– Os campeões per capita de…

… vários índices curiosos!

Vejam só: a Revista Superinteressante da edição de Dez/2016 trouxe uma matéria sobre os países recordistas de “alguma coisa” em relação ao contingente populacional. Ou seja, os “campeões per capita” de algo. O Brasil, por exemplo, no mundo, é campeão per capita de número de cesáreas (57% dos bebês brasileiros nascem de partos cesarianos).

Alguns outros campeões per capita:

Consumo de Chocolate: Suíça

Consumo de Cerveja: República Tcheca

Número de Castelos: Eslováquia

Número de Fumantes: Sérvia

Pessoas com Depressão: Chile

Produção de Lítio: Bolívia

Queda de Raios: Colômbia

Candidatas à Misses: Venezuela

Formação de Médicos: Cuba

Compradores de Carros: EUA

Prática de Abortos: Groelândia (incríveis 50%)

Bibliotecas: Estônia

Suicídios: Lituânia

Leis de Defesa às Mulheres: Islândia

Mortes no Trânsito: Líbia

Risco de Morte: Síria

Consumo de Carne: Austrália

Formação de Psicólogos: Argentina

Números de Homens Nascidos: Irã

Ateus: China (47% não acreditam em nada)

Alfabetizados: Coréia do Sul

Militares: Coréia do Norte

Idosos: Japão

Vítimas de Alcoolismo: Belarus

Consumo de Café: Finlândia

Consumo de Refrigerantes: México

Gatos como Bicho de Estimação: Rússia

Portadores do Vírus HIV: Suazilândia

Alguns dados não tão relevantes. Mas que dizem algo, ô se dizem.

Forma troféu | Ícone Gratis

– 50 anos de Spectreman!

Estamos envelhecendo mesmo! Não é que há exatos 50 anos começava a produção do seriado Spectreman?

Hoje, quem assistir, achará bizarro. Mas para as crianças daquela época como eu… era sensacional vê-lo contra o terrível Dr Gori!

Extraído do HistoryChannel Brasil:

50 ANOS DE SPECTREMAN

No dia 2 de janeiro de 1971 teve início a produção original do seriado Spectreman, uma série de televisão japonesa de ficção-científica. Sua produção seguiu até 25 de março de 1972, totalizando 63 episódios. No Brasil, a produção foi ao ar entre os anos de 1981 a 1982 pela Rede Record. Entre 1983 e 1990, a série foi transmitida pelo SBT.
A trama do seriado é em torno da luta do androide Spectreman contra o cientista Gori e seu auxiliar, Karas — ambos homens-macaco. Fora as batalhas do bem contra o mal, Spectreman também abordava questões relacionadas aos problemas causados pela poluição.

– A Marvel de antigamente e os Desenhos mais “Toscos”

Olha que curioso: o UOL Cinema trouxe uma matéria muito bacana dos desenhos mais “antigos e supostamente fracassados” da Marvel!

Quem gosta de desenhos dos anos 60 e 70, vai se deliciar!

Clique em: https://cinema.uol.com.br/listas/flintstones-e-a-coisa-os-desenhos-toscos-da-marvel-nos-anos-60-e-70.htm

Aqui uma pérola (as demais no link acima): CLUBE MARVEL, que hoje conhecemos como Vingadores, em: https://www.youtube.com/watch?v=3peTODrEpws

– Os reais Zumbis do Haiti! Walking Dead de verdade…

Você sabe como se “faz” um Zumbi?

Ou melhor: você acredita na existência de Zumbis?

Ouvi o jornalista Cláudio Tognoli no Programa Morning Show da Rádio Jovem Pan falando sobre a assunto. E me impressionei! Ele contou sobre uma toxina encontrada em uma espécie de sapo somente existente no Haiti (bufo marinos), que se aplicada em uma pessoa ela fica em estado catatônico, com os olhos virados para trás, drogada por ser uma substância “narco-epilética”, transformando a pessoa em um escravo obediente – totalmente fora de si!

