– Sobre os ofensores digitais de William do Corinthians e os exemplos recentes que vemos.

Quanto aos idiotas que ofendem nas Redes Sociais (após mais um episódio nesta semana, envolvendo o jogador William, do Corinthians), eu poderia parafrasear a Luciana Mariano, dizendo que devemos entrar na Justiçaela está processando todo mundo que faz comentário sexista, preconceituoso, ofensivo de qualquer espécie (leiam as brilhantes entrevistas dela ao UOL e à Veja). Eu queria corroborar com Mauro Cezar Pereira, que mandou 17 pessoas para a delegacia de uma vez (segundo seu depoimento no Bate-Pronto da Jovem Pan). Mas eu desejo ir além: a cada um dos “folgados” que acham que podem escrever qualquer bobagem na Internet, o sentimento é de que o ofendido deveria ter a oportunidade de fazer uma acareação com o ofensor, justamente para que o “valentão” possa perceber a burrada que fez, achando que digitando suas asneiras nada aconteceria; que ele faça um curso de reeducação social, que ele indenize moralmente o ofendido e que seja obrigado a prestar serviço comunitário (um acúmulo de penas, de verdade, como ato de reinserção na sociedade).

É claro que, neste mundo tão pilhado, todos têm seus haters e stalkers (além do moleque que vai no perfil do jornalista encher o saco e desdenhar das suas ideias, normalmente sem respeito e querendo impor sua opinião). Eu perdôo todos e ignoro a maior parte (ao menos, em algumas situações que vivi, procurei ser o bom samaritano e mostrar às pessoas os seus erros com respostas educadas). Mas eu sei que é difícil… Dos que procurei (sim, procurei alguns e obtive resposta), tentei mostrar que estavam errados (com alguns, tive sucesso; com outros, bloqueei). E vi muita coisa maluca: gente que “foge simplesmente”, pois acreditava que não teria resposta, gente que “chama pro pau” e cai fora, e até um coitado que pediu para escrever pois não gostava de “conversar por telefone” (não sei se é insociabilidade ou medo).

A verdade é: há bobos que, ao lerem uma opinião que discordam, OFENDEM gratuitamente a pessoa. A troco de quê? Pensam que a Internet é uma terra sem lei, provocam seu próximo e depois ainda se fazem de vítima! “Ai, que grosso, não aceita crítica e me bloqueou”, como se a crítica feita fosse educada… Depois voltam a seguir a pessoa criando perfis diferentes.

Por fim: recebeu ameaça de morte? Vá a delegacia e não deixe quieto. Os haters da Internet não vencerão. Os xaropes escondidos atrás de seus computadores acabarão sozinhos nessa…

Parabéns Cássio, Willian, Luciana, Mauro e tantos outros que fazem o mesmo. Eu os aplaudo.

Polícia prendeu um suspeito (com blusa branca à esquerda) por suspeita de escrever a ameaça acima contra o jogador Willian, do Corinthians (à direita) — Foto: Reprodução/ Redes sociais / TV Globo

Imagem: Reprodução da TV Globo.

– Judiciário x Executivo: vai dar problema…

Essa briga entre Bolsonaro e o STF (especialmente com o Alexandre de Moraes) vai dar problema, não?

Isso é o que se espera? Que os poderes “vivam harmonicamente” entre si?

Sem juízo de certo ou errado aqui, mas com a preocupação de que tudo funcione corretamente.

– Daniel Silveira e STF: cansou!

Não dá mais para ler no noticiário tanta coisa sobre o deputado Daniel Silveira e sua pendenga com Alexandre de Moraes. Virou coisa de “gato caçando rato”!

Tanta coisa mais séria que o país tem, e perder tempo com isso, é dose. Vaidade de ambos! Já passou da hora de se comportarem sem birras…

– O “STF” na FAAP.

Alexandre de Moraes, Ministro do STF, esteve na FAAP na última 6a feira. E falou que se confunde no Brasil a Liberdade de Expressão com uma suposta Liberdade de “Agressão”. Concordo! Porém…

Os ofendidos e agredidos devem processar e tomar suas providências. O Judiciário julgar quem se sente ofendido, sem ele se manifestar, é um perigo!

