– Começando a 2a feira!

Bom dia, amigo dia. Dia de viver? Simb’ora lutar neste dia.

Bem cedinho, para ter ânimo, fui correr. Nossa foto-motivação:

bomba.jpg

Durante a corrida, rezando e pedindo a intercessão de São Pio X, cuja data é celebrada hoje pela Igreja Católica. Ele ficou conhecido como “o Papa da Eucaristia”, pois pregava a Comunhão diária e a importância da Evangelização das crianças para terem bons valores na vida. Nossa foto-meditação:

bomba.jpg

Pós-treino e passada a garoa, fui alongar no jardim. Uma das mais belas rosas que estão florescendo em nosso jardim na foto-inspiração:

bomba.jpg

Hora de trabalhar, com o céu muito cinzento. Nos únicos cinco minutos em que o forte e insistente vento deu uma trégua, o céu se coloriu! Nossa foto-contemplação:

bomba.jpg

Pudera tanto pique e animação logo numa segundona: com os sorrisos das minhas filhas me alegrando, como não ter felicidade no coração. Nossa foto-ternura:

bomba.jpg

Que tenhamos uma ótima semana!

– Coisas maravilhosamente simples!

Há exatamente 5 anos, publicava essa postagem bacana de uma folguinha que eu tive. Recordei minha filha mais velha ainda chupando chupeta e como é bom curtir coisas simples.

UM DIA DE LAZER

Como é bom descansar. São raras as minhas folgas, mas quando as tenho, 3 coisas que me fazem espairecer:

Cuidar do jardim: ou vai negar que nossa roseira está bela?

Tratar da criação: esse aqui é o Popi, nosso pintinho de estimação.

Brincar com a família até cansar. Tem prazer maior?

Viram como as coisas simples podem ser as mais prazerosa possíveis?

– Onde crianças com Síndrome de Down são abortadas com naturalidade!

Eu sou defensor do Direito à Vida! E, por preceito religioso, convicção moral e luta social, sou contra o aborto.

Imaginem só um lugar onde o aborto de crianças portadoras da Síndrome de Down é considerado um ato de “amor” para se evitar o sofrimento?

Infelizmente, ele existe!

Extraído de: http://www.semprefamilia.com.br/horror-islandia-aborta-100-de-todos-os-bebes-diagnosticados-com-sindrome-down/?utm_source=twitter&utm_medium=midia-social&utm_campaign=gazeta-do-povo

HORROR: ISLÂNDIA ABORTA 100% DOS BEBÊS DIAGNOSTICADOS COM SÍNDROME DOWN

Estranhamente, pais se despedem do corpo do bebê abortado com orações e cerimônia de despedida.

Um por ano. Talvez dois. Essa é a taxa de nascimento de pessoas com síndrome de Down na Islândia. Mas o que o país está fazendo não é a erradicação da síndrome de Down, e sim a erradicação das pessoas com síndrome de Down: 100% dos bebês diagnosticados com a condição ainda no útero são abortados no país. Os poucos sortudos que continuam nascendo não tiveram a condição detectada no exame pré-natal.

O país escandinavo, de apenas 330 mil habitantes, é o primeiro a levar ao limite uma tendência que já se verifica em outros países. Na Dinamarca, o aborto vitima 98% dos bebês diagnosticados com síndrome de Down. No Reino Unido, a porcentagem chega a 90%. Na França são 77% e nos Estados Unidos 67%.

Na Islândia, a lei permite que o bebê seja abortado mesmo depois de 16 semanas de gestação, em casos de deformidade do feto, o que, segundo a compreensão da lei islandesa, inclui a síndrome de Down, mesmo diante do fato de que a condição permite que seus portadores vivam normalmente, com uma expectativa de vida média de 60 anos, na grande maioria das vezes.

Os exames pré-natais que detectam más-formações e outras características do feto não são obrigatórios na Islândia, mas por volta de 80% a 85% das gestantes optam por realizá-los.

No Hospital Universitário de Landspitali, onde nascem cerca de 70% dos bebês islandeses, Helga Sol Olafsdottir é a funcionária responsável por aconselhar as gestantes que detectaram alguma anomalia cromossômica em seus bebês. “Esta é a sua vida – você tem o direito de escolher como quer que ela seja”, é o que ela diz às mulheres, segundo contou à CBS.

“NÃO VEMOS O ABORTO COMO ASSASSINATO”

As mães que optam pelo aborto tratam o fato com uma estranha normalidade. Chamam o bebê de “meu filho” e, depois do procedimento, fazem uma visita ao corpo do bebê, lhe dizem adeus e chamam pastores para uma pequena cerimônia religiosa. É comum fazer cartõezinhos com o nome do bebê, uma oração e a impressão dos seus pezinhos.

