– 10 mulheres na Arbitragem de Corinthians x Palmeiras na Arena NeoQuímica.

A CBF escalou Edna Alves Batista, da FIFA, para apitar o Derby FEMININO no final de semana.

Ao todo, com 5a árbitra, VAR, AVAR e demais integrantes, teremos 10 mulheres formando a equipe de arbitragem. E a pergunta óbvia: poderiam ser escaladas no Derby MASCULINO de sábado? Afinal, competentes elas são.

A propósito: esse jogo entre mulheres será no domingo às 21h. Não poderia ser rodada dupla, já que o jogo entre os homens é no sábado, no mesmo local?

A escala abaixo: 

– Análise Pré-Jogo da Arbitragem para Guarulhos x Paulista, Rodada 9 do Paulistão 2a divisão Sub23.

Para AD Guarulhos vs Paulista FC, uma surpresa: o 4o árbitro do jogo passado (contra o Barcelona Esportivo), Gabriel Petrini Rodrigues Cruz, será o juizão em Guarulhos pela 9a rodada do Paulistão Sub 23 (quarta-feira).

Será apenas seu segundo jogo profissional na carreira. Jovem, 26 anos, terá a oportunidade de mostrar suas qualidades nesta próxima rodada, já que tem atuado nas categorias amadoras.

Marco Andrade de Motta Junior, experientíssimo em jogos da A1, e Alexandre Basílio Vasconcelos (ambos com 42 anos) serão os assistentes. Gustavo Henrique da Silva será o 4o árbitro.

Desejo um grande jogo e uma ótima arbitragem.

Acompanhe Guarulhos x Paulista pela Rádio Difusora AM 810 ou nos Apps, com a narração de Rafael Mainini, comentários de Robinson Berró Machado, reportagens de Luiz Antonio “Cobrinha” de Oliveira, análise da arbitragem de Rafael Porcari. No comando: Adilson Freddo! O jogo começa às 15h, mas desde as 14h30 o Tome Forte do Esporte já estará no ar.

– A queixa da Federação Espanhola sobre manipulação do VAR!

Aconteceu há 2 anos na Espanha, e o assunto é bem sério: a discussão sobre a confiabilidade nos operadores e interesse do VAR. Abaixo: 

Já imaginou que “forfé” se fosse no Brasil? A acusação, abaixo, é gravíssima!

Em: https://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/6132734/federacao-espanhola-acusa-empresa-dona-dos-direitos-de-laliga-de-manipular-var

FEDERAÇÃO ESPANHOLA ACUSA DA DONA DOS DIREITOS DA LA LIGA DE MANIPULAR O VAR

A vitória do Valencia por 1 a 0 neste sábado, no País Basco, contra o Athletic Bilbao, na sétima rodada de LaLiga, foi motivo de polêmica entre a Federação Espanhola de Futebol (RFEF) e a Mediapro, empresa detentora dos direitos televisivos do Campeonato Espanhol.

Em nota divulgada neste sábado, a RFEF acusou a Mediapro de manipular o VAR. Isso porque no gol da vitória do Valencia, Cheryshev, que começou o lance, estava em posição duvidosa.

A RFEF acusa a Mediapro de ter mostrado uma imagem do VAR, onde o russo estaria impedido, que não tenha sido provida por ela. Segundo a federação, a atitude de mostrar uma outra linha de impedimento prejudica o uso do árbitro de vídeo.

“Indo contra os elementos de ética do esporte, a produtora mostrou imagens de uma linha de impedimento hipotética, que geram uma visão distorcia da jogada. Uma manobra que pode gerar alarde social”, diz a nota.

“Se esse comportamento irresponsável se repetir com o propósito de descreditar a confiabilidade do VAR, isso estará sujeito à denúncia imediata da Federação e uma possível sanção”, continua a RFEF.

A geração oficial de imagens provida da federação só divulgou as imagens do VAR aos 54 minutos de jogo, enquanto o gol aconteceu aos 27 do primeiro tempo.

i

– Qual o futuro dos bandeiras? Sobre São Paulo x Atlético Goianiense.

