– O motivo dos Arautos do Evangelho estarem sob observação das Autoridades da Igreja Católica

Semana passada, falamos sobre uma manchete sensacionalista contra o grupo católico “Arautos do Evangelho”, onde se falava até de “Pacto com o Diabo” (relembre aqui: http://wp.me/p4RTuC-j4u).

Agora, a Folha de São Paulo publica e o UOL reproduz a reportagem “menos sensacionalista”. Dessa feita, ouviram os dois lados.

Compartilho abaixo, extraído de: https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/06/22/denuncia-de-ritual-de-exorcismo-poe-grupo-catolico-brasileiro-na-mira-do-vaticano.htm?cmpid=tw-uolnot

DENÚNCIA DE RITUAL DE EXORCISMO PÕE GRUPO CATÓLICO BRASILEIRO NA MIRA DO VATICANO

  • Reprodução
    Monsenhor João Scognamiglio Clá Dias, ex-líder dos Arautos do Evangelho, realiza ritual

    Monsenhor João Scognamiglio Clá Dias, ex-líder dos Arautos do Evangelho, realiza ritual

Uma série de vídeos que apresentam rituais de exorcismo e reuniões para discutir conversas de padres com o que seriam “demônios” incorporados em fiéis colocaram o grupo religioso católico brasileiro Arautos do Evangelho sob escrutínio do Vaticano.

O UOL teve acesso a nove vídeos gravados por integrantes do grupo há cerca de um ano e meio e que foram compartilhados fora do grupo neste ano. Nestas gravações, há cenas de um monsenhor falando em latim e realizando um ritual que seria para tirar o que ele chama de demônio do corpo de duas adolescentes. Em outro, um membro dos Arautos lê um relatório que narra o diálogo entre um padre e um “demônio” que estaria incorporado em uma mulher.

Fiéis católicos denunciaram ao Vaticano a prática de rituais não condizentes com os dogmas católicos. A organização Arautos do Evangelho é um grupo subordinado ao Vaticano e surgido de uma dissidência da TFP (Sociedade Brasileira de Defesa da Tradição, Família e Propriedade) nos anos 90. Eles negam qualquer prática que não seja autorizada pela hierarquia eclesiástica da Igreja Católica (leia mais abaixo).

De acordo com o monsenhor José Correa, chanceler da Diocese de Bragança Paulista (interior de SP), região administrativa da Igreja Católica onde fica a principal casa dos Arautos, diversas denúncias acompanhadas dos vídeos chegaram ao conhecimento do bispo Dom Sérgio Aparecido Colombo, responsável pela diocese, em meados de abril, e foram remetidas para o Vaticano.

O bispo Colombo emitiu comunicado no início de maio afirmando que nenhuma pessoa na região da Diocese possui autorização da Igreja Católica para fazer rituais de exorcismo canônico, uma prática litúrgica rara, mas oficial da Igreja Católica, que depende de formação e autorização específicas. Hoje o Brasil possui cerca de 30 padres autorizados a realizar rituais de exorcismo oficialmente, de acordo com as regras do Direito Canônico.

“O bispo convocou representantes dos Arautos, que negaram qualquer prática irregular”, afirma Correa. Segundo ele, foi recomendada “moderação” ao grupo. Além disso, as denúncias com os vídeos, o alerta do bispo e as respostas dos Arautos foram encaminhados para a Nunciatura Apostólica no Brasil (representação do Vaticano no país), que mandou o material para o Vaticano, em Roma.

O caso foi revelado na semana passada pelo projeto “Vaticano Insider”, do jornal italiano “La Stampa”. Se for levado adiante pela congregação, em última instância pode provocar uma “visita apostólica”, ou seja, quando uma comissão do Vaticano vai a algum lugar fazer uma investigação mais aprofundada.

O que mostram os vídeos?