Lamento que ele disse ser uma estratégia da Extrema Direita em financiar Fake News, nessa ida à faculdade. Deveria ter lembrado que a Extrema Esquerda fez (e faz) a mesma coisa.

A Justiça, não nos esqueçamos, deve ser justa…

– Cabelos Brancos e Honestidade?

Certa vez disse Rui Barbosa (intelectual brasileiro, político, ministro, entre tantas coisas que esse grande homem foi no Brasil do começo da República):

Não se deixe enganar pelos cabelos brancos, pois os canalhas também envelhecem”.

Pois é: o que tem de picareta na sociedade, independente de idade, sexo, ou raça…

Não se deixem enganar pelos cabelos... Rui Barbosa

– Bolsonaro concede indulto a Daniel Silveira.

Depois do STF condenar o deputado Daniel Silveira, o Presidente Bolsonaro concedeu o perdão de seus crimes e ele está livre da prisão.

Essa situação não vai acabar bem… informações recentes de Veja.com, em: https://veja.abril.com.br/coluna/radar/bolsonaro-diz-que-indulto-tem-respaldo-em-decisoes-do-senhor-moraes/

Bolsonaro diz que indulto tem respaldo em decisões do “senhor Moraes”

Presidente justificou graça concedida ao deputado Daniel Silveira (PTB-RJ), condenado pelo STF a oito anos e nove meses de prisão e à perda do mandato

Por Laísa Dall’Agnol

O presidente Jair Bolsonaro (PL) usou a live desta quinta-feira para comentar a decisão de conceder indulto presidencial ao deputado Daniel Silveira (PTB-RJ), condenado pelo STF a oito anos e nove meses de prisão, além da perda do mandato.

Bolsonaro iniciou a leitura dizendo que a fundamentação jurídica da graça concedida é respaldada por decisões anteriores do próprio ministro Alexandre de Moraes. O magistrado foi o relator da ação penal à qual respondeu Silveira.

“Tudo aqui tem jurisprudência do senhor Alexandre de Moraes, ou seja, estamos cumprindo à risca o que lá atrás decidiu o senhor Alexandre de Moraes. É um decreto que será cumprido, porque ele é constitucional, como diz o próprio Alexandre de Moraes. Esse decreto, no meu entender, pode ser um marco para todos nós (…) Pra mostrar a todos que nós nos fundamentamos em ações, em jurisprudência do próprio ministro Alexandre de Moraes”, reiterou Bolsonaro.

Silveira foi condenado por dez votos a um, no STF, por ameaças aos ministros da Corte e incitação de animosidade entre as Forças Armadas e instituições da República, entre elas o próprio tribunal.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) faz live explicando o decreto em que concedeu graça ao deputado Daniel Silveira (PTB-RJ), condenado pelo STF a oito anos e nove meses de prisão

Reprodução: YouTube.

– #JustiçaPorMoise! Mas…

Assusta muito o que já foi visto a respeito da morte do congolês Moise Mugenyi Kabagambe, de 24 anos, que foi cobrar seu salário atrasado e morreu espancado covardemente no Rio de Janeiro.

A Polícia deve prender em breve os culpados, punir, mas… e a vida do rapaz, quem devolverá?

Ver situações assim, como a de um animal travestido de homem batendo impiedosamente em um inocente, me faz desacreditar que todos somos da mesma espécie…

Foto extraída de: https://www.em.com.br/app/noticia/diversidade/2022/01/31/noticia-diversidade,1341521/liderancas-negras-pedem-punicao-para-assassinos-de-congoles.shtml

– O TSE censurará o Telegram?

Eu tenho (mas não uso) o aplicativo de mensagens Telegram. E leio que o TSE manifestou preocupação com o App por disseminação de Fake News durante as Eleições Presidenciais desse ano (ao contrário do que o WhatsApp, o Telegram ainda permite envio de mensagens em massa).

Ora, as Fake News, infelizmente, proliferam nas Redes Sociais. O problema não é o aplicativo, mas quem posta as mensagens (de Esquerda ou de Direita, não importa). Proibir o uso é censura contra quem age corretamente.

