– Então a grana era desviada da merenda, Deputado?

O que falar de dinheiro desviado de MERENDA ESCOLAR?

Fernando Capez, com “aura” tão limpa, é acusado de afanar dinheiro do suco de laranja das crianças.

Triste demais: seja do PSDB, PT, PMDB, PP ou qualquer outra sigla, a corrupção está impregnada nesses senhores políticos. Lamentável!

Extraído de: https://istoe.com.br/capez-levou-propina-sobre-suco-de-laranja-da-merenda-diz-procurador/

CAPEZ LEVOU PROPINA SOBRE SUCO DE LARANJA DE MERENDA, DIZ PROCURADOR

A propina destinada ao deputado Fernando Capez (PSDB), segundo denúncia do procurador-geral de Justiça de São Paulo, Gianpaolo Smanio, saiu do superfaturamento de suco de laranja comprado pela Secretaria de Educação do Estado junto à Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar (COAF). O tucano é acusado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro na máfia da merenda, esquema desbaratado pela Polícia Civil e pelo Ministério Público estadual na Operação Alba Branca, deflagrada em janeiro de 2016.

A acusação, que atinge outros oito investigados, inclusive o ex-chefe de gabinete da Secretaria de Educação do governo Alckmin, Fernando Padula, aponta que a propina supostamente paga a Capez, as comissões repassadas a lobistas da máfia da merenda e a um representante comercial da COAF “alcançaram ao menos o patamar de 10% do valor dos contratos administrativos – R$ 11.399.285,00 – celebrados” entre a Secretaria de Educação e a Cooperativa, entre 2014 e 2015.

“Os valores pagos a título de propina e comissões chegaram à cifra de R$ 1.139.928,50. Tais valores, evidentemente, foram extraídos daqueles gerados pelo superfaturamento do preço da mercadoria alienada a Secretaria da Educação, como salientado nos apontamentos constantes da auditoria do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, da qual adveio elevado prejuízo patrimonial ao erário público”, aponta Gianpaolo Smanio.

O procurador afirma que a Secretaria de Educação fechou dois contratos com a cooperativa: um em novembro de 2014 no valor de R$ 2.859.919,92 por dois milhões de caixas de suco de laranja, contendo 200 ml cada, e outro para fornecer um 1,4 milhão de caixas de suco de laranja, contendo 1 litro cada, no montante de R$ 8.539.365,60.

O chefe do Ministério Público do Estado afirma que a materialidade dos crimes “está demonstrada” por diversos de documentos.

Segundo o procurador-geral, são “recibos, cópias de cheque, dos contratos simulados de prestação de serviço, do procedimento de chamada pública, relatórios de análise de dados telefônicos, relatórios de análise de dados bancários e fiscais”.

A investigação identificou recibos firmados por um assessor de Capez em favor da Coaf no valor total de R$ 170 mil.

A Alba Branca foi deflagrada em janeiro de 2016 e desmontou um esquema de superfaturamento na venda de produtos agrícolas destinados à rede pública de ensino.

A acusação formal do Ministério Público de São Paulo atribui a Capez dois crimes de corrupção passiva, um direto e outro indireto. Um deles teria ocorrido no dia 29 de julho de 2014, por volta das 15 horas, na rua Tumiaru, n. 126, Jardim Paulista, em São Paulo.

“Em razão da função pública, mais especificamente do exercício do mandato eletivo de deputado estadual, Fernando Capez, diretamente, solicitou para si vantagem indevida de representantes da Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar (COAF)”, aponta a denúncia.

Neste dia, de acordo com o procurador-geral, Capez “esfregando os polegares aos indicadores das duas mãos, solicitou vantagem ilícita” e disse: “não esquece de mim, hein…, …estou sofrendo em campanha”.

O outro episódio, segundo o chefe do Ministério Público, teria ocorrido indiretamente, entre 2 e 25 de agosto de 2014, nas dependências do gabinete do tucano, no Palácio 9 de Julho, sede da Assembleia Legislativa. Smanio afirma que Capez, “por intermédio do assessor parlamentar Jeter Rodrigues Pereira, com quem agia em concurso e com identidade de propósitos”, solicitou vantagem indevida da Coaf.