  • Reprodução

Em dois dos vídeos que provocaram a polêmica, jovens do sexo feminino participam de um ritual comandado pelo monsenhor João Scognamiglio Clá Dias. Nas imagens, as jovens, vestidas com a túnica característica do grupo, são tratadas como se estivessem possuídas por demônios. Ao final do ritual, é assumido por eles que foram curadas. É possível ver Dias lendo orações em latim e dando tapas diversas vezes na cabeça e no rosto das jovens atormentadas, na maioria das vezes com folhas de papel.

Em outros dois vídeos, o líder dos Arautos discute em uma reunião privada com outros membros supostas conversas que padres ligados ao grupo teriam tido com demônios (termo usado por eles) incorporados em fiéis durante rituais que não são mostrados. 

Em uma das reuniões filmadas, é dito que monsenhor Dias exorcizou uma jovem ao final de uma missa, na medida em que ela apresentaria sinais de estar possuída. Em meio ao ritual, segundo conta um integrante dos Arautos em vídeo, “o demônio teria feito revelações ao padre”, por meio da jovem que eles chamam de X durante a discussão. Insatisfeitos com o conteúdo das revelações, os Arautos teriam chamado X novamente e “invocado” o que seria este demônio de volta a ela, “para explicar melhor” o que havia dito antes. “Este é o demônio mais capaz que já resistiu entre nós”, diz o monsenhor Dias durante a discussão gravada.

Em outra reunião filmada, o grupo discute um relatório feito por um padre sobre o que ele teria “ouvido de um demônio”. Na leitura do documento, feita a um grupo de membros dos Arautos, é mencionado um episódio que fala da morte do papa Francisco. 

“Para nós, este é um assunto encerrado”

Em meio à polêmica, o líder máximo do grupo, monsenhor João Scognamiglio Clá Dias, renunciou. De acordo com o padre Alex Barbosa de Brito, representante dos Arautos, o afastamento de Dias nada teve a ver com o caso dos vídeos e já vinha sendo considerado por ele havia pelo menos dois anos.

“Ele comunicou o conselho em 28 de abril, bem antes da reunião na Diocese de Bragança e o comunicado do bispo”, diz padre Alex. “Não há polêmica, não há investigação, o que existe são pessoas que não gostam da gente e ficam inventando histórias para tentar nos prejudicar. Já esclarecemos tudo ao bispo e para nós este é um assunto encerrado.”

Segundo um representante dos Arautos, padre Alex, os vídeos que parecem registrar rituais de exorcismo na verdade são uma bênção de libertação, que qualquer padre pode dar a qualquer fiel que peça isso a ele.”

O UOL procurou o padre Valeriano dos Santos da Costa, diretor da Faculdade de Teologia da PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) para falar sobre o assunto. “Fiquei sabendo da história mas não vou opinar”, diz o padre. “Uma bênção de libertação pode ser muitas coisas, mas não conheço os detalhes da história.”

  • Frederic Jean – 8.fev.1993/Folhapress

    Plínio Correa de Oliveira, em foto de 1993

Os Arautos do Evangelho são um grupo oficialmente ligado à Igreja Católica que nasceu de uma ruptura no seio da TFP (Sociedade Brasileira de Defesa da Tradição, Família e Propriedade) após a morte do fundador Plínio Correa de Oliveira, em 1995. De acordo com a CNBB, trata-se de uma Associação Internacional de Fiéis de Direito Pontifício. Fundada em 1960, a TFP era um grupo católico da sociedade civil ultraconservador de direita que promovia marchas e protestos contra a reforma agrária, entre outros temas, nas décadas de 1980 e 1990. Neste século, perdeu protagonismo e membros para os Arautos.

Registros são bênçãos de libertação, diz padre dos Arautos

Segundo padre Alex, dos Arautos do Evangelho, o que os vídeos apresentam não são rituais de exorcismo. “Não é um exorcismo canônico, é um ato reservado e particular que qualquer padre pode conceder a qualquer fiel que assim pedir”, afirma o padre. “São bênçãos de libertação privadas e solicitadas por quem recebe”, afirma.

