– O Atleta Doutrinado pelo Ditador Comunista !

Que tristeza!

O ginasta da Coréia do Norte Ri Se-gwang, vítima da ditadura daquele país, quis homenagear seu líder político, o tirano Kim Jong-um (que dispensa explicações maiores) ao conquistar a Medalha de Ouro, dizendo:

Me enchi de alegria ao pensar que levava a vitória a nosso líder”.

Com esse pensamento, continuarão sendo vítimas sem saber o que é liberdade e democracia… Os norte-coreanos estão vivendo em uma bolha opressora comunista há décadas! Aliás, ditadura é ditadura, não importa se comunista ou capitalista.

bomba.jpg

– Qual o melhor critério para se definir um campeão olímpico?

Terminou a Rio 2016, e os EUA venceram novamente.

Uma provocação e/ou questionamento: e os critérios para a contagem do quadro de medalhas?

Deve ser…

1) O maior número de ouros,

2) O maior número de medalhas acumuladas independente se for ouro, prata e bronze, ou

3) A contagem por peso de medalhas como o Jornal Lance sugeriu, dando peso 3 para Ouro, 2 para Prata e 1 para Bronze?

Independente disso, os americanos seriam campeões (46 ouros no 1o critério, 121 medalhas no 2o e 250 pontos no 3o).

Particularmente, penso que se o que vale é competir, em qualquer esporte, os 3 primeiros colocados são atletas de altíssimo nível e fizeram por merecer um prêmio. Dessa forma, coerente com o espírito olímpico, qualquer que seja a medalha deveria ser motivo de pontuação. Portanto, sou a favor do total de contagem de medalhas. E por esse critério, a China, com 70 medalhas no total (sendo 26 de ouro) estaria em 2o lugar e não em 3o, à frente da Grã-Bretanha, que fez 67 medalhas, só que terminou oficialmente em 2o por 27 delas serem de ouro).

O que você acha disso? Vote na enquete abaixo:

bomba.jpg

– O Ouro foi justo. Mas sejamos realistas.

Como brasileiro, eu queria a Medalha de Ouro muito mais ao Futebol Feminino do que ao Masculino. Afinal, as meninas precisam de mais apoio e atenção.

Os “garotos” receberam a inédita medalha dourada. Ótimo. Mas não nos iludamos, já que o Brasil veio com sua força máxima no Sub 23 e 3 jogadores profissionais além da idade. As demais equipes, não. A ótima Alemanha veio com uma mescla do Sub 21. Vencê-los era obrigação, e nada da bobagem em falar de revanche dos 7×1.

Neymar jogou bem, também era óbvio. O saldo positivo foi o futebol ofensivo. Só que não nos esqueçamos que o jogo foi decidido em pênaltis, e que o individualismo excessivo dos jogadores irritou.

Agora, o “vocês vão ter que me engolir” foi outra bobagem no discurso de campeão do Neymar. Prefiro o do Rafinha, que demonstrou viver o espírito olímpico ao estar visivelmente emocionado.

Recordo a observação do amigo Thiago Batista de Olim do “Esporte Jundiaí”: as medalhas combinaram com os times e seus agasalhos:

bomba.jpg

– Qual foi o grande ídolo brasileiro na Rio 2016?

Na derradeira semana olímpica, ainda temos o futebol masculino decidido a Medalha de Ouro na Olimpíada brasileira. Neymar começou como provável herói, patinou contra África do Sul e Iraque, ressurgiu contra Dinamarca, Colômbia e Honduras. Será ele o ídolo marcante?

Virou um même a camisa do torcedor-mirim que riscou o nome Neymar e escreveu Marta. Depois um gaiato teve a idéia e riscou Marta (devido à ilusão de que chegaríamos mesmo com a precária estrutura no Futebol Feminino).

Como o brasileiro é espirituoso, outras piadas surgiram, como a indicação de que se torce para “o cara da vara”.

Falando sério: quem foi (ou será) o ídolo olímpico representando o Brasil na Rio 2016?

bomba.jpg

– O mico de Ryan Lochte

O ditado popular “mentira tem perna curta” foi perfeito para os nadadores americanos que disseram ter sido assaltados na Zona Sul do RJ.

Agora, descobre-se que eles se envolveram em uma briga no pátio de um posto de gasolina, bêbados, capitaneados por Lochte, o atleta que mais quis aparecer como vítima.

