– Diferenciando Política e Politicagem

Conversando com um amigo, falávamos da necessidade de se fazer Política no Brasil.

Sim, Política com P maiúsculo, aquilo que faz bem ao próximo, desinteressadamente. É a chamada “arte de se relacionar”.

Infelizmente, hoje se pratica a “politicagem”, prática corrupta e que acaba com o país!

Portanto, diferenciei a Política da Politicagem, os bons (raros, é verdade) Políticos dos Politiqueiros.

bomba.jpg

– Natura comprará por € 1 bi a The Body Shop da L’Oréal

A Natura dá um importante passo em busca de se tornar a maior empresa de cosméticos do mundo (já é a maior do Brasil). Na 2a feira, deveria concretizar a compra da gigante britânica The Body Shop, que tem lojas espalhadas no mundo inteiro! Hoje, a empresa pertence à francesa L’Oréal.

Sabe o que é mais curioso? A Natura se tornou essa potência através do porta-a-porta e catálogos, ao contrário da sua aquisição, que tem espaços físicos em pontos estratégicos.

Abaixo, extraído de Valor Econômico, 20/06/2017

NATURA PREVÊ ASSINAR A COMPRA DA BODY SHOP EM 26 DE JUNHO

Empresa brasileira ofereceu € 1 bilhão à L’Oréal pela aquisição da rede britânica.

O conselho de trabalhadores da L’Oréal concluiu de maneira favorável o processo de consulta sobre a aquisição da varejista britânica The Body Shop pela Natura.

Assim, a fabricante de cosméticos brasileira e a multinacional francesa pretendem assinar um acordo de compra e venda das ações de emissão da The Body Shop em 26 de junho de 2017, em Londres.

A informação consta em fato relevante arquivado nesta terça-feira (20) pela Natura na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O fechamento da operação de compra da Body Shop aguarda as aprovações regulatórias de órgãos de controle da concorrência no Brasil e nos Estados Unidos.

A proposta apresentada pela Natura de € 1 bilhão (cerca de R$ 3,6 bilhões) foi anunciada na semana passada. Com o negócio, a maior empresa brasileira de cosméticos mira a internacionalização de seus negócios.

bomba.jpg

– A prova de que o país esta abandonado… Temer na Noruega, gafes e insatisfação!

O presidente Michel Temer, acompanhado do Ministro do Meio Ambiente Sarney Filho (sim, você não leu errado) tomaram um puxão de orelha da premier norueguesa Erna Solberg. E com razão!

Estamos totalmente sem direção… Precisamos urgente passar o Brasil a limpo, prender os corruptos e colocar GENTE COMPETENTE no comando!

Leia só e entenda (abaixo, extraído do Estadão.com):

DIANTE DE TEMER, PRIMEIRA MINISTRA DA NORUEGA COBRA SOLUÇÃO PARA A CORRUPÇÃO NO BRASIL

Presidente cometeu gafe ao dizer que iria se reunir com ‘rei da Suécia’, país vizinho

OSLO – A primeira-ministra da Noruega, Erna Solberg, não poupou críticas à corrupção no Brasil em uma coletiva de imprensa ao lado do presidente Michel Temer. O brasileiro, durante sua fala, garantiu que a democracia está “plantada” e as instituições funcionando com “liberdade”. Mas cometeu uma gafe ao dizer que iria se reunir ainda nesta sexta-feira com o rei da Suécia – na verdade, ele estará com o monarca norueguês, Harald V.

Temer Noruega
Presidente Michel Temer se encontra com a primeira-ministra da Noruega, Erna Solberg Foto: HAKON MOSVOLD LARSEN/AP

“Estamos preocupados com a Lava Jato e é preciso fazer uma limpeza e encontrar uma solução”, disse a chefe-do-governo norueguês, que apontou que o Brasil vive um período “desafiados” e “turbulência”. Oslo investiga empresas locais que são suspeitas de terem feito pagamentos de propinas para ex-diretores da Petrobras, entre eles Jorge Zelada, da cota do PMDB dentro da estatal brasileira. No total, quatro contas já foram bloqueadas na Suíça.

Ao tomar a palavra, Temer se confundiu e ao citar seus comprissos, indicou que estaria com o “Parlamento Brasileiro” e com o “rei da Suécia”. A agenda estabelece um encontro com o parlamento e o monarca norueguês.

Temer também insistiu em dar um tom de normalidade. “As instituições funcionam com regularidade extraordinária e liberdade extraordinária”, disse. “A democracia é algo plantado formalmente pela Constituição e praticada na realidade”, insistiu. “Não é sem razão que as medidas tomadas são amparadas pela Constituição, prestigiadas e incentivadas pelo governo”, afirmou.