Sobre as reuniões onde são discutidas supostas conversar de padres dos Arautos com o que eles chamam de demônios, ele explica que foram retiradas do contexto e que os Arautos vão processar os responsáveis pela divulgação das imagens.

“Não implicou nenhuma mudança de rumos nos Arautos do Evangelho, seja em seu relacionamento para com a Sagrada Hierarquia e a sociedade civil, seja na atuação com a imensa quantidade de aderentes do movimento. O objetivo do encontro registrado era, simplesmente, intercambiar impressões a respeito de determinados fenômenos preternaturais, num ambiente de amena e distendida intimidade”, diz o padre Alex.

Segundo ele, o grupo concluiu depois que as “revelações” não eram verdadeiras. “Muitas vezes estes fenômenos têm explicações psiquiátricas, não eram uma possessão de verdade, outras são uma informação falsa dos demônios, que tentam nos enganar a todo momento.”

Argentino fez denúncias ao Vaticano e à Diocese de Bragança

Um dos fiéis católicos que denunciou os Arautos do Evangelho à Diocese de Bragança e ao Vaticano é o gerente de projetos argentino Alfonso Beccar Varela, 53. Varela é ex-integrante da TFP. “É uma instituição da igreja que tem crenças muito estranhas e que se alegra contemplando a hipótese da morte de papa, assim como uma visão apocalíptica da realidade”, diz Varela. “Fiz a denúncia por que considero um perigo para a Santa Sé, e os católicos em geral, um grupo ter práticas como essas.”

Segundo dados deles mesmos, os Arautos do Evangelho estão hoje presentes em 78 países e contam com cerca de 200 sacerdotes. No total, são 50.557 pessoas entre homens, mulheres e “terciários” (que não fazem parte do grupo, mas de alguma forma “orbitam” ao redor dele).

Quando Plínio Corrêa (o fundador da TFP) morreu, em 1995, houve uma cisão entre dois grupos da organização, que disputam até hoje na Justiça quem tem direito ao nome e aos bens da TFP –o caso começou em 1997 e hoje está no STF (Supremo Tribunal Federal). Enquanto a TFP minguava em meio à disputa judicial, os Arautos cresciam.

  • Lalo de Almeida/Folhapress

    A Basílica Nossa Senhora do Rosário, na serra da Cantareira, que pertence aos Arautos

Recentemente, os Arautos do Evangelho protagonizaram outra polêmica. Em 2008, inauguraram uma basílica de 60 metros de altura em um terreno de 96 mil metros quadrados na serra da Cantareira, em Caieiras, na Grande São Paulo. Moradores da região questionam o tamanho da obra em área de mata, mas os Arautos conseguiram todas as licenças necessárias para a construção.

O que acontece agora

“O prefeito da Congregação, cardeal Braz de Aviz, está realizando um inquérito”, afirma o vaticanista (estudioso especializado na Igreja Católica) Andrea Tornielli, em entrevista ao UOL. O italiano foi o responsável pela revelação na imprensa da história.

“Até agora não foi feito nenhum pronunciamento sobre a alguma decisão oficial sobre o caso. Mas fontes seguras no Vaticano confirmam tudo e a Santa Sé não se pronuncia, mas também não nega nada”, afirma o jornalista. “É difícil saber no que vai dar, por que o inquérito acabou de começar. Neste tipo de caso a visita apostólica costuma ser mais frequente, mas é difícil saber ainda.”

Agora, cabe à Congregação para os Institutos de Vida Consagrada, entidade com sede no Vaticano que é comandada pelo cardeal brasileiro Braz de Aviz, decidir se vai levar uma investigação adiante ou não. Ainda não foi divulgada nenhuma decisão sobre o caso. “Não cabe a nós decidir nada, apenas passamos para o Vaticano o que estava acontecendo para eles decidirem se há algo a ser feito”, diz Correa.

A CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) diz, por meio de sua assessoria de imprensa, que tomou conhecimento da polêmica e que o assunto foi incluído na pauta da reunião do Conselho Permanente que acontece até esta quinta (22).

