– E aí Excelência?

O Instituto de Direito Público de Brasília, entidade na qual o juiz Gilmar Mendes é colaborador e que muitos alegam piamente ser de sua propriedade, recebeu R$ 2,1 mi em patrocínios da JBS.

Quer algo mais explosivo do que isso, em especial quando os irmãos Baptistas, proprietários do grupo, conseguiram a delação premiada com ótima benesse da liberdade nos EUA?

Durma-se com um barulho desses…

bomba.jpg

– O STF é para rir ou chorar?

Herman Benjamin é “o cara”. Me representa pela seriedade e compromisso em não tergiversar. E junto a ele, somos obrigados a ouvir gente como Gilmar Mendes, que no julgamento da chapa Dilma e Temer, ousou dizer que:

Não houve abuso de poder econômico e político”.

Como justificar isso?

O pior é não considerar toda a picaretagem que se sabe sobre as campanhas políticas e troca de favores. Depois disso, só falta sair gritando: Fica Temer, Volta Dilma, Viva Aécio e Adorado seja Lula”.

Triste Brasil

bomba.jpg

– Dando o braço a torcer no julgamento da Chapa Dilma e Temer

Não dá para deixar de comentar: ao ouvir Ministros, Juízes, Advogados e outros envolvidos no Julgamento da chapa Dilma e Temer no Supremo Tribunal Federal, duas coisas são indiscutíveis:

  • o maçante, enfadonho e exagerado roteiro burocrático;
  • a inteligência (para o bem e para o mal) dos discursos de gente que sabe falar com categoria!

Nessas horas, precisamos aprender algumas técnicas de convencimento com essas pessoas (claro, sem precisar concordar com eles).

bomba.jpg

– Andreas von Richthofen pagou indevidamente pela fama da irmã!

Coitado de Andreas von Richthofen, vítima de má jornalismo, fofoca e doenças psíquicas. O jovem é irmão de Suzane von Richthofen, a moça que junto do namorado e do futuro cunhado (os irmãos Cravinhos), mataram os pais para ficar com a herança.

Ontem se divulgou que ele fora detido “doidão na Cracolândia“. Alguns até mesmo o tacharam de cúmplice da irmã! Quanta maldade…

O rapaz tinha 15 anos na época, não participou do crime e chorou muito a perda da família. Ficou órfão POR CULPA DA IRMÃ, que confessou que com os cúmplices consumiu Cocaína e que planejou a morte dos genitores por dinheiro. Mais do que isso: Andreas não estava na Cracolândia, estava na Chácara Flora. Ele é graduado, mestrado e doutorado em Química pela USP! Lamentavelmente, o “último que sobrou vivo e livre daquela família” foi diagnosticado com problemas mentais quando pulou a casa onde foi detido.

O grande problema é: RÓTULO! Pagou pela fama da irmã pelos desavisados…

bomba.jpg

– Cabelos Brancos e Honestidade?

Certa vez disse Rui Barbosa (intelectual brasileiro, político, ministro, entre tantas coisas que esse grande homem foi no Brasil do começo da República):

Não se deixe enganar pelos cabelos brancos, pois os canalhas também envelhecem”.

Pois é: o que tem de picareta na sociedade, independente de idade, sexo, ou raça…

RUI-BARBOSA-564539_385471408173206_1176576914_n.jpg

– O Pastor Fernandinho Beira-Mar 

O mega-traficante Fernandinho Beira-Mar é um “preso do bem”. Ou não?

Sabiam que ele teve a pena reduzida em 173 dias?

Motivo: leu 10 livros no presídio e fez uma resenha sobre todos eles. E como bom presidiário, já fez curso de mecânica automotiva e tecnologia da informação. Em breve, terminará a faculdade de Teologia! E tudo dentro do xilindró, em Rondônia, aproveitando o benefício de redução de penas dado a quem estuda.

Teremos um ex-presidiário quite com a Justiça e reintegrado honestamente com a sociedade?

Aliás: 173 dias de redução por tantos estudos é muito ou pouco? Independente de quem é o beneficiário, acho pouco.

bomba.jpg

– A inegável comparação acertada de José Simão!

O jornalista e humorista José Simão foi perfeito em seu tuíte sobre o “prende e solta” do Judiciário. 

Na sua postagem, comparou com exatidão os juízes Sérgio Moro e Gilmar Mendes como “remédios de intestino”! E não é verdade?

Abaixo:

– O goleiro Bruno retorna às grades…

O goleiro Bruno, acusado de ser o mandante da morte da mãe do seu filho, após ter uma contestada saída da prisão e assinar com o BOA Esporte Clube de Varginha, teve que voltar à cadeia.