É o enésimo jogo que assisto do simpático Atlético Goianiense, no qual vejo discussões de lances “pró ou contra” envolvendo impedimentos passivos. Não tenho a estatística, mas acontecem aos montes com o Dragão.

No Morumbi, domingo, nos dois primeiros gols vimos lances de gols com jogadores em impedimento passivo (contra). Na semana passada, a favor (contra o Corinthians).

Em todas as situações, os bandeiras foram figurantes. Não é que eles deram a condição de jogo, eles simplesmente se omitiram e deixaram a responsabilidade ao VAR.

Será que no futuro só teremos marcação de laterais como responsabilidade deles? Ou com linhas sensoriais nem isso?

O tal do VAR é necessário (embora, o uso excessivo e equivocado, torna-se chato).

Em tempo: o São Paulo jogou ontem com 5 estrangeiros, no final do jogo. A base não consegue formar jogadores com as características dos gringos, foram oportunidades de mercado e/ou peças insubstituíveis?

São Paulo x Atlético Goianiense: horário, local, escalações e transmissão

– #Emmys2021: torcendo por Ted Lasso!

Repost por conta do Emmy’s Award, que acontece hoje: Ted Lasso está de volta na sua 2ª temporada! É muito boa essa série… E quando chega as 4as feiras, fico atento para um novo episódio – e nesse ano, o treinador inglês de foot-ball que se aventura no soccer, está com uma psicóloga no time!

Não conhece? Republico (e vale a pena assistir…):

TED LASSO

Você já assistiu a série Ted Lasso, no streaming AppleTV+?

É SENSACIONAL!

A história é de um treinador de futebol americano que é contratado, pasmem, para um clube inglês da Premier League! Ele é trazido pela proprietária do clube como uma vingança dela contra o ex-marido, a fim de derrubar o time para a segunda divisão.

Sem conhecer nada do Soccer, Ted Lasso comete inúmeras gafes – mas seu jeito simpático e bondoso acaba conquistando a todos, até mesmo a vilã da série, que se rende a ele.

Eu a maratonei, e o final dela é surpreendente. Gostei demais.

Aliás, duas coisa: não precisa gostar de futebol para assistir e se divertir, e Jason Sudeikis, o protagonista, levou o Globo de Ouro 2021 de “Melhor Ator em Série de Comédia” na semana passada.

CURIOSIDADE: Ted Lasso, antes de ser série, era um personagem da emissora de TV NBC, que criou uma propaganda engraçada com ele a fim de promover os jogos de futebol da Inglaterra transmitidos para os EUA, já que os norte-americanos não era experts no nosso tradicional futebol.

None

– Que mico, Globo… sobre Vasco 1×1 Cruzeiro. Cadê o “Padrão Globo de Qualidade”?

Transmitir do estúdio, economizar equipe, fazer uma Central do Apito à distância acompanhando vários jogos… deu no que deu!

Vasco x Cruzeiro terminou 1×1, pois o gol do Vascão no final do jogo foi anulado e a transmissão não percebeu. Conclusão: no RJ, narrador se perde e tenta explicar que está achando que é 2×1 e pede desculpas; em SP, narrador conta uma história de que depois do jogo o VAR anulou…

Cadê o Padrão Globo de Qualidade?

Cabeças vão rolar.

Sportbuzz · Vasco x Cruzeiro: data, horário e onde assistir

– Chapecoense 0x2 Palmeiras: mais um jogo “pitoresco”…

Chape x Verdão? Algo vai acontecer no jogo… que sina!

Lembram de expulsão e da “desexpulsão” de Egídio, em um jogo onde a Chapecoense ganhou do Palmeiras por 5×1? Um circo… relembre aqui: https://professorrafaelporcari.com/2015/10/05/sobre-chapecoense-5×1-palmeiras-e-as-corretas-e-injustas-mudancas-nas-decisoes-dos-arbitros-no-campeonato-brasileiro/.

No último sábado, o árbitro Paulo Roberto Alves Jr esqueceu os… cartões! Como pode? Ele tem que entrar com cartões e apito, mais nada. E esquece o básico?

Para completar, houve até carrinho de jogador no bandeira! Gustavo Gómez (SEP) deu um carrinho que atingiu o árbitro assistente Ivan Carlos Bohn (que por ironia do destino, era o mesmo do “5×1” citado acima)!