“Não vemos o aborto como assassinato”, explicou Olafsdottir. “Nós damos fim a uma possível vida que poderia ter tido uma complicação enorme… Prevenimos o sofrimento para essa criança e para a família”.

Agnes Sigurðardóttir, bispa da Islândia e líder da Igreja Evangélica Luterana da Islândia, diz que a sua igreja não é nem a favor nem contra o aborto. “Na Islândia existe apenas um pequeno grupo de pessoas que são contra o aborto. Bem pequeno, bem invisível”.

A fotógrafa Sigga Ella tem uma tia com a condição. Para combater o preconceito e a eugenia de que os portadores da síndrome têm sido alvos, Ella clicou 21 portadores de síndrome de Down com idades entre 9 meses e 60 anos e produziu uma série de retratos chamada First and foremost I am – “Antes de tudo e mais do que tudo, eu sou”.

Já Thordis Ingadottir é ativista pelo direito das pessoas com síndrome de Down desde 2009, quando a sua filha Agusta nasceu com a condição. Na época, os exames mostraram que o seu bebê tinha 1 em 1,6 mil chances de ter a síndrome.

Espero que, quando crescer, Agusta esteja plenamente integrada a esta sociedade com as suas próprias condições. Este é o meu sonho”, disse Ingadottir à rede CBS. “Em que tipo de sociedade você quer viver?”

Com informações da CBS.

bomba.jpg

– Por quê alguém inventou o míssil?

Há certas respostas que são complicadas. E muitas vezes as crianças as procuram e encabulam seus pais na hora da explicação; mas não por constrangimento dos adultos pela pergunta em si, mas sim pela inocência dos pequenos.

Brincando de “papai herói” e “filhinha heroína” com minha filhota, ela perguntou:

Pai, por quê alguém inventou o míssil, se faz mal para as pessoas?

Nem sei de onde ela tirou a dúvida, mas a resposta foi: “Porque nem todas as pessoas têm bom coração, e alguns vilões não conseguem entender o amor e querem destruir os outros“.

E ao ouvir seu comentário, aí fiquei sem o que falar:

Mas como alguém pode fazer mal a outra pessoa por maldade, eu não entendo!“.

Caramba… eu também não. Só sei que queria que ela – e todos os adultos – tivessem sempre um coração puro e infantil. Assim teríamos um mundo de paz!

url.jpg

– Inspirado por 6 cliques na 3a feira!

Olá!

Ontem foi puxado, mas hoje será melhor. Alguém aceita uma torrada?
Apesar da manteiga (é Becel, sem colesterol), diminuindo as gorduras:

bomba.jpg

Bem alimentado, só resta a pergunta diária: vamos correr?
Fui com as corujas suar um pouco:

bomba.jpg

Durante o treino, uma Ave-Maria para lembrar a Assunção de Nossa Senhora, festa litúrgica celebrada hoje:

bomba.jpg

Pós-treino, alongando com a beleza das flores do jardim. Gostei desse filtro:

bomba.jpg

E como é dia de labuta, sorrindo para a alvorada que me dá bom dia!
Olha nosso amanhecer em Jundiaí:

bomba.jpg

Enfim, com esse sorriso da minha caçulinha, como não esperar que seja uma boa jornada?

bomba.jpg

Ótima terça-feira a todos nós!

– Análise da Arbitragem de… ah, esquece!

Dando uma passada bem rápida na Internet, leio que o São Paulo venceu com um pênalti inexistente, que Cristiano Ronaldo foi expulso injustamente, etc, etc, etc.

Hoje não assisti (e nem assistirei) absolutamente nada! É dia dos pais, e não há nada no mundo mais prazeroso do que ter uma família.

Portanto, abdico das minhas costumeiras análises e desejo, mesmo que agora à noitinha, um feliz Dia dos Pais a todos!

bomba.jpg

minha família

bomba.jpg

minha caçulinha antes e depois do hospital

bomba.jpg

minha primeirinha sempre sapeca!


PARABÉNS A TODOS OS PAPAIS E VOVÔS!

– O Papa exalta o Batismo de 3 jovens adotados por um casal gay paranaense

Nesses tempos de guerra e radicalismo, há ainda a importante prática da tolerância por aqueles que devem promover a paz e ser luz do mundo.

Digo isso pois o Papa Francisco escreveu uma carta parabenizando a iniciativa de um casal homossexual em buscar o Batismo na Igreja Católica de seus 3 filhos adotados. Os parceiros buscaram 4 paróquias onde o Sacramento foi negado, e por serem católicos praticantes (em que pese a discussão sobre o homossexualismo – aqui se torna uma outra questão a ser debatida) após uma conversa com o Arcebispo Metropolitano de Curitiba, conseguiram o aceite para a cerimônia sacramental.

