– O Discurso de Trump sobre a Venezuela. É pra valer ou somente chantagem militar?

Será que a ditadura de Nicolás Maduro, que censura a oposição e deixa sem recursos a população, acabará por conta do uso bélico dos EUA?

Donald Trump é sabidamente austero. Quando há dias declarou que poderia fazer uso da força militar para acalmar Caracas, o sinal de alerta sobre a América do Sul foi ligado.

Será que a intervenção americana nos hermanos acontecerá o é apenas discurso para amedrontar os malucos chavistas?

bomba.jpg

– A torta democracia na Venezuela e a ridícula conversação no Brasil

Foram 16 mortos e 50 feridos em brigas nas eleições parlamentares venezuelanas (ocorridas ontem), onde a ditadura iniciada por Hugo Chávez e continuada por Nicolas Maduro (mesmo não se assumindo oficialmente ditador) impede a liberdade de expressão e a ação da oposição dos populares. Triste é ouvir a presidente do PT, Gleise Hoffmann, fazer tal defesa dos governantes situacionistas de lá e declarar abertamente apoio ao PSVU (lembrando que lá falta comida e sobra petróleo). Sem contar que, na hora de votar, não foi achado o cadastro de eleitor de Maduro, que até fez pose em frente a cabine, tornando-se um mico imenso.

Tão triste é ver Aécio Neves jantando alegremente com Michel Temer a fim de “discutirem o futuro do Brasil”. São eles, tão sujo quantos os demais envolvidos na Lava-Jato, que salvarão a nação?

Parem o país que eu quero descer… Ou deveria dizer: “Parem a América do Sul”?

bomba.jpg

– A comemoração dos mísseis balísticos e a triste realidade da Coréia do Norte

Viram a bizarra comemoração dos norte-coreanos com o sucesso dos testes de mísseis intercontinentais? Foram os balísticos Hwasong-14, que poderiam atingir os EUA.

Crianças com bandeirinhas, generais aplaudindo e jovens pulando enlouquecidos!
Meu Deus… uma sociedade completamente presa numa bolha criada pela família de um ditador. E o pior: não conhecem o que existe no resto do mundo, somente a realidade artificial criada por Kim Jong-un.

Compartilho um documentário com imagens da Coréia do Norte, exibido pela TV de Portugal, que é assustador! Mostra a verdadeira faceta desse país fechado: um lugar de horrores, pobreza e ditadura absoluta.

Assista, e em especial, entre o minuto 12 e 13, para se ter uma ideia de como funciona a TV Estatal. Está em: https://www.youtube.com/watch?v=AyGqPLY8k54

 

 

– A Censura Chinesa e o Ocidente nada faz!

Para fazer negócios com a China, grandes empresas de comunicação aceitam “numa boa” a censura imposta pelo governo ditador.

Palavras como “Democracia”, “Direitos Humanos” e outras que remetam à Liberdade de Expressão são simplesmente banidas. Apple e Google obedecem as ordens de Pequim. Facebook e Twitter são proibidos de atuarem por lá.

Nesta semana, mais um caso de proibição, abaixo, extraído de: http://istoe.com.br/a-censura-chinesa/

A CENSURA CHINESA

Depois de bloquear acesso a redes sociais, governo de Xi Jinping exige que a Apple remova de sua loja no país o aplicativo do jornal “The New York Times”

No país mais populoso do planeta, os cidadãos são proibidos de acessar redes sociais como Facebook e Twitter. Nem mesmo pesquisas na internet pelo Google são toleradas. Há duas semanas, os chineses foram surpreendidos com mais uma forma de censura: o aplicativo que permitia acessar as notícias do jornal “The New York Times” por meio do sistema iOS também foi banido. O site do jornal americano já havia sido bloqueado na China em 2012, após a publicação de um artigo que detalhava a fortuna do ex-primeiro ministro Wen Jiabao e sua família. A pedido do governo do presidente Xi Jinping, a Apple, fabricante do iPhone e do iPad, removeu o aplicativo de sua loja no país.

Em junho, a agência de administração do ciberespaço da China baniu aplicativos que possam “publicar ou divulgar informações proibidas”. As restrições incluem “participar de atividades que coloquem em risco a segurança nacional, interrompam a ordem social ou violem os interesses e direitos legítimos de outros”. É difícil imaginar de que forma o “The New York Times” viola essas normas.