E para a segunda ironia, o árbitro que esqueceu o cartão, Paulo Roberto, também era velho conhecido do Palmeiras: ele foi o pivô do pedido de anulação de jogo de Botafogo x Palmeiras. Lembram daquela confusão? Aqui: https://professorrafaelporcari.com/2019/05/27/motivo-principal-para-nao-existir-a-anulacao-de-botafogo-0x1-palmeiras-por-suposto-erro-de-direito/

No próximo Chapecoense x Palmeiras, há do juizão se proteger antes de entrar em campo…

Vídeo: Gustavo Gómez dá carrinho e derruba o bandeira em Chapecoense x  Palmeiras | palmeiras | ge

 

– Aí não dá, Galo…

Ontem transmitimos Paulista 2×2 Barcelona, pela 4a divisão. E fica a constatação: (respeitosamente) perder pontos para o time da Capela do Socorro, para o Colorado de Caieiras, para Mauaense ou para o Flamengo de Guarulhos, não vai subir…

Ou muda de postura, ou permanecerá infelizmente na última divisão estadual.

– A triste discriminação contra as meninas do Red Bull Bragantino.

Não é possível que as jogadoras de futebol feminino ainda sejam rotuladas pejorativamente em nosso país. Vide o que aconteceu com as garotas do Red Bull Bragantino: nessa semana, desfilaram na cidade e foram aplaudidas pela conquista do título do Brasileirão da 2a divisão da categoria. Mas nas redes sociais… ataques racistas e homofóbicos.

Abaixo, extraído de: https://jornalempauta.com.br/jogadoras-do-red-bull-bragantino-sao-alvo-de-racismo/

JOGADORAS DO RED BULL BRAGANTINO SÃO ALVO DE RACISMO

por Filipe Granado

Um perfil falso no Instagram iniciou na noite de ontem, 17, ataques racistas as jogadoras do Red Bull Bragantino.

A primeira vítima foi a atleta Isabela, que recebeu uma mensagem privada escrito: macaca feia nojenta.

Ainda na noite de ontem, ela postou em seu Instagram o print do ato de racismo, com a mensagem: “Sofri um ato racista e essa pessoa está proferindo palavras ofensivas não só pra mim, mas para pessoas conheço e até mesmo em lives”. E na sequência, mostrava o perfil falso e pediu para que as pessoas denunciassem a página racista.

Hoje, 18, Isabela gravou um vídeo de agradecimento. “Quero agradecer as mensagens, as denúncias que vocês têm feito a este fake, justamente para que outras pessoas não passem por este tipo de constrangimento. Deus abençoe”, disse.

Após a exposição do caso, o criminoso passou então a atacar todas as jogadoras do Red Bull Bragantino, como um todo. Em seus stories, postou mensagens racistas e homofóbicas.

“Quando essas negritas eram escravas, não acontecia isto”, “As horríveis do Bragantino feminino ganharam uma p… e acha que tem moral pra falar. Volta pra cozinha minha escrava” e republicando um post do time masculino , trazia a frase: “o verdadeiro futebol! Sem LGBTQI+ e macaco”, expressos por meio de emojis, foram algumas das ofensas publicadas, parte delas já apagadas.

Aparentemente, pela foto de perfil cuja visualização não é nítida, trata-se de um adolescente que utiliza um nome falso. Inclusive ele teve a audácia de publicar um novo perfil fake, para as pessoas seguirem, caso este seja desativado.

Até a publicação desta reportagem, ambos perfis não haviam sido banidos pelo Instagram.

POSICIONAMENTO DO RED BULL

A assessoria do clube informou ao Em Pauta que departamento jurídico do Red Bull está em contato com o supervisor do time feminino e dará toda assistência que as atletas precisarem.

Inclusive, o Facebook, proprietário do Instagram também já foi contatado.

POSICIONAMENTO DO INSTAGRAM

O Em Pauta entrou em contato também com a assessoria de imprensa do Instagram, em busca de um posicionamento da empresa. Até a publicação desta reportagem, não obtivemos retorno.

