– As mulheres são maioria nos cursos de Doutorado e Mestrado!

Sexo Frágil? Nada disso. As mulheres ganham espaço em todos os campos da sociedade (como deveria ser normal), mas um número é interessante: segundo a CAPES, elas são quase 20% a mais nos cursos de mestrado e doutorado.

Extraído de: https://www.capes.gov.br/pt/sala-de-imprensa/noticias/8787-mulheres-permanecem-como-maioria-na-pos-graduacao-brasileira

MULHERES SÃO MAIORIA

Os dados da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) sobre o Sistema Nacional de Pós-Graduação apontam que as mulheres são maioria nessa modalidade da educação brasileira. Os números mais recentes, de 2016, indicam 165.564 mulheres matriculadas e tituladas em cursos de mestrado e doutorado, enquanto os homens somam 138.462, uma diferença de aproximadamente 19%.

Apenas na modalidade de mestrado acadêmico, as mulheres somaram aproximadamente 12 mil matrículas a mais que os homens e cerca de 6 mil títulos a mais foram concedidos a mulheres naquele ano. A modalidade de doutorado também traz realidade semelhante, com um total de 57.380 mulheres matriculadas e 11.190 tituladas, ao passo que os homens somaram 50.260 matrículas e 9.415 títulos em 2016.

Ainda que o crescimento da participação feminina seja uma realidade, existe uma série de desafios para uma plena igualdade de gêneros, inclusive na ciência e na pós-graduação. Áreas do conhecimento tradicionalmente masculinas, como Engenharias, Computação e Ciências Exatas e da Terra continuam com a presença maciça de homens, ainda que a perspectiva apresentada com os números dos últimos 15 anos seja de maior igualdade nessa relação.

Além disso, apesar de hoje as brasileiras serem maioria da população, viverem mais, acumularem mais anos de estudo e terem aumentado ano a ano a responsabilidade por manter os domicílios do país, ainda ganham menos que os homens brasileiros e são vítimas de violência doméstica. Se for considerado o último relatório da Organização Mundial da Saúde, o Brasil ocupa a 7ª posição entre as nações mais violentas para as mulheres, de um total de 83 países.

O relatório Global da Defasagem de Gênero 2016, do Fórum Econômico Mundial, também sugere que a igualdade econômica entre sexos, no ritmo atual, pode demorar 170 anos e alerta para uma drástica freada nos avanços nos últimos anos também em razão dos desequilíbrios crônicos nos salários e na participação no mercado de trabalho.

Sexo

DOUTORADO

MESTRADO

MESTRADO PROFISSIONAL

MATRICULADO

TITULADO

MATRICULADO

TITULADO

MATRICULADO

TITULADO

FEMININO

57.380

11.190

69.211

27.662

15.811

5.290

MASCULINO

50.260

9.415

57.238

21.393

16.935

5.328

Total Geral

107.640

20.605

126.449

49.055

32.746

10.618

*Fonte: Plataforma Sucupira (CAPES/MEC)

(Brasília – CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura “CCS/CAPES”

Resultado de imagem para doutoras são maioria no Brasil

 

Anúncios

– Mas que vacilada, Tragante!

Se quando um ex-árbitro revela qual foi o seu time do coração quando ainda torcia  – e isso é muito complicado (vários, como eu, deixam de tê-lo para todo o sempre, pois você acaba conhecendo os bastidores do futebol mais a fundo), imagine se o cara ainda está em atividade no esporte!

Márcio Tragante é um cara do bem. Conheço ele, é gente boa, parou de bandeirar e virou analista da FPF. E na sua Rede Social deixou escapar piadinhas envolvendo as eliminações de Mengão e Porco.

Pô, se segura, amigo! Pode parecer brincadeira bobinha, mas estamos no mundo do futebol e da web! Quer lugar mais propício para entender que isso não é devido?