Curiosamente, ao acatar o pedido do PC chinês a Apple vai contra a liberdade que sempre pregou. No ano passado, a empresa recusou um pedido do governo dos Estados Unidos para desbloquear o iPhone de um suspeito de terrorismo. Na época, Tim Cook, o sucessor de Steve Jobs, disse que seria um precedente perigoso, “que ameaça as liberdades civis.”

RETROCESSO
A mudança de postura tem explicação econômica. A China é o terceiro maior mercado da Apple, com uma receita de US$ 8,8 bilhões apenas no quarto trimestre do ano passado. A maior concorrência de rivais domésticos, contudo, tem feito as vendas caírem. O faturamento recuou 30% em 2016. Tim Cook visitou a China algumas vezes no ano passado para tentar recuperar os clientes perdidos.

Para o governo chinês, todos os sites estrangeiros vistos como uma ameaça ao Partido Comunista são automaticamente afastados do alcance dos cidadãos. Wikipédia, Youtube, Instagram e até o Linkedin entram na lista de sites proibidos no país.

bomba.jpg

– Fidel Castro e o espanto / encanto com a Web

Fidel Castro, que se foi há pouco tempo, descobriu a Internet somente em 2010. E quando o fez, disse:

Estamos diante da arma mais poderosa que já existiu: a comunicação”.

Para a maioria dos cidadãos do mundo desenvolvido (e dos países em desenvolvimento também), isso é uma realidade. E para que a comunicação seja sempre plena, deve existir liberdade de expressão e democracia (coisas que não existem em Cuba, na China ou Coréia do Norte).

Deve ser por tal motivo o “pé atrás” de Fidel? Permitir comunicação sem censura seria sinônimo da queda da ditadura em Havana?

bomba.jpg

– Palmas para QUASE todos os manifestantes

Brasileiros engajados pelo fim da corrupção saíram na Avenida Paulista hoje, lutando por um país melhor.

O movimento APARTIDÁRIO pediu a prisão de Lula, a investigação de Aécio, o mantra “Fora Temer” e seus derivados para Jucá e Renan.

Excelente. Tudo democrático e respeitoso. Mas…

Alguns desvirtuados pediram a volta da DITADURA! Não é por aí. Precisamos de liberdade e não censura. 

Uma pena que as pessoas troquem algumas possibilidades das manifestações por tal desejo que deve ser esquecido em nosso país.

cy2pbbyxuaii8wo

– O Atleta Doutrinado pelo Ditador Comunista !

Que tristeza!

O ginasta da Coréia do Norte Ri Se-gwang, vítima da ditadura daquele país, quis homenagear seu líder político, o tirano Kim Jong-um (que dispensa explicações maiores) ao conquistar a Medalha de Ouro, dizendo:

Me enchi de alegria ao pensar que levava a vitória a nosso líder”.

Com esse pensamento, continuarão sendo vítimas sem saber o que é liberdade e democracia… Os norte-coreanos estão vivendo em uma bolha opressora comunista há décadas! Aliás, ditadura é ditadura, não importa se comunista ou capitalista.

bomba.jpg

– Parabéns ao Serra por não fazer média com o ditador venezuelano Nicolas Maduro

Costumamos criticar as atitudes dos políticos em nosso blog. Mas nessa deve-se reconhecer o mérito: José Serra, Ministro das Relações Exteriores do Brasil, foi incisivo quanto ao desgosto da posse da Venezuela na Presidência do Mercosul. Reclamou que Maduro não tem condição de assumir a liderança do bloco econômico político e que nem democracia o país é.

Ufa, enfim alguém não ficou fazendo politicagem com tal mandatário. Aliás, coitado do nosso país vizinho, mergulhado em uma crise desde o demagogo Hugo Chávez, que transformou o país numa ditadura miserável.

bomba.jpg

– Democracia é na Guiné!

O ditador Teodoro Obiang Nguema, presidente de Guiné Oriental há décadas, é um fanfarrão. Lá, as Eleições acontecem “de mentirinha”, e no referendo que o elegeu ao 6o mandato, dias atrás, disse:

Sou o candidato do povo. Quem não vota em mim está rejeitando a paz e optando pela desordem“.