O Em Pauta repudia qualquer ato de racismo e se solidariza com a equipe que recentemente brilhou trazendo para Bragança Paulista o título de campeão Brasileiro A2.

– Análise da Arbitragem de Paulista 2×2 Barcelona.

Hoje tivemos uma ótima arbitragem no Estádio Jayme Cintra, apesar da má apresentação do Galo da Japi frente ao Barcelona da Capela do Socorro.

O árbitro Rodrigo Santos cumpriu as expectativas que tínhamos sobre ele: fez um bom trabalho técnico e disciplinar.

DISCIPLINARMENTE:

No 1o tempo, correto ao aplicar o cartão amarelo ao Dudu (PFC) aos 24m, por ação temerária. Idem aos 26m para Sacramento (BAR). Aos 46m, novo CA, para Handerson (PFC).

No 2o tempo, aos 28 minutos, poderia ter dado um cartão amarelo ao Daniel (PFC) pela jogada que se enroscou com Jacaré (BAR), mas preferiu a advertência verbal. E aos 38m do 2º tempo, errou ao marcar falta de Cícero (BAR) em Daniel (PFC), resultando no Amarelo por reclamação ao time paulistano. “Erro de jogo”… Aos 60m: Vitor Ceará recebeu o Cartão Amarelo por chutar a bola contra o adversário: advertência merecida, e o “pau fechou”, onde o árbitro soube segurar os ânimos, sabendo se impor.

TECNICAMENTE:

Fez uma boa arbitragem, ajudado pela bandeira Juliana Vicentin, quando saiu o 1o gol do Paulista: a bola foi lançada para a área, em difícil posição (mas legal) do lateral Marquinhos. Lance ajustado e todos acertaram.

O 1o gol do Barcelona, aos 12m do 2o tempo, de Jhonny: não houve falta do atacante sobre o defensor Bressan. O zagueiro pulou em “câmera lenta”, e o adversário subiu bem alto, sem infração.

Sobre as equipes, repare na foto o detalhe do segundo gol do Barcelona (clique logo na sequência da concretização da jogada e a comemoração do gol): quantos jogadores do Paulista estavam na área! E o atacante do Barcelona estava sozinho na hora do gol, sem marcação… Abaixo:

– Esqueçamos dois brasileiros no Mundial de Clubes da FIFA 2021 no Brasil!

Como o Japão desistiu de organizar o Mundial de Clubes deste ano, a FIFA procura um novo país sede. Eu imagino que possa ser no Catar (até para testar a estrutura da Copa de Seleções em 2022). Porém, Brasil e África do Sul sinalizaram que desejam sediá-lo.

É sabido que participam do torneio os campeões continentais, além do campeão nacional do país-sede (para mim, isso é uma “Copa das Confederações de Clubes”).

Porém, há uma importante observação: diferente da 1a edição, realizada em nosso país, organizada para a FIFA pela ISL e decidida entre Corinthians x Vasco da Gama, agora há um aditivo no regulamento que PROÍBE dois clubes do mesmo país de disputarem a WorldCup!

A ideia é: para prestigiar quem sedia, o campeão nacional já está classificado. Mas se o campeão do continente daquela nação for do mesmo país, não faz sentido chamar o campeão local. A fim de tornar o evento mais internacionalizado, chama-se outro clube de país diferente, melhor colocado na competição do continente.

Por exemplo: imaginemos que o Atlético Mineiro seja Campeão Brasileiro e o Flamengo o Campeão da Libertadores: se o Mundial for no Brasil, o Galo está fora pois o Mengão já é uma atração do próprio país sede (e o peso da competição internacional é maior do que o nacional). Assim, entraria o melhor “não-brasileiro” da Libertadores (que hoje é o Barcelona-EQU).

Portanto: se o Brasil for sede da Copa do Mundo de Clubes da FIFA, além do Chelsea representando a Europa, o outro classificado antecipadamente será o time equatoriano. E, logicamente, se ele vencer a Libertadores, aí sim entraria o Campeão Brasileiro no torneio, representando o país sede.

Coisas de regulamento… em tese, o vice-campeão continental da América do Sul não jogaria o torneio, mas sim o 4o colocado (hipoteticamente entendendo que essa seja a classificação do clube do Equador).