Fernando Capez é procurador da Procuradoria de Justiça Criminal, de São Paulo. Está licenciado para o exercício do mandato deputado estadual. Esta denúncia contra o tucano aponta exclusivamente para sua suposta incursão junto à Pasta da Educação do Estado.

A ofensiva da máfia da merenda sobre administrações municipais é alvo de outra investigação, sob competência do Tribunal Regional Federal da 3.ª Região (TRF3) porque envolve prefeitos e verbas públicas da União.

Passo a passo

A Coaf venceu, em 2013, a chamada pública da Secretaria da Educação para fornecimento de suco de laranja, destinado a integrar a merenda escolar que seria distribuída aos alunos da rede de ensino estadual. A Cooperativa, no entanto, “não foi chamada pela Secretaria de Educação para celebrar o contrato administrativo” por “irregularidades que macularam o certame”.

Gianpaolo Smanio anota que, “sem o preenchimento dos requisitos legais e regulamentares”, a Coaf tentou fornecer o suco de laranja ao Estado por meio de “chamada pública, dispensando-se a prévia licitação”.

“A obtenção desse ilegítimo intento dependia da interferência espúria de autoridades vinculadas à Secretaria de Educação ou de outras que pudessem influenciá-las a flexibilizar a fiscalização do cumprimento dos requisitos pertinentes”, narra Smanio.

“Cientes do prestígio político de Leonel Júlio (ex-presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo/MDB), os representantes da Cooperativa passaram a contatá-lo, visando sua intervenção junto a parlamentares que lhe eram próximos e que poderiam interferir em favor da Coaf, no sentido de que o mencionado processo seletivo fosse rapidamente concluído pela Secretaria de Educação, com a celebração do respectivo contrato administrativo.”

A denúncia afirma que a partir de abril de 2014, Leonel Júlio e seu filho Marcelo Ferreira Júlio passaram a desempenhar o papel de lobistas. O motivo, segundo o Ministério Público Federal, era a “obtenção de ilícitas vantagens pessoais, que também seriam arcadas pelos representantes da Coaf”.

“Entre os meses de maio e julho de 2014, para o alcance daquele desiderato dos representantes da Coaf, Leonel passa a manter contatos com o deputado Fernando Capez, parlamentar a quem prestava auxílio durante suas campanhas eleitorais e que, em razão do mandato parlamentar que detinha, exercia influência sobre agentes públicos lotados na Secretaria de Educação do Estado de São Paulo”, relata o procurador-geral de Justiça.

De acordo com a acusação, em agosto daquele ano, Capez intensificou a pressão sobre agentes públicos da Secretaria de Educação. No dia 21, afirma o Ministério Público de São Paulo, “foi publicado novo edital, deflagrando a abertura de outra chamada pública”.

O repasse da propina, segundo a denúncia, ocorreu por meio de empréstimo de um Gol branco para a campanha de Capez, no segundo semestre de 2014, e também pela “contraprestação em dinheiro”.

A denúncia aponta que houve a celebração de dois simulados “contratos de prestação de serviços”. O primeiro, no valor de R$ 250 mil – contemplando um cheque de R$ 50 mil como parte do pagamento – entre a Coaf e um assessor de Capez. O segundo acordo foi fechado entre a Cooperativa e uma empresa da qual Marcel Ferreira Júlio era preposto no valor de 4,5% do montante do contrato entre a Cooperativa e a Secretaria de Educação.

“A soma dos valores relacionados aos dois simulados contratos de prestação de serviços, constituía a maior parcela da vantagem indevida solicitada pelo deputado Fernando Capez, em contraprestação a sua espúria interveniência junto a Secretaria da Educação. A parcela restante correspondia ao empréstimo do veículo, utilizado pelo comitê do deputado Fernando Capez, durante a campanha eleitoral de 2014.”

