– Disney Gogo’s 2. Coitados de nós…

Não é que a febre dos bonequinhos e figurinhas da Disney com parceria da Panini parece ter voltado?

Os GoGo’s (Crazy Bones) série 2, voltaram. E nós, pobres, mortais e miseráveis pais, voltaremos à luta na busca das trocas de brinquedinhos…

Kkk. Tudo isso faz parte da vida e torna nossos filhos ainda mais amigos da gente!

– É real?

Maravilha da Engenharia ou mais uma Trollagem?

Independente disso… tenho dó do “Disk Pizza” que atende essa residência…

– Humor tem limites?

Gregório Duvivier, Rafinha Bastos, Fábio Porchat e tantos outros “moderninhos” tem um estilo de “fazer humor” de gosto duvidoso. Usam temas que não deveriam como religião, gravidez, deficiências físicas e outras coisas indevidas.

Agora, na Record, Porchat criou uma “calçada da fama” para seus convidados. Chamou Rita Cadillac e quis gravar no cimento o “bumbum dela” dizendo que ela merecia a “sarjeta da fama“.

Aí é apelação. Por mais complicada que seja a classificação do trabalho artístico de um ator, explicitá-lo com deselegância na cara de um convidado é dose.

Rita abandonou a gravação e foi embora. (com base em Uol.com)

bomba.jpg

– Risos pela Internet em Outros idiomas!

Achei curiosa essa matéria da última edição da Revista Superinteressante. Ela aborda como se escrevem os “risos” em diversos outros países.

No Brasil, um modismo é escrever “kkkk”.

Sabia que na Grécia os internautas usam “Xaxaxaaxa”?

Na Inglaterra é “Lol”; na Coréia do Sul é “Kekekkeke”; em francês há duas formas: “MDR” (morrendo de rir) e “PDR” (peidando de rir).

Já em japonês são várias letras w: “wwwwwwwww”; na Dinamarca é “GGGG”; por fim, na Tailândia, o mais esquisito: “555555”.

Coisas de um mundo globalizado mas que guarda as suas coisas regionais. É por isso que gosto dos escritos da minha sogra na Internet. A Zabezinha, minha segunda mãe, escreve docemente: “ki ki ki”.

bomba.jpg

– E acontece muito no Comércio…

Sabe aquela situação na qual o comerciante frequentemente “chora” quando o consumidor consome um produto e na hora de passar o cartão, não dá certo?

Alguma vezes pode ser saldo; outras, problema da maquininha do estabelecimento; ainda, a situação de algum imprevisto eletrônico ou de senha.

Mas essa “tirada humorística” do José Simão em seu Twitter é gozada. Sob o título “o Brasileiro é cordial”, ele mostra quando ocorre o fato de alguns comerciantes que não podem reter o produto comprado (no caso, um cliente de restaurante), costumam, digamos, “alertar” os cuidados.

Abaixo:

bomba.jpg

– Charlie Hebdo pede para ser odiada: a ridícula charge das vítimas do terremoto!

LAMENTÁVEL!

Quando os árabes ficaram horrorizados com charges ofensivas ao Islamismo publicadas pela Revista Charlie Hebdo, parte do mundo condenou o humor negro e outra parte defendeu a liberdade de expressão. Claro, ninguém aprovou o atentado terrorista na sede do jornal, mas o debate sobre os limites do humor foram discutidos.

Agora, após o pavoroso terremoto que atingiu a Itália e matou centenas de pessoas, a revista publicou uma charge com italianos sacrificados comparando-os a tipos de massas e molhos: um ensanguentado como “ao molho de tomate”, um machucado como “gratinado”, e mortos por esmagamento como “presuntos da lasanha”.

Ridículo!

Olha abaixo:

bomba.jpg

– Stevie Wonder ou Elton John?

Eu aqui trabalhando neste dia chuvoso e… cada bebum que me aparece!

O “Cearazão”, todo mamado, veio encher o saco no serviço. Mas sua canção (bem de pileque) é hilária. Ele não sabe se é do “Stevie Wonder” ou do “Elton John”.

Responda se for capaz, link em: http://www.youtube.com/watch?v=MUZI_atX734

– Homem Pera pagando mico!

Fazemos tudo para alegrar as crianças daqui! E como adoro pagar micos…

É o cúmulo do ridículo, mas ao ver os sorrisos inocentes da galerinha que eu brinco, sei que valeu a pena.

