– A Política de Preços Flutuantes da Petrobrás

A Petrobrás oficializou o que vem chamado pelos economistas de política flutuante. Ou seja, muda o preço conforme a variação no mercado internacional. Isso faz com que as oscilações possam ser diárias. Quem recebeu combustível na 6ª e sábado, pagou caro e teve que reajustar. Se der sorte de comprar na baixa, dá para vender mais barato.
Veremos os preços dessa semana para ver o que acontece. Está cada vez mais difícil essa política de preços…

Como se programar financeiramente? E o consumidor, como fica? É uma gangorra de valores!

Repare que na alta, sobe rapidinho. Mas na baixa…

bomba.jpg

– Jucá denunciado. Qual é a surpresa?

Nenhuma surpresa ao ler que o Senador Romero Jucá foi denunciado pela Procuradoria Geral da República, devido a Operação Zelotes da Polícia Federal ter indícios / provas de que ele participava de esquema de corrupção visando benefícios de empresas junto ao Conselho Administrativo de Recursos Federais (CARF).

Trocando em miúdos: supostamente recebia grana de grandes empresas para aliviar a cobrança de impostos delas junto a Receita Federal.

Não me surpreendo com denúncias, pois elas estão se tornando comuns. Me surpreenderei se Jucá for preso! Vide Renan Calheiros, que sempre se ouve falar de casos de corrupção e nunca foi para o Xilindró.

bomba.jpg

– Gilmar Mendes soltando todo mundo?

Virou uma farra a questão de liberar todo e qualquer preso neste país, em especial os bandidos do colarinho branco.

O que falar do juiz Gilmar Mendes e o “prende e solta” promovido por ele? Soltou duas vezes, em menos de 24h, o “Barão do Transporte Público Carioca”, o Sr Jacob Barata Filho!

Realmente a imundice anda solta nesse país. Não entendo tais decisões. As celas não tem mais barras.

bomba.jpg

– Os Golpes de Cartório

O que tem de vigarista por aí, é algo assustador! O golpe da moda é o do CARTÓRIO: alguém te liga de um determinado “cartório” (que não é cartório), diz que seus títulos serão protestados em poucas horas, pede o pagamento imediato para não executá-lo, passa telefones de falsas empresas com golpistas esperando a sua ligação, e acabam tentando garfar uns trocados.

Aliás, trocados?

Nada disso. Trocão! Por 3 vezes recebi tal ligação (cartório de São Paulo, Bragança e Campinas – todos falsos) e nos 3 eu estava “devendo” 7 parcelas de R$ 399,00 a uma empresa de cobrança, todas de nome diferente.

Tome cuidado, pois, mesmo atento, eles são bons de lábia.

Importante: cartório não liga para devedor dizendo que vai protestar…

– E o novo aumento de Diesel?

Será que o Governo não sabe que o Brasil “roda movido a Diesel”?

Nesta 3a feira, mais um aumento no preço dos combustíveis: cerca de R$ 0,032 a mais no Óleo Diesel.

Já perceberam quantos aumentos tivemos nos últimos tempos? A cada dois ou três dias há um pequeno reajuste. Acumule tudo isso para você ver quanto dá!

Mais do que isso, o reajuste dos fretes é inevitável, fazendo com que se onere ainda mais o transporte de alimentos.

Mas calma… segundo Temer, está “tudo em ordem”…

bomba.jpg

– Comércio de Órgãos Humanos se Torna Realidade nos EUA

Diferente que o Brasil, nos EUA se pode vender sangue humano. Alguns cidadãos podem comercializar (sem prejuízo a sua saúde) o próprio sangue sem sanções da Lei. Claro que há a discussão entre os doadores (que o fazem por boa vontade) em relação a quem quer ganhar dinheiro com a ação.

Agora, a Justiça Americana autorizou a comercialização da Medula Óssea (em média, 3,000.00 dólares a quem vai ceder). Se levarmos em conta que há espera de 6 meses na fila de doadores, sabedores que é proibido se vender qualquer órgão no Brasil, valeria o debate?

Sinceramente, prefiro crer que as pessoas façam as doações por ação solidária. Mas é inegável que teríamos mais vidas salvas (a um certo custo financeiro), caso o comércio fosse legalizado por aqui.

