– Por quê os árbitros escolheram José Aparecido de Oliveira para o TJD-SP?

Leio no site do Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado de São Paulo (SAFESP) que o ex-árbitro José Aparecido de Oliveira foi escolhido como representante da entidade no Tribunal de Justiça Desportiva do Estado de São Paulo (TJD-SP) pelo presidente do Sindicato, Aurélio Santanna Martins, para o período de Julho/2020 até Julho/2024.

Na briga eleitoral para a presidência do SAFESP, a indicação do membro do TJD-SP sempre foi muito discutida. Por exemplo: por quê Arthur Alves Júnior, o antigo presidente, indicou o deputado Olim (PP-SP) para o cargo sem uma justificativa plausível (já que ele não era do meio da arbitragem)? Qual o critério ou mérito para tal? Isso foi inclusive discutido em: https://is.gd/meD03y.

A questão se repete agora: sumido do mundo do futebol, sem grandes trabalhos realizados no esporte ou na mídia esportiva desde o polêmico jogo entre Palmeiras x Corinthians do Campeonato Estadual de 1993 (que ficou ironizado por muitos como “Esquema Parmalat”, já que nunca se provou nada contra José Aparecido), por quê tal nome?

A justificativa, extraída do próprio site da entidade, é de que:

“Oliveira foi um dos grandes nomes da arbitragem no cenário paulista e nacional, e também foi árbitro FIFA por 2 temporadas (1992/93). Apitou 3 finais paulistas (1990, 1992 e 1993), a primeira final do Brasileiro de 1990 e a final da Copa do Brasil de 1992. ‘Estamos certos de que o Dr. José Aparecido terá no TJD o mesmo sucesso e alto nível que teve em campo como árbitro. Confiamos em sua história, em seu nome e seu trabalho.’ – comentou o presidente do SAFESP”.

Não sei se José Aparecido de Oliveira é uma boa escolha para a função, pois não conheço a fundo suas qualidades para esse cargo indicado. Quem teve a ideia do seu nome, possivelmente, deve depositar esperança de um bom trabalho. Mas a curiosidade continua a ser: tão afastado que estava, de onde surgiu o “start” para convidá-lo?

Não é, de fato, intrigante?

A última vez que eu tinha ouvido falar do José Aparecido foi quando ele venceu o câncer de estômago que sofreu, nesta entrevista (link abaixo) em que ele relembra a citada partida (na época, o atual presidente da FPF, Reinaldo Carneiro Bastos, era membro da Comissão de Arbitragem que o escalou para a decisão).

Em: https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2016/06/08/apos-23-anos-juiz-de-palmeiras-x-corinthians-conta-segredo-e-erro-na-final.htm

622_819593ca-7f1c-3b76-8620-85eb454665a0

(foto: ESPN Brasil, extraída de: http://www.espn.com.br/noticia/689467_godoi-detalha-arbitragem-polemica-que-tirou-palmeiras-da-fila-e-diz-que-juiz-do-jogo-depois-foi-vendido-para-ajudar-argentina)

– Para recuperar empresas do crime organizado… Administradores!

Boa notícia: o Conselho Federal de Administração e o Ministério da Justiça assinaram um convênio onde, para salvar as empresas que um dia pertenceram ao Crime Organizado, administradores de empresas serão chamados para geri-las.

Informações extraídas de: https://administradores.adm.br/2020/06/10/parceria-entre-o-cfa-e-o-ministerio-da-justica-abre-espaco-para-administradores/

PARCEIRA ENTRE O CFA E O MINISTÉRIO DA JUSTIÇA ABRE ESPAÇO PARA ADMINISTRADORES

Por iniciativa do Conselho Federal de Administração e do Ministério da Justiça, foi estabelecido uma parceria entre as instituições para que Administradores possam ser indicados para Administrar empresas confiscadas em operações contra o crime organizado e o combate à lavagem de dinheiro e que, por esta condição, deverão ser leiloadas para pagar possíveis prejuízos e o resultado revertido para o Estado. Com a indicação de Administradores habilitados, estas empresas manterão suas atividades, gerando maior interesse nos leilões futuros, garantindo empregos e gerando valor.

A parceria abre espaço para que administradores experientes, possam compor um banco de dados de profissionais que poderão ser selecionados para exercer a gestão temporária destas empresas.

