– Borboletas ou Jardins?

Mário Quintana foi um dos grande poetas do nosso país. E uma de suas belas citações é:

“O segredo é não correr atrás das borboletas… É cuidar do jardim para que elas venham até você. No final das contas, você vai achar, não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!”

Belo e profundo. Interprete como você quiser.

Trabalhar paciente e corretamente para o sucesso/ felicidade pode ser um desses entendimentos.

Ou não?

borboletas.jpg

– Metas para o Ano Novo já estão sendo executadas neste 3o dia?

Como é difícil traçar metas para o ano seguinte… Mais difícil do que isso, claro, são os objetivos a longo prazo.

Resolvi listar algumas coisas (sempre faço isso e não vale a pena relatar quais são elas em público). Não sei se vou conseguir realizá-las, mas… tentar vale a pena, não?

E você, como está a sua relação para 2021? Já estamos no 3o dia do ano, e há de se começar a “colocar em prática”…

– Ânimo: Reflexões e Orações, Confiança em Deus e Disposição para Viver!

Há certos momentos da nossa vida em que tudo parece dar errado. Nesses tempos de crise, de turbulência econômica, financeira, social e moral, tendemos a perder a esperança.

Cuidado! Abramos os olhos e o coração. Não podemos nos desesperar!

São muitos os intervalos da batalha em que deixamos nos levar. Pode ser por culpa do cansaço da luta, mas não podemos desistir. Levantemos a cabeça! Se apegue em algo ou em alguém.

Quando oscilo ou vacilo, busco a . Não que a abandone quando tudo está bem, mas me socorro à Força que vem do Alto!

Compartilho algumas mensagens revigorantes, de ânimo e de esperança:

1- Retirada da postagem no Facebook da amiga Maria Castilho de Andrade:

A respeito da Oração de Recolhimento, no livro “Intimidade Divina” do Padre Gabriel de Santa Maria Madalena, OCD,

De São João da Cruz (C 1, 8):

“Goza-te e alegra-te em teu interior recolhimento com Ele, pois o tens tão próximo! Aí O deseja, aí O adora, e não vás buscá-LO fora de ti, porque te distrairás e cansarás sem poder encontrá-LO… nem tê-LO mais perto do que dentro de ti.”

De Santa Teresa D’Ávila (Cm 28, 2):

“Por baixinho que fale, está Ele tão perto que o ouvirá. Para ir buscá-lo não precisa de asas: basta que se ponha em solidão e o contemple dentro de si.”

Bonito, não?

2- Retirada deste Blog na Postagem intitulada “Motivos para fazer valer a vida”:

Diante desses textos dos livros do “Provérbios” e da “Sabedoria”, extraio um lembrete de valorização da vida. Quando se sentir deprimido, cansado, cobrado ou desesperançoso, vale a pena dar uma lida!

Abaixo:

ODE À VIDA

Refleti sobre tudo,

e compreendi que os justos, os sábios e suas ações estão todos nas mãos de Deus.

O homem, por si só, não conhece nem o amor nem o ódio, embora tudo isso se desenvolva diante dele.

Tudo têm o mesmo destino,

Tanto o mau como o bom,

O puro e o impuro,

Quem se sacrifica e quem não se sacrifica (…).

Todos eles se dirigem para junto dos mortos.

Enquanto há vida, há esperança, porque é melhor um cão vivo do que um leão morto.

Portanto, vá!

Coma o seu pão com alegria e beba seu vinho com satisfação,

Porque com isso Deus mostra que é bondoso para você (…).

Goze a vida com a esposa que você ama, durante todos os dias da vida fugaz que Deus lhe dá.

Faça-o enquanto tem forças,

Porque no mundo dos mortos, para onde todos irão, não existe ação, pensamento ou ciência.

O mais veloz nem sempre vence a corrida, nem o mais forte vence a batalha.

O pão não é para os mais sábios, nem as riquezas para os mais inteligentes, nem o favor para os mais cultos, porque tudo depende do tempo e do acaso.

Além disso, o homem é como os peixes, que são pegos na rede!

Ou como os pássaros, que caem presos em arapucas.