No documento enviado a Toni e David (os cônjuges) e a seus 3 filhos, disse o Pontífice através do Secretário de Estado do Vaticano, Monsenhor Paolo Borgia:

“O Papa Francisco lhe deseja felicidades, invocando para a sua família a abundância das graças divinas, a fim de viverem constante e fielmente a condição de cristãos.”

Aqui devemos sempre ponderar: TODOS somos convidados ao Batismo. Que culpa os que foram batizados têm sobre o(s) ato(s) daqueles que os adotaram? O Batismo é a eles! Repare que o Papa não fez apologia ou condenação no documento, mas olhou com olhos misericordiosos de felicitações pelo passo da conversão pela água nova do Batismo, além do chamamento aos valores e práticas cristãs.

Como já tinha ouvido falar sobre a história, numa rápida busca na Internet, achei o artigo abaixo (que vai de encontro com o noticiário em geral).

Extraído do Estadão: (http://emais.estadao.com.br/noticias/comportamento,papa-francisco-envia-carta-de-felicitacoes-a-casal-gay-por-batismo-dos-filhos,70001928246)

PAPA FRANCISCO ENVIA CARTA A CASAL GAY POR BATISMO DOS FILHOS

Depois de batizar os três filhos em uma igreja católica de Curitiba, no Paraná, o casal Toni Reis e David Harrad recebeu uma carta de felicitações do Papa Francisco.

“O Papa Francisco lhe deseja felicidades, invocando para a sua família a abundância das graças divinas, a fim de viverem constante e fielmente a condição de cristãos”, diz o documento assinado pelo Monsenhor Paolo Borgia, assessor para os Assuntos Gerais da Secretaria de Estado.

A cerimônia foi realizada em abril e, dois meses depois, o casal enviou fotos e os certificados de batismo para o Pontífice, mas não esperava uma resposta.

“Nós estamos extremamente felizes. Queríamos comunicar ao sumo sacerdote essa acolhida da Igreja Católica que foi muito importante para nós, porque nossos filhos foram bem acolhidos e muito bem tratados pelo arcebispo e pelo padre”, disse Toni Reis ao E+.

Ele conta que foram a quatro igrejas da capital paranaense, mas o batismo era negado. A cerimônia só foi possível depois que falaram com o Arcebispo Metropolitano de Curitiba, Dom José Antonio Peruzzo, que disse um sim imediato.

Reis diz que as palavras que mais chamaram a atenção deles na carta foram “felicidade” e “família”. “Um documento do Estado do Vaticano reconhecendo a gente como família é muito importante. O Papa deve receber muitas cartas, mas essa foi para nós e é oficial”, disse.

Os filhos deles, Alyson, de 16 anos, Jéssica, de 14, e Filipe, de 12, ficaram “super felizes e adoraram a foto autografada do Papa”, enviada junto com a carta. Agora, Reis vai fazer uma cópia colorida do documento e colocar em um quadro, que será ‘inaugurado’ no Dia dos Pais em um almoço especial em família. A carta original ficará muito bem guardada.

“Isso tem um simbolismo muito grande emocionalmente. Nesses tempos de fundamentalismo, o Papa falar isso pra gente nos conforta. Estamos felizes e realizados”, afirma Reis.

bomba.jpg

O casal Toni Reis e David Harrad e seus filhos Allinson (esquerda), Felipe (centro) e Jéssica (direita), ao lado do padre Helio, em batizado no domingo, 23 de abril. Foto: David Harrad/Arquivo Pessoal

– O 1o Suco de Laranja a gente nunca esquece! E ela vai crescendo cada vez mais…

Como não me empolgar? Pela 1a vez a Estelinha provou suco de Laranja em sua vida.

Vai gostar ou não? Só assistindo: https://www.youtube.com/watch?v=VG-DMWTCO9E

Outro motivo de felicidade: a curva do crescimento dela está indo muito bem! Logo ela alcança uma criança que nasceu com o tempo normal em peso.

bomba.jpg

– 89 anos e muita lenha pra queimar!

Minha Vó Maria (e um segredinho: ela não se chama Maria e só os parentes próximos sabem, embora todos achem que a “Dona Maria” seja Maria) faz hoje 89 anos.

Ela ainda carpe, cuida do jardim, da roça, da casa, se ofende quando ameaçam ajudá-la com uma faxineira, anda por toda a parte e nunca fica doente. Tem mais saúde do que eu.

Se eu chegar nessa idade com tal vigor, estarei em plena forma e disposição!