O Ministério Público de São Paulo sustenta que ficou acertado que “os valores, depois de sacados das contas da COAF, seriam entregues em espécie” a Marcel Julio, que repassaria a assessores de Capez. Os aliados do tucano, diz a denúncia, “se encarregariam de redirecioná-los para o pagamento das despesas de campanha do deputado”.

Além destes dois contratos, Smanio anota que foi celebrado um terceiro acordo na qual a COAF era contratante e Marcel Julio o contratado. A Cooperativa “se comprometia a pagar o equivalente a 4% do valor do contrato administrativo que seria celebrado entre a cooperativa e a Secretaria de Educação”.

Defesa

“O que não existe não pode ser provado”, reagiu enfaticamente o deputado Fernando Capez à denúncia formal apresentada contra ele ao Tribunal de Justiça de São Paulo no âmbito da Operação Alba Branca.

Ao ser informado da denúncia do procurador-geral, Capez disse que, agora, ‘vai poder demonstrar o abuso dessa investigação perante a Justiça’.

“Irresponsabilidade é o mínimo que podemos dizer disso!”, afirma o deputado.

bomba.jpg

Anúncios

– Que Mico, dona Gleisi!

A presidente do PT Gleisi Hoffmann, de infeliz declaração neste final de semana (disse que só aceitará o resultado de absolvição de Lula na Justiça, e que outro qualquer que seja será ignorado pelo partido), cometeu uma gafe enorme!

Alguém no jogo Bayern de Munique x Bayer Leverkusen, pela Bundesliga, colocou uma faixa na arquibancada com os dizeres “FORZA LUCA”!

Não é que Gleisi escreveu e disseminou na Internet elogiando “o carinho e a homenagem de torcedores do mundo todo”, por terem colocado na Alemanha durante o jogo “FORZA LULA”!

Putz. Dispensa qualquer comentário…

– Os Novos Patrocinadores da FIFA estão vindo de onde?

Com os escândalos envolvendo o futebol e por conseguinte a FIFA, muitos patrocinadores estão fugindo dos seus eventos, como a Copa do Mundo, por exemplo. Não querem se associar à uma empresa com imagem ligada a corrupção.

Veja que interessante: nos últimos 5 anos, TODOS os novos patrocinadores são da Rússia (onde ocorrerá a Copa de 2018), Catar (Copa de 2022) e China (que sonha sediar 2030).

Para o próximo Mundial, há vagas sobrando para os próximos apoiadores.

Abaixo, extraído de: https://istoe.com.br/fifa-anuncia-mais-um-patrocinador-chines-para-a-copa-do-mundo-da-russia/

FIFA ANUNCIA MAIS UM PATROCINADOR CHINÊS PARA A COPA DO MUNDO DA RÚSSIA

Com dificuldades para encontrar patrocinadores, após as denúncias de corrupção nos últimos anos, a Fifa anunciou nesta quarta-feira mais uma empresa chinesa como apoiadora da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Trata-se do Mengniu Group, que é produtor de leite e derivados.

De acordo com a entidade, a empresa será fornecedora oficial de iogurtes, sorvetes e leite da Copa do Mundo. O Mengniu Group se junta a outras companhias chinesas que já patrocinavam o evento a ser realizado na Rússia, como a Hisense (que produz eletrônicos e eletrodomésticos) e a Vivo – fabricante de celulares no país asiático.

As três empresas chinesas integram a segunda categoria de patrocinadores da Fifa, voltados especificamente para o Mundial de 2018. Estão abaixo da empresas que apoiam a entidade, sem vínculos com os eventos, e com contratos longos.

A Fifa, contudo, segue com dificuldades para encontrar novos apoiadores. Ao todo, tem espaço ainda para 21 empresas na previsão de 34 patrocinadores somente para a Copa, faltando menos de seis meses para a abertura do Mundial da Rússia.

Há também uma terceira categoria de patrocinadores que a Fifa não consegue preencher. São 20 vagas, com apenas um banco garantido entre eles.