Para o presidente do CFA, Mauro Kreuz, o convênio é mais uma demonstração da credibilidade e da seriedade institucional da autarquia junto à sociedade e as organizações públicas e privadas. “Essa é mais uma ação que o Governo Federal demonstra a confiança que ele tem no Sistema CFA/CRAs. Para os profissionais da administração, essa é mais uma ótima oportunidade de ampliação do mercado de trabalho para a sua atuação profissional e comprova o diferencial competitivo que esses profissionais têm no mercado de trabalho”, diz o presidente.

Fonte: Comunicação do CFA

– O espírito de Corrupção frente à necessidade de Espírito Solidário! Witzel, Dória, Bolsonaro…

Com tanta gente sofrendo, acontecendo mortes aos milhares em nosso país por conta de Covid-19, ainda assim há aqueles que não se sensibilizam com a tragédia.

Prova disso: as denúncias de corrupção envolvendo compra de respiradores, montagem de hospitais de campanha e outros desvios.

No Rio de Janeiro, o governador Wilson Witzel recebeu a visita da Polícia Federal em sua casa, numa busca de possíveis indícios de corrupção em verbas destinadas à Pandemia.

Em São Paulo, se fala muito sobre os valores absurdos pagos antecipados a respiradores chineses ainda não entregues, sendo um grande “Calcanhar de Aquiles” ao governador paulista João Dória Jr.

Tem que investigar mesmo! Não se pode ser insensível a tal ponto de cometer desvios de dinheiro num momento tão delicado. E, já que a Polícia Federal começou a trabalhar em cima disso, sejamos justos: aja também com eficiência nos casos em que o Presidente Bolsonaro não quer (seja quais forem – suspeita ou crime cometido – tem que investigar). Lembremo-nos que ele confessou que iria intervir na PF para blindar seus familiares e amigos (e interveio).

É duro ver tanta politicagem (de todas as esferas de Governo) enquanto a população fica exposta sem uma política racional de combate ao Novo Coronavírus.

Concurso Polícia Federal: descubra onde você poderá ser lotado

 

– Ponderação ao escrever coisas que não testemunhou ou nem provará: o caso “Dono da Havan” e “Reitor da Unicamp”.

Cuidado quando você acusa alguém justificando que “um amigo lhe falou”. Pode dar muito errado…

Viram a pendenga envolvendo Luciano Hang, dono da Havan, e o reitor da Unicamp, Marcelo Knobel?

O empresário tuitou que, durante uma formatura (segundo um amigo), o reitor gritou palavras de ordem comunistas (veja abaixo). Em seguida, o ofendeu na postagem.

E o grande problema foi: o professor Marcelo Knobel nem tinha participado desse evento… Na Justiça, Hang teve que indenizá-lo.

Veja a defesa do advogado ao final da matéria:

Extraído de: https://istoe.com.br/dono-da-havan-e-condenado-por-atacar-reitor-da-unicamp/

DONO DA HAVAN É CONDENADO POR ATACAR REITOR DA UNICAMP

A Justiça de São Paulo condenou o empresário Luciano Hang, donos das lojas Havan, a indenizar o reitor da Unicamp, Marcelo Knobel, em R$ 20,9 mil. No dia 24 de julho de 2019, Hang escreveu em seu perfil no Twitter que o reitor da universidade havia gritado “Viva la Revolução” durante uma formatura.

“Unicamp final ano passado amigo meu acaba de contar foi formatura sobrinho no final o Reitor grita: ‘Viva la Revolução’ e depois dizem que nossas universidades não estão contaminadas? Vá pra Venezuela Reitor FDP”, escreveu o dono das lojas Havan. A publicação recebeu cerca 5,3 mil curtidas e 680 retweets.

No entanto, o juiz Mauro Iuji Fukumoto, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Campinas, constatou que Marcelo Knobel “não gritou ‘Viva la revolução’ em uma cerimônia de colação de grau”. Durante o processo, o reitor que é professor de física afirmou que não participou do evento.

“Ao imputar-lhe conduta em tese praticada por terceira pessoa, o requerido [Hang] procura atribuir-lhe a pecha de radical e extremista – alguém que, em evento acadêmico, manifesta uma posição política, sem qualquer relação com o contexto em que se encontra, sendo incapaz de dissociar sua suposta opção ideológica dos deveres inerentes ao cargo que ocupa. Evidentemente, essa é uma qualificação que desmerece o segundo requerente [Marcelo]. Ademais, o fato inverídico serviu de pretexto para absurda e gratuita ofensa (“Reitor FDP”)”, escreveu o juiz na sentença.

