– Pense rápido e cite um nome para o Palácio do Planalto frente as 6 virtudes:

Para ser Presidente do Brasil, um país tão necessitado de bons políticos, o candidato ideal deve ter os seguintes atributos:

  1. Capacidade / Competência de gestão,
  2. Honestidade com o dinheiro público,
  3. Sensibilidade para entender as carências da população,
  4. Determinação a fim de resistir às dificuldades,
  5. Humildade em reconhecer possíveis equívocos e corrigi-los,
  6. Disposição em abandonar sua vida pessoal e viver um sacerdócio ao país.

Está fácil achar um nome? Com o que se tem oferecido ao eleitor, o cargo ficará vago…

bomba.jpg

Anúncios

– Por que não Huck?

Soube que Luciano Huck apareceu no Programa do Fausto Silva, domingo último, e que o PT entrou na Justiça contra ele pedindo inelegibilidade e multa por “demonizar a política. Na entrevista, criticou a atual política e corrupção do Brasil.

É claro que se ventila uma possível candidatura de Huck à presidência, afinal, é um nome popular e o próprio Lula disse querer concorrer contra um candidato global. De fato, a corrida eleitoral já começou no Brasil.

A questão é: por que não Luciano Huck como presidente?

Alguém já parou para fazer essa reflexão?

1.Pensando bem, quais os defeitos que o inviabilizam?

2.E os seus concorrentes, teriam mais virtudes do que ele?

Ele é um empresário de sucesso, empreendedor nato (isso desde antes de entrar com o Programa “H” na TV Bandeirantes), apresentador, tem uma bela esposa e um estável casamento com filhos.

A juventude o atrapalharia? Por quê? Preferimos as velhas raposas da Política?

Não digo que votarei ou não em Luciano Huck se candidato for (aliás, no momento a única certeza é que não votarei em nenhum dos “cabeças” / populares: Lula, Ciro, Alckmin, Dória, Bolsonaro. Mas por que está se demonizando tanto Huck? Ou melhor: a mando de quem?

Vale pensar nisso… Se queremos gente nova e competente (sendo honesto, lógico) por quê descarta-lo?

bomba.jpg

– Bolsonaro se filia ao PSL para concorrer a Presidência. Mas você se mancou quem é o presidente do partido?

Jair Bolsonaro, pré-candidato a Presidente da República, namorou o PEN (Partido Ecológico Nacional). A pequena sigla mudou o nome para Patriota a fim de receber o futuro presidenciável. Só que “na hora H” Bolsonaro se filiou ao PSL, que articulava para mudar de nome para Livres, mas que devido a adesão de Jair, dividiu-se.

O certo é que a proposta do presidente Luciano Bivar, do PSL, para aceitar a entrada do candidato, foi tão negociada que o próprio filho dele, Sérgio Bivar, que seria candidato a deputado federal pelo partido, deixou a legenda com a alegação de que o Partido Socialista Liberal vendia sua ideologia ao aceitar as condições dos bolsonaristas.

Mas sabem que é esse senhor, Luciano Bivar?

É aquele ex-presidente do Sport-PE, hiper-polêmico, que disse à imprensa ter subornado membros da CBF para que se convocasse Leomar (ex-jogador da equipe) na Seleção Brasileira. Na época, especulou-se que Bivar forçou a barra com o propósito de valorizar o jogador e pagar dívidas com Leão, também ex-treinador da equipe e que foi comandante da Seleção. No STJD, negou tudo o que disse (mas que ficou gravado nas grandes rádios).

Sinceramente?

Bolsonaro começa muito mal ao se associar a político que vem do meio do futebol. Dificílimo confiar em gente assim…

Aliás, reafirmo: tenho pena do nosso país com candidatos como Lula, Bolsonaro, Alckmin, Ciro… falta gente nova, competente e honesta para administrar o país (nenhum deles possuem as 3 virtudes citadas).

bomba.jpg
foto: Blog do Cleuber Carlos

– E se a Eleição para Presidente da República fosse entre os jogadores de futebol…

Nesta última segunda-feira, o UOL divulgou uma pesquisa com 111 jogadores de futebol a respeito das intenções de voto para a Presidência da República em 2018. Em resposta espontânea, houve o seguinte resultado:

Jair Bolsonaro: 20,72%

Lula: 5,4%

Luciano Huck: 2,7%

Tite: 1,8%

Em dúvida: 58,55%

Brancos ou Nulos: 7,2%

Sabemos que a categoria dos jogadores é desunida, vive de desigualdades sociais maiúsculas e que o universo da pesquisa (111 atletas) é bem contestável (se levarmos em conta o plantel de 25 jogadores só da 1a divisão/equipe, sem contar com as outras 3 divisões e os torneios regionais, são 500 eleitores). Mas… o que tal pesquisa lhe diz?

A mim, nada. Aliás, os dois mais citados são ruins demais para o meu gosto. O primeiro é radical, o segundo é marginal.