Assustou?

Eu também. E essa história pode ser conferida em: https://www.megacurioso.com.br/zumbis/39595-o-caso-do-haitiano-zumbi-que-voltou-para-casa-21-anos-depois-de-morto.htm

O CASO DO HAITIANO ZUMBI QUE VOLTOU PARA CASA 21 ANOS DEPOIS DE MORTO

Por Daiana Geremias

Zumbis existem de verdade? Nem tente bancar o cientificamente correto aqui e dizer que eles não existem, porque a história que vamos contar para você a seguir pode mudar suas convicções. Portanto, antes de qualquer coisa, abra a cabeça – não precisa ser literalmente.

O haitiano Clairvius Narcisse ficou muito doente em 1962, tendo vivido momentos de febre, dor intensa e relatado a sensação de mosquitos perfurando sua pele. Isso sem falar na extrema dificuldade que sentia para respirar. Ele então foi levado ao hospital, onde foi atendido por dois médicos, mas, pouco tempo depois, foi declarado morto. O velório foi breve e o enterro foi logo realizado.

Narcisse, no entanto, disse nunca ter morrido de verdade. O que aconteceu foi que ele acordou, meio perturbado, dentro de um caixão e enterrado. O haitiano acredita que foi envenenado e vítima de algum tipo de feitiço. Na noite seguinte, ele foi exumado por um shaman vudu e levado a um lugar desconhecido. Detalhe: ele recebeu uma mistura que o deixava em estado de zumbi.

Depois disso, Narcisse afirma ter se tornado um escravo, sendo forçado a trabalhar dia e noite em uma plantação de cana-de-açúcar – todos os dias, ele e os outros presos recebiam a mesma mistura que os transformavam em trabalhadores-zumbis. Seria esse o plano mais macabro de todos os tempos?

O fato é que os presos foram liberados em determinado momento e Narcisse afirma ter passado 18 anos vagando pelas ruas, procurando sua família, que a essa altura tinha absoluta certeza de sua morte. Em 1981, enquanto vagava por um vilarejo, Narcisse reconheceu sua irmã e ela também o reconheceu – pelo menos foi isso o que deu para entender pelos gritos assustados e altos que ela deu. Ele convenceu a irmã de que era ele quando usou um apelido que apenas a família conhecia.

Os vizinhos também reconheceram Narcisse e logo um médico psiquiatra foi chamado para ajudar a entender o acontecido. O haitiano respondia a todas as perguntas pessoais e da família sem o menor problema. Quando todos confirmaram mesmo que Narcisse era Narcisse, a imprensa internacional logo apareceu para cobrir a história mais do que bizarra.

Além do médico e da imprensa, um pesquisador de Harvard, Wade Davis, demonstrou muito interesse em estudar o caso. Davis, um especialista no uso de plantas por seres humanos, afirmou que o haitiano poderia mesmo ter sido obrigado a usar alguma substância que o deixasse sedado e subordinado.

O pesquisador explicou ainda que uma toxina conhecida como TTX pode deixar o corpo de uma pessoa em estado de morte – quando alguém ingere essa toxina, fica catatônico e com pouquíssimos sinais vitais. No Haiti, o TTX pode ser encontrado em uma espécie de sapo.

Davis acredita que a substância responsável por deixar Narcisse alucinado e trabalhando como escravo por tanto tempo é uma toxina conhecida como Datura stramonium.

E aí, o que você acha dessa história completamente maluca? O caso nunca foi completamente desvendado.

bomba.jpg
Narcisse e seu próprio túmulo

– Por quê Sábado e Domingo não tem feira?

Curiosidade: por quê só nós (países de língua portuguesa) temos “Feira” de segunda a sexta nos dias da semana? E por que não tem no domingo?

Se feira quer dizer “festa”, por quê não poderíamos chamar o sábado e domingo de “sábado-feira” e “domingo-feira”?