O pessoal do humorístico “Sensacionalista” redigiu essa grande tirada, fazendo analogia entre as autoridades policiais e o mundo do futebol:

Juiz diz que goleiro Bruno se adiantou na saída e manda voltar penalidade“.

Putz, os caras foram rápidos! É bem isso mesmo.

bomba.jpg

– E o Jayme Cintra irá realmente a leilão!

A partir das 11h desta quinta-feira (27/04), o Paulista FC verá o Estádio Jayme Cintra ser leiloado para pagar dívidas trabalhistas.

Às vésperas de completar 108 anos de vida, na 4a divisão estadual e sem calendário para jogar até abril de 2018, o clube deve algumas dezenas de milhões em impostos, contas diversas e saldos a pagar a funcionários. O leilão irá como garantia a uma cobrança de aproximadamente R$ 1,4 milhões devidos a 19 pessoas. Mas sabidamente deve muito mais, sendo que essa conta está no “consórcio de credores” feito na Justiça.

O problema hoje é: por quê não se tem acesso a toda a relação nominal de credores e seus valores? Por quê o torcedor não sabe para quem e quanto se deve a Fulano ou Beltrano?

Triste. Em uma área valorizada, o valor do terreno e do prédio está avaliado em R$ 35 milhões (achei subestimado esse valor), mas você pode arrematar (em qualquer caso de leilão judicial) por metade do preço em lance inicial

Quer saber? Com dor no coração escrevo: se for para ter o nome limpo na praça, paciência! Se pague as dívidas e responsabilize os culpados dessa vergonha.

Infelizmente, o clube precisará ser refundado com gente nova. Pode ser inevitável.

Em tempo: o Estádio foi tombado pelo patrimônio público de Jundiaí nos últimos dias. Isso não impede do leilão acontecer e de um comprador entrar na Justiça contra esse tombamento…

bomba.jpg

– 1a Constituição, só que…

Sabiam que hoje se comemora a Primeira Constituição do Brasil? Sim, em 25 de março de 1824 tivemos a nossa Carta Magna do país.

Entretanto, depois de tanto tempo, as leis são usadas e mudadas ao seu bel-prazer. Vide o polêmico projeto da Terceirização plena (que possui inegáveis pontos favoráveis, mas outros desfavoráveis).

Na próxima 3a feira dia 28, deve ser anunciado um brutal aumento de impostos! Quer dizer: um país falido legal, financeira e moralmente.

Que pena do nosso Brasil…

bomba.jpg

– O Radical Cristão Bolsonaro e o Evangelho de hoje.

Tenho medo de políticos radicais, sejam eles de esquerda ou de direita. E assisti a uma fala de Jair Bolsonaro no programa de entrevistas do Danilo Gentili, no SBT. Disse ele em determinado momento que:

Violência se combate com violência”.

Discordo, chega da lei do “Olho por Olho”. A violência só gera violência. Violência se combate com Educação e Valores Morais às crianças, oportunidade de emprego aos jovens, cumprimento das leis pelos adultos, autoridade do Estado (não autoritarismo).

Aliás, Jair Bolsonaro que é do Partido Social Cristão, e que professa a fé evangélica, deveria se lembrar que Jesus pede tolerância, misericórdia e amor, que deveria ser tratado nos dias atuais, para esses casos, como reinclusão social.

Aliás, nesta 3a feira, o Evangelho fala na liturgia católica de que Cristo orientava a perdoar 70×7…

Meio incoerente com o discurso do “Bolsamito”, não?

Repito: não gosto de fanatismos ou radicalismos, nem de esquerda e nem de direita.

bomba.jpg

– A nova lista de Jannot, os 3.4 bi da Odebrecht e o PIB que despencou!

A relação dos políticos citados em corrupção da nova lista a ser entregue pelo Procurador de Justiça Rodrigo Jannot vai sacudir Brasília, não há dúvida.

O problema é: o quanto isso vai parar o Brasil?

A Odebrechet, segundo o Estadão de hoje, distribuiu R$ 3,4 bi em propina (você não leu errado: três bilhões e quatrocentos milhões de reais em dinheiro sujo). Para quem dá um valor desse, espera-se arrecadar quanto? Ninguém suborna por valor mais alto que receberá.

Além dessa quebradeira, fica a observação: divulgou-se que o PIB oficial caiu 3,6% no último ano, acumulando 7,2% no último biênio! Ou seja, o país quebrou.

A pergunta é inevitável: ao mesmo tempo que aos poucos parece que o país começará a ter uma retomada (com a injeção do dinheiro das contas inativas do FGTS, por exemplo), há um lado pessimista de que o lado podre da Política brasileira (intrínseca em nosso dia-a-dia) é maior do que pensávamos.