Procurados pela reportagem para comentar o assunto, representantes da Nunciatura no Brasil não responderam aos telefonemas nem aos pedidos por e-mail. Também foram procurados o cardeal Braz ou algum representante da Congregação para os Institutos de Vida Consagrada, sem sucesso.

bomba.jpg

– 12 anos que o Paulista FC conquistou a Copa do Brasil

Data Inesquecível: rememore a reportagem da Rede Globo sobre a conquista do Paulista frente o Fluminense pela Copa do Brasil 2005 (12 jogos ao total, contra 6 adversários da A1).

(Infelizmente, o time caiu para a 4a divisão estadual e aguarda calendário até Abril de 2018!)

Em: https://www.youtube.com/watch?v=clNpqeMiy40

– Por uma boa 5a feira!

Bom dia. Começando bem mais uma ótima jornada (e há de ser boa)!

Buscando gastar a adrenalina em busca da endorfina: vamos correr? Nossa foto-motivação:

bomba.jpg

Durante o treino, pensando nas coisas do Alto. Hoje em Nossa Senhora da Esperança, Mãe de Jesus. Nossa foto-meditação:

bomba.jpg

Pós-treino, alongando no jardim e curtindo a rosa lilás. Que tal nossa foto-inspiração?

bomba.jpg

FINISHED, hora de trabalhar! Em meio ao caminho, nossa foto-contemplação do amanhecer:

bomba.jpg

Ótima quinta-feira para todos!

– O investimento paternal sempre valerá a pena!

Sábio pensamento:

Chamamos os anos que um homem fica ao lado de seu filho até ele chegar a adolescência e vida adulta de ‘investimento paternal’”.

Stephen Kanitz,  http://blog.kanitz.com.br/2010/12/d.html

Não é a pura verdade? Investir nos filhos se resume a amar. E amar é capacitá-los para a vida. Para quem pode, estar ao lado dos filhos é pura Graça de Deus.

imgres.jpg

– Pastor Cláudio Duarte, que falou mal de Nossa Senhora, pede desculpas.

Oriundo da Igreja Batista, Cláudio Duarte, pastor, é marcado pelo bom humor e irreverência de suas palavras. Porém, foi infeliz numa declaração anti-ecumênica e depois se desculpou. Viram a polêmica?

O pregador disse ter ido a uma Igreja Católica e durante a Missa ministrou aos presentes dizendo queMaria não é uma divindade (IMPORTANTE – Para os católicos, Maria também não é deusa, mas sim a primeira dos cristãos, por ser esposa do Espírito Santo, serva do Pai e mãe do Filho – tendo sido imaculada por todo o sempre pela Graça de Deus). Disse mais, abaixo:

“Esses dias fui pregar em uma Igreja Católica e falei que os protestantes muitas vezes ignoram a importância de Maria. Como eu vou dizer que Maria foi uma mulher qualquer se ela foi a única mulher nessa Terra que teve o privilégio de ouvir o Filho de Deus lhe chamando de mãe (…) Mas ninguém pode ser mãe de alguém que é mais velho (…) Ela não morreu virgem e não pecou por causa disso, ela era casada com o Zé.”

O pastor posteriormente disse que foi irônico, apenas brincou e não quis ofender ninguém. Assumiu ter sido infeliz nas suas palavras, embora, tenha dito que “os católicos presentes naquela missa deram risada com o que falou”.

Sinceramente, sabe o que penso?

O Pastor Cláudio Duarte tem sido um excepcional evangelizador e reconhecidamente entendeu ter errado em tocar no assunto tão querido aos católicos: a pura VENERAÇÃO (não é adoração) à Virgem Mãe. Ecumenismo é rezar nas semelhanças da Fé a Deus, que é o mesmo para cristãos (Pai), judeus (Yaveh), islâmicos (Allah).

Sem polêmicas desnecessárias.

bomba.jpg

– Mil Gozito, a paródia de Depacito (por Túlio Maravilha)!

