– Tolerância na Web

A Internet permitiu coisas muito boas a serem divididas, mas também a livre expressão de intolerantes de todos os assuntos.

Se eu não gosto de A, não quer dizer que eu seja admirador de B. Posso ser de C ou de D, desgostando de todos os outros. Se penso “isso de algo”, respeito se você pensa “aquilo desse mesmo algo”. Mas atenção: respeitar não é impor a sua opinião sobre a minha, é simplesmente compartilhar o ponto de vista alternativo (com educação).

Discordar de uma ideia não quer dizer que se deve sobrepujar a ela; caso contrário, o conceito se confunde!

Li e compartilho essa postagem (não me recordo do autor) que transmite exatamente o que penso (abaixo):

– Que fase brava na saúde…

Um dia é tosse, outro dia é estômago, outro é reação alérgica… caracoles!

De novo no Pronto Socorro, agora pela gripe. E olha que tenho feito um check-up extremamente forte nos últimos dias…

Quando poderei falar que estou “100% em ordem com a saúde?”

Quem tem criança pequena como eu, fica a dica: elas estão sendo o alvo maior dessa onda de resfriados, viroses e “afins” nessa época de tempo tão instável.

🤧 #ImunidadeZERO (E saiba, confesso: detesto vir ao médico. Tem sido torturante…)

– Ponte Preta x Guarani dançando com a Irmã!

Ligo agora a TV e vejo Ponte Preta x Guarani, o Derby Campineiro tão esperado e… não vale absolutamente para o Paulistão 2019!

1.Por quê não se marcou esse jogo mais para o meio da tabela?

Veja o ótimo Raphael Claus entrando em campo, imponente, concentrado, mas ao som do… hino do Campeonato Paulista!

2.Compare essa melodia com o hino da Champions League!

Repare também: torcida única no Moisés Lucarelli. Sei que não se comporta mais os atuais torcedores organizados brigões, mas é ruim demais essa situação (embora necessária).

3.Pensou se o estádio fosse meio da Macaca / meio do Bugre? Que festa?

Enfim: tudo isso faz me lembra naquele velho ditado de que “é tudo muito sem graça, mais sem graça do que dançar com a irmã”, enquanto poderia-se estar de rostinho colado com a moça bonita desejada.

Só não vale para o juizão pensar assim. Afinal, Derby de Campinas sempre é pegado, e para usar outro ditado: “bobeou, o cachimbo cai”.

Resultado de imagem para Ponte preta x Guarani

– Há 29 anos, Collor sequestrava nossas poupanças

Dia triste do Brasil: em 16 de março de 1990, Fernando Collor de Melo congelava a poupança (e o Overnight também). Decretava feriado bancário e deixava malucos os cidadãos.

Um dia antes, no Jornal Nacional, Zélia Cardoso, a Ministra da Economia, dizia “se eu tivesse dinheiro para guardar, deixaria na poupança”.:

Enganou todo mundo…

bomba.jpg