O que dizer?

Aliás, o estabelecimento se tornou um dos “pontos turísticos” mais visitados nesta 5a feira na Rio 2016… 

bomba.jpg

– Seleção Brasileira: por que não me ufano?

Já escrevi que considero a atual Seleção Olímpica melhor do que a formada por Dunga na Copa América Centenária.

Após os 6×0 contra Honduras, um exagerado ufanismo tomou conta de muitos. Não nos esqueçamos que falhamos contra a sofrível África do Sul e o sofrido Iraque. Os pobres hondurenhos só sabiam bater, e, em certo momento, mostraram-se ingênuos (o 1o gol que o diga).

Claro que por estar em casa, com suas estrelas, o Brasil é favorito para a Medalha de Ouro (e isso é obrigação, já que se joga com o ataque que, somado, vale meio bilhão de reais).

O pior é ouvir sobre revanche! Escrevo com Alemanha x Nigéria ainda jogando, sem saber qual será o adversário.

Se for a Alemanha, bobagem. Revanche contra os germânicos só ocorrerá quando jogarmos na Allianz Arena em Munique numa semifinal de Copa do Mundo, goleando-os. Diga-se o mesmo do Uruguai, sendo final de Mundial no Estádio Centenário.

Já contra a Nigéria, uma “quase-revanche”. Os nigerianos nos eliminaram em Atlanta-94, com Kanu e Okocha (cracaços), sendo que o Brasil tinha Bebeto, Rivaldo e Ronaldo, sendo treinados por Zagallo. Lembremo-nos: o segundo tempo estava 3×1 para o Brasil, e perdemos na prorrogação por 4×3 numa semifinal!

Não importa o adversário: pelo elenco, pelos ditos “investimentos da CBF” e pelos transtornos trazidos aos clubes, tem que levar o Ouro Olímpico.

Só espero que não seja no apito…

Na foto, o timaço de 88 que ficou com a Prata contra os soviéticos:

bomba.jpg

– 4 imagens da Rio 2016: qual a mais significativa?

Jogos Olímpicos acontecendo e… as minhas “top 4 imagens”:

  1. Djokovic sendo eliminado e chorando?
  2. Rafaela Silva extasiada pela Medalha de Ouro?

(O tenista e a judoca derramaram lágrimas, mesmo com condições diferentes de vida e resultados opostos, mas com o idêntico espírito olímpico).

  1. A selfie das meninas sul e norte coreanas. Por que seus governantes se odeiam, se são um povo só?
  2. Ou a imagem do vôlei de praia entre brasileiras e egípcias?

Tolerância e emoção, esporte unindo culturas e sentimentos. Isso sim é válido. Enquanto isso, o futebol sempre sendo um esporte “à parte”, se esquecendo dessas lições…

bomba.jpg
bomba.jpg
bomba.jpg
bomba.jpg

– Momentos de Auto Estima Brasileira. Mas voltando ao Planeta Terra…

Todos maravilhados, (inclusive eu fiquei sob efeito do encantamento) com a espetacular cerimônia de abertura dos jogos Olímpicos Rio 2016. Mas que não nos esqueçamos: as obras foram caríssimas, houve superfaturamento da construção das instalações e sobrarão muitos elefantes brancos. Essas coisas serão marcantes também, apesar do show de luzes, alegria e paz assistidos na sexta-feira à noite.

Sinceramente, sem hipocrisia (e olha que sou esportista nato): eu trocaria os Jogos Olímpicos por mais leitos hospitalares e pagamento de menos impostos no dia-a-dia.

O “belo contraditório” do espetáculo foi: nós, brasileiros, pedimos ao mundo: PAZ, RESPEITO SOCIAL E PRESERVAÇÃO DO MEIO AMBIENTE.

– Estamos fazendo isso?

E não é um azedume, mas uma reflexão:

  • paz nas nossas violentas cidades?
  • respeito entre os diferentes grupos sociais éticos, religiosos e sexuais?
  • preservação ambiental adequada na Floresta Amazônica, no Rio Tietê ou na Baía da Guanabara?

Fica o ponto de interrogação… 

bomba.jpg

– Pelé e a Pira Olímpica

Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, nunca disputou uma Olimpíada. Como atleta do século XX e brasileiro de Três Corações, acho justo que ele seja escolhido para acender o Fogo Olímpico.