Pobre Brasil… Como diria a canção debochada do Ultraje a Rigor,vamos vender o país ‘pros japonês’“.

bomba.jpg

– A insensibilidade das autoridades sobre as vítimas da boate Kiss

Lembram-se do pavoroso incêndio que matou centenas de jovens em Santa Maria/RS, repercutindo mundialmente?

Acredite se quiser: uma Procuradora de Justiça gaúcha alegou que a culpa foi das próprias vítimas, por estarem supostamente embriagadas!

Durma-se com um barulho desses…

Extraído de: https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/02/25/procuradora-do-rs-culpa-vitimas-da-kiss-por-estarem-bebadas-e-revolta-familiares.htm

PROCURADORA DO RS CULPA VÍTIMAS DA KISS POR ESTAREM BÊBADAS E REVOLTA FAMILIARES

Uma procuradora de Santa Maria (RS) causou revolta em familiares das vítimas do incêndio na boate Kiss, que matou 242 pessoas em janeiro de 2013, ao sugerir que a embriaguez de algumas das vítimas colaborou para as suas mortes.

No documento, que contesta na Justiça um pedido de indenização por danos morais feito pela família de um dos jovens mortos na tragédia, a procuradora Mirela Marquezan ressalta: “Certamente diferentes fatores contribuíram para esta diferença de condutas e desfechos, sendo, um deles, o estado de sobriedade ou de embriaguez de cada um dos frequentadores do estabelecimento, fato que deve ser bem analisado em cada caso concreto”.
O trecho foi tornado público pelo advogado Luiz Fernando Scherer Smaniotto, representante de alguns familiares de vítimas.

A procuradora diz na contestação: “Apesar da comoção generalizada e luto coletivo ocorridos com a tragédia da boate Kiss, e mesmo podendo parecer insensível mencionar a possibilidade de ocorrência de culpa das próprias vítimas; não há como ignorar o fato de que diversas pessoas que estavam em frente ao palco, onde começou o incêndio, conseguiram sair do local; ao passo que outras tantas, que estavam muito mais próximas à porta de saída, não abandonaram o recinto”.

A citação causou indignação nos familiares de mortos e sobreviventes. “Quero saber em qual técnica ela se baseou para escrever isso. Primeiro, ela não é médica. Segundo, não é bombeiro para saber se as pessoas podiam ou não sair da boate. Ela não tem conhecimento técnico para usar esse argumento”, afirma o presidente da AVTSM (Associação dos Familiares das Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria), Sérgio Silva.

Silva afirma que já tem uma reunião marcada com o novo prefeito da cidade, Jorge Pozzobom (PSDB), na qual tratará do assunto. Além disso, diz que entrará na Justiça contra a procuradora. “Meu filho estava na porta da boate, estava com o meu carro e não tinha uma gota de álcool no sangue, conforme a perícia no corpo. Qual argumento da procuradora para isso? Eu, como pai, gostaria que ele estivesse bêbado e drogado, para morrer numa boa, sem noção da realidade, e não sofrendo como aconteceu.”

A reportagem tentou, neste sábado (25), contato com a procuradora Mirela Marquezan, mas não obteve sucesso. Entretanto, ainda nessa sexta, a Prefeitura de Santa Maria emitiu nota, explicando que “as condutas adotadas foram opções técnicas feitas pelas chefias institucionais que geriam o município na época”. E prosseguiu: “A prefeitura foi renovada nas urnas e todos, inclusive as diretamente envolvidas com essa lamentável tragédia, são testemunhas da grande vontade de mudar que tem impulsionado a nossa dedicação diária às causas do município”.

Mais adiante, a administração destaca: “A nós, hoje, cabe acarinhar e acalantar essas pessoas que se sentiam órfãs frente ao poder municipal em um dos momentos mais difíceis que um ser humano é capaz de enfrentar. O que realmente importa é que essas pessoas saibam que podem contar conosco para ajudar, para compreender e, principalmente, para aprender. Esse é o nosso compromisso, isso é renovar”.

bomba.jpg

– A Suruba de Jucá

Esse é o naipe dos nossos políticos?

Não merece meu respeito o sr Romero Jucá. Disse ele:

Se acabar o foro, é para todo mundo. Suruba é suruba. Aí é todo mundo na suruba, não uma suruba selecionada“.

Extraído de: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/02/1860587-juca-critica-a-imprensa-e-defende-blindagem-a-chefes-do-legislativo.shtml?cmpid=tw-uolnot

JUCÁ CRITICA A IMPRENSA E DEFENDE BLINDAGEM A CHEFES DO LEGISLATIVO

Líder do governo no Congresso e presidente nacional do PMDB, o senador Romero Jucá (RR) saiu em defesa, nesta segunda-feira (20), da PEC (Proposta à Emenda à Constituição) que apresentou na semana passada para blindar os presidentes da Câmara e do Senado.

