– E se fosse aqui no Brasil?

Viram que loucura está o Peru?

Os 4 últimos presidentes “estão atolados até o pescoço” com envolvimento de corrupção junto à Odebrecht (que estrago a construtora brasileira provocou não só em nosso país, não?). Agora, o atual, Martín Vizcarra, quer diminuir seu próprio mandato em 1 ano, bem como o dos congressistas, “a fim de recomeçar o país”. Por lá, os deputados são extremamente malvistos.

Mas como fazer isso? Difícil responder… democraticamente, parece utopia.

Já imaginaram Lula ou Bolsonaro (ou qualquer outro “presidenciável”) pedindo menor tempo de mandato?

Em tempo: Vizcarra prometeu não se candidatar na próxima eleição.

Resultado de imagem para Martín Vizcarra

 

Anúncios

– O pênalti decisivo a favor do Tricolor Paulista no Maracanã: sobre Fluminense 1×2 São Paulo

Confesso: olhei com muita boa vontade o lance derradeiro do jogo de sábado a noite no Maracanã. Após a cabeçada de Everton (SPFC) a bola teria sido tocada intencionalmente com a mão por Allan (FLU). Não consigo entender como pênalti.

Vale destacar: o árbitro Anderson Daronco estava muito bem posicionado, de frente para o lance. Nenhum jogador do São Paulo reclamou de pênalti por não ter visto essa mão intencional. Mais do que isso: nas imagens do Globoesporte.com, em algumas outras do YouTube e por diversas vezes vendo o replay, eu também não consigo enxergar qualquer movimento deliberado ou antinatural que possa ter cometido o atleta do time carioca.

Me estranha muito Daronco ter mudado sua decisão após a consulta ao VAR, insisto, pois ele tinha uma visão privilegiadíssima da jogada, e sendo lance interpretativo, estaria ele mais capacitado de entender se foi infração ou não.

Porém, sorte do Anderson Daronco que repercutirá muito pouco. Errar em jogo no sábado a noite e por PPV é muito menos danosos para a imagem do árbitro do que no domingo às 16h na TV aberta. É fato.

Resultado de imagem para Fluminense x São Paulo

– Dai-nos a benção, ó Mãe Querida!

Gosto muito de visitar o Santuário Nacional de Aparecida. Sou devoto mariano e a veneração à Virgem Maria nos ajuda a adorar nosso único Deus: Jesus Cristo, que com o Pai e o Espírito Santo vive e reina por todo sempre.

Estar na Basílica de Nossa Senhora Aparecida é sentir PAZ. Prefiro peregrinação durante a semana, mais calma, sem tanta multidão. Isso ajuda demais à interiorização e introspecção. Aliás, o ambiente de lá é maravilhoso. Veja só minha filha simetricamente posicionada a um dos grandes vitrais:

Imagem

Lá estivemos em família, confessando nossos pecados, agradecendo as bençãos recebidas e pedindo força para a caminhada – com a Graça da Eucaristia e sob a proteção da Mãe de Jesus. Nossa família:

Imagem

Já estivemos aí várias vezes e certamente iremos outras também. Peregrinar é caminhar para Cristo!

– Como ter um bom domingo?

Minha resposta é simples: brincando com as filhas!

A caçulinha, hoje, simplesmente pegou uma florzinha no jardim, correu para me entregar e disse: “Pra você, Papai El ‘helói’ da nenê”!

Como eu vou desejar qualquer outra coisa na vida do que estar com ela? E com a mais velha? E com a patroa?

Que todos nós possamos curtir nossas famílias…

Imagem

Ganhei uma flor de “outra flor”…