Explicações extraídas da Revista Galileu (citação em: http://is.gd/CImPfZ)

POR QUÊ SABADO E DOMINGO NÃO TEM FEIRA?

por Marcelo Zissu

Porque Deus quis. Ou, para não repetir a resposta irritante da sua avó, porque a Igreja quis. Durante o Império Romano, os dias tinham nomes de divindades — o que ainda é seguido no inglês, francês, italiano e espanhol: dia do Sol, sunday, dia de Vênus, vendredi ou viernes. Como o Vaticano não gosta que seus fiéis citem outros deuses, impôs um critério mais técnico: usar “segundo”, “terceiro”, seguido do sufixo “feira” — que vem de “dia de festa” em latim, mas incorporou o sentido de “dia de semana”. Dois dias foram considerados especiais. O domingo veio de dies domini (“dia do senhor” em latim) e o sábado, do hebraico “sabbath” (descanso). Ninguém sabe por que todos os países latinos seguiram a ordem sobre o fim de semana, mas só Portugal obedeceu sobre os dias normais.

homem-em-frente-a-uma-interrogacao-duvida | Dicas de Consórcio

– Como seriam os filhotes de Tiranossauro Rex?

Muito legal!

Os avanços da tecnologia nos estudos paleontológicos nos permitem descobrir coisas fantásticas, como essa que compartilho abaixo: o que de curioso teriam os bebês dinossauros?

Extraído de: https://vivimetaliun.wordpress.com/2019/10/25/bolinhas-peludas-e-adoraveis-vejam-como-eram-filhotes-de-tiranossauro-rex/

BOLINHAS PELUDAS E ADORÁVEIS: VEJAM COMO ERAM FILHOTES DE TIRANOSSAURO REX

VIVIMETALIUN

O Tiranossauro Rex adulto pode ser imponente, mas seus filhotes são mais parecidos com adoráveis bolinhas de pelo que dá vontade de morder.

Graças a novas descobertas que estão transformando a compreensão dos cientistas deste carnívoro colossal e seus primos, os quais provavelmente também tinham penas, sabemos agora que os tiranossauros jovens eram felpudos.

A reconstrução acima faz parte de uma exposição que traz os modelos mais precisos do dinossauro até hoje.Dinossauro gigante com penas é descoberto na China

Bebê tiranossauro

A exibição “T. rex: The Ultimate Predator” foi inaugurada hoje (11 de março) no Museu Americano de História Natural em Nova York.

De acordo com o paleontólogo Mark Norell, curador da exposição, mais ou menos do tamanho de um peru muito magro, com “braços” mais longos em proporção aos seus corpos do que os adultos, cada bebê T. rex era coberto por uma camada de penas felpudas.

Ver o post original 354 mais palavras

– 43 anos que Pelé parou!

O tempo passa: em 01 de Outubro de 1977, Edson Arantes do Nascimento jogava profissionalmente pela última vez!

Extraído de: https://seuhistory.com/hoje-na-historia/ultima-partida-de-pele-como-jogador-profissional

ÚLTIMA PARTIDA DE PELÉ COMO JOGADOR PROFISSIONAL

O dia 1o. de outubro de 1977 marcou a despedida de um dos maiores ídolos futebol mundial. Vestindo a camisa do Cosmos, de Nova York, o rei Pelé decidiu que era hora de dar adeus aos gramados. Depois de uma carreira de glórias pela seleção brasileira e pelo Santos, ele chegou ao time norte-americano aos 35 anos, em 1975, com o objetivo de difundir o esporte no país. Pelo Cosmos, Pelé conquistou o título de campeão norte-americano de 1977. A despedida oficial do Rei foi justamente contra o Santos, em um confronto em Nova York que muitos consideram que só existiram perdedores. O Rei foi um deles, pois não fez seu último gol da carreira pelo Peixe, clube que o projetou para o sucesso. Pelo contrário, Pelé acabou marcando pelo Cosmos na derrota do Santos por 2 a 1. O Cosmos, mesmo vencendo o jogo, perdia seu grande craque e relações públicas. Contudo, o futebol foi o grande derrotado, já que um dos maiores jogadores da história encerrava ali sua vitoriosa carreira.

pele_1960-2

– Almoço com vista ao… VAR?