– Torcedor da Segundona não pega Covid?

O Conselho Técnico da Série B liberou a presença de torcida nas cidades que permitem público. Na Série A, ainda não.

Numa análise bem simplista, podemos afirmar que Torcedor da Série A pega Covid, e o da Série B, não?

Claro que não podemos ser tão ingênuos, há outros fatores que assim determinaram a diferença (como o acordo de determinado percentual das cidades liberadas, volta de várias agremiações e, logicamente um pouco de política por trás). Mas a grosso modo, como explicar que em jogos de um time da mesma cidade, o da Série A não pode ter torcedor e o da série B pode?

Brasil… o país das incoerências.

São Paulo e sua Síndrome da Bola Murcha - texto de Fábio Steinberg

– Técnico de “Time Bom” versus “Técnico de Time Muito Bom”: tem diferença?

Me recordo muito de alguns treinadores marcados por ótimos trabalhos em clubes médios (e eventualmente em times grandes): Givanildo, Lula Pereira, Geninho, Jair Pereira, Joel Santana…

Porém, com material humano de melhor qualidade, poderiam ter feito coisa melhor? O próprio Joel já teve no Flamengo essa chance e deixou dúvidas no ar… o América do México com o “gordinho” Cabañas que o diga!

Escrevo isso pois o argentino Mauricio Pochettino e o norueguês Solskjær (que foram jogadores dos atuais times que dirigem como treinadores) estão sendo contestados: PSG e Manchester United não conseguiram resultados satisfatórios na estreia da UEFA Champions League.

Lembremos: ambos foram bem nas atuais equipes (com o material humano que tinham). Com “upgrade” de Messi e Cristiano Ronaldo, a cobrança por um futebol melhor é evidente.

Diferente daqui do Brasil, onde se troca treinador e só depois se traz algum reforço, lá a situação é inversa. Vide o Santos FC, que na semana em que chegaram os reforços, dispensou Fernando Diniz.

Aguardemos. Mas existe uma questão: com seus elencos milionários, quais treinadores estariam “à disposição” e “à altura” para se mudarem para Paris e Manchester?

– Análise Pré-Jogo da Arbitragem para Paulista x Barcelona – Rodada 8 do Paulistão Sub 23 da 2a divisão.

Depois de cobrarmos o fato de 3 árbitros novatos seguidamente serem escalados e estrearem em jogos profissionais nas partidas do Paulista FC, uma mudança drástica: para o confronto do Galo contra o Barcelona Esportivo da Capela do Socorro teremos um árbitro muito bom, que venho destacando e sugerindo oportunidades para a A1: Rodrigo Santos.

Rodrigo tem 35 anos, há 11 temporadas na FPF e tem uma carreira bem sólida, sem ser “forçado a subir de divisão”, paulatinamente galgando degraus. Já deveria ter tido oportunidade na A1, pois há um bom tempo trabalha na A3 e na A2 como árbitro central.

Nos jogos que assisti dele envolvendo o Paulista Futebol Clube: pela Copinha, contra o Joinville; pela 2a divisão Sub 23, contra o Joseense; pela A3, contra o Comercial em Ribeirão Preto. Em comum nos 3 confrontos, me mostrou muita segurança no apito! Se mantém firme em campo, disciplinado, não tolerando simulações nem permitindo reclamações de jogadores. Tem ótima “panca” e deixa o jogo correr.

Se o treinador Baiano e o auxiliar Fausto quiserem uma sugestão: orientem os atletas a tentarem as jogadas até o fim, evitando trocar a posse de bola pela falta / bola parada, e não incorram em conversas com o juizão. Deixem os ânimos acirrados para o adversário, pois Rodrigo, se manter a coerência, advertirá a indisciplina com cartões amarelos.

Um detalhe bem curioso: em 2021, ele apitou 6 jogos profissionais, com 5 vitórias do visitante e 1 empate. Nenhuma vez houve vitória do mandante. O Tricolor Jundiaiense quebrará essa sina neste sábado?