A propósito do tema, será que a Engenharia Genética e a Medicina estariam longe da criação de órgãos em laboratórios para a comercialização? E a clonagem, ajudaria?
Questões certamente polêmicas e que serão cada vez mais pertinentes nos próximos anos.

imgres.jpg

– Funcionários que têm até 16o Salário por ano? E nós é quem os pagamos?

Ouvi e me assustei ao comprovar: o BNDES tem cerca de 5000 funcionários concursados e muitos outros como cargo de confiança. Eles tem até 16o salário como remuneração, e alguns não aparecem para trabalhar.

E depois querem aumentar os impostos para cobrir o déficit do Governo?

bomba.jpg

– A Esperança contra o Câncer: a Erva de São Simão

Da terra tudo se tira. Prova disso é a nova descoberta no litoral brasileiro: o uso da Erva de São Simão (aquele matinho que mais parece uma praga, encontrada nas praias virgens) pode ser essencial para matar células e tumores cancerígenos.

A explicação sobre seus efeitos, extraído de: http://noticias.terra.com.br/ciencia/interna/0,,OI3656904-EI8147,00.html

ERVA COMUM NO BRASIL PODE SER ESPERANÇA CONTR AO CÂNCER

por Gonçalo Valduga

Uma erva comum no Brasil e que cresce na mata pluvial da costa litorânea pode se tornar futuramente uma aliada dos especialistas na luta contra o câncer. Análises feitas por uma equipe de pesquisadores de Ciências Farmacêuticas da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), em Santa Catarina, demonstraram que compostos isolados da erva-de-são-simão (Vernonia scorpiodes) são capazes de destruir vários tipos de células tumorais, sem causar efeitos expressivos às células não tumorais.

“Uma das frações dos extratos da planta mostrou bons resultados em camundongos e quando testada em três tipos de células cancerígenas”, explicou Tania Mari Bellé Bresolin, coordenadora do Mestrado em Ciências Farmacêuticas da Univali. Segundo a professora, algumas análises da erva-de-são-simão alcançaram uma atividade seletiva, destruindo células de melanoma e adenocarcinoma e estimulando células do sistema imune, que auxiliam na defesa do organismo.

Sabe-se que, entre os efeitos colaterais da maioria dos agentes quimioterápicos utilizados atualmente, está a destruição de células de defesa, o que torna o paciente mais suscetível às infecções. “Se comprovada a seletividade dos compostos, futuramente pode-se desenvolver um quimioterápico mais seguro”, analisou.

Apesar de estarem confiantes com a pesquisa, os cientistas catarinenses garantem que os resultados ainda são preliminares. “Potencial a erva tem, mas até chegarmos a um medicamento existe um longo caminho a percorrer para sabermos se a planta pode servir como fonte de um fármaco contra a doença”, destacou Tania.

Ela também alertou sobre os riscos da ingestão da erva-de-são-simão devido à sua toxicidade, que pode ser nociva ao ser humano em caso de uso indiscriminado. “Alguns compostos isolados afetam também células não-tumorais”, avisou.

Por temer a utilização inadequada pelas pessoas, Tania optou por não divulgar uma imagem da planta, pois ela é facilmente encontrada em pastagens, terrenos baldios e beiras de estradas.

De acordo com a pesquisadora, o objetivo da equipe não é estimular o uso, mas tentar despertar o interesse da indústria farmacêutica para investir em estudos aprofundados da Vernonia scorpiodes – que tem mais de 200 variações no País. “Os estudos são iniciais e ainda serão necessários testes complementares para garantir a efetividade e segurança da sua utilização”, completou.

Resultado comum

Uma pesquisadora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), que não quis se identificar, afirmou que muitas ervas encontradas no País e estudadas em laboratório possuem potencial para destruir células cancerígenas. “É possível uma erva como a Vernonia Scorpiodes ter capacidade antitumoral, no entanto, não quer dizer que ela vá ajudar na prática a acabar com o câncer”, alertou.

Para a especialista, os resultados obtidos com a erva-de-são-simão surpreendem pouco a comunidade científica. “Os efeitos podem ser negativos no organismo do ser humano, quando envolve todo um conjunto de fatores, do que nos testes in vitro, onde é feita a cultura de células e o isolamento de compostos”, explicou. Segundo ela, “a possibilidade da planta um dia ser utilizada em medicamentos ainda é uma incógnita”.

– ATENÇÃO: O 6o aumento do combustível chegará nesse final de semana!

Mais 2% de aumento na Gasolina sem tanta repercussão?