A defesa do empresário afirmou durante o processo que Hang apenas reproduziu fato que um amigo lhe contara e que o “FDP” não foi utilizado com a finalidade de ofender o reitor, e que não devia ser interpretado em seu sentido literal.

luciano-hang-418x235

– Cabelos Brancos e Honestidade?

Certa vez disse Rui Barbosa (intelectual brasileiro, político, ministro, entre tantas coisas que esse grande homem foi no Brasil do começo da República):

Não se deixe enganar pelos cabelos brancos, pois os canalhas também envelhecem”.

Pois é: o que tem de picareta na sociedade, independente de idade, sexo, ou raça…

Não se deixem enganar pelos cabelos... Rui Barbosa

– 17 anos de cadeia confirmados para Lula, “a alma viva mais honesta do Brasil”, segundo ele próprio.

O TRF-4 manteve hoje a condenação em segunda instância de 17 anos de prisão (pelo caso do sítio de Atibaia) a Lula, sendo esse um dos 7 processos de corrupção que o ex-presidente, chefe do Petrolão, responde.

E pensar que um dia esse cara enganou o povo direitinho, se reelegendo e dizendo sempre, a cada escândalo do PT, que “não sabia de nada”. Ousou dizer aquela frase de que era “a alma viva mais honesta do Brasil”.

Uma pessoa que age dessa forma, por incrível que pareça, consegue ter apreço de muita gente. É o fanatismo ao Lulismo que se assemelha ao fanatismo Bolosnarista, ou seja, o de colocar o político num pedestal e nunca aceitar seus erros.

Xô, fanatismo.

O ex-presidente Lula discursa durante evento em Recife, no dia 17 de novembro — Foto: Adriano Machado/Reuters

– É crítica. Mas, ao mesmo tempo, elogio.

Disse Renan Calheiros sobre Sergio Moro, via twitter, ontem:

“Moro é transgressor confesso. Vazou áudios ilegais, grampeou advogados, escalou quem perseguir, desobedeceu soltura judicial, conspirou contra democracia. Invocar estado de direito agora é hipocrisia”.

Quando alguém com histórico em negociações políticas complicadas, denúncias e escândalos (como tem Renan) resolve atacar alguém, não se encare como ofensa. O suposto ofendido deve encarar como elogio, pois é indicador de que está no caminho certo, incomodando quem sempre foi suspeito.

bomba.jpg

– Quem alimenta o ressurgimento do nefasto Petismo de Lula é… Bolsonaro! Sobre a saída de Sérgio Moro

Bolsonaro serrou o galho em que estava sentado, da árvore chamada Sérgio Moro! E agora?

Um dos baluartes contra a corrupção foi Sérgio Moro. Teve coragem de lutar contra o sistema de poder implantado pelo PT e turbinado por Mensalão e Petrolão.

O presidente Jair Bolsonaro, que há tempos tem mais atrapalhado do que ajudado o país (vide tantas declarações polêmicas e a falta de liderança responsável durante a pandemia), por muito tempo se colou na aura honesta de Moro (por favor, não tente argumentar que Moro é quem se beneficiava da imagem de Bolsonaro, isso é ilógico).

Por duas vezes, tentou-se trocar o comando da Polícia Federal. Valeixo, o superintendente da PF, homem de confiança de Bolsonaro, por fim, foi demitido. Coerentemente, Moro pediu demissão do Ministério da Justiça. E me chamou a atenção os seguintes pontos:

1- Moro alertou que a troca da PF se devia pelo fato do Presidente querer relatórios do serviço de inteligência,
2- Sobre os detalhes da demissão de Valeixo, Moro foi categórico: “o presidente faltou com a verdade”.
3- Por fim, quanto a autonomia da Polícia Federal, nem nos tempos ruins do PT no Governo ela foi tão ameaçada.

Enfim, a saída de Sérgio Moro abala demais o apoio da população a Bolsonaro, que mostra mais uma demonstração de autoritarismo ao invés de autoridade, de egoísmo ao invés de liderança.

Entre Moro e Bolsonaro, em quem você confia / confiaria mais?

Fica difícil até o mais fanático Bolsonarista defendê-lo agora… Aliás, todo mundo que sai do Governo é chamado de “traidor ou comunista” (mesmo que seja o oposto disso). Alguém ousará?