Pois assim, da mesma forma, pode lhe cair a desgraça surpreendendo-o. (Prov 9, 1-12 c/ adapt).

Portanto, viva! Viva em abundância! Trabalhe, mas viva.

Preocupe-se, mas não se esqueça de viver. Olhe para a sua volta e agradeça por mais um dia de vida.

E, simplesmente, viva!

3- Salmo 37 (com adaptações):

TEMPORÁRIA A FELICIDADE DOS PERVERSOS

Não te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que praticam a iniqüidade.

Pois eles dentro em breve definharão como a relva e murcharão como a erva verde.

Confia no SENHOR e faze o bem; habita na terra e alimenta-te da verdade.

Agrada-te do SENHOR, e ele satisfará os desejos do teu coração.

Entrega o teu caminho ao SENHOR, confia nele, e o mais ele fará.

Fará sobressair a tua justiça como a luz e o teu direito, como o sol ao meio-dia.

Descansa no SENHOR e espera nele, não te irrites por causa do homem que prospera em seu caminho, por causa do que leva a cabo os seus maus desígnios.

Deixa a ira, abandona o furor; não te impacientes; certamente, isso acabará mal.

Porque os malfeitores serão exterminados, mas os que esperam no SENHOR possuirão a terra.

Mais um pouco de tempo, e já não existirá o ímpio; procurarás o seu lugar e não o acharás.

Mas os mansos herdarão a terra e se deleitarão na abundância de paz.

Trama o ímpio contra o justo e contra ele ringe os dentes.

Rir-se-á dele o Senhor, pois vê estar-se aproximando o seu dia.

Os ímpios arrancam da espada e distendem o arco para abater o pobre e necessitado, para matar os que trilham o reto caminho.

A sua espada, porém, lhes traspassará o próprio coração, e os seus arcos serão espedaçados.

Mais vale o pouco do justo que a abundância de muitos ímpios.

Pois os braços dos ímpios serão quebrados, mas os justos, o SENHOR os sustém.

O SENHOR conhece os dias dos íntegros; a herança deles permanecerá para sempre.

Não serão envergonhados nos dias do mal e nos dias da fome se fartarão.

Mas o SENHOR não o deixará nas suas mãos, nem o condenará quando for julgado.

Vem do SENHOR a salvação dos justos;

O SENHOR os ajuda e os livra; livra-os dos ímpios e os salva, porque nele buscam refúgio.

4- Oração de Nossa Senhora Desatadora dos Nós

Maria, mãe de Jesus, interceda por nós a seu Filho, nosso único Deus e Senhor:

Virgem Maria, Mãe do Belo Amor,

Mãe que jamais deixa de vir em socorro a um filho aflito,

Mãe cujas mãos não param nunca de servir seus amados filhos, pois são movidas pelo amor divino e a imensa misericórdia que existem em teu coração, volta o teu olhar compassivo sobre mim e vê o emaranhado de nós que há em minha vida.

Tu bem conheces o meu desespero, a minha dor e o quanto estou amarrado por causa destes nós.

Maria, Mãe que Deus encarregou de desatar os nós da vida dos seus filhos, confio hoje a fita da minha vida em tuas mãos.

Ninguém, nem mesmo o maligno poderá tirá-la do teu precioso amparo.

Em tuas mãos não há nó que não poderá ser desfeito.

Mãe poderosa, por tua graça e teu poder intercessor junto a Teu Filho e Meu Libertador, Jesus, recebe hoje em tuas mãos este nó………

Peço-te que o desates para a glória de Deus, e por todo o sempre.

Vós sois a minha esperança.

Ó Senhora minha, sois a minha única consolação dada por Deus, a fortaleza das minhas débeis forças, a riqueza das minhas misérias, a liberdade, com Cristo, das minhas cadeias.

Ouve minha súplica.

Guarda-me, guia-me, protege-me, ó seguro refúgio!

Maria, Desatadora dos Nós, roga por mim.

5- De súplicas e ensinamentos diversos:

Extraído de Isaías 33, 2

“Ó Senhor Deus, tem compaixão de nós pois esperamos que nos ajudes.