Assista, em: http://www.youtube.com/watch?v=s0_JYNfw1fQ

– O Brasileiro é realmente um piadista! Waldir Maranhão, na verdade, é…

… É um pai de santo”?

O deputado que, estando de maneira interina na Presidência na Câmara, anulou o impeachment arbitrariamente (e depois “desanimou” a anulação), teria no fundo outra atividade profissional?

Sensacional…

bomba.jpg

– Calcidis! Mussum 75, Negão?

Ô que saudade dos Trapalhões

Se vivo fosse, Mussum completaria 75 anos hoje!

bomba.jpg

– Crise brasileira inspira humoristas…

Brasileiro gosta de brincar com tudo… Veja essa:

Tenho 4 litros de Gasolina, 1 galão com 5 litros de água e 1 extintor ABC. Troco por casa na praia!

 bomba.jpg

– A Irresponsabilidade do Drogado

Um artista tem que ter sensibilidade de que, por ser pessoa pública, pode influenciar pessoas.

O humorista Welder Rodrigues (Jajá, do Zorra Total), disse no programa “A Máquina” da TV Gazeta:

Todo mundo tem o direito de se entorpecer. O discurso tem que mudar urgentemente. Não é ruim, é ótimo se drogar

Disse ainda:

Eu sofro de labirintite crônica, por conta de umas ‘paradas’ que tomei quando era adolescente“.

Que bobagem… se eu não o conhecia, agora que não faço questão alguma!

146_2233-jaja01.jpg

– O que Escrever na sua Lápide?

Engraçadinha e não tão fúnebre a piadinha do Portal “Perguntas Cretinas”:

O que você escreverá na sua lápide do seu túmulo, ao morrer?

Se você é…

ESPÍRITA: Volto já.

INTERNAUTA: http://www.aquijaz.com.br

AGRÔNOMO: Favor regar o solo com Neguvon. Evita Vermes.

ALCOOLATRA: Enfim, sóbrio.

ARQUEÓLOGO: Enfim, fóssil.

ASSISTENTE SOCIAL: Alguém aí, me ajude!

BROTHER: Fui.

CARTUNISTA: Partiu sem deixar traços.

DELEGADO: Tá olhando o quê? Circulando, circulando.

ECOLOGISTA: Entrei em extinção.

ENÓLOGO: Cadáver envelhecido em caixão de carvalho, aroma Formol e after tasting que denota presença de Micoorganismos diversos.

FUNCIONÁRIO PÚBLICO: É no túmulo ao lado.

GARANHÃO: Rígido, como sempre.

GAY: Virei purpurina.

HERÓI: Corri para o lado errado.

HIPOCONDRÍACO: Eu não disse que estava doente?!?!

HUMORISTA: Isto não tem a menor graça.

JANGADEIRO DIABÉTICO: Foi doce morrer no mar.

JUDEU: O que vocês estão fazendo aqui? Quem está tomando Conta da lojinha?

PESSIMISTA: Aposto que está fazendo o maior frio no inferno.

PSICANALISTA: A eternidade não passa de um complexo de superioridade mal resolvido.

SANITARISTA: Sujou!!!

SEX SYMBOL: Agora, só a terra vai comer.

VICIADO: Enfim, pó.

imgres.jpg

– Roberto Justus X Danilo Gentile: a Piada Descuidada

Não gosto de brincadeiras ou piadas que possam ofender sensivelmente alguém. Rafinha Bastos é craque em ser excessivamente grosso e incorreto. E nesta semana, Danilo Gentile cometeu uma gafe ao “estilo Rafinha Bastos”. Fez uma piada equivocada relacionando o metrô de São Paulo com os trens do Holocausto. Mas, além de indelicada, foi contar ao judeu Roberto Justus…

O publicitário e apresentador não gostou, e deu um verdadeiro “cala-boca” no humorista. Para quem não viu, em: http://www.youtube.com/watch?v=1Y19jZvgImU

– Rafinha Bastos insiste em Desregrar o Humor?

O comediante Rafinha Bastos, aquele mesmo que faz piadas de extremo mau gosto com crianças, grávidas e etnias, estreou o “Saturday night live” , versão brasileira, com 0,8 de IBOPE.

Apesar de todas as polêmicas, leio na Época, Ed 28/05/2012, por Igor Paulin, mais uma declaração polêmica dele. Disse que:

O comediante Tracy Morgan disse que se seu filho fosse gay, ele o esfaquearia. Foi processado e pediu desculpas. Eu nunca faria isso! (…)”.

O que dizer de um cara desses?