Falamos na segunda-feira dos 5 (CINCO) aumentos dos combustíveis em 10 dias, que foram feitos na surdina.

(Vide aqui: https://professorrafaelporcari.com/2017/08/01/o-5o-quinto-aumento-dos-combustiveis-e-ninguem-fala-nada/.)

Ainda nesse apocalíptico panorama, a Petrobrás decidiu um novo reajuste para sábado, o sexto em 14 dias! Parece que tal forma de aumentos pequenos e contínuos servem para mascarar os grandes valores que passaram a ser cobrados.

O Sindicato dos Postos de Combustíveis alerta: os revendedores não estão aguentando e as vendas despencaram. Os políticos roubam a Petrobrás e o eleitor é quem paga a conta…

Sobre isso, em: http://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/apos-reajustes-nos-preco-dos-combustiveis-lucro-em-postos-diminui-30-na-regiao-de-campinas.ghtml

– Compare a necessidade de um deputado com a de um professor!

Se você pudesse escolher um profissional para premiá-lo com o título de “indispensável” para o Brasil: escolheria um deputado federal ou um professor?

Pois bem: compare o salário e os auxílios de cada um deles. Abaixo: 

bomba.jpg

– Quem será o próximo brasileiro na Fórmula 1?

Está difícil torcer por vitória brasileira na F1. E depois de mais de 30 anos, tivemos uma corrida sem brasileiros na pista (GP da Hungria), devido ao problema de saúde sofrido pelo Felipe Massa. Em compensação, a Fórmula E está empolgante, com Lucas di Grassi e demais brazucas muito bem!

Dizem que o próximo grande piloto brasileiro que estará na Fórmula 1, dentro em breve,  será Pietro Fittipaldi, que vem ganhando todas as categorias que disputa e cujo DNA da velocidade está no sobrenome.

Que o futuro chegue logo para que nós, apaixonados por automobilismo, possamos torcer para um piloto campeão!

bomba.jpg

– 3o Aumento dos Combustíveis e a Liminar contra o Governo!

Esse país enlouqueceu, definitivamente.

Eis que a Petrobrás anunciou um novo reajuste na Gasolina em 1,9% e do Diesel em 1,4% a partir de 4a feira, dia 26 de julho.

Se não bastasse isso, sabemos que na última semana tivemos dois aumentos: os dos impostos e do combustível em si (vide sobre o ocorrido aqui: http://wp.me/p4RTuC-jxx). Será o 3o reajuste em menos de 7 dias!

Há pouco, o juiz federal Renato Coelho Borelli, da 20a Vara de Brasília, concedeu uma liminar que suspende o 1o aumento, o de impostos, alegando que “esse tipo de aumento não pode ser por decreto, mas só por projeto de lei”.

Quanto tempo a cassarão?

bomba.jpg

– Você sabe identificar notas falsas?

Na região doe Jundiaí, constantes golpes com notas falsas têm sido tentados; alguns frustrados, outros com sucesso.

É difícil identificar uma boa falsificação. Vez ou outra ouvimos notícias de que até mesmo em caixas eletrônicos pessoas recebem notas falsas. Mas vão algumas dicas:

(Extraído de http://www.acescp.com.br/ace2012/index.php/scpc/2012-03-21-22-23-24/76-dicas-sobre-como-reconhecer-notas-falsas.html)

DICAS PARA EVITAR NOTAS FALSAS

Quando você receber uma cédula veja sempre os principais elementos de segurança: a marca d’água, a imagem latente e o registro coincidente.
Cerca de 60% das cédulas falsas não possuem marca d’água. O fato do papel ser aparentemente verdadeiro, porém, não garante que a cédula seja autêntica. 15% das falsificações do Real são obtidas a partir da lavagem de cédulas de menor valor. As demais cédulas falsificadas (aproximadamente 25% do total) utilizam papel parecido, mas não autêntico, com marcas de água diferentes e vários outros detalhes alterados em relação as cédulas verdadeiras.

1. Observe a marca d’água. Cerca de 60% das cédulas falsas retidas pelo Banco Central não apresentam marca d’água.

Segure a cédula contra a luz, olhando para o lado que contém a numeração. Observe na área clara à esquerda, as figuras que representam a República ou a Bandeira Nacional, em tons que variam do claro ao escuro.

As cédulas de R$50,00 e R$100,00 apresentam como marca d’água apenas a figura da República.

As cédulas de R$1,00, R$5,00 e R$10,00 podem apresentar como marca d’água a figura da República ou a Bandeira Nacional.