Parece a história do marido traído que vê a esposa com o amante na sala, e que quando descobre a traição, tira o sofá para evitar outros transtornos…

Telegram Logo - Significado, História e PNG

Imagem extraída de: https://logosmarcas.net/telegram-logo/

– E aos poucos, os corruptos vão vencendo. E a culpa é de todos!

Depois de Lula ter o imbroglio do Triplex prescrito, de crimes dos Petroleiros serem relevados, de delatores e réus confessos como Vaccari e Palloci soltos, chegou a vez de Sérgio Cabral ter relaxamento com prisão domiciliar.

E não se culpe o STF exclusivamente ou outras instâncias da Justiça. Afinal, um dos críticos da Lava Jato tem sido o presidente Bolsonaro!

Do jeito que vai, Sérgio Moro vai ser considerado corrupto e Bolsonaro com Lula os símbolos da honestidade e democracia…

O que está acontecendo com esse país?

Informações da CNN, por Isabelle Rodrigues, em: https://www.cnnbrasil.com.br/politica/justica-concede-prisao-domiciliar-a-cabral-ex-governador-continuara-em-presidio/

Cabral tem 21 condenações, que somam 399 anos e 11 meses de prisão

Cabral tem 21 condenações, que somam 399 anos e 11 meses de prisão Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil (30.nov.2010) (citação acima).

– E quem vai ser o presidente da CBF “de verdade”?

Viram que a Justiça anulou (de novo) as Eleições da CBF (ocorridas em 2017) e reencaminhou Reinaldo Carneiro Bastos e Rodolfo Landim (presidentes da FPF e do Flamengo) para conduzirem um novo pleito?

Os interventores têm um mês para assumir a gestão da CBF e preparar as Eleições. Mas eles desejarão sair de seus cargos e trabalharem nisso nesse momento? Terá uma liminar impedindo que assumam?

Pobre futebol brasileiro… Algum bom nome como sugestão?

Para entender esse imbrólho, em: https://agenciabrasil.ebc.com.br/esportes/noticia/2021-12/justica-determina-realizacao-de-novas-eleicoes-para-cbf

Sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na Barra da Tijuca.

Foto: Lucas Figueiredo (CBF).

– E os corruptos do Petrolão foram soltos?

Nesta semana, sem muito alarde, a Justiça soltou Palloci, Vaccari (o ex-tesoureiro do PT) e mais 11 réus confessos de crime de corrupção.

Mesmo com delação e confissão, entendeu-se que são… honestos?

Um desabafo no qual comungo da mesma indignação: https://youtu.be/aLWSHosP4FU

– E prenderam o Paulinho!

O jornalista Paulo Cézar de Andrade Prado, dono do “Blog do Paulinho”, foi preso nesta manhã.

Sempre denunciando fatos importantes do futebol, foi preso, segundo ele, por crime de opinião. Lamentável que a Justiça possa assim decidir.

Compartilho: https://youtu.be/QzHvWzk7P74

– Pobres Juízas Afegãs…

Se “ser mulher no Afeganistão” é algo surreal nos dias atuais, imagine ser juíza e ter condenado um terrorista talibã!

No atual cenário, é óbvio que as mulheres do Judiciário de lá correm risco de morte… E o Brasil poderá ser um lugar de refúgio a elas.

Extraído de: https://jovempan.com.br/programas/jornal-da-manha/juizas-afegas-pedem-ajuda-ao-brasil-para-fugirem-do-taliba-fux-sinaliza-apoio-a-iniciativa.html

JUÍZAS AFEGÃS PEDEM AJUDA AO BRASIL PARA FUGIREM DO TALIBÃ.

Centenas de juízas afegãs pediram ajuda ao Brasil para fugirem do Talibã, grupo extremista que assumiu o controle do Afeganistão após a saída das tropas norte-americanas do país. Em entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan, a ministra do Superior Tribunal Militar, Elizabeth Rocha, defendeu a necessidade do país conceder asilo político para essas mulheres. Segundo a magistrada, as juízas enviaram um pedido de socorro por meio da Associação das Juízas Afegãs. A solicitação de ajuda também foi enviada à IAWJ, que é Associação Internacional de Juízas Mulheres. “Elas enviaram o pedido porque as suas vidas estão correndo risco na medida em que, quando exerceram a magistratura, elas julgaram e condenaram homens do Talibã”, explica a ministra. Inicialmente, 260 juízas pediram o apoio do Brasil. Agora, esse número é menor, pois muitas delas foram assassinadas pelo grupo terrorista. “Infelizmente, não são mais 260 juízas. Nós já soubemos que várias delas já morreram e que suas famílias estão sendo perseguidas”, contou Elizabeth.