Se fosse de um torcedor comum, passaria batido. Mas o problema é que a atividade que exerce não permite… 

Abaixo, extraído de: https://jovempan.uol.com.br/esportes/futebol/analista-de-var-provoca-palmeiras-e-fla-apos-eliminacoes-e-e-afastado-pela-fpf.html

ANALISTA DE VAR PROVOCA PALMEIRAS E FLAMENGO APÓS ELIMINAÇÕES PELA FPF

Marcio Tragante, assistente de arbitragem da Federação Paulista de Futebol e da CBF, provocou Palmeiras e Flamengo após as eliminações dos times na Copa do Brasil, na última quarta-feira (17). Hoje, o auxiliar foi afastado de todas as atividades dos campeonatos organizados pela FPF. A informação foi inicialmente divulgada pelo site “Nosso Palestra”.

Em sua conta pessoal no Facebook, Marcio postou memes satirizando. “Copinha Manchada”, dizia uma delas. Em outra, uma montagem com os rostos de Dudu, atacante do Palmeiras, e Diego, meia do Flamengo, faziam referência a uma dupla sertaneja chamada “Cheirinho e Chorão.”

Ex-árbitro, atualmente o profissional estava atuando como analista de campo ou como analista de vídeo (VAR). Ele trabalhou, inclusive, na partida entre Palmeiras e São Paulo, válido pela semifinal do Campeonato Paulista.

Punido, Marcio terá o seu caso avaliado pela Corregedoria de Arbitragem para que tome as providências cabíveis.

Em nota, a FPF tomou conhecimento e esclareceu o caso.

“Informada sobre essas postagens, a Federação Paulista de Futebol verificou a veracidade  das informações com o senhor Marcio Tragante, que confirmou ter realizado os posts. 

Imediatamente, a Diretoria de Arbitragem afastou o mesmo de todas as atividades como avaliador de arbitragem nos campeonatos organizados pela FPF e encaminhou o caso para a Corregedoria de Arbitragem para que tome as providências cabíveis.

A FPF ressalta que repudia de maneira veemente a atitude de Tragante, uma conduta inaceitável e antiprofissional que não condiz com os princípios da entidade.” 

– Com US$ 13 bilhões de dólares recuperados, como desqualificar a Lava Jato?

Ontem, a Operação Lava Jato conseguiu recuperar mais um valor de corrupção política, totalizando mais de 13 bilhões de dólares devolvidos para os cofres públicos!

Por mais que se possa estar discutindo os excessos que possam ter ocorrido com Moro e Dellagnol (mas sem prejuízo de provas forçadas), desqualificar o trabalho da Lava Jato é uma grande sandice.

Diante disso, pensemos: quanto dinheiro foi roubado nesse período em que as quadrilhas agiram? Quem está com a grana toda? Quem eram os “cabeças”?

Se partirmos do simplório princípio de que tudo está errado, então soltemos Eduardo Cunha, Lula e outros bandidos, devolvendo aos corruptos os mais de R$ 60 bilhões recuperados...

Resultado de imagem para Dólares

– Já foi à Missa por obrigação?

Esse texto é bem auto-explicativo. Disse o Padre Zezinho, SCJ, em seu twitter:

“Ir à Missa por obrigação é como tomar refeição mesmo sem apetite. Às vezes o paciente se alimenta sem desejo de comer, mas sabe que precisa comer para aguentar o dia. Feliz daquele que sente fome de Eucaristia. Feliz de quem não sente esta fome, mas sabe que precisa dela!”.

Dessa forma, percebamos que a Eucaristia é o alimento da alma, que ajuda-nos a sustentar a fé!

zezinho

– É inveja que muitos tem sobre o comentarista Sandro Meira Ricci ou não?

Sem titubear na resposta: um pouco, sem dúvida.