Todos os patrocinadores que se juntaram à Fifa nos últimos cinco anos são da China, Rússia e do Catar. Os dois últimos países vão sediar as duas próximas edições da Copa do Mundo. E a China tem planos para receber o evento no futuro.

bomba.jpg

– E quem Gilmar Mendes soltará hoje?

Que coisa o Ministro Gilmar Mendes!

Todo dia solta um corrupto político?

Na calada da noite, ontem, foi o Anthony Garotinho. Quem, será o próximo?

E os demais ministros do STF, em especial a presidente Carmem Lúcia, nada pode fazer?

bomba.jpg

– O Maluf vai devolver tudo o que roubou?

Primeiro: Maluf não foi preso, ele se entregou à Polícia Federal, orientado pelo Dr Kakay, o advogado das estrelas.

Segundo: Pela idade dele (86 anos), ficará pouco tempo na cadeia.

Terceiro: Imagine o dinheiro que ele tem no Exterior, se o pouco que foi descoberto já é muito?

Quarto: Arcará ele com as consequências das pessoas que não foram atendidas nos hospitais e morreram, das crianças que se tornaram bandidos por falta de escola, dos inocentes vítimas de assaltos, e de outros males cruéis da corrupção causada pela falta de verba nas áreas essenciais (Saúde, Educação, Segurança, Emprego, Habitação…)?

Eu torço, acima da prisão, que se devolva TUDO o que foi desviado e revertido em obras. Deve-se acabar com a história do “rouba mas faz”. Aliás, o bordão foi popularizado em referência a ele mas era do Adhemar de Barros!

Quem herdará o “rouba mas faz” no século 21?

bomba.jpg

– E o Del Nero, hein? Quem poderia substitui-lo?

No coloquial bem popular, Marco Polo Del Nero está com a batata assando, não?

Foi suspenso pela FIFA e não pode sair do país. Será que sua fortuna conseguirá mantê-lo dentro do Brasil sem ser punido?

As perguntas inevitáveis são: qual nome seria ideal para assumir e moralizar a CBF? E por quê os clubes de futebol ainda são tão omissos? Os presidentes dessas entidades temem algo? Estariam com medo de estarem na mesma lista do FBI que Del Nero estrá com Marin e Teixeira?

bomba.jpg

– A Relação dos Cartolas do Futebol Brasileiro na Mesa do FBI

É sabido que os EUA estão cuidando da limpeza da corrupção no futebol com o FIFAGate. E José Maria Marin (ex-governador paulista e ex-presidente da CBF), além do jornalista e empresário J Hawilla, detidos por lá, estão colaborando com a delação premiada.

Segundo informações do respeitadíssimo jornalista Wanderley Nogueira, dirigentes de clubes e empresários foram citados. E a lista impressiona por serem, em sua maioria, personagens ativos e conhecidos no Brasil. São eles:

Ricardo Teixeira (CBF)
Marco Polo Del Nero (FPF e CBF)
Andrés Sanches (Corinthians)
Mustafá Contursi (Palmeiras)
Arnaldo Tirone (Palmeiras)
Carlos Miguel Aidar (São Paulo)
Carlos Leite (empresário que negociou inúmeros atletas com Vasco e Corinthians)
Marcio Braga (Flamengo)
Peter Siemsen (Fluminense)
Celso Barros (Fluminense e Unimed Rio)
Mario Celso Petraglia (Atlético Paranaense)
José Perrela (Cruzeiro)

Será que todos esses nomes farão como Del Nero, ou seja, preferirão passar as férias em território nacional, evitando sair do país (e em especial, riscando os Estados Unidos do mapa)?

Que oportunidade para se passar o futebol a limpo!

bomba.jpg

– O Futebol teria coragem de Protestar como no Voleibol?

Há dois anos, vimos esse protesto dos jogadores de vôlei contra a corrupção em seu esporte (abaixo) e questionamos: os atletas de futebol nunca fariam o mesmo? 