A ideia inicial é trazer as magistradas para o Brasil com asilo político e passaportes humanitários para as suas famílias. “O nosso país tem uma tradição de acolher os exilados políticos. Fez assim com os sírios e haitianos. A ‘Operação Acolhida’, realizada pelo exército brasileiro em Roraima, é um sucesso, um exemplo humanitário para o mundo. E mais do que isso, o Brasil é signatário de tratados internacionais de direitos humanos. Está na hora desses tratados se fazerem valer e terem efetividade”, defendeu. De acordo com Elizabeth Rocha, algumas autoridades brasileiras já se posicionaram favoravelmente à iniciativa. Entre elas, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Luiz Fux, e o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins. A ministra do Superior Tribunal Militar afirmou que uma reunião ministerial está marcada para esta quinta-feira, 2, para discutir o assunto. Estarão presentes os ministros da Defesa, das Relações Exteriores, da Justiça, da Casa Civil e Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. “O ministro da Defesa foi extremamente sensível aos nossos apelos e se prontificou a nos ajudar dentro daquilo que fosse possível. Hoje haverá uma reunião ministerial com a presença do Ministério das Relações Exteriores, porque o nosso chanceler está empenhado a lidar com a questão com a maior celeridade”, relatou Elizabeth.

Além das forças nacionais, será necessária a ajuda internacional. “O ministro Luiz Fux ventilou com a possibilidade de uma cooperação internacional, já que já existem acordos firmados entre o Supremo, o Conselho Nacional de Justiça e os Estados internacionais nesse sentido. Mas esses acordos, lamentavelmente, ainda não têm um caráter oneroso e essas mulheres precisam sobreviver no país”, lamentou a ministra, que justificou que essa cooperação internacional é indispensável para a execução da iniciativa. “Nós estamos buscando uma cooperação internacional, porque o Brasil não tem condições de enviar aviões e fazer resgates no solo afegão. É preciso que elas estejam, ao menos, no Paquistão para que nós possamos buscá-las”, disse. O governo do Paquistão ainda relatou precisar de ajuda financeira, já que não há estrutura no país para manter as juízas e suas famílias. O país precisa que elas sejam retiradas em, no máximo, 30 dias.

Em: https://youtu.be/alXcqql4frk.

– Voto Eletrônico e Voto em Papel: tá chato, pô!

Se tem um assunto que já “torrou a paciência”, é a história da urna eletrônica e fraudes.

Curto e grosso: 

  • Se o presidente Jair Bolsonaro insiste tanto que ocorreram fraudes, PROVE, e não fique nas teorias conspiratórias e “diz-que-me-disses”.
  • Se a Justiça Eleitoral quer evitar essa “enchição de saco”, permita logo um comprovante da Urna Eletrônica, a fim de evitar novas teorias conspiratórias e provar que a urna é segura.

Esse assunto já deu. 

Em: https://veja.abril.com.br/blog/radar/bolsonaro-promete-bomba-mas-nao-mostra-provas-de-fraude-na-urna/

BOLSONARO PROMETE “BOMBA”, MAS NÃO MOSTRA

O presidente Jair Bolsonaro prometeu soltar uma bomba contra a lisura do processo eleitoral em uma live transmitida na noite desta quinta-feira, 29.

O que se viu, no entanto, foi um arrazoado de vídeos de teoria da conspiração no Youtube, vídeos de eleitores idosos com problemas no dia da votação e reportagens de televisão que registraram algumas falhas ao longo dos pleitos.

O conjunto de vídeos apresentado hoje pelo presidente e por um auxiliar palaciano como “fortes indícios” contra a urna eletrônica circularam amplamente nas redes sociais em 2018. A maior parte dos vídeos apresentados foi desmentida à época em que foram ventiladas.