Sê o nosso protetor todos os dias,

Sê o nosso Salvador em tempos de dificuldades.”

Extraído de Santa Teresa Benedita da Cruz:

“Quanto mais escuridão se faz ao nosso redor, mais devemos abrir o coração à Luz que vem do alto”.

Extraído do Evangelho de São João Batista 16,33:

“No mundo vocês vão sofrer, mas CORAGEM, eu venci o mundo”.

bomba.jpg

– Pensamento de Santo Ambrósio em seu Dia!

Vivemos numa era onde o equilíbrio emocional, espiritual, físico e financeiro precisam estar cada vez mais em sinergia. E sinceramente, penso que isto não é bom. Este equilíbrio, honestamente, é necessário, pois verdadeiramente bom seria que simplesmente vivêssemos em paz. Mas como hoje é dia de Santo Ambrósio, um santo alemão do século 3, compartilho uma reflexão maravilhosa do mesmo e que se faz necessária neste mundo tão ferido dos dias de hoje, onde o conforto das pessoas, às vezes, se baseia na vingança; onde alardeia-se o sucesso às custas do insucesso profissional de outros; ou, ainda, que neste mundo capitalista tão competitivo, nem todos têm espaço. Tudo isso pode ser verdade, mas não deveria.

Assim, lembremo-nos do pensamento ambrosiano:

Ninguém cura a si mesmo ferindo os outros”.

O amor, a oportunidade e a presteza podem ter lugar num mundo cada vez mais vazio e contraditoriamente repleto de anseios.

Resultado de imagem para Santo Ambrosio

– #tbt: Educar (e Sonhar) é Preciso!

NASA?
ONU?
INFINITO IMAGINÁRIO?
Não importa. O que vale é sempre manter-se sonhando e aprendendo!

Que minha Marininha não esqueça nunca desse momento tão marcante. Ela, e todas as crianças desse evento maravilhoso!

3a Mostra Cultural “Eu no Mundo”, Tato Ecolégio, 08.12.2018

🖐🏻✨ 🌓 ☀️ 🌎 👽 🚀 📚

#Educação #Ciência #Conhecimento #Descoberta #Crianças #Escola #Sonho #Aprendizado

– Dia Especial

Há 4 anos… um momento incrível na vida de qualquer pessoa! Relembrando:

Tem algo mais gostoso do que ouvir pela primeira vez o coraçãozinho do seu nascituro?

Escutamos o do nosso (a) segundo (a) filho (a).  A emoção, claro é indiscritível!

E ao chegar o trabalho, eis que encontro no mural um lembrete ao papai da minha primogênita:

Preciso do que mais para ser feliz?

– Transitoriedade da Vida

Estava aqui num tempo de descanso e reli o folheto da Missa de Domingo (de semanas atrás). Que Evangelho bonito, mensagem sábia e esperançosa!

Jesus fala sobre as coisas que valem a pena! Viver na amizade, de bem com o próximo e consigo mesmo. Pra quê materialismo, se o que vale é a certeza da Vida Eterna? Estamos apenas num período de transitoriedade, de coisas passageiras.

Precisamos nos espiritualizar mais, dedicarmos às coisas que valem e que motivam. Nas dificuldades, respirar fundo e seguir em frente.

Alguém disse que não se pede para nascer e nem para morrer; portanto, deve-se viver bem esse grande intervalo“.

É isso aí.

Felicidade é saber apreciar as pequenas coisas da vida

– Carpe Diem / Curta o Momento.

Há seis anos, faleceu o escritor, filósofo e educador Rubem Alves. Dos contemporâneos, foi sempre um dos mais importantes.

É dele o dito:

Não economize para o amanhã, viva hoje o presente“.

Uma espécie de Carpe Diem, o famoso aproveite o dia. Mas é bem por aí: a gente se preocupa tanto com o futuro que se esquece do agora. Claro, não é para sermos irresponsáveis com o amanhã, mas mais atuantes no dia-a-dia.

3159891452_a14bb0c655.jpg

– Ser luz em um mundo sombrio!