Só uma questão: ele titubeou dizendo que precisaria negociar com seus patrocinadores e com a empresa que detém sua marca.

Fico na dúvida: isso é real (e sendo assim, desagradável), ou é apenas “charminho” (e dessa forma, aceitável para criar o suspense)?

bomba.jpg

– Por quê o Futebol é um “Patinho Feio Olímpico”?

Os Jogos Olímpicos Rio 2016 começarão no próximo dia 05, oficialmente. Mas dois dias antes já teremos partidas de futebol.

Por que tal esporte tem que ser diferente?

Dirão que o calendário é curto e que há muitas equipes. Ora, dever-se-ia otimizar o número de participantes ou datas. É um desrespeito ao Espírito Olímpico que já tenhamos futebol sendo jogado antes da Olimpíada se iniciar.

bomba.jpg

– O que você achou da Seleção Olímpica?

Neymar e os “Gabriéis” jogaram muita bola no amistoso do Brasil contra o Japão. Teste para um time Sub 23, com ótima participação de Felipe Anderson também. Claro, sei que o adversário era bem fraquinho, mas…

Honestamente, se Tite quiser, pode usar esse ataque para a Copa do Mundo de 2018. Ou quer me convencer que Hulk, Jonas e outros “dungáveis” jogam mais? E não nos esqueçamos de Douglas Costa que está lesionado.

Confesso que gostei muito da Seleção Olímpica e acho que ela foi bem convocada. Certamente, ela está melhor do que a que jogou a Copa América Centenária. Mas uma observação pertinente: só o Brasil nas Olimpíadas está indo com a força máxima, pois, todos sabemos, o Futebol Masculino nos Jogos Olímpicos é um patinho feio. Portanto, Medalha de Ouro será obrigação!

bomba.jpg

– Os 10 Terroristas do ISIS presos no Brasil. O que fazer?

O Ministro da Justiça Alexandre de Moraes confirmou que 10 terroristas (todos brasileiros e ligados ao Estado Islâmico) foram presos após serem monitorados. Eles treinavam artes marciais, tiros e compravam fuzis – tudo para promoverem atentados durante os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro.

O curioso: eram lobos solitários, não se conheciam pessoalmente, combinavam ações por WhatsApp e Telegram, além de terem feito juramento à distância para a sua conversão e batismo ao EI.

Infelizmente, esses idiotas inspiram muitos outros… eles faziam parte de uma lista de 42 nomes monitorados pelas autoridades.

Pessoas assim, agora que estão presas, trazem à discussão: qual o seu destino?

Serão mantidas na cadeia eternamente, às custas do nosso dinheiro?

bomba.jpg

– Estamos falidos socialmente?

Talvez estejamos próximos do final dos tempos. Viram a capa do Estadão de hoje?

Nela, há a manchete: “Estado Islâmico dá dicas na Web de como atacar no Rio“.

Se a outrora Cidade Maravilhosa já não vivesse com tantos problemas sociais, como a criminalidade dos traficantes de drogas e milicianos que agem da mesma forma coercitiva, agora o EI (ISIS) querendo tumultuar.

Quem lutará pela vida dos cariocas de bem e demais inocentes?

bomba.jpg

– O Movimento para Apagar a Tocha Olímpica em Jundiaí!

Dia 21 a “tocha olímpica” passará por Jundiaí. Nunca fui a favor de Copa do Mundo nem de Jogos Olímpicos no Brasil (e olha que amo Esportes). Temos muitas outras prioridades do que gastar tanto dinheiro assim (sem contar o elevadíssimo “custo corrupção”).

Mas, já que haverá a Olimpíada, que tudo saia bem. Só que existe um movimento em Jundiaí criado pela internet para APAGAR A TOCHA quando ela estiver aqui na cidade.

Aí é ser xarope… falta de respeito e de cidadania. Quer protestar? Vote contra os malditos políticos que lutaram por essa escolha desnecessária e custosa à nação. Há outras coisas tão importantes a fazer…

Sabe o que parece? Atitude de gente que quer aparecer. Simples. Protestos devem ser civilizados, coisa que isso não é e que se torna gozação.

Será que veremos muita gente querendo fazer graça e tentando jogar água na tocha?

bomba.jpg