Em uma das próprias reportagens mostradas pelo presidente em tom de denúncia, o jornalista da rede Record em Caxias no Maranhão diz que a Polícia Federal abriu inquérito para apurar suspeitas de irregularidades no processo eleitoral local. Ao que tudo indica, ninguém no Palácio do Planalto se deu o trabalho de ver que fim levou o inquérito da PF.

Bolsonaro aproveitou a oportunidade ainda para proferir seus já contumazes ataques ao presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, e também fazer suas seguidas ameaças à democracia brasileira.

Num dos momentos mais infames da live desta quinta, Bolsonaro deu play em um vídeo de um suposto programador que “simulou” em um programa de computador o “sistema da urna”, que ele chama de “código-fonte da urna”.

O rapaz faz uma série de demonstrações de supostas provas de fraude, mas não explica como ele “criou” esse “protótipo” e nem como como ele “produziu” a fraude.

“Nós não temos provas de fraude, mas indícios de que nas eleições pode ocorrer a mesma coisa (do que no vídeo)”, disse Bolsonaro. “Eu não tenho prova de que a urna é fraudada, mas também não tenho prova de que ela não é”, completou.

– Cadê o Lázaro?

Cada barbaridade vem praticando Lázaro Barbosa de Souza, um perigoso serial killer! E ainda consegue fugir cinematograficamente da Polícia.

Os crimes em Cocalzinho de Goiás, em: https://g1.globo.com/go/goias/noticia/2021/06/17/policiais-encontram-colchao-durante-buscas-a-lazaro-em-mata-de-goias.ghtml

Crê-se que parte das causas sejam rituais de bruxaria, desequilíbrio mental e bandidismo puro. Aqui: https://br.noticias.yahoo.com/itens-de-bruxaria-e-rituais-sao-encontrados-na-casa-de-lazaro-132840574.html

O que assusta é: ele estava preso, e teve o benefício da “saidinha de Páscoa”, não voltando mais para a cadeia, a fim de cumprir seus 12 anos de cadeia.

Coisas do Brasil: a impunidade.

– O STF julgará o pedido de suspensão da Copa América dia 10!

Já teci minha opinião pessoal sobre a realização ou não da Copa América no Brasil aqui: https://wp.me/p4RTuC-vcD.

Também falamos da politização da realização do evento, quando injustamente sobrou até para o treinador Tite. Em: https://wp.me/p4RTuC-vib.

Por fim, uma última (e cansativa) abordagem sobre fake news e especulações sobre as manifestações de atletas da Seleção, Copa América e Caboclo. Aqui: https://wp.me/p4RTuC-vj4.

Quando finalmente o assunto parecia ter se esgotado… eis que o Supremo Tribunal Federal resolve entrar em campo! Já imaginaram se na 5a ou 6a feira a Justiça cancelar o evento que começará (ou começaria) domingo?

Compartilho, extraído de: https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2021/06/08/stf-marca-sessao-de-emergencia-para-discutir-suspensao-da-copa-america.htm

STF MARCA SESSÃO DE EMERGÊNCIA PARA DISCUTIR SUSPENSÃO DA COPA AMÉRICA

O Supremo Tribunal Federal (STF) marcou para quinta-feira (10) uma sessão extraordinária para tratar com urgência e decidir a respeito da realização ou não da Copa América no Brasil.

A audiência faz parte de um processo impetrado pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB), que tem a relatoria da ministra Carmen Lúcia.

Segundo despacho dela, os ministros deverão analisar ao longo de 24 horas, em plenário, como proceder com a competição.

Carmen Lúcia argumentou que a marcação da sessão extraordinária se deve pela “excepcional urgência e relevância do caso e da necessidade de sua célere conclusão, considerando que se noticia o início da competição desportiva questionada para o próximo dia 13 de junho”.

Os advogados das partes — o PSB e a presidência da República, representada pela Advocacia Geral da União (AGU) — estão autorizados a fazer sustentações orais amanhã para que depois os ministros apresentem seus votos.

O processo foi distribuído no STF no dia 1 de junho, um dia após o anúncio por parte da Conmebol de que a Copa América viria para o Brasil.

Conmebol divulga tabela e Brasil estreia em Brasília na Copa América | Poder360

– Ponderação ao escrever coisas que não testemunhou ou nem provará: o caso “Dono da Havan” e “Reitor da Unicamp”.