Entendeu? A população pode votar em qualquer um, desde que seja nele, que recebeu incríveis 93,7% dos votos no último pleito.

bomba.jpg

– Pérolas da Internet: a entrevista de Lula à Playboy em 1979!

O tempo faz com que amadureçamos e nos arrependamos de algumas falas. Acontece com todos!

E perdida na web, um trecho de Lula falando sobre à admiração a homens que derrubam governos (inclua-se Fidel, Hitler…)!

Abaixo (público na Internet):

PLAYBOY (EDIÇÃO 1979 E LULA)

Playboy – Há alguma figura de renome que tenha inspirado você? Alguém de agora ou do passado?

Lula [pensa um pouco]- Há algumas figuras que eu admiro muito, sem contar o nosso Tiradentes e outros que fizeram muito pela independência do Brasil (…). Um cara que me emociona muito é o Gandhi (…). Outro que eu admiro muito é o Che Guevara, que se dedicou inteiramente à sua causa. Essa dedicação é que me faz admirar um homem.

Playboy – A ação e a ideologia?

Lula – Não está em jogo a ideologia, o que ele pensava, mas a atitude, a dedicação. Se todo mundo desse um pouco de si como eles, as coisas não andariam como andam no mundo. (…)

Playboy – Alguém mais que você admira?

Lula [pausa, olhando as paredes] – O Mao Tse-Tung também lutou por aquilo que achava certo, lutou para transformar alguma coisa.

Playboy – Diga mais…

Lula – Por exemplo… O Hitler, mesmo errado, tinha aquilo que eu admiro num homem, o fogo de se propor a fazer alguma coisa e tentar fazer.

Playboy – Quer dizer que você admira o Adolfo?

Lula – [enfático] Não, não. O que eu admiro é a disposição, a força, a dedicação. É diferente de admirar as idéias dele, a ideologia dele.

Playboy – E entre os vivos?

Lula [pensando] – O Fidel Castro, que também se dedicou a uma causa e lutou contra tudo.

Playboy – Mais.

Lula – Khomeini. Eu não conheço muito a coisa sobre o Irã, mas a força que o Khomeini mostrou, a determinação de acabar com aquele regime do Xá foi um negócio sério.

Playboy – As pessoas que você disse que admira derrubaram ou ajudaram a derrubar governos. Mera coincidência?

Lula [rápido] – Não, não é mera coincidência, não. É que todos eles estavam ao lado dos menos favorecidos.

Playboy – No novo Irã, já foram mortas centenas de pessoas. Isso não abala a sua admiração pelo Khomeini?

Lula – É um grande erro… (…) Ninguém pode ter a pretensão de governar sem oposição. E ninguém tem o direito de matar ninguém. Nós precisamos aprender a conviver com quem é contra a gente, com quem quer derrubar a gente. (…) É preciso fazer alguma coisa para ganhar mais adeptos, não se preocupar com a minoria descontente, mas se importar com a maioria dos contentes.

bomba.jpg

– Cansa e irrita a história de se criar uma Ilusão de Golpe!

Quem disse que é golpe o uso dos instrumentos democráticos do país?

Um dia, Lula e FHC pediram impeachment de Collor. Depois Lula defendeu impeachment de FHC alegando que o país estava à deriva. Mas quando a população (não um líder político) pede o impeachment de Dilma pela inegável corrupção e desmandos do seu Governo, do loteamento de cargos e especialmente pelo criminoso crime do Petrolão, Lula é contra.

Dilma fala como se fosse um mantra sobre uma “trama golpista”.

Golpe é falir as empresas públicas com desvios de recursos como fizeram com a Petrobrás!

Golpe é tirar dinheiro dos nossos impostos e embolsá-lo!

Golpe é superfaturar obras e cobrar percentagem de propina dos vencedores de licitações combinadas!

Já cansou o nhe-nhe-nhém e o discurso de vitimização feito pelo PT.

Em tempo: que se apure as denúncias também do PSDB, do PMDB, do PP e de todos os outros. Queremos um país livre de corruptos, sejam eles quem forem!

Assista esse vídeo, abaixo, de Lula falando sobre o impeachment de Collor. Para ele, isso era democrático naquela época…

Em: https://www.youtube.com/watch?v=_SQSjlqDlak&feature=youtu.be

– Cuba sem a Família Castro?