Me admiro como tem gente que procura “cuidar da vida dos outros”. Uma pena que isso ainda aconteça nos dias atuais. Explico:

Vejo e leio muitas pessoas criticando a participação (e ainda cornetando a contratação) de Sandro Meira Ricci, o ex-árbitro de futebol que apitou duas Copas do Mundo, analisando pela Rede Globo, desde a aposentadoria de Arnaldo Cesar Coelho. E olha que já faz tempo…

Cá entre nós: apesar de muita gente lembrar de erros de jogos por ele arbitrados no final de carreira (eu prefiro também recordar dos acertos no começo dela) ou de falarem de uso político do apito (mesmo sem embasamento muitas vezes, já que quando ele iria para a FIFA “perdeu um ano” na espera), penso que não se pode confundir o profissional com o homem

Eu vejo o próprio Gaciba (hoje na CBF e antes na Globo), o Paulo César de Oliveira, o Sálvio Spinola, o Godoi, o Carlos Eugênio Simon, agora a Renata Ruel, fazendo seus comentários, nos quais posso concordar ou discordar. Normal. Mas não é por isso que desqualificarei alguns deles. Há muita situação interpretativa e se torna impossível a opinião ser uníssona no futebol. Eu mesmo discordei bastantes de alguns comentários de lances comentados pelo Ricci na Globo – sempre respeitosamente. Afinal, comentar na TV não é para qualquer um e tem que ter competência, não há dúvida.

Por quê se preocupar e FALAR ou ESCREVER publicamente sobre a vida pessoal dele? Não se deve fazer isso de ninguém! Vira-e-mexe recebo coisas que são pura fofoca, nada mais do que isso, e que envolvem de futebol até sobre o casamento dele com a ex-assistente Fernanda Colombo (imagine que babaquice falar sobre isso).

Deixa o cara na dele! A vida pessoal é do Sandro Meira Ricci, só interessa a ele. Aliás, se a pessoa não gosta de assistir ele comentando, ou o Galvão narrando, mude de canal! Simples.

Aproveitando: a Central do Apito, onde atua na TV Globo nitidamente, existe e foi criada para não se dizer que o Arnaldo era insubstituível, mas principalmente para que a opinião do comentarista de arbitragem não fosse repassada ao árbitro durante o jogo. Perceberam como mudou a participação do analista do árbitro nas transmissões? Assim, não fica conveniente enrolar em campo para saber o que foi dito ao vivo na TV aberta e isso servir de decisão ao árbitro, como era feito antes.

Enfim: cada um na sua! Ninguém pode fazer juízo de alguém abertamente, desrespeitando os outros.

bomba.jpg

– O fim dos likes do Instagram? Ou melhor: da contagem aberta!

Não muda nada na minha vida a história do fim da “contagem dos likes do Instagram”, tão debatida e desnecessariamente ocorrida. Muda apenas para quem vive disso, tanto como fruto de curtidas por ostentação quanto por remuneração dos “influencers”.

Na verdade, as contagens agora aparecem no topo, quando se abre a foto e clicando em “curtidas por fulano e outras pessoas”. Mas isso somente para quem postou, quem lê não sabe quantas curtidas aquela pessoa tem.

Uma bobagem tudo isso, não? O problema é que muitas pessoas sofrem de ansiedade e estão viciadas em redes sociais, acabando com a vida pessoal e se dedicando a virtual. Para elas, isso é “O” acontecimento da semana…

Resultado de imagem para curtidas do instagram

 

– 5 cliques para uma boa 6a!

Bom dia!
Tudo pronto para suar mais uma vez. Vamos correr logo cedo para ter energia durante a jornada inteira?
Motivando no clique 1:

Correndo e Rezando:
“Ó São José, castíssimo esposo da Virgem Maria, rogai por nós e por nossas famílias! Amém.”
Meditando no clique 2:

E no fim do cooper…
Suado, cansado e feliz, curtindo a beleza das flores. E as nossas roseiras abaixo?
Relaxando no clique 3:

Depois da atividade física, o belo amanhecer em Jundiaí!
Mais uma alvorada bonita para todos nós ficarmos inspirados.
Curtindo o céu no clique 4:

Para a proveitar a postagem cheia de poses mobgráficas, compartilho o entardecer de ontem na vizinha cidade de Itupeva. Viva a generosa natureza de paisagens indescritíveis!
Admirando no clique 5:

Ótima sexta-feira para todos.

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby