequenos agricultores, nasceu em Forquilhinha, interior de Santa Satarina, e ordenou-se padre em 1945. Religioso com formação erudita e ligado ao setor progressista da Igreja, doutorou-se com o mais alto grau acadêmico, três “honorable”, em Letras pela Universidade de Sorbonne, em Paris, na França, com a tese A Técnica do Livro de São Jerônimo, em 1952. De volta a Petrópolis, trabalhou como professor de Teologia, como jornalista e como vigário nos subúrbios da cidade. Foi promovido à condição de bispo em 1966. Quatro anos depois, o papa Paulo VI nomeou-o arcebispo de São Paulo, e, em 1973, cardeal. Pediu demissão do cargo de cardeal-arcebispo em 1998, como determinam as normas da Igreja. Incentivando a integração entre padres, religiosos e leigos, criou 43 paróquias e apoiou a criação de mais de 2 mil Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) nas periferias da metrópole.

bomba.jpg

– Que confusão entre Senado e Judiciário. Renan “Forever”?

Renan Calheiros recebeu intimação para ser afastado da presidência do Senado, já que é réu.

Mas vai sair mesmo? Prometeu que não sai… Mexeu com quem não devia, tripudiando juízes. Foi traído pela vaidade?

Ele sempre se achou dono do Brasil, e agora dias piores (a ele) virão. A nós talvez também, pois Jorge Viana, Senador do PT, assume o Senado.

Aliás, há quantos anos e Governos Renan reina no Brasil? Quantos escândalos já surgiram contra ele? E sempre é eleito…

bomba.jpg

– E na calada da noite…

Enquanto muitos brasileiros choravam e a imprensa se dedicava à tragédia do avião da Chapecoense, nossos políticos, sensíveis como só, “trabalham na surdina” votando seus interesses pessoais (como, por exemplo, limitar o poder dos juízes).

Lamentável… A capa do Estado de Minas é perfeita!

bomba.jpg

– A onda de sequestros na região de Campinas voltou?

No começo da semana, terminou com a prisão de 3 bandidos o sequestro do empresário português Belarmino de Ascenção Marta, dono do Grupo Belarmino (Controlador da Rápido Luxo Campinas,  Ouro Verde, Caprioli, Lira, Bonavita, Vale do Tietê, Rápido Sumaré, Intersul, Avante, Transguarulhense, entre as principais), ocorrido há um mês no Posto Frango Assado em Louveira.

Dias atrás, um executivo de Jundiaí foi libertado de seu cativeiro. Há 15 dias, outro de Valinhos.

Que a Polícia consiga acabar com esses crimes, comuns no RJ e em SP na década de 90.

bomba.jpg