Leio que José “Pepe” Mujica, o ex-presidente uruguaio que foi marcado pela sinceridade e simplicidade (e que um dia disse que Lula havia lhe confidenciado preocupação com as investigações contra corrupção), disse em entrevista que conversou com Raul Castro, que lhe avisou: “está velho e vai deixar o poder”!

Sinceramente? Nasci vendo a ilha sendo governada por Fidel Castro. E imaginá-la sem o Castrismo é incrível.

Que vá embora logo, e que seu sucessor abra a democracia o mais breve possível!

bomba.jpg

– Camisinha a R$ 57,00 na Venezuela? Viva a República Bolivariana!

Quando o ditador pseudo-comunista Hugo Cháves se intitulou como “novo Libertador da América” e evocou o espírito de Simon Bolivar para refundar o país como “República Bolivariana da Venezuela”, todos achavam que a loucura não vingaria. Pois vingou e afundou o país.

Seu sucessor, Nicolas Maduro, mandou o Exército tomar os supermercados e ameaça estatizar as farmácias, pois produtos de 1a necessidade – de alimentos a medicamentos – estão em falta.

Um dos artigos que têm chamado a atenção é o de preservativos masculinos! Uma simples camisinha custa R$ 57,00.

Abaixo, extraído do UOL.com

ESCASSEZ DE PRODUTOS DA VENEZUELA

Além de encarar filas gigantescas para comprar produtos de primeira necessidade, como carne, açúcar e remédios, os venezuelanos estão enfrentando também a escassez de outro produto: um pacote com 36 camisinhas, difíceis de encontrar no país, chega a custar até 4.760 bolívares (R$ 2.035,38), segundo informações do site de notícias norte-americano Bloomberg Business. Quer dizer que cada camisinha custa cerca de R$ 57.

“Agora precisamos esperar na fila até para fazer sexo”, disse Jonatan Montilla, 31, diretor de arte de uma empresa de publicidade.

A queda no preço do petróleo internacional aprofundou a escassez de produtos na Venezuela, cujas exportações de petróleo respondem por cerca de 95% dos ganhos com moeda estrangeira.

Como o valor que o país recebe pelas exportações caiu quase 60% nos últimos sete meses, os importadores têm menos dólares para trazer produtos do exterior. Quase todos os bens de consumo do país são importados.

A Venezuela tem a terceira maior taxa per capita de infectados pelo vírus HIV na América do Sul, atrás do Paraguai e do Brasil, de acordo com dados da ONU (Organização das Nações Unidas) de 2013.

bomba.jpg

– O que será da Venezuela?

Nicolas Maduro, o presidente venezuelano, quer criar um Congresso Nacional Paralelo em seu país, após perder a maioria dos deputados da sua base de sustentação nas últimas eleições legislativas.

Típico de ditadores, exemplo perfeito de chavismo.

Repare que Maduro se apoiava em acordos com esquerdidas e antiamericanistas, como Cuba, Irã, Rússia, China e outros alinhados à política supostamente populista, como o Brasil e a Argentina.

Agora, com o realinhamento da geopolítica internacional (Cuba se voltando positivamente aos americanos, o Irã mais aberto ao Ocidente, a China e a Rússia com outras preocupações, Macri assumindo a Argentina), restou ao Governo da Venezuela tentar se manter. Com a queda do petróleo no mercado internacional, o dinheiro diminuiu e a escassez de produtos nos supermercados continua.

Até o Brasil – sim, a presidente Dilma – se posicionou com preocupação com o respeito às instituições democráticas de lá. Aliás, uma das condições de permanência dos países membros do Mercosul não é o respeito aos fundamentos da Democracia?

bomba.jpg

– 13 de 68 e 13 de 15: democracia de conveniência?

Ontem ocorreram manifestações contra o Governo Dilma Rousseff, pedindo o impeachment da presidente e o fim da administração do PT. Tudo feito de maneira ordeira. Aliás, uma versão de Direita dos protestos que nos acostumamos a ver quando a Esquerda era oposição.

Agora, ao contrário dos protestos que incentivavam, petistas como Rui Falcão dentre tantos outros tripudiaram, dizendo que era “em louvor ao dia 13 de dezembro de 1968, a favor da ditadura militar“.

Quanta bobagem… quando é protesto pró-PT, é democracia. Quando é contra, é golpe?

De fato, os conceitos de democracia variam conforme os interesses.

bomba.jpg