JOGOS em 2021:

A3- Batatais 0x1 Bandeirante de Birigui

A3- Comercial RP 1×1 Desportivo Brasil

A2- Portuguesa Santista 0x1 São Bernardo

A2 – Monte Azul 1×2 Água Santa

A2 – Rio Claro 1×4 Atibaia

A2 – Taubaté 1×2 Portuguesa Santista.

Seus auxiliares serão João Petrúcio Marimônio de Jesus dos Santos, 34 anos (com boa experiência na A2 e na A3) e a jovem Juliana Vincentin Esteves, 25 anos (apenas no seu 2o jogo profissional). O quarto-árbitro será Gabriel Petrini da Cruz.

Acompanhe Paulista x Barcelona pela Rádio Difusora AM 810 ou nos Apps, com a narração de Rafael Mainini, comentários de Robinson Berró Machado e Heitor Freddo, reportagens de Luiz Antonio “Cobrinha” de Oliveira, análise da arbitragem de Rafael Porcari. No comando: Adilson Freddo! O jogo começa às 15h, mas desde as 14h30 o Tome Forte do Esporte já estará no ar.

– Resultado da Enquete sobre Comentaristas.

Lembram da enquete sobre melhor comentarista de arbitragem, feita aqui há algum tempo?

O texto sobre ela está em: https://professorrafaelporcari.com/2021/07/12/a-des-importancia-de-um-comentarista-de-arbitragem-durante-a-partida/

O resultado, abaixo:

– Santos FC: o improviso e a sorte não podem ser regras na gestão do futebol.

Há quem adore dizer que “o Santos de Diego e Robinho foi campeão sem planejamento”.

Pior que foi verdade… Leão, o treinador da época, não tinha um bom elenco e usou os jovens garotos.

Outros se gabam em lembrar que “quando não tem jogador, surge a garotada que dá conta do recado”.

Isso também acontece, sejamos justos.

Por fim, lembremos que quando não se esperava, o Santos foi vice-campeão da Libertadores da América em 2020 com um time bem modesto, dirigido por Cuca.

  • A verdade é: louva-se o improviso e desdenha-se do planejamento sério, pensado, estudado… é por que falta capacidade de gestão?

Uma hora, a “sorte acaba” e o prejuízo aparece em forma de rebaixamento.

Ou não?

Santos Futebol Clube – O Maior Brasileiro do Mundo

– É vexame ou não o São Paulo ter sido eliminado pelo Fortaleza?

Já discutimos ontem, e o fazemos novamente hoje: o São Paulo Futebol Clube (assim como os outros grandes paulistas) ser eliminado pelo Fortaleza (ou outras equipes do mesmo porte), nos anos 90, era vexame

Hoje, com a mudança de patamar das agremiações e pelos momentos conturbados dentro e fora de campo, tal resultado é indiscutivelmente normal. Certo?

Ou é “discutível”?

Deixe seu comentário:

Fortaleza x São Paulo: onde assistir, horário e escalação das equipes

– Fortaleza x São Paulo: Nos anos 90, a desclassificação seria zebra. Hoje…

Na época de Telê Santana, nos anos 90, o São Paulo FC reinava nos campeonatos que disputava. Ser eliminado pelo Fortaleza, em qualquer divisão, naquele tempo, seria “zebra”.

Hoje, pela classificação de ambos na tabela do Brasileirão, e pelo momento político que vivem, é perfeitamente normal que o Tricolor Cearense elimine o Tricolor Paulista.

Aliás, Crespo correrá riscos de não permanecer no seu cargo, caso o SPFC seja desclassificado logo mais?

Fortaleza x São Paulo: Onde assistir, horário e prováveis escalações

– Quem será “o cara” para agregar os clubes brasileiros?

E o Flamengo insiste em jogar com torcida, mesmo “furando” o acordo dos clubes do Brasileirão da Série A de que voltariam com o público nos estádios todo juntos, num mesmo momento (agora, com respaldo da Justiça).

Os portais de notícias esportivas dizem que as agremiações discutem um adiamento da próxima rodada do Campeonato Brasileiro, visando protestar contra tal privilégio e cassar a permissão.

Fica a questão: surgirá algum dirigente que conseguirá a união dos co-irmãos e que possa liderar um movimento, ou as ações ficarão só no discurso?