Se nossa sociedade está vivendo numa escuridão infinita (e parece que estamos, em meio a tanta violência e a tanto ódio), se cada um de nós formos um pingo de luz (mesmo que seja diminuto), aqueles que vivem nas trevas procurarão o brilho de Deus que devemos emanar.

O Evangelho de Jesus que devemos proclamar se resume em levar a esperança e o amor ao próximo; sendo assim, ser luz do mundo e sal da terra se fazem condições inegociáveis para a vida pacífica e de sociabilidade ideal.

Temos feito isso? Vale refletir!

Resultado de imagem para Sal da terra e luz do Mundo

– Uma boa recordação para esta 5a feira!

Como em toda a 5a feira se faz postagens saudositas (chamadas de #tbt), a publicação de hoje é de um dia muito bom: a minha filhota Marina Porcari e o “Poço dos Desejos”!

Qual seria o seu pedido ideal a ser feito, caso encontrasse um?

O meu é o mesmo de sempre: SAÚDE e PAZ!

Ótimo dia a todos.

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– Do que é feita nossa casa espiritual?

Ouvi essa palavra de um padre durante um aconselhamento. E realmente vale pensar sobre as dificuldades da vida que enfrentamos:

Se não passarmos por provações, não saberemos se nosso templo-corpo-alma (casa espiritual) é de palha, madeira ou ferro. Mas seja do que for, tem que ser alicerçado na Pedra Angular que é Jesus“.

Vale o conselho: nunca desanimar e esperar em Deus. Lembremo-nos: se ele cuida até dos passarinhos, por quê abandonaria seus filhos amados?

bomba.jpg

– Nick Vujicic, o exemplo maior de superação!

Tetra-amelia é uma doença rara em que a pessoa nasce sem braços e pernas (os quatro membros). E Nick Vujicic, 34 anos, atleta australiano paraolímpico, é uma das vítimas dessa enfermidade.

Entretanto, ele trabalha como palestrante motivacional, exerce uma missão evangelizadora cristã e adora abordar o tema “esperança”.

Sempre alegre, Nick só lamenta uma coisa: não poder abraçar Dejan e Kiyoshi, seus dois filhos!

Um tapa na cara de muita gente (como eu) que às vezes reclama da vida…

bomba.jpg

bomba.jpg
bomba.jpg

– Sobre a espera da chegada do bebê pré-maturo ao lar!

Algo que eu e minha esposa vivenciamos: quando a gravidez é interrompida antes da hora e a chegada do bebê ao lar é maior do que se aguardava.

Extraído de OESP, 14/05/2017

QUANDO SER MÃE ENVOLVE ESPERA MAIOR QUE 9 MESES

Por Fabiana Cambricolli

Mulheres que tiveram bebês hospitalizados falam da alegria de passar o primeiro Dia das Mães em casa

SÃO PAULO – Quando engravidou, em 2015, a bibliotecária Tatiane Mendes de Souza Rocha, de 34 anos, mãe de primeira viagem, já imaginava quantas tarefas novas teria de assimilar para cuidar de Estevão. Não desconfiava, porém, que o maior desafio seria o de aprender a esperar. E ela aprendeu. Após dar à luz, foram 70 dias até Tatiane ser autorizada pelos médicos a pegar o filho no colo. Nove meses se passaram até que ela pudesse levar o menino do hospital para o lar. Um ano foi necessário para que Tatiane, enfim, comemorasse hoje seu primeiro Dia das Mães com o filho em casa.

Estevão é considerado – pela mãe e pelos médicos – um milagre. Nasceu no dia 25 de abril do ano passado, na Pro Matre Paulista, pesando 680 gramas, aos cinco meses de gestação. “Minha gravidez era de risco porque eu podia ter trombose. Fiz repouso e me cuidei, mas, com 23 semanas, meu colo do útero não aguentou e ele nasceu”, conta Tatiane.

Duas semanas depois, no primeiro Dia das Mães da bibliotecária, a angústia predominava. Estevão continuava na UTI neonatal, entubado. “Era um misto de alegria com frustração e medo. Ele era muito pequenininho, parecia que ia sumir. Meu marido me deu um presente, almoçamos em família, mas não consegui celebrar de verdade. Sabia que era mãe, mas a maternidade não era palpável. Eu nem tinha sequer segurado meu filho no colo ainda.”