Sensacional! O irreverente Túlio Maravilha lançou a música “Mil Gozito”, fazendo a alusão à canção Despacito e com uma letra extremamente engraçada.

Veja que figuraça, em: https://www.youtube.com/watch?v=lpKVtMbnoLU

– Os cúmplices são culpados e o cabeça não é condenado?

Mas que demora para decidir a vida (na cadeia ou não) do Aécio Neves (igualmente se diga de Lula). Mas o interessante é: a irmã e o primo do senador mineiro, CÚMPLICES, foram presos e agora estão cumprindo a domiciliar com tornozeleiras eletrônicas.

Se os cúmplices foram condenados, por quê Aécio ainda não?

Sem resposta…

bomba.jpg

– A Polêmica de Leandro Donizete: falta de profissionalismo?

Leandro Donizete chiou no Santos FC por não ser titular. O jogador, que não se firmou titular, ao saber que continuaria como reserva com Levir Culpi se recusou a participar do próximo jogo do Peixe.

Peraí: o cara ganha R$ 300 mil / mês e faz “mole” para ficar no banco?

Primeiro: tem que ganhar a vaga dentro de campo (independente de salário). Segundo: há de ser profissional…

Ô dinheiro mal gasto do Santos, não?

bomba.jpg

– Machado de Assis, eterno!

E hoje se comemora o 178o ano do nascimento de Machado de Assis.

Teria sido ele o maior escritor do Brasil? Será que as gerações futuras discutirão se Paulo Coelho o superará/superou?

1.jpg

– Eu estava dando crédito a Luxemburgo…

Nos anos 90, Vanderlei Luxemburgo era incontestável estrategista. No começo dos anos 2000, trabalhei algumas vezes em jogos com ele na função de 4o árbitro e fiquei impressionado como ele falava com os boleiros e mudava o jogo.

Dando sempre valor a quem venceu e tem experiência, queria crer (para o bem do futebol) que o Luxa não estivesse ultrapassado ou que não era verdade a história de que só sabia trabalhar com jogadores estrelas. Ledo engano…

Não bastasse os problemas extracampo (cassinos, polêmicas com empresários e declarações estapafúrdias – como a de que Guardiola seria somente “marketing” e que ele, Vanderlei, não precisa mais aprender nada no futebol), há pouco disse que entraria na Política. Ato contínuo, assumiu o Sport-PE e não consegue bons resultados.

Será que é hora de admitir: Luxemburgo FOI um grande treinador de futebol no passado?

bomba.jpg

– Uma 4a feira bem disposta!

Bom dia. A manhã está fria e com muito vento. Coragem, vamos correr? Nossa foto-motivação:

bomba.jpg

Durante o treino, pensando nas coisas do Alto. Hoje em São Luís Gonzaga, padroeiro da Juventude. Nossa foto-meditação:

bomba.jpg

Pós-treino, alongando entre as flores do jardim. Nossa foto-inspiração:

bomba.jpg

Enfim, hora de trabalhar! E no caminho, o sol desperta dando cores ao dia cinzento. Nossa foto-contemplação:

bomba.jpg

Ótima quarta-feira à todos!

– As Futuras Mudanças das Regras do Futebol em Discussão!

Estamos vendo muita confusão com pequenas mas significativas mudanças nas regras e orientações no futebol, como, por exemplo, a questão do impedimento (precisa-se de “bula” para as novas interpretações).

Mas se você acha isso “radical demais”, saiba: a International Board redigiu uma proposta de estudos para a alteração profunda do futebol chamado de “Play Fair, em alusão à expressão Fair Play, dividindo as mudanças em “viáveis a curto, médio e longo prazo”. Com isso, se deseja que o futebol alcance a melhora de 3 pontos:

  1. respeito do comportamento do jogador,
  2. aumento do tempo de bola rolando e
  3. a legitimação dos resultados (fim dos erros de arbitragem).

O documento original, em inglês, pode ser acessado no PDF que segue: http://www.play-fair.com/data/Strategy_Paper_EN_150dpi_Doppelseiten.pdf (ops: o arquivo é bem pesado, tenha acesso a uma boa conexão para acessá-lo).