Passado tanto tempo, os boleiros viram os escândalos proliferarem e… nada! Aliás, e “que fim levou” o Bom Senso FC?

Relembre, extraído desse mesmo blog:

O FUTEBOL TERIA A CORAGEM DO VOLEIBOL?

A Controladoria Geral da União descobriu corrupção entre contratos que envolvem R$ 30 milhões no patrocínio do Banco do Brasil para a Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), no período da presidência de Ari Graça.

Em protesto, durante a partida entre Taubaté x Canoas, os atletas usaram bolas de palhaço no nariz.

Enfim alguém se rebela contra a sua Confederação, e a pergunta se torna inevitável: e se fosse no futebol? Jogadores protestariam contra a CBF?

Acho que o nível educacional do voleibol é maior do que o do futebol…

bomba.jpg

– O Palhaço apolítico, os Deputados que perdoaram os bilhões dos petroleiros e o ex-Presidente que não quer corrupto preso.

Três momentos tristes do cenário político brasileiro nesta semana:

  1. O palhaço Tiririca fez seu “primeiro e último discurso” como deputado, conforme ele próprio disse. Depois de 7 anos no Congresso, decidiu abandonar a política por estar decepcionado e “não se achar na política”. Ora, se quase falou os nomes que o fizeram ter decepção lá em Brasília, que os diga para o bem dos eleitores. A propósito, o que o Deputado Tiririca fez em 7 anos trabalhando? Se aposentará ganhando bem e sem remorso do que fez.
  2. A Câmara dos Deputados do Brasil aprovou ontem a Medida Provisória 795, que perdoa R$ 54 bilhões de dívidas das petrolíferas Shell, Total, Statoil e BP (todas de tributos contestados pelas empresas). Mas qual o motivo da misericórdia? Pasmem: o excesso de tributos para a exploração do Petróleo! Eu também queria deixar de pagar TODOS os meus impostos e alegar que são excessivos. Aliás, a vida de todos nós seria outra, não?
  3. O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva está louco ou bêbado! Disse que “A Lava-Jato não pode estar fazendo o que faz no Rio (…) O RJ não merece ter ex-governadores presos porque roubaram”. Pô, os caras roubam, saqueiam o estado, acabam com os hospitais, humilham os professores, escarneiam do contribuinte, praticam a corrupção e não devem ser presos? Provavelmente Lula deve estar com medo de ir para o xilindró também e quer fazer lavagem cerebral em seus seguidores.

O que esperar de um palhaço de circo que se juntou a palhaços corruptos do colarinho branco, de deputados que trabalham para as grandes organizações e não para o povo, ou de um ex-chefe de estado que defende governadores corruptos? E o pior é que para o segundo turno, segundo as pesquisas, teríamos Lula e Bolsonaro!

Parem o país que eu quero descer (se pudesse).

bomba.jpg

– A Política é o mais alto grau da Caridade. Acredite!

O Papa Francisco soltou mais uma de suas maravilhosas reflexões, corroborando Pio XI:

A Política é o grau mais alto da Caridade.

Sem dúvida, é! A raiz originária da Política traz o significado de que a sua prática é estar entre as pessoas. Ou seja, “fazer política” é a “arte de se relacionar”.

O problema é que no Brasil a Política tomou outro sentido: o do Poder, da Ganância e da Corrupção. Mudamos o termo para Politicagem e misturamos tudo!

Já imaginaram se os políticos brasileiros fossem integralmente honestos em todas as esferas? Claro, devem existir os corretos, mas são tantos os escândalos de desvios de dinheiro que perdemos o senso e não cremos na lisura das negociações e projetos dos nossos deputados, por exemplo.

Sem dúvida, se a Política fosse vivida em nosso país como lembrada pelo Papa Francisco, teríamos um Brasil mais justo, mais santo, mais rico e mais solidário.

bomba.jpg

– Sumiram duas malas de dinheiro do Gedell?