Parece que o discurso de Bolsonaro, no fundo, lembra a mesma hipocrisia de Lula, Collor e tantos outros (o de pensar no povo e não pensar em si).

A maior ironia é: até Lula, o corrupto condenado por Moro, deve ter o aplaudido hoje pela coragem da entrevista.

– O paraguaio Ronaldiño. Ou o Ronaldinho Gaúcho versão “passaporte falsificado”?

Já escrevi algumas vezes: para mim, no auge da carreira, Ronaldinho Gaúcho foi melhor do que Lionel Messi. Na carreira inteira (e olhe que Messi ainda está em atividade), o brasileiro foi bem superado pelo argentino.

Se tivesse sido mais profissional, com o talento que tem, R10 teria levado mais Bolas de Ouro do que as que conquistou. Mas parece que a vida desregrada o agradou mais e optou por curtir a grana (e muita) que ganhou.

Agora, foi preso no Paraguai por estar portando um passaporte paraguaio falsificado, já que o seu original foi apreendido devido ao processo e crimes ambientais em que responde na Justiça. Lamentável.

Toda a minha admiração futebolística pelo Gaúcho, já relatada, perdeu intensidade com 3 fatos:

  • Uma entrevista à Placar, quando disse que não sabia o quanto ganhava e que deixava seu irmão Assis administrar tudo, já que não carregava dinheiro. Disse ainda que: “roupas ele ganhava dos patrocinadores, jantares e almoços eram por conta da casa, hotéis e viagens eram a troco de fotos, e que o único gasto mesmo era com gasolina, mas abastecia no posto e pagava com cartão de crédito, que estava no Débito Automático”.
  • A ridícula imagem no pódio da Olimpíada, no fracasso da busca da medalha de ouro, recebendo a premiação conversando e sorrindo falando aos celular.
  • As constantes notícias de sonegação de impostos e calote em tributos.

Quem ganha muito dinheiro, acima da média mundial e além até das próprias celebridades do seu meio, deveria ter menos ganância e pagar as cobranças (e já sobraria muito ainda)…

Que pena, Ronaldinho. Está levando bola nas costas depois de aposentado?

ronaldinho-gaucho-e-detido-com-passaporte-falso-no-paraguai-1583376298891_v2_450x600

Foto: Divulgação/Polícia Nacional do Paraguai

– E Quem é o “Comprador” da Lusa?

Um interessante repost de 6 anos: Lembram do “Caso Héverton”, decisivo para a derrocada da Portuguesa de Desportos? Abaixo:

Uma reviravolta no caso da Portuguesa. Não é que o Ministério Público crê que alguém de dentro do clube tenha se vendido para prejudicar a sua própria instituição?

Coisa de máfia… e quem seria o traidor?

Imagine como as pessoas honestas de lá estão, e como deve ser grande o desejo de pegar o “Judas Luso”. Mas isso não pode desviar o verdadeiro foco: a forma como tudo foi feito, o julgamento do STJD desprezar o Estatuto do Torcedor e as Leis da Fifa, e, principalmente, quem foi o MANDANTE!

Claro, pois se alguém se vendeu, é claro que existe um comprador. E quem foi esse sujeito e a mando de quem (de um outro clube, de um magnata, de um interessado) fez tudo isso? E quem foi o grande beneficiado?

Fica a dúvida no ar.

judas.gif

– Pra quê insistir na culpabilidade de Luiz Inácio, se há gente que não acredita?

Mais uma conformação da condenação do ex-presidente Lula, agora pelo sítio de Atibaia.  E algumas perguntas devem ser feitas:

  1. Quantas pessoas deixaram de acreditar na honestidade dele depois do anúncio da pena (que foi aumentada)? Quem cegamente o segue, não se convence.
  2. Quando é que ele poderá voltar para a cadeia?
  3. Como teremos um país menos dividido e mais unido por políticos honestos e competentes?
  4. De que jeito fazer as pessoas entenderem que aqueles que não compactuam com as picaretagens e atos corruptos cometidos por Lula não são necessariamente Bolsonaristas e nem defendem a truculência do atual Chefe de Estado?
  5. Teremos, em breve tempo, sensatez do brasileiro e fim da dualidade de opiniões raivosas entre Extremas Direita e Esquerda?