Alvo da Lava Jato, Jucá fez duras críticas à imprensa, a que se referiu como “vivandeiras e carpideiras”, e disse que não iria se “acovardar”.

“Não sou réu, estou sendo investigado, cobro a investigação e vou continuar aqui agindo do jeito que sempre agi. Não vou me acovardar, não vou me apequenar e vou exercer o meu mandato aqui na plenitude, fazendo os enfrentamentos que eu entender que devo fazer, sem ter medo. Medo é uma palavra que eu não conheço”, afirmou Jucá na tribuna do Senado.

Jucá se disse alvo de perseguição de setores da imprensa e responsabilizou jornalistas pelo fato de senadores terem retirado assinaturas de apoio à PEC que apresentou para dar isonomia de tratamento aos presidentes dos Poderes. Pressionado, acabou retirando a proposta no dia seguinte.

“Quero aqui dizer, com muita tranquilidade, aos meus adversários e a quem quer me marcar com uma estrela no peito: eu não vou morrer de véspera, eu não me entrego, eu sei o que eu defendo, eu sei o que eu fiz, e eu sei o que vou fazer”, disse Romero Jucá.

Ele disse ter tomado a decisão de apresentar a PEC no final do ano passado, quando o STF (Supremo Tribunal Federal) determinou por liminar o afastamento de Renan Calheiros (PMDB-AL) da presidência do Senado.

“Pensei com meus botões: será que é justo que nós tenhamos o presidente e o vice-presidente tendo um tipo de tratamento e os presidentes dos outros Poderes tendo outro tipo de tratamento pela decisão do Supremo Tribunal Federal, que não está escrita na Constituição?”, ponderou Jucá.

IMPRENSA

Jucá comparou o trabalho dos jornalistas ao nazismo, à Inquisição e à Revolução Francesa.

“No passado, a turba fazia linchamentos. A gente viu muito isso ao longo da história do mundo. Hoje, quem tenta fazer linchamentos não é a turba, é a imprensa e setores da sociedade”, afirmou o senador.

Ele disse ainda que “as novas carpideiras e vivandeiras”, como se referiu aos jornalistas, “choram os defuntos ainda vivos”.

Ele disse ainda que “parte da imprensa não dá chance a ninguém de se defender”.

“Escolhe aleatoriamente e parte para o estraçalhamento, sem se preocupar com a verdade, sem se preocupar com a coerência, sem se preocupar com a família das pessoas, com a história de cada um”, criticou Jucá.

Ao mencionar gravação divulgada pela Folha em maio na qual aparece dizendo que é preciso “estancar a sangria”, afirmou que não se referia à Lava Jato e que nunca tramou contra a operação. O episódio levou à sua queda do Ministério do Planejamento.

“Eu não tive acesso à totalidade das gravações. A Folha de S.Paulo pode ter tido; eu não tive”, afirmou.

“Nós mudamos já todos os indicadores macroeconômicos do Brasil. Essa era a sangria. Falta mudar ainda os microeconômicos, o desemprego e o endividamento, mas vamos mudar”, completou.

FORO

Em entrevista ao jornal “O Estado de S. Paulo”, Romero Jucá reagiu à disposição dos ministros do STF de restringir a prerrogativa de políticos.

“Se acabar o foro, é para todo mundo. Suruba é suruba. Aí é todo mundo na suruba, não uma suruba selecionada”, afirmou o senador ao jornal.

Na semana passada, o relator das ações oriundas da Operação Lava Jato no STF, ministro Edson Fachin, disse ser contra o foro privilegiado.

O ministro Luís Roberto Barroso enviou ao plenário do Supremo, também na semana passada, um processo para discutir a redução do alcance da prerrogativa de foro de deputados, senadores e ministros.

bomba.jpg

– De que adianta a punição do Heltton Matheus?

O “gato da Copa SP”, Heltton Matheus, foi punido com R$ 500,00 de multa e 360 dias de suspensão.

Particularmente, creio que o Audax pagará um salário simbólico e ficará com o atleta à espera da sua liberação. Enquanto isso, provavelmente a defesa recorrerá e reduzirá a pena, transformando-a em cesta básica.

É vida que segue. Ninguém devolverá a oportunidade do Paulista em jogar a final contra o Corinthians na edição que se passou. Claro que não se deve imputar a pena de morte ao rapaz, mas o Galo de Jundiaí, sem dúvida, permanecerá eternamente com o prejuízo.

Que tudo isso sirva de lição para que os atletas sejam mais honestos e clubes mais prudentes. Claro, e que as federações sejam mais responsáveis ao aceitarem os registros de atletas.

bomba.jpg