Quer dizer que das 9 malas aprendidas pela Polícia Federal no apartamento onde Gedell Vieira Lima escondia dinheiro grosso de corrupção, somente 7 chegaram à sede da PF em Brasília?

Quem ficou com as outras duas?

Ah bom… extraviou-se! Ou não?

Extraído de “O Antagonista”, abaixo:

CADÊ AS MALAS QUE ESTAVAM AQUI?

A Polícia Federal em Brasília registrou ter recebido sete malas de dinheiro apreendidas no bunker da propina atribuída a Geddel Vieira Lima, informa o repórter Aguirre Talento, da Época.

O auto de apreensão lavrado pela PF na Bahia em setembro, ao encontrar os R$ 51 milhões no apartamento em Salvador, registrava nove malas.

O documento da PF em Brasília não explica onde foram parar as outras duas. E não informa se houve sumiço de dinheiro.

bomba.jpg

– Dilmês trabalhando com álcool?

Workaholic é o cara que trabalha demais, não consegue parar a labuta. Viciado em trabalho, literalmente.

E não é que a ex-presidente Dilma, tentando se intitular workaholic, soltou um workalcoolic em Portugal? Voltou aquele leque de palavras típicas do Dilmês?

Teria tomado um bom vinho do Porto, com dosagem alcoólica elevada demais?

Respeitosamente, apesar da gafe, fica um lamento maior: ela, em entrevista, se fez de vítima e tirou a responsabilidade de todos os problemas do Brasil. Resumidamente: os honestos são ela, Lula, e demais petistas vitimados

Sinceramente? Qual político de direita e esquerda sobram ilesos? Alckmin, o “Santo”; Aécio, o amigo do Joesley (assim como Temer), e tantos outros “representantes do povo” não merecem nosso voto.

Assista em: https://www.youtube.com/watch?v=z6P2V5lZtYw

– A Taça e Del Nero

Há 2 anos, quando o Corinthians foi campeão e Marco Polo não foi entregar a Taça, uma justificativa “pra lá de embromation”…

Relembre, extraído deste mesmo blog:

A JUSTIFICATIVA DE DEL NERO PARA NÃO ENTREGAR A TAÇA

O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, sumiu dos holofotes.

Sabidamente, se sair do país, pode ser preso. Como tem faltado nas reuniões da Conmebol, a entidade resolveu realizar o seu próximo trabalho no Rio de Janeiro para que o brasileiro não se ausente.

Partidas da Seleção Brasileira? Nem pensar em aparecer!

No último domingo, Del Nero não foi entregar a Taça de Campeão Brasileiro ao Corinthians. Ou seja: sumiço total.

E a justificativa?

Segundo Walter Feldman, o secretário-geral da CBF:

O Marco quer apenas parar de personificar a função e institucionalizar tudo que for ligado à CBF. Não há essa necessidade de ficar aparecendo. O importante não é estar na foto ou na fita, mas sim estar trabalhando, como ele vem fazendo (…). Seja na entrega da taça, na Bahia [Brasil x Peru, na Fonte Nova] ou em Buenos Aires [jogo com a Argentina], a CBF esteve presente. Independentemente da pessoa, estamos lá. O presidente não quer nomes, bustos, apenas a CBF presente”.

Convenceu alguém?

Parece discurso humilde sobre um discreto, desapegado e tímido dirigente…

bomba.jpg

– Há 2 anos Marin era preso. E Marco Polo…

Rememorar é preciso: José Maria Marin era preso há 2 anos. Desde então, Marco Polo Del Nero, que disse nunca imaginar que seu colega era corrupto, começou o seu exílio tupiniquim.

O texto de 2 anos, relembrando a ocasião (abaixo). O que mudou?

MARIN NO XILINDRÓ. MARCO POLO TEM DORMIDO?

Se o cara tem 56 milhões para pagar a sua prisão domiciliar, quanto não teve já arrecadado (lícita ou ilicitamente)?

E Marco Polo Del Nero, ilhado no Brasil, não sabia de nenhum negócio irregular da CBF? Se não sabia e agora descobriu, deveria se oferecer como testemunha, se entender que é honesto. Ou também tem culpa?