Há 1 ano… que sirva para nós como lição de cautela:

Cuidado quando você acusa alguém justificando que “um amigo lhe falou”. Pode dar muito errado…

Viram a pendenga envolvendo Luciano Hang, dono da Havan, e o reitor da Unicamp, Marcelo Knobel?

O empresário tuitou que, durante uma formatura (segundo um amigo), o reitor gritou palavras de ordem comunistas (veja abaixo). Em seguida, o ofendeu na postagem.

E o grande problema foi: o professor Marcelo Knobel nem tinha participado desse evento… Na Justiça, Hang teve que indenizá-lo.

Veja a defesa do advogado ao final da matéria:

Extraído de: https://istoe.com.br/dono-da-havan-e-condenado-por-atacar-reitor-da-unicamp/

DONO DA HAVAN É CONDENADO POR ATACAR REITOR DA UNICAMP

A Justiça de São Paulo condenou o empresário Luciano Hang, donos das lojas Havan, a indenizar o reitor da Unicamp, Marcelo Knobel, em R$ 20,9 mil. No dia 24 de julho de 2019, Hang escreveu em seu perfil no Twitter que o reitor da universidade havia gritado “Viva la Revolução” durante uma formatura.

“Unicamp final ano passado amigo meu acaba de contar foi formatura sobrinho no final o Reitor grita: ‘Viva la Revolução’ e depois dizem que nossas universidades não estão contaminadas? Vá pra Venezuela Reitor FDP”, escreveu o dono das lojas Havan. A publicação recebeu cerca 5,3 mil curtidas e 680 retweets.

No entanto, o juiz Mauro Iuji Fukumoto, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Campinas, constatou que Marcelo Knobel “não gritou ‘Viva la revolução’ em uma cerimônia de colação de grau”. Durante o processo, o reitor que é professor de física afirmou que não participou do evento.

“Ao imputar-lhe conduta em tese praticada por terceira pessoa, o requerido [Hang] procura atribuir-lhe a pecha de radical e extremista – alguém que, em evento acadêmico, manifesta uma posição política, sem qualquer relação com o contexto em que se encontra, sendo incapaz de dissociar sua suposta opção ideológica dos deveres inerentes ao cargo que ocupa. Evidentemente, essa é uma qualificação que desmerece o segundo requerente [Marcelo]. Ademais, o fato inverídico serviu de pretexto para absurda e gratuita ofensa (“Reitor FDP”)”, escreveu o juiz na sentença.

A defesa do empresário afirmou durante o processo que Hang apenas reproduziu fato que um amigo lhe contara e que o “FDP” não foi utilizado com a finalidade de ofender o reitor, e que não devia ser interpretado em seu sentido literal.

– Cunha Livre!

Taí o circo pegando fogo. O TRF-4 revogou a prisão do Deputado Eduardo Cunha.

Com muita tristeza, parece que o crime compensa sim… Você faz a sacanagem, espera um pouco na cadeia (ou em casa, na prisão domiciliar) e pronto! A “Justiça te libera”.

Acho que nós somos os vilões e os corruptos são os mocinhos. Triste Brasil.

– Lula “Livrado”?

Li alguém (não me recordo onde foi) que escreveu mais ou menos assim: “O ‘Lula Livre’, defendido por seus seguidores, virou ‘Lula Livrado’ pelo STF”.

Perfeito.

Quer dizer que todas as instâncias (quantas foram?), todos os votos e todas as análises (incluindo as posteriores ao julgamento do Sérgio Moro) de nada valeram?

Todos erraram nesta lógica, e somente os 5 votos do STF são os que valeram.

Há de se parar o mundo para descer… Devolva-se todas as propinas recuperadas pela Operação Lava-Jato (foram BILHÕES) e as entreguem aos agora moralmente, por tabela, outros “ex-corruptos” (como o presidente da Odebrecht, pessoal do Petrolão e do Mensalão, OAS e tantos outros). Afinal, o elo (LULA) é um homem “honesto”.

Isso cansa. E pensar que populistas como Lula, Bolsonaro e tantos outros demagogos encontram defensores incondicionais, façam o que fizer.