Feliz Aniversário, Vó!

bomba.jpg

– As Crianças e o Fracasso

Na semana passada, uma interessante matéria nas Páginas Amarelas da Revista Veja: “O FRACASSO FAZ BEM ÀS CRIANÇAS”, trazida em uma entrevista da jornalista Stephanie Saches Feder com a ex-reitora de Stanford, Profa Dra Julie Lythcott-Haims.

O debate é: crianças precisam vivenciar a experiência do fracasso para aprenderem com os erros! Disse a doutora:

O que todos os pais que protegem os filhos têm em comum é o medo do fracasso. Eles temem que um fracasso arruíne a vida de seus filhos. E eles estão errados. O fracasso é talvez o melhor professor da vida (…) Os ‘adultos-crianças’ têm pouca confiança em si mesmos e não conseguem refletir com independência sobre as questões cotidianas. ‘Sou incapaz de fazer isso sozinho’, pensam. Afinal, durante toda a vida alguém sempre fez tudo por eles (…) Os pais têm que aceitar que o objetivo é criar aquela pequena pessoa para que ela seja capaz de se cuidar.

Como é difícil para o papai e a mamãe deixar seus filhos baterem asas e voarem sozinhos, não? Enquanto filho, imagino a dificuldade de meu pai. E, claro, a minha dificuldade futuramente…

E aí: concorda ou não concorda com o depoimento da professora?

bomba.jpg

– Semana da Amamentação é destaque em Jundiaí!

Que legal tal iniciativa sobre aleitamento materno em nosso município. Abaixo, as informações sobre este evento de conscientização voltado às mamães e aos bebês.

Particularmente, meu orgulho ao ler a matéria (extraída do Jornal de Jundiaí, edição de ontem, por Niza Souza) é que a bailarina-mãe e o bailarininho-bebê da parte musical, são respectivamente minha irmã Priscila e meu sobrinho Miguel!

SEXTA EDIÇÃO DA SEMANA DO BEBÊ TEM FOCO NA AMAMENTAÇÃO

Com a presença de autoridades e profissionais das áreas da saúde, educação e assistência social de Jundiaí e Região, além da apresentação especial do grupo Amira Dança e Movimento e Baby Fusion, foi aberta oficialmente, nesta segunda-feira (31), a 6ª Semana Regional do Bebê. A noite contou ainda com a palestra do psiquiatra de infância, Gustavo Estanislau. Este ano, o tema do evento é “Proteger a amamentação: construindo alianças sem conflitos de interesse”.

Entusiasta do tema primeiríssima infância, Lígia Bestetti, da Secretaria Estadual de Saúde, destacou a importância e o crescimento do evento a cada ano em toda a Região. Segundo ela, no domingo houve a abertura da semana em Itupeva e nesta segunda-feira (31), além de Jundiaí, em Itatiba, Jarinu e Várzea. Cada município com uma programação extensa.

“Este ano, também conseguimos grandes parcerias, essenciais para atingirmos nosso objetivo, que é levar o assunto para toda a população”, disse, destacando uma das novidades na programação, o Passeio de Bebês, no domingo (6), a partir das 8h, no JundiaíShopping. “Estamos convidando toda a Região para participar”, frisou.

Além do JundiaíShopping, este ano o evento contará com parceiros já tradicionais, como a Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) e o Hospital Universitário; e outros novos, como Senac, Sesc, Maxi Shopping Jundiaí, entre outros. O secretário-adjunto de Saúde, Tiago Texera, lembrou que este ano a Semana do Bebê coincide com a Semana da Amamentação Mundial. “Por isso, estamos chamando de Agosto Dourado, porque o leite materno é considerado um alimento de ouro”, destacou.

Todos os bairros da cidade têm atividades programadas para a semana. “É um evento articulado entre saúde, educação e assistência social. Então, se o evento não for na unidade de saúde, será na escola, no Cras ou até mesmo em outros locais”, afirma a assessora técnica da Saúde, Rita Stringari De Francesco.
A programação completa está no site da prefeitura.

bomba.jpg

– 10 ótimos cliques dominicais!

Bom dia! Enfim chegou o domingo!

Dez cliques legais da minha manhã. Como é bom contar história em fotos…

1- acordar logo cedo e correr:

bomba.jpg

2 – correr e rezar com a Virgem Maria, Rainha da Paz:

bomba.jpg

3- alongar no jardim, em meio as flores de beleza diversas:

bomba.jpg

4 – regando nossas flores:

bomba.jpg

5- ainda admirando as flores:

bomba.jpg

6- contemplando o amanhecer caipira:

bomba.jpg

7- também o amanhecer bucólico:

bomba.jpg

8- e o amanhecer com a chegada do sol:

bomba.jpg

9 – ver acordar com a tranqüilidade e a calma da filha caçula:

bomba.jpg

10 – e bagunçar com a filha mais velha:

bomba.jpg

Ótimo domingo a todos!