Os meses seguintes foram de mais dificuldades. O bebê precisou ser submetido a três cirurgias e, em duas delas, desenvolveu infecções generalizadas. “A fé virou o nosso último recurso. Ele continuava na UTI, e eu estava lá todos os dias, das 7 às 21 horas. Ficava ao lado da incubadora, cantava para ele, conversava. A gente foi acreditando na recuperação, e ele foi crescendo, ganhando peso”, relata.

No dia 27 de janeiro, Estevão finalmente foi para casa com a mãe. A data de hoje será comemorada por Tatiane com o mesmo almoço em família do ano passado, desta vez com Estevão tentando engatinhar entre os pés dos pais, rindo e batendo palmas. “Agora, a maternidade me parece completa.”

Presente. Poder ver de perto o sorriso, o olhar e os primeiros passos dos filhos tornou-se o maior presente de Dia das Mães para a dona de casa Karina Caitano Lopes Basílio, de 30 anos. No ano passado, ela também passou a data em uma UTI neonatal, com os gêmeos Gustavo e Isabella, nascidos prematuros de 32 semanas. Eles ficaram internados por 46 dias no Hospital Metropolitano. “Era muito sofrido. Ninguém espera ver o filho na UTI, com acesso (venoso) na cabeça. Mas, por outro lado, cada grama de peso que eles ganhavam era uma comemoração”, conta Karina.

Segundo Mariana Bonsaver, psicóloga da Pro Matre Paulista, a presença dos pais nesse período de internação é importante para a recuperação da criança. “Os bebês que têm esse carinho apresentam uma melhora clínica e de ganho de peso.”

Para o primeiro Dia das Mães de Karina com os filhos fora do hospital, a família planejou um piquenique no parque. “Vamos juntar a minha mãe, os meus irmãos e os meus filhos para essa festa. Demorei dez anos para conseguir engravidar e vivi um medo tão grande de perdê-los, mas agora vejo que é a coisa mais maravilhosa do mundo. Me tornei uma pessoa melhor”, diz ela.

Visão de mundo. É a mesma impressão que tem a representante comercial Aline Bertolozzi, de 35 anos, mãe de Leonardo, de 2 anos e 3 meses. Para ela, o filho chegou para mudar sua visão da vida. “Enxergo tudo de forma mais positiva e colorida. Antes eu me estressava com problemas no trabalho. Hoje vejo que não é nada”, comenta ela, que, depois de dois Dias das Mães no hospital, passará a data em casa com Léo e o marido.

Diagnosticado no pré-natal com atresia de traqueia – condição em que o órgão fica obstruído –, o menino precisou ser submetido a uma traqueostomia ainda na barriga da mãe. Foi o segundo procedimento do tipo feito no mundo. Uma semana depois da intervenção, porém, quando Aline estava com 25 semanas de gravidez, foi necessário um parto de emergência.

Durante a internação, Léo apresentou uma complicação que levou à remoção do seu intestino. O bebê se recuperou e, um ano depois do nascimento, foi para casa. Em maio do ano seguinte, pouco tempo antes do Dia das Mães, Léo foi internado de novo, com febre.

Nada grave, mas Aline mais uma vez passava a data dentro do Hospital Samaritano. “O que conforta é que a gente monta uma rede de apoio entre as mães. Eu mesma formei um grupo de mensagens com mais de 500 mães no mundo cujos filhos têm o mesmo problema no intestino”, conta ela. Léo, embora já em casa, ainda precisará de um transplante do órgão. O procedimento é feito somente nos Estados Unidos e custa US$ 1 milhão. No Facebook, a família faz campanha para arrecadar a quantia em uma página batizada de ‘Juntos pelo Léo’.

E é pensando no filho que Aline celebrará a data de hoje. “A gente não vai almoçar fora porque preferimos ficar em casa por causa da imunidade dele. Mas, na nossa vida, todo detalhe é comemorado. Com o Léo feliz, tenho certeza de que o dia vai ser incrível.”

bomba.jpg