“É o pensamento dela. Nós respeitamos”, disse Antonio Imbassahy, ministro da Secretaria de Governo e que insistiu que não ouviu ela falar em Lava Jato. “Ela não falou de Lava Jato”, insistiu.

Segundo ele, Temer está “sereno” diante de uma eventual denuncia por parte do Ministério Público.  O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), tornou disponível nesta quinta-feira, 22, uma cópia digital dos autos do inquérito aberto contra o presidente Michel Temer para a Procuradoria-Geral da República o que, na prática, abre um prazo de cinco dias para que o órgão apresente a denúncia contra o peemedebista.

O ministro também pediu para que a Polícia Federal remeta, “tão logo ultimados”, o relatório final sobre o caso e a perícia feita da gravação da conversa entre Temer e o empresário Joesley Batista, do Grupo J&F. A PF havia pedido um prazo extra de cinco dias para concluir as investigações. Para economizar tempo, Fachin determinou ainda que, assim que a PF enviar os documentos faltantes, o conteúdo deverá ser automaticamente remetido ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

“Vamos esperar e, se sair a denúncia, veremos os autos para tomar as medidas”, insistiu Imbassahy. O ministro não acredita que o processo possa atrapalhar as votações no Congresso. “Tivemos isso com a Odebrecht e tudo que tinha de ser votado foi votado”, argumentou.

Temer, em sua fala, voltou a mencionar o fato de que tem “muito apoio do Congresso nacional” para realizar suas reformas e que o “suporte” do governo é o “diálogo”.

O presidente, mesmo ao falar com a imprensa brasileira de forma separada, não comentou a possibilidade da denúncia e disse que apenas falaria sobre sua agenda na Noruega.

Clima. Além de cobrar soluções sobre a corrupção, Solberg deixou claro que está “preocupada” com o desmatamento no Brasil e com as “forças que querem reduzir” a proteção ambiental no País. Ela confirmou que, diante da situação, haverá um corte do envio de dinheiro de Oslo ao Fundo da Amazônia, no valor de quase R$ 200 milhões. “Haverá um menor pagamento em 2017”, disse.

De acordo com ela, Temer “escutou” as preocupações do governo norueguês. “Esperamos que ele possa atuar”, disse.

Temer, por sua vez, voltou a insistir nas medidas tomadas pelo governo. Mas precisou de ajuda dos ministros para se lembrar do nome do parque nacional que foi ampliado em seu governo. Segundo ele, medidas que reduziriam áreas de proteção foram vetadas.

Depois, aos jornalistas brasileiros, ele minimizou o corte de recursos para a proteção ambiental. “Eles colaboram enormemente para o Fundo Amazônia. As explicações dadas por mim e pelo ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, deixaram claro que há uma revisão desses aspectos”, completou.

– Solidariedade ou repugnância dos Refugiados em nosso país?

O Brasil tem recebido muitos imigrantes refugiados. Pela ordem são: venezuelanos, cubanos, angolanos, haitianos e sírios.

Mas o país está preparado para eles?

Não é questão de xenofobia ou de ser contra a ajuda (sou sempre a favor da solidariedade). O problema é: temos estrutura para mantê-los e inseri-los dignamente na nossa nação? Em especial, chamo a atenção para a Região Norte, com aqueles imensos contingentes de irmãos da Venezuela que fogem da miséria que se tornou o feudo chavista.

Com essa preocupação, surgem até mesmo Fake News como aquele idiota que diz uma grande mentira em vídeo sobre inúmeros navios que estariam trazendo 1.300.000 refugiados sírios ao Brasil. Que trouxa, babaca, xenófobo! Inventou uma lorota, viralizou na Web e quis aparecer nas redes sociais. Conseguiu notoriedade com essa suja brincadeira, chamando os coitados que perderam parte de suas vidas numa guerra na qual não queriam estar inseridos, de terroristas!

Assista esse vídeo em: https://www.youtube.com/watch?v=nVbDfLVnUJI

(ops: concordo em quase tudo desse material do link, menos na intervenção militar)

bomba.jpg

– Que cada um se responsabilize de suas obrigações!

Ouvi alguém dizer e gostei muito:

O Estado não pode substituir a Família, mas a Família não pode substituir o Estado”.

Perfeito. A 1a Educação se dá em casa, e que não se ocorra a “terceirização da formação” da criança, como se a Escola, a Igreja ou as autoridades fossem responsáveis. Por outro lado, não podemos isentar o Estado dessas responsabilidades.

Se cada um fizer a sua parte, teremos/ teríamos um Brasil mais humano e educado.

bomba.jpg

– Os cúmplices são culpados e o cabeça não é condenado?