Deixe seu comentário:

Novo líder! Confira a classificação atualizada do Brasileirão 2020

– Diego Tardelli e a violência dos torcedores Organizados do Santos FC pós-eliminação.

Nem bem chegou ao Santos FC, e já foi vítima da Torcida Organizada… Viram o ocorrido com Diego Tardelli?

No tuíte abaixo, o desabafo após a desclassificação do Peixe na Copa Sul-americana, contra o Athético Paranaense:

https://platform.twitter.com/widgets.js

Oficial: Santos anuncia a contratação de Diego Tardelli

 

– O Grêmio cassará a liminar do Mengão?

Ao ler essa manchete (abaixo) sobre o público no Maracanã, penso: nem o próprio Grêmio acredita que reverterá a liminar que beneficia o Flamengo (e nem o placar dentro de campo).

Já escrevi outras vezes: lamento que os clubes só vejam o seu próprio umbigo…

WO?

– Esqueça.

Em: https://professorrafaelporcari.com/2021/09/12/flamengo-vendendo-ingressos-para-o-jogo-contra-o-gremio-vai-dar-rolo/

– Atlético Mineiro e Flamengo rivalizarão em 3 títulos, ou o Palmeiras ainda está na briga?

Pela bola que estão jogando, e pela fase de seus treinadores, Atlético Mineiro e Flamengo, penso eu, disputarão o título da Copa do Brasil, da Libertadores da América e do Campeonato Brasileiro.

O Palmeiras, pelo que mostrou contra seus adversários diretos, ficou como 3a força e está um pouco mais distante.

Cá entre nós: Cuca (um excelente montador de equipes) e Renato Gaúcho (que sabe encantar seus elencos) estão “mostrado serviço” em suas equipes, não?

Sportbuzz · Atlético-MG x Flamengo: Saiba onde assistir e as prováveis escalações da partida!

– Análise Pré-Jogo da Arbitragem para Paulista x Colorado Caieiras.

Gabriel Furlan, de Santa Bárbara do Oeste (parente do árbitro Vinícius Furlan) apitará Paulista versus Colorado.

Ele tem 28 anos, 8 temporadas na FPF e nunca apitou um jogo profissional. Estreará no Jayme Cintra nesta 4a feira (detalhe: é a 3a vez seguida que um juiz fará seu primeiro jogo na 4a divisão estadual de profissionais com o Galo).

Uma incógnita. Torço para que vá bem.

Fábio Baesteiro, piracicabano (que já esteve na A1 e não sei porque deixou de trabalhar nos principais jogos da FPF será o bandeira 1. Leonardo Tadeu Pedro, também experiente, será o bandeira 2. Alester Clauri Tambelli será o quarto árbitro.

Fico feliz pelo observador: Marcelo Rogério, ex-árbitro (dos bons) e atualmente excelente instrutor da CBF, será o observador. Esse entende do riscado.

Campeonato Paulista Sub-23 segunda divisão 2021

– Nino deveria ser expulso após o pênalti em Luciano, no Fluminense 2×1 São Paulo?

Muita reclamação do São Paulo pela não expulsão do zagueiro Nino, do Fluminense, após pênalti em Luciano, que poderia ter marcado o gol. Acertou ou errou o árbitro?

A Regra atual é antipática! Não se esqueça que ela mudou em 2016 (experimentalmente) e ficou valendo como definitiva em 2017: quando um jogador fazia uma falta contra um adversário dentro da área – e que ele estava prestes a marcar um gol – você marcava o pênalti e o expulsava. A FIFA achava que a punição era muito rigorosa, e passou a distinguir a aplicação do Vermelho: se a falta for em disputa de bola, quando um jogador praticar uma infração tentando roubar a mesma ou até sendo temerária, não caracterizando-se como jogo brusco grave, deve-se aplicar o Cartão Amarelo (mesmo se for para evitar o gol). Porém, se a infração for por usar a mão para evitar o gol, praticar jogo brusco grave ou agredir o adversário, continua valendo o Vermelho.

Motivo: Gianni Infantino declarou à época que: marcar um pênalti, expulsar um jogador e deixar ele de fora para o próximo jogo (o chamado “triplo castigo”) era “pesado demais”.