Deixe seu comentário:

bomba.jpg

– O nome agregador não existe para a Presidência em 2018.

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, discursando na Universidade de Columbia, foi correto: disse que o Brasil foi dividido (e concordo com isso), e que justamente por tal motivo o país precisa de um presidente agregador, um líder que una com emoção.

Até o começo do discurso, onde marquei um comentário entre parênteses, corroboro. Mas daí pra frente, FHC esquece-se que membros do seu partido se omitiram na mudança da nação e os principais membros do PSDB (cite-se Aécio Neves) caíram na mesma vala comum do PT e seus associados.

E aí reside outro problema: QUEM é o nome AGREGADOR para as Eleições de 2018?

Até agora, não existe um candidato de união.

Em tempo e aproveitando: devido aos feriados, o Congresso Nacional estará 10 dias parado. Pode?

bomba.jpg

– Perguntar não ofende: Lula e Bolsonaro estão em campanha antecipada? Já pode?

Reflita: todo brasileiro sabe que Luís Inácio Lula da Silva e Jair Bolsonaro são candidatos à Presidência da República. Se fala também em Dória, Alckmim, Meirelles, Marina e outros nomes. Mas nas manchetes só se fala dos dois em visitas públicas.

Neste momento, só poderiam se apresentar como pré-candidatos. Mas não estão claramente em campanha?

Isso não pode, e o TSE deveria lembra-los insistentemente (embora, sabemos, ninguém cumprirá tal ordem).

bomba.jpg

– Votar no Lula ou no Bolsonaro?

Segundo a 1a pesquisa do IBOPE, se a Eleição para presidente da República fosse hoje, estariam no segundo turno Luís Inácio Lula da Silva e Jair Bolsonaro.

Ai!

Lula X Bolsonaro?

É preciso corroborar o que o José Simão disse na Folha de São Paulo: o voto no X vale mais do que os dois… Um corrupto de esquerda que age como o Antonio Conselheiro e seus fanáticos do século XXI. O outro, um ultradireitista que faz apologia ao torturador Coronel Ustra.

Tá difícil escolher candidato para o não que vem. Pobre Brasil…

bomba.jpg

– Bolsonaro e um Mea Culpa?

Segundo a Folha de São Paulo, Jair Bolsonaro, deputado federal e pré-candidato à Presidente da República em 2018, disse ser admirador de Donald Trump. E em palestra fechada a convidados em Nova York nesta semana, disse que:

Tem muita gente mais preparada do que eu, mas no Brasil hoje o pessoal está alvejado. Praticamente não tem candidato deles que se apresenta aí que não tenha problemas com a Lava Jato ou já tiveram no Mensalão (…) Estendo a minha mão aos senhores, entendam a minha inexperiência em algumas áreas, a minha vontade é de acertar. De vez em quando me perco nas palavras sim, mas peço desculpas”.

Tenho medo de radicais de Direita ou de Esquerda. O Brasil precisa de gente honesta, competente e mansa. Nada de radicalismos!

bomba.jpg

– Os Políticos mais Inteligentes do Brasil

Alguns nomes são gênios e podemos conviver com eles em nosso tempo: Lula, Renan, Cunha, Aécio e tantos outros políticos.

Por quê são diferenciados?

Eles têm o poder político na mão, fazem o que querem e muitas vezes o que não podem. Quando se dão mal, apenas “param de faturar.

Vai negar que são inteligentíssimos e se sustentam no topo, apesar das críticas e denúncias? Pena que não usam a genialidade para o bem.

Aliás, Lula disse que se fosse culpado de algo iria a pé para a cadeia em Curitiba. Vai mesmo? Eu acho que não, pois ele tem apoio de muita gente fanática e que se sacrificaria por ele nas ruas. Enquanto isso, a estratégia do bla-bla-blá rola solta…

bomba.jpg

– Não é contraditória a pesquisa DataFolha sobre a Presidência?

Perceberam quantos candidatos acusados de corrupção (tanto de direita quanto de esquerda) teremos no ano que vem tentando chegar ao Planalto?

E as pesquisas, dizem o quê?

Em minha cabeça, os números mais recentes não batem. A última pesquisa DataFolha sobre intenção de voto apontava Luís Inácio Lula da Silva com 35% dos votos.

Na simulação, havia também outros nomes citados no esquema de propina da Odebrecht, como Geraldo Alckmin; além, é claro, de diversos cenários com outros candidatos acusados de bandidagem.

Só que na mesma pesquisa (divulgada em pílulas), Lula tem rejeição de 70% dos votos. Assim…

Ué (parte 1): Se Lula tem 35% dos votos, somando-se 70% dos que o rejeitam, temos 105%! De duas, uma: ou há 5% dos entrevistados que votarão duas vezes, ou incrivelmente há gente que não quer a volta do corrupto Lula mas votará nele!