Imaginem o medo que alguns cartolas estão tendo, perdendo o sono com medo do FBI e de levarem o mesmo fim de Marin.

A imagem do ex-presidente da CBF saindo do Fórum de NY é perturbante aos que têm seus pecados. Mas que não seja só ele a ser punido…

bomba.jpg

– Gilmar Mendes acaba mandando Cabral para a cadeia VIP com Cinema?

Quem acompanha as coisas do Judiciário sabe que o Ministro Gilmar Mendes é antipopular e polêmico. Dessa vez, ele sofrerá críticas por um benefício direto a um presidiário e que, por uma tremenda ação inusitada, acarretará indiretamente outro benefício.

O ex-governador Sérgio Cabral, preso por alta corrupção (e que quebrou o RJ), seria transferido para um Presídio Federal no Mato Grosso do Sul. Entretanto, Gilmar Mendes proibiu a transferência para lá e Cabral ficará na cadeia de Benfica. Neste local, a Igreja Batista do Méier financiou uma sala de cinema com home theater e vários títulos, a fim de ajudar na ressocialização dos detentos.

Abaixo, extraído da Isto É Dinheiro (31/10/2017)

CADEIA VIP

Cabral poderá ter acesso à sala de cinema com home theater na cadeia

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) poderá usufruir de uma nova sala de cinema com home theater, que está sendo instalada na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, zona norte do Rio. A oportunidade será possível graças à decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal de Justiça (STF), desta terça-feira, 31, que impediu o ex-governador de ser transferido para um presídio federal em Mato Grosso do Sul.

A informação sobre a sala de cinema da cadeia, que é conhecida como “Presídio VIP”, foi publicada pelo jornal O DIA, nesta terça-feira, 31, e confirmada pelo jornal O Estado de S. Paulo. A sala, que será equipada com uma TV grande, aparelho de DVD e filmes à disposição dos presos com nível superior, foi financiada pela Igreja Batista do Méier e pela Comunidade Cristã Novo Dia.

O controle da videoteca será feito por outro preso da Lava Jato, o ex-secretário de governo de Cabral, Wilson Carlos Carvalho, condenado a 45 anos de prisão por corrupção. A cada três dias no local, cuidando dos DVDs e do tempo que cada preso ficará assistindo aos filmes, irá diminuir um dia na prisão. Já o acesso dos internos a essa videoteca será definido pelo diretor da prisão. Ele que irá estabelecer dias e horários de cada galeria para usufruir do benefício.

De acordo com a nota da assessoria de imprensa da Secretaria de Administração Penitenciária, enviada ao Estado, os aparelhos foram doados pela Igreja Batista do Méier juntamente com a Comunidade Cristã Novo Dia, “unidades religiosas cadastradas nesta pasta para trabalhos missionários dentro das unidades prisionais”. Além disso, afirmou que “a instalação de videotecas nas unidades prisionais estão dentro das previsões da Lei de Execuções Penais que cita a ressocialização dos internos”.

“Cabe ressaltar que na Cadeia Pública José Frederico Marques (presídio de Benfica), tal videoteca está sendo instalada e funcionará nos mesmos moldes das outras unidades, com doação total dos equipamentos feitos pela referida igreja”. “Esclarecemos que também há videotecas em unidades prisionais como Pedrolino Werling de Oliveira, Instituto Penal Benjamim de Moraes Filho, Penitenciária Moniz Sodré e Unidade Materno Infantil, todas atendidas com equipamentos doados”, informou a nota.

A Seap informou ainda que “o interno Wilson Carlos Cordeiro da Silva Carvalho foi classificado para trabalhar na referida videoteca, também dentro das previsões da Lei de Execuções Penais”. “Nesse caso, o interno que trabalha tem direito a remissão de pena. A cada três dias trabalhados ele tem um dia a menos na sua pena”, disse, acrescentando que “o acesso dos internos não será todos os dias”, informou.

bomba.jpg