Uma vista “esportiva” para um almoço delicioso neste sábado: da minha mesa, a cabine do VAR (árbitro de vídeo).

Estou em Bragança Paulista, a simpática “Terra da Linguiça”, de dentro do Restaurante Rosário, no antigo Estádio Marcelo Stefani – hoje “Nabi Abi Cheddid (casa do Red Bull Bragantino).

Mesmo se você não gosta de futebol, vale a pena comer por aqui.

– O Futuro em 2000, pensado por artistas em 1900.

Uma série de retratos inusitados com 120 anos!

Essa exposição (citação no link) mostra mais de 20 desenhos de como a sociedade do ano 1900 pensava que seria o ano 2000.

Veja as invenções imaginadas e, até certo ponto, as bizarrices criadas nas mentes das pessoas, em: http://is.gd/FUTUROem1900

Essa, abaixo, é a dos bombeiros voadores. No link acima, tem mais.

– Uma múmia de Cílios e Cabelos?

Repost desta publicação curiosa (há dois anos):

Incrível e real: encontrada mumificada uma mulher de 900 anos, mas com cabelos e cílios preservados!

Olha abaixo a pessoa e a matéria, em: http://curiosamente.diariodepernambuco.com.br/project/corpo-mumificado-ha-900-anos-e-encontrado-com-cilios-e-ate-cabelo/

CORPO MUMIFICADO HÁ 900 ANOS É ENCONTRADO COM CÍLIOS E CABELOS

O corpo de uma mulher foi encontrado em estado impressionante de conservação em uma área de Permafrost no Ciclo Ártico, próximo á Rússia. Ela tinha sido enterrada em uma espécie de “casulo”, coberto de peles de animal e cobre, o que acidentalmente mumificou o corpo, deixando cabelo e até mesmo os cílios intactos. Mesmo que vestígios de cobre tenham esverdeado a pele dela, o rosto ficou tão conservado que foi uma das únicas evidências do sexo do corpo. “Alguns ossos ficaram mal preservados, dificultando saber o gênero, mas pela face conseguimos ver claramente que é uma mulher”, afirmou o arqueologista Alexander Gusev, do Centro de Pesquisa do Ártico, em entrevista ao jornal russo The Siberian Times.

A idade da mulher, segundo cálculos dos cientistas, era de 35 anos. Ela foi enterrada junto a mais de 30 homens, o que leva a acreditar que fazia parte de uma civilização medieval de caça e pesca da região polar já estudada pelo centro de pesquisa. O fato de ser a única mulher no meio de tantos homens, além da maneira como foi internada, leva a crer que ela tinha algum tipo de poder em relação aos outros. Próximo à ela, o corpo de um pequeno bebê foi encontrado. Os pesquisadores descartam, porém, qualquer possibilidade de parentesco entre ambos. Agora, junto a um time de universidade da Coréia do Sul, os especialistas buscam reconstruir o rosto da múmia e entender melhor como funcionava aquela cultura.

bomba.jpg

– Dia do Amigo e Dia Internacional da Amizade

Hoje, 20/07, é uma data simpática. Desde os anos 90, na Argentina, comemorava-se neste dia o “Dia do Amigo”. Por muitos gostarem do evento, acabou-se expandido por todo mundo como “Dia Internacional da Amizade”.

Mas o que é “Amigo”? Amigo não pode ser simplesmente colega. É algo a mais! Amigo virtual vale? Talvez não. Amigo é… amigo!

Reflita: quantos amigos “de verdade” você tem?

E aproveitando: Feliz dia do amigo.