Mas que demora para decidir a vida (na cadeia ou não) do Aécio Neves (igualmente se diga de Lula). Mas o interessante é: a irmã e o primo do senador mineiro, CÚMPLICES, foram presos e agora estão cumprindo a domiciliar com tornozeleiras eletrônicas.

Se os cúmplices foram condenados, por quê Aécio ainda não?

Sem resposta…

bomba.jpg

– A queda abrupta do uso e da emissão e cartões de crédito

Leio que Itaú e Banco do Brasil, juntos, cortaram 1,2 milhão de cartões de créditos de clientes da classe C. Bradesco e Santander não divulgam seus números, mas cometem a mesma ação.

Motivo: o risco da inadimplência.

Também caiu o uso por parte dos clientes, por uma simples causa: quando chega a fatura, não se tem dinheiro para pagar…

Sintomas de um país em crise!

bomba.jpg

– R$ 123 bilhões perdidos com a corrupção no Brasil!

O número é assustador: nos últimos 4 anos, a Polícia Federal realizou 2057 operações de crimes contra os cofres públicos. E o valor do desfalque foi de aproximadamente 123 bi de reais!

Com quem está toda essa grana? Aliás, dinheiro nosso, DOS NOSSOS IMPOSTOS!

É por isso que o país quebrou mesmo…

bomba.jpg

– Capas que traduzem o que eu penso sobre os grupos criminosos políticos!

TRÊS SENHORES INDEFENSÁVEIS:

A capa da Revista Veja está perfeita: Temer, Lula e Aécio no mesmo barco:

bomba.jpg

A capa da Revista Época idem: Jouesley (um perigoso empresário e influente doador de campanhas políticas) chamando Temer de chefe de quadrilha!

bomba.jpg

Como discordar? São “farinha do mesmo saco“, indiscutivelmente. Pobre Brasil…

– O corte de Recursos no Carnaval Carioca versus a Contenção de Despesas de Jundiaí (em especial, o Amador de Futebol).

Leio que no Rio de Janeiro o prefeito Marcelo Crivella liberará metade da verba do Carnaval 2018 para as agremiações e a Liga fazerem os desfiles na Sapucaí. Revoltados, os sambistas ameaçam não desfilar. A justificativa: a verba economizada irá para CRECHES.

Será usada para creche mesmo? Se sim, excelente (embora, temos que reconhecer que o Carnaval Carioca é um empreendimento lucrativo, não somente uma festa). Que por lá, os megapatrocinadores do evento, da Liga, “dos temas” das Escolas de Samba banquem a diferença.

Não dá para deixar de fazer um paralelo com Jundiaí, que abriu mão dos gastos com os desfiles em 2017 (como muitas outras cidades fizeram) para colocar dinheiro no Hospital São Vicente. Se a verba foi para lá mesmo, igualmente excelente!

Também assisto uma entrevista sobre as cidades do Nordeste que estão cancelando o “São João” para investir em obras de recuperação e assistencialismo às vítimas das enchentes. Correto.

Administrações conscientes das prioridades são necessárias. A única preocupação é usar o discurso de contenção e responsabilidade para falsa demagogia. Chega de pão e circo!

Uma outra polêmica ronda também a Terra da Uva. Em Jundiaí, as 4 primeiras rodadas do Campeonato Amador serão bancadas pelos clubes, pois a Liga não recebeu a verba da Prefeitura Municipal pelo fato das contas prestadas estarem sob fiscalização judicial. Se as contas não são transparentes, que não se dê dinheiro público; afinal, não há outras prioridades do que o futebol amador?

Não concordo em não se levar uma equipe jundiaiense para os Jogos Regionais (como se fez, alegando falta de dinheiro). Mas se há outras contas que devem vir em primeiro lugar, sou obrigado a concordar. Agora, se o dinheiro for para o futebol amador (que tem clubes com fortes investidores), é algo incoerente!

Enfim: economizar em outros setores e gastar em contrapartidas políticas e/ou devolução de campanhas (digo isso em todas as esferas políticas do país, que vive essa brava crise) chega a ser algo sem pudor!

bomba.jpg

– Denuncie a Exploração Infantil!

O cartaz diz tudo: lutemos pelas nossas crianças e adolescentes.

Abaixo:

bomba.jpg

– É falta de se mancar, seu Lula e seu Carvalho? Nem vermelho ficaram…

Que lamentável! Duas “jumentices” cometidas por pessoas importantes (independente de partido político):

1) A jornalista Miriam Leitão foi ofendida por militantes petistas num vôo da Avianca, de Brasília ao Rio de Janeiro, por comentários contrários a Lula.