Extraído de: https://brasil.elpais.com/brasil/2016/03/05/deportes/1457194386_397583.html

FIFA ANUNCIA FIM DO PÊNALTI SEGUIDO DE EXPULSÃO

Cartão vermelho não será mais aplicado em caso de falta do goleiro ou defensor em ocasião clara de gol dentro da área.

A FIFA anunciou neste sábado que acabará, de maneira experimental, com o chamado triplo castigo -pênalti, expulsão e multa-, além de assegurar que utilizará como experimento o uso do vídeo para os árbitros durante as partidas.

O novo presidente da FIFA, o suíço Gianni Infantino, informou as novidades que terão inicío nas próximas datas depois da Assembleia Geral Anual do Conselho Internacional de Associações de Futebol (IFAB), organismo responsável pelas regras do jogo. Todas elas entrarão em vigor a partir de 1 de junho e a etapa experimental se prolongará durante dois anos, a partir dos quais, poderão ou não ser aprovadas.

“Tomamos uma decisão histórica para o futebol“, falou Infantino. “Demonstramos que estamos escutando o futebol e aplicando o senso comum. Temos que ser cauteloso porque estamos tomando medidas concretas para demonstrar que começou uma nova era na FIFA e na IFAB”, continuou.

As duas grandes novidades

Após uma falta do goleiro ou do defesor em uma ocasião clara de gol na área, não se mostrará o cartão vermelho, mas sim o amarelo, a não ser que a falta se caracterize por sua violência ou em quando a infração for fora da disputa de bola.

O vídeo poderá ser utilizado pelo árbitro para analisar quatro situações: determinar se a bola ultrapassou a linha de gol, para revisar as expulsões, para os pênaltis e para esclarecer qual jogador realizou uma falta. Não entram em pauta, portanto, os impedimentos.

Um dos problemas abordados será o triplo castigo, que implica pênalti, cartão vermelho e suspensão para a próxima partida, diante de uma falta do goleiro ou do defensor em uma ocasião clara de gol dentro da área. Após um longo debate, o IFAB aprovou por unanimidade uma nova redação da Lei 12 da UEFA e lembrou que deveria ser implementada uma variação a nível mundial por um período de testes de dois anos, seguida de uma revisão.

Infantino explicou que não será mais mostrado o cartão vermelho, mas sim o amarelo, a não ser que a falta se caracterize por sua violência ou em caso em que a infração seja fora da disputa de bola. Assim, a modificação da norma poderia ser aplicada “no começo de junho”, possivelmente na Eurocopa da França.

A outra grande novidade será a assistência do vídeo para ajudar os árbitros durante as partidas, também de forma experimental e sob certas condições a partir da próxima temporada. Será a segunda abertura do futebol à entrada de tecnologia depois da introdução da tecnologia da linha de gol, autorizada em 2012 e utilizada pela primeira vez durante a Copa do Mundo do Brasil 2014.

O vídeo servirá para analisar quatro situações: determinar se a bola ultrapassou a linha de gol, para revisar as expulsões, para os pênaltis e para esclarecer qual jogador realizou uma falta. Não entram em pauta, portanto, os impedimentos.

Em vídeo, explico em: https://youtu.be/A_Z7Va8M5ho

Fluminense x São Paulo: local, horário, escalação e transmissão

– Ter tempo para treinar não ajudou os clubes?

Os treinadores Abel Ferreira e Hernán Crespo tiveram bastante tempo para ajeitar suas equipes durante os últimos dias (coisa rara a ambos). Porém, tanto nas escalações quantos nas substituições, eles estão sendo contestados.

O português e o argentino são novatos na carreira (embora experientes no mundo da bola). Mas me lembro de Vanderlei Luxemburgo “no auge”: com 3 minutos de “parada técnica” inventada por Eduardo José Farah no Paulistão, ele mudava o jogo! Os citados aqui, respeitosamente, estão “complicando” ao invés de “melhorando” suas equipes nos períodos que têm.

Será que suas diretorias (Palmeiras e São Paulo) darão a eles segurança ao longo do Brasileirão, ou correm risco de demissão?