Ué (parte 2): Do universo entrevistado, 87% responderam que não votarão em candidatos envolvidos em denúncias de corrupção. Ora, sendo assim, não teremos presidenciáveis do PT, PSDB, PMDB, PP, DEM… teremos WO em 2018 em Brasília?

bomba.jpg

– Óleo de Peroba para Renan Calheiro e Lula!

É muita cara de pau ouvir e ver o que os políticos fazem nesse país. E não é que em Alagoas, Lula se juntou a Renan Calheiros (que dispensa apresentações) e fez campanha para presidente por lá?

Pior foi ouvir o Senador Renan dizer: “Governo do povo, para o povo, diferentemente deste de agora”!

Carambola! Ele foi Governo e é Governo. Renan não está nem aí se as pessoas questionarão tal disfarce?

E Lula dizendo que a mulher dele, dona Marisa, morreu por culpa dos ‘meninos da Lava Jato'”? É demais…

É nessa gente sem-vergonha, mentirosa e demagoga que as pessoas depositarão confiança em 2018?

Repito: Jucá, Aécio, Serra, Alckmim, Lula, Gleise… chega desses políticos!!!

bomba.jpg

– Dória será efetivamente Prefeito de São Paulo ou está testando o eleitorado para a Presidência?

João Dória Jr está testando o eleitorado, não há dúvida. Discurso anti-Lula e dizendo que cumpre o mandato, verifica assim qual a real possibilidade de vencer uma Eleição Nacional. Como qualquer político (sim, é evidente que político ele é) dirá em um determinado momento que “atenderá um pedido do povo e se candidatará ao Planalto”, já que Alckmin, o suposto primeiro nome do PSDB, não tem força para ganhar as Eleições 2018.

Se continuar a ser o bom gestor que me parece estar sendo na Capital, por quê não acreditar que ele seria um bom nome para Presidente?

Não me empolgo com nenhum político, mas me parece não radical (o oposto de Jair Bolsonaro), bem ativo no trabalho e nas decisões / opiniões (diferente de Marina Silva), sem crimes de corrupção (vide Lula) e com boa popularidade (antônimo de Michel Temer).

Aguardemos.

Ops: e a ovada que ele levou em Salvador, não?

bomba.jpg

– Tudo é questão de interpretação: está com ou sem moral Luís Inácio?

De acordo com a última pesquisa Datafolha (divulgada na 2a feira), se a Eleição para Presidente da República fosse hoje, Lula seria o mais votado entre os candidatos com 30% das intenções de voto. Ao mesmo tempo, Lula seria o mais rejeitado entre todos eles, com 46% das repulsas de voto.

Ou seja, uma parcela (significativa) da população quer Lula; outra parcela (com significância ainda maior), não o quer!

Num dos cenários, o 1o turno seria composto por (em %): Lula 30, Jair Bolsonaro 16, Marina Silva 15, Geraldo Alckmin 8, Ciro Gomes 5, Luciana Genro 2, Eduardo Jorge 2, Ronaldo Caiado 2, Brancos / Nulos 10%, Indecisos 10.

Em quem você não votaria (em %): Lula 46, Geraldo Alckmin 34, Jair Bolsonaro 30, Fernando Haddad 28, Ciro Gomes 26, Marina Silva 25, Luciana Genro 24%, Ronaldo Caiado 23, Sérgio Moro 22, Eduardo Jorge 21, João Dória Jr 20, Joaquim Barbosa 16.

A pergunta é: serão esses senhores realmente candidatos? O que eles podem contribuir ao Brasil? Todos são honestos?

bomba.jpg

– Lula 2018 e o presídio de si mesmo

Viram ontem o discurso de Lula aos seus aficionados correligionários?

Disse que “Temer está entregando a Petrobrás aos estrangeiros“, que a culpa da crise é dos outros, que “precisamos recuperar a economia” (como se não fossem partícipes ele e o PT da quebradeira e da corrupção que os políticos têm proporcionados).

Que mundo ele está vivendo ou tentando criar na cabeça das pessoas?

O que mais assusta é que ele se lançou candidato a presidente para 2018. Seria uma estratégia para pressionar a Lava Jato, não cassando seus direitos políticos? Aliás, Lula é um “prisioneiro solto” vivendo nos lugares onde sabe que não corre o risco de vaias.

O pior é que há quem vote nele, tornado o cenário horroroso se acompanhado das opções: Marina, Aécio, Serra, Alckmin, Bolsonaro…

Salvem o Brasil, pois se dependermos desses pré-candidatos, estamos perdidos.

bomba.jpg

– Justus, o Trump brasileiro ou o Dória nacional?

Roberto Justus, o empreendedor e celebridade brasileira, ex-apresentador do “O Aprendiz”, disse que não descarta se candidatar à Presidência do Brasil em 2018.

Será que se inspirou em Dória na prefeitura paulistana ou em Trump como presidente dos EUA? Afinal, ambos apresentaram o mesmo programa que ele.

Aliás, seria ele um bom nome ou não?

bomba.jpg