O ex-presidente tem criticado o posicionamento da jornalista em seu trabalho e, chegou a dizer ironicamente em discurso que se for Presidente da República, a convidará a ser Ministra da Fazenda “pois ela sabe mais do que os dois ministros dele”.

Será que Luiz Inácio esqueceu que seu 1o ministro, Palocci, está preso por corrupção, e que o 2o ministro, Mantega, assumiu ter 600 mil dólares não declarados em contas no Exterior?

2) Gilberto Carvalho, ex-chefe da Casa Civil, declarou que “Lula nunca quis ser rico” e que “não havia espaço para corrupção no Governo do PT”. Pô, aí é demais. Gilberto Carvalho sempre é lembrado quando se recorda o caso Celso Daniel e dito “carola”. Então tá.

bomba.jpg

– O STF é para rir ou chorar?

Herman Benjamin é “o cara”. Me representa pela seriedade e compromisso em não tergiversar. E junto a ele, somos obrigados a ouvir gente como Gilmar Mendes, que no julgamento da chapa Dilma e Temer, ousou dizer que:

Não houve abuso de poder econômico e político”.

Como justificar isso?

O pior é não considerar toda a picaretagem que se sabe sobre as campanhas políticas e troca de favores. Depois disso, só falta sair gritando: Fica Temer, Volta Dilma, Viva Aécio e Adorado seja Lula”.

Triste Brasil

bomba.jpg

– Gastos dos deputados com… facebook!

Você sabia que o deputado Rodrigo Maia (sim, o presidente da Câmara dos Deputados) gasta com manutenção da sua página no Facebook uma verba pública que atinge cerca de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais) mensais?

Assustou?

A justificativa é que ele recebe 13.000 comentários semanalmente em seu perfil, e a empresa Lara Garcia Mueller Costa ME é a encarregada de ler e responder esses temas chamados de “interesse social” que recebe.

Mais ainda: a prática não é exclusiva dele. Muitos outros parlamentares utilizam de tal serviço de outras empresas...

Com o dinheiro do contribuinte, fica fácil gastar!

bomba.jpg

– Negaram mas tiraram o Serrraglio?

Que coisa este país… Nas gravações, Aécio Neves reclamava ao todo-poderoso Joesley Batista (da Friboi) que precisavam trocar o Ministro da Justiça, Osmar Serraglio, por alguém “maleável” (se é que me entende).

E não é que mesmo com o diálogo nojento revelado, Michel Temer o trocou neste domingo?

Extraído de: http://noblat.oglobo.globo.com/meus-textos/noticia/2017/05/por-que-era-preciso-tirar-serraglio-do-ministerio-da-justica.html

POR QUE ERA PRECISO TIRAR SERRAGLIO DO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA

Por Ricardo Noblat

Palavrões a parte, auxiliares do presidente Michel Temer e políticos encrencados na Lava Jato repetiam há meses as mesmas razões para tirar Osmar Serraglio do Ministério da Justiça oferecidas pelo senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) em sua conversa gravada com o empresário Joesley Batista, dono do Grupo JBS.

O que disse Aécio sobre Serraglio:

AÉCIO: (…) Veio só eu e ele [Temer] ontem de São Paulo, mandou um cara lá no Osmar Serraglio [ministro da Justiça], porque ele errou de novo de nomear essa porra desse (…). Porque aí mexia na PF. O que vai acontecer agora? Vai vim inquérito de uma porrada de gente, caralho, eles são tão bunda mole que eles não (tem) o cara que vai distribuir os inquéritos para o delegado. Você tem lá cem, sei lá, dois mil delegados da Polícia Federal. Você tem que escolher dez caras, né?  (…)

JOESLEY: [vozes intercaladas]

AÉCIO: Tem que tirar esse cara.

JOESLEY: É, pô. Esse cara já era. Tá doido.

AÉCIO: E o motivo igual a esse?

JOESLEY: Claro. Criou o clima.

AÉCIO: É ele próprio já estava até preparado para sair.

JOESLEY: Claro. Criou o clima.

Em resumo: era preciso tirar Serraglio porque ele não estava dando conta de controlar a Polícia Federal e proteger os envolvidos na Lava Jato. Quando o nome de Serraglio foi citado em um grampo da Operação Carne Fraca, o governo não viu ali motivo suficiente para tirá-lo do cargo.

Serraglio aceitou o convite para assumir o Ministério da Transparência. Do contrário voltaria à Câmara para completar o mandato de deputado e desalojaria dali seu suplente Rocha Loures (PMDB-PR). Sim, aquele filmado correndo numa rua de São Paulo carregando uma mala de dinheiro.

bomba.jpg