A cédula de R$2,00 apresenta como marca d’água apenas a figura da tartaruga marinha com o número 2.

A cédula de R$20,00 apresenta como marca d’água apenas a figura do mico-leão-dourado com o número 20.

2. Sinta com os dedos o papel e a impressão.

O papel legítimo é menos liso que o papel comum.
A impressão apresenta relevo na figura da República (efígie), onde está escrito “BANCO CENTRAL DO BRASIL” e nos números do valor da cédula.

3. Observe a estrela do símbolo das Armas Nacionais nos dois lados da cédula.

Olhando a nota contra a luz, o desenho das Armas Nacionais impresso em um lado deve se ajustar exatamente ao mesmo desenho do outro lado.

4. Observe as micro impressões.

Com o auxílio de uma lente, pequenas letras “B” e “C” poderão ser lidas na faixa clara entre a figura da República (efígie) e o registro coincidente (Armas Nacionais) e no interior dos números que representam o valor.

5. Observe a imagem latente.

Observando o lado da cédula que contém a numeração, olhe a partir do canto inferior esquerdo, colocando-a na altura dos olhos, sob luz natural abundante: ficarão visíveis as letras “B” e “C”.

6 . Linhas multidirecionais.

As notas de real também contam com linhas retas, paralelas, extremamente finas e bastante próximas entre si, dando a idéia de que houve uma impressão contínua no local. Apesar de estarem em toda a extensão da cédula, as linhas podem ser vistas mais facilmente na área da marca d’água.

7 . Fibras coloridas.

Ao longo de toda a cédula, podem ser vistos pequenos fios espalhados no papel, nas cores vermelha, azul e verde, em ambos os lados.

8 . Fio de segurança.

Um fio vertical, de cor escura, está embutido no papel da cédula. Ele pode ser facilmente visto contra a luz. Está presente em todas as cédulas, menos nas de R$ 1 e R$ 5, que apresentam, como marca d’água, a figura da Bandeira Nacional.

9 . Fibras sensíveis à luz ultravioleta.

São pequenos fios espalhados no papel, que se tornam visíveis, na cor lilás, quando expostos à luz ultravioleta. São encontrados nos dois lados da cédula.

10 . Microchancelas.

São as duas assinaturas – uma do Ministro da Fazenda, outra do Presidente do Banco Central do Brasil. Sem as assinaturas as cédulas não têm valor legal.

11. Sempre que possível, compare a cédula suspeita com outra que se tenha certeza ser verdadeira.

– Dois Aumentos nos Combustíveis em menos de 24h! Como isso é possível?

Tivemos absurdamente dois reajustes nos preços dos combustíveis seguidamente:

1) De 5a para 6a feira, à noite, o Governo Federal aumentou os tributos dos combustíveis.

2) Na 6a feira à tarde, a Petrobrás aumentou o preço dos produtos.

Para acompanhar tudo isso, houve o disparo do preço do Etanol devido ao consumo e escassez (por culpa da demanda).

Assim, um dos impostos da Gasolina (a CIDE) saltou de R$ 0,3816 para R$ 0,792 em cada litro! Fora o aumento do PIS e COFINS, além do reajuste anunciado hoje.

O Ministro da Fazenda Henrique Meirelles disse na Globonews que o aumento poderia chegar até dois dígitos, e acreditou-se que chegaria aos R$ 0,10. Ledo engano… Quando divulgado o primeiro aumento, percebeu-se que atingiria mais de R$ 0,40, e com o reajuste dessa 6a feira, dependendo da região, atingiu R$ 0,50.

O duro é o presidente Michel Temer declarar que:

“O povo brasileiro saberá compreender esse pequeno aumento neste momento difícil”.

Entender como, cara-pálida? “Pequeno”? Onde?

Para cobrir o déficit fiscal causado pelos políticos, o contribuinte é quem pagará a conta? E os senhores políticos nada fazem para aliviar o custo do Estado?

Não me venha com discurso ideologista nessa hora, atacando a herança do PT, a gestão do PMDB ou o legado de FHC pelo PSDB: todos são culpados por tornarem a Petrobrás de 5a maior petroleira do mundo em maior empresa endividada do planeta – sendo gerida por um Governo que não corta suas despesas, em um país cujo povo permite mordomias aos políticos e autoridades das 3 esferas, sem se manifestar como deveria: nas urnas!

bomba.jpg