Abaixo, extraído de: https://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2019/11/27/relator-do-processo-sobre-sitio-de-atibaia-no-trf-4-vota-por-condenacao-de-lula-por-corrupcao-e-lavagem-de-dinheiro.ghtml

TRF MANTÉM CONDENAÇÃO E AMPLIA PENA DE LULA

Pena foi aumentada para para 17 anos, um mês e dez dias em decisão unânime. Antes do voto sobre o mérito, TRF-4 rejeitou por unanimidade pedido da defesa para anular sentença

Por unanimidade, os três desembargadores da oitava turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) votaram nesta quarta-feira (27) por manter a condenação e ampliar a pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do sítio de Atibaia.

Votaram no julgamento, que o relator da Lava Jato no TRF-4, João Pedro Gebran Neto, o revisor, João Leandro Paulsen, e o presidente da turma, Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz.

O primeiro a se pronunciar foi Gebran Neto, que votou pelo aumento da sentença para 17 anos, 1 mês e 10 dias. Paulsen Thompson acompanharam integralmente o relator.

Lula havia sido condenado em primeira instância, em fevereiro de 2019, a 12 anos e 11 meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro pela juíza substituta Gabriela Hardt. O ex-presidente é acusado de ter se beneficiado com propinas de construtoras que teriam reformado e decorado um sítio em Atibaia usado pela família do petista.

No julgamento na sede do TRF-4, em Porto Alegre, os desembargadores se manifestaram com relação a um pedido da defesa de Lula para anular a sentença da primeira instância e a recursos apresentados pelos advogados sobre a condenação em si.

– Os três desembargadores da 8ª turma do TRF-4 votaram contra a anulação da sentença da 1ª instância no caso do sítio em Atibaia. Esse era o principal pedido da defesa do ex-presidente.

– O TRF-4 manteve a condenação de Lula na 1ª instância por corrupção e lavagem de dinheiro

– Os desembargadores aumentaram a pena 17 anos, um mês e 10 dias
Com a condenação mantida na 2º instância, Lula não voltará a ser preso de imediato, com base na mesma decisão do STF que permitiu que ele fosse solto no caso do triplex. Uma eventual prisão deverá ocorrer só depois que não houver mais possibilidade de recurso

– Após a condenação, a defesa disse que vai aguardar a publicação do acórdão para decidir se vai recorrer no próprio TRF-4 ou em tribunais superiores. O advogado de Lula também afirmou que a decisão é incompatível com o que diz o STF sobre a ordem das alegações finais dos processos

– No processo, a defesa de Lula pedia a anulação da sentença ou a absolvição do ex-presidente. Dentre outros argumentos, alegava não haver provas contra Lula e acusava a Justiça de atuar sem imparcialidade. O MPF, por outro lado, pediu o aumento da pena do ex-presidente.

Essa é a segunda ação de Lula na Lava Jato com andamento no TRF-4. Ele ficou preso de abril de 2018 a novembro de 2019 após ter sido condenado em segunda instância no processo do triplex do Guarujá. Saiu da cadeia após decisão do STF que derrubou prisões após condenação em segunda instância.

Resultado de imagem para Lula atibaia

Imagem do sítio de Atibaia onde os Pedalinhos do Lago eram personalizados com os nomes dos netos de Lula e as toalhas da piscina com os nomes do ex-presidente e da ex-primeira-dama.

– Lula e Eduardo Azeredo (petista e tucano) são os primeiros criminosos que dormiram em casa por conta daquele que “quebrou o galho” do filho de Bolsonaro (peesseelista).

A Política não é um lugar de santidade e poucos lá se salvam. Discutí-la com racionalidade se faz necessário. Com passionalidade e idolatria aos protagonistas, torna-se perda de tempo.

Lembram quando Dias Tóffoli, o “ministro-chefe” do STF, suspendeu a investigação dos processos que poderiam complicar a vida de muitas pessoas, incluindo Flávio Bolsonaro? Muita grita com ele na oportunidade, mas nada aconteceu.

Pois é. Devido ao seu voto de minerva na decisão equivocada em soltar os bandidos por conta da não-prisão em 2a instância, esta última 6a feira tornou-se um dia para sair do ambiente da Internet.

Uma loucura o fanatismo entre os amantes radicais de Lula e Bolsonaro nas Redes Sociais (como se o Brasil dependesse exclusivamente desses dois homens), golpeando-se a cada postagem. Nada contra quem vota neles, ou em Alckmin, ou em Ciro, ou em ninguém; mas o que mais me entristece é ver o quanto os seguidores esquerdistas e direitistas mais fanatizados ADORAM esses políticos. Como não conseguem enxergar seus erros, tanto de um quanto do outro?