A propósito: senhores como Lewandowski ou Gilmar Mendes, em seus discursos, não teriam um certo ciúme de Moro, aparentemente?

– Sendo verdadeiramente trouxa: a prisão do deputado Daniel Silveira.

E por ordem do juiz Alexandre de Moraes, o deputado Daniel Silveira foi preso por instigar os ministros do Supremo e defender atos antidemocráticos, pedindo um novo AI-5.

Sabe o que foi impressionante nesse episódio? A fala no vídeo que ele gravou, provocando os homens togados e desafiando-os para prender “a troco de mostrar coragem”.

Pronto. Foi preso. Será que ele ficou feliz?

Sabe aquele cara que quer dar uma “de bonzão”, e acaba se dando muito mal por se achar “o tal”? Foi isso. Cutucou gente do calibre dele que tem o poder da caneta.

As bobagens ditas em: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2021/02/16/em-video-deputado-bolsonarista-investigado-ataca-e-ofende-ministros-do-stf.htm

– Lula e Bolsonaro irmanados contra Moro? Mesmo não estando juntos, comungam aparentemente do ideal.

A interpretação dos fatos no Brasil sempre ocorre de acordo com as paixões. Um bom exemplo: Sérgio Moro e a suposta parcialidade nos julgamentos. 

Há uma grande confusão disseminada nas Redes Sociais. O problema reside em: não é que Lula tenha sido um inocente condenado por alguém que lhe inventou culpa, mas sim um corrupto no qual o juiz ajudou os procuradores a não deixá-lo escapar das garras da Lei. 

Bem claro: Moro não plantou provas inexistentes, mas deu dicas à PGR de como provar sua culpabilidade (o que não poderia ter feito, pelo cargo que ocupa).

A questão é: Lula poderá ser novamente julgado, blá-blá-blá e toda a culpa dos monstruosos crimes de corrupção do Mensalão e do Petrolão, impunes.

A reboque, uma alegria indisfarçável do Governo na implosão da Operação Lava-Jato (um desejo de Bolsonaro desde que tentou – e conseguiu – intervir na Polícia Federal nos tempos de Moro ministro). 

Não é curioso que Luís Inácio Lula da Silva e Jair Messias Bolsonaro estejam em comunhão contra Sérgio Moro? Ou não estão?

Não seria somente por uma possibilidade do ex-juiz se candidatar à Presidência em 2022… ou não é assim?

Difícil responder tais questões.

– Pare de usar a justificativa que o STF “travou” Bolsonaro na Pandemia. Entenda a realidade:

Cansou ouvir bla-bla-blá sobre “culpados da Pandemia”. Vamos falar com clareza?

O Supremo Tribunal Federal tem inúmeros pecados a serem expurgados, mas precisamos ser justos: o de “proibir o presidente Jair Bolsonaro de lutar contra a pandemia”, não. É discurso de fanático bolsonarista ou de pessoas que não entenderam o que aconteceu.

Quando o STF deu poder aos Estados e Municípios a fim de tomarem medidas mais amplas na Pandemia, NÃO ISENTOU A UNIÃO de agir. Há muita bobagem nessa história, que mais parece desinformação do que justificativa fanatizada: a Justiça permitiu que governadores e prefeitos decidissem ações mais personalizadas, de acordo com a realidade da comunidade que vivem (já que o país é muito grande e heterogêneo). A afirmação de que proibiu a União, portanto, é mentirosa, e surgiu como subterfúgio para muitos.

Não tem nada a ver com dizeres como “o presidente ficou de mãos atadas”, ou “o Governo Federal não pode nada”. Não se encubra incompetência no combate e acomodação das autoridades com “impossibilidade de fazer” e “proibição do Judiciário”.

Normalmente, quem gosta de usar esse discurso, tenta acrescentar na fala: “olhe só os que os governadores e prefeitos roubaram”. Ué, se roubaram, cadeia neles! Mas sejamos inteligentes e realistas: o que isso tem a ver com a omissão do Governo Federal?

Todos (Presidente, Governadores e Prefeitos) têm responsabilidades. Executivo, Legislativo e Judiciário, idem. Além de nós, brasileiros sem cargo público, de cobrar as autoridades.