Algumas das propostas são:

– Faltas, escanteios e tiros de meta poderiam ser cobrados para o próprio jogador (não precisará que outro atleta toque a bola, pode sair jogando sozinho),

– Aplicação de Cartões Amarelos e Vermelhos para os membros de Comissão Técnica (quantos treinadores levariam amarelo no Brasileirão, não?),

Acabar com o rebote do pênalti. Se a bola não entrar no gol, reinicia-se o jogo com tiro de meta.

– Só se poderá encerrar o 1o e o 2o tempo com a bola parada, nunca com a bola rolando,

– A mudança do tempo de jogo para 2 tempos de 30 minutos, com o árbitro paralisando o seu cronômetro a cada interrupção, sendo que os torcedores acompanhariam o relógio do juiz através de cronômetros no estádio (o relógio do tempo de jogo voltará!).

Cobranças de pênalti alternadas (bate o time X, depois duas vezes o Y, depois se faz a repetição ao inverso).

E aí, o que acham das idéias? Teriam mais algumas?

bomba.jpg

– 3 dias de trabalho às pessoas? O ócio criativo!

Carlos Slim, o homem mais rico do mundo, bilionário dono da Claro, Net e Embratel, declarou que gostaria que as pessoas trabalhassem 3 dias por semana. Ele acredita que assim todos teriam mais tempo para a família, e com cabeça “fresca”, teriam mais disposição e boas ideias.

Tal pensamento vai de encontro com as ideias do italiano Domenico de Masi, que há 20 anos defende a ideia do “Ócio Criativo” (descansadas, as pessoas criam mais, segundo ele).

Detalhe: será que Slim colocaria em prática em suas empresas tal proposta? Lembrando que ele próprio é workaholic…

ocio-criativo.gif

– Lembrando e esquecendo erros (de quem mesmo?)

Admiro as mensagens do precursor da música católica no Brasil, Pe Zezinho SCJ.

Nesta, sobre nossos erros (e os dos outros) ele foi perfeito. Na imagem:

ClqcrsfWgAAri92

– Lidando com gente difícil no cotidiano!

Um artigo bacana publicado no Caderno “Inteligência”, na Época Negócios: como se relacionar com gente de personalidade forte, instável ou antissocial. Dicas que extrapolam a Administração de Empresas e vão ao cotidiano da sociedade.

Abaixo, extraído de: http://epocanegocios.globo.com/Inteligencia/noticia/2012/06/gente-e-problema.html

GENTE É PROBLEMA

E você tem que saber lidar com os tipos.

O primeiro é o colega “Mel Gibson”, o tipo hostil, que leva tudo para o lado pessoal quando é contrariado; o segundo é o colega “Marilyn Monroe”, suscetível à rejeição, preocupado com a desaprovação alheia, real ou imaginária; o terceiro é o “Woody Allen”, neurótico, que faz uma tempestade diante de qualquer conflito; por fim, há o colega “Paris Hilton”, o egoísta que só enxerga o próprio umbigo. Sim, são estereótipos. Mas cada vez mais encontrados no mundo do trabalho, segundo a revista Psychology Today.

Lidar com eles é uma habilidade necessária. Para fazer isso, mantenha as interações curtas e objetivas. A comunicação deve ser lógica, pois é infrutífero – e perigoso – tentar fazer uma comunicação emocional com o interlocutor emblemático. Outra dica: mantenha o foco na conversa nele, não em você. É a forma mais segura para que, mais tarde, suas palavras não acabem distorcidas. Não tente convencê-los de seu ponto de vista. Também pare de sonhar que algum dia essas pessoas poderão ser tratadas normalmente. Aceite-as como são!

Com um colega difícil, é salutar evitar assuntos espinhosos. Quando isso for necessário, faça-o a portas fechadas (…).

COMO-LIDAR-COM-PESSOAS-POSSESSIVAS.jpg