A propósito, Bolsonaro deve estar contente, pois Lula estando no foco do noticiário faz com que as atenções sobre os filhos “01, 02 e 03” diminuam. Já Lula deveria se lembrar: não era ele que houvera dito que só sairia da cadeia (ou “sala gourmet”) somente quando provasse sua inocência? Ele foi solto, não inocentado.

Triste Brasil… me assusto quando vejo as pessoas acreditando quando um radical é chamado de mito ou quando um corrupto se diz “a alma viva mais honesta do país”.

Em tempo: Eduardo Azeredo foi o segundo beneficiado pela canetada do Supremo.
A culpa, muitas vezes (pasmem) é dos algoritmos do Facebook! Sim, pois ele sugestiona o que você quer ler com mais intensidade para “gostar” ou “se revoltar”. Aí a potencialização do amor e do ódio ganha força.

Por fim, uma curiosa dúvida:

Bolsonaro reclama que a Globo é Petista, mas Lula diz que foi preso por culpa da Globo que não gosta do PT. 

Afinal, a Globo está a serviço de quem?

PIREI…

Enquanto isso, continuamos com nosso Executivo, Legislativo e principalmente o Judiciário trabalhando por várias causas, menos a dos verdadeiros anseios do povo!

(Relembro e insisto: discutir Política, assim como Futebol e Religião – assuntos delicados – é importante, mas desde que exista respeito e racionalidade. Se for para abordar a Política tomado de emoção, paixão ou rancor, se torna algo inútil).

£ AL GAROTAO PROCURANDO

– Justiça Cega. Ou que enxerga “até” demais? Sobre o STF e o “fim” da prisão em 2a instância…

O benefício da soltura de quase 5000 presos (a maior parte de pessoas bem afortunadas que poderão recorrer judicialmente com seus advogados de “alto custo”) foi decretada pelo STF ontem à noite, após o Voto de Minerva do juiz Dias Tóffolli.

Fica a questão: pra quê a promoção da impunidade?

Pobre Brasil… onde os crimes de colarinho branco, que independem de lado (Esquerda ou Direita) se mostram válidos por essa gente. VERGONHOSO!

Eduardo Cunha, Lula e tantos outros bandidos corruptos estão rindo agora (lembrando que a saída deles da cadeia – possível agoranão os torna inocentes, mas soltos).

Imagem relacionada

– V. Ex.ª Ministro Marco Aurélio Mello e o Pronome de Tratamento. Como chamar os Juízes?

Nós sabemos que existe uma grande distância da realidade brasileira “do que o povo anseia” e de “como os Ministros do Supremo Tribunal Federal enxergam o mundo“.

Criticados, parecem estar acima do bem e do mal. Mas há certos ritos / liturgia do cargo que exercem, e que qualquer pessoa bem educada deve ter.

Sempre aprendi com meus pais que VOCÊ é um pronome de tratamento para pessoas íntimas numa conversa informal. No Comércio, nas Relações Sociais, com os mais Idosos e no Trato Diário, SEMPRE chamar a pessoa por Senhor ou Senhora.

Confesso: até hoje chamo meu pai (que é o meu melhor amigo) por SENHOR; afinal, é uma forma de respeito e de mostrar educação (e admiração). E nossa intimidade é infinita, ainda assim…

Repercute bastante o puxão de orelha (em duas oportunidades, a um advogado e depois a uma advogada) do Ministro do STF Marco Aurélio Mello. Ele reclamou por ter sido chamado de “você” e não por “Vossa Excelência”, como manda a Língua Portuguesa quanto ao Pronome de Tratamento para tal cargo.

Pode parecer antipático, mas “estando onde estavam”, apesar de alegarem nervosismo, os advogados não poderiam chamar uma autoridade de “você” (embora o Ministro seja pago pelo nossos impostos e seja um servidor público). Simplesmente é uma questão de respeito num ambiente que assim exige.

Agora, precisamos ver que a irritação pela falta do “Vossa Excelência” trouxe. A impressão que eu tive é que a bronca que ele deu na advogada (procurem o vídeo na Web) foi de uma maneira arrogante e desnecessária! Excessiva, enfim. Poderia simplesmente lembrar de uma maneira educada que a doutora deveria chamá-lo pelo pronome que exige o cargo. E até com um sorriso no rosto, mostrando que não se ofendeu e percebeu o nervosismo.

Vaidade das vaidades…