– Quem disse que o futebol profissional é saudável? O Risco de Artrite em Atleta Profissional é o Dobro do que atleta amador

Ser atleta profissional pode ser problemático para a saúde. Olha só a palavra de um especialista:

Esporte de rendimento não é uma atividade física saudável. Os atletas abrem mão de parte de sua saúde em busca de performance

Diego Leite de Barros, fisiologista do Esporte do Hospital do Coração

Pior: osteoartrite é uma das coisas mais freqüentes! Cuidado com as articulações e joelhos…

Extraído de: http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/1023836-risco-de-artrite-em-atleta-profissional-e-duas-vezes-maior.shtml

RISCO DE ARTRITE EM ATLETA PROFISSIONAL É DUAS VEZES MAIOR

Por Thiago Fernandes

Não são só os atletas de fim de semana que correm risco com atividades físicas. Um estudo sueco mostrou que esportistas profissionais, praticantes de modalidades como futebol e rúgbi, têm mais risco de desenvolver osteoartrite nos joelhos e quadris do que homens que fazem pouco ou nenhum exercício.

O trabalho mostrou risco duas vezes maior em jogadores de futebol ou handebol, e três vezes maior em jogadores de hóquei. O estudo foi publicado no “American Journal of Sports Medicine”.

O estudo foi feito com mais de 700 atletas aposentados, com idades entre 50 anos e 93 anos e quase 1.400 homens da mesma idade que se exercitaram pouco ou nada.

A osteoartrite ocorre quando há um desgaste excessivo da cartilagem que amortece as articulações. Nesse caso, os ossos acabam raspando um no outro, causando dor.

LESÕES E CUIDADOS

Segundo o fisiologista do esporte do Hospital do Coração, Diego Leite de Barros, lesões ósseas e musculares fazem parte da rotina de quem escolheu essa profissão.

Esporte de rendimento não é uma atividade física saudável. Os atletas abrem mão de parte de sua saúde em busca de performance“, diz.

Barros aponta que o principal fator para a ocorrência de lesões, seja em profissionais, seja em amadores, são altas cargas de treinamento em curto período de tempo.

Com o esforço excessivo, não há tempo para o corpo usar seus mecanismos de recuperação. O principal deles é o próprio músculo, que protege ossos e articulações, desde que seja exercitado da maneira correta.

Apesar de o estudo sueco ter sido focado nos homens, esportes de impacto podem ser perigosos para ambos os sexos. Segundo um levantamento feito pelo Instituto do Joelho do HCor em outubro, em 2011 foi observada uma alta de 20% no número de mulheres atendidas com lesões nessa articulação na comparação com 2010.

A elevação é atribuída à tendência atual das mulheres de praticarem esportes de impacto como futebol e corrida de aventura, antes redutos masculinos.

Com relação ao coração e ao pulmão, Barros diz que o maior risco é para quem começa a fazer atividade física sem passar por um check-up.

“O esforço pode desencadear um problema cardíaco já presente. Não são raros os casos de infarto em quem começa um esporte sem acompanhamento. Mas, se existe o aval do cardiologista, não há com o que se preocupar.”

Em atletas, o efeito no coração é a longo prazo. Ao longo dos anos, a tendência é que o órgão aumente de tamanho, o que pode levar a insuficiência cardíaca em alguns casos. Isso ocorre com maratonistas, segundo outro estudo recente.

– Carros que Não valem o Preço

Há duas edições, a revista Forbes publicou uma matéria sobre o quão caro custam os automóveis brasileiros.

Para eles, não é compreensível que um Jeep Grand Cherokee, que custa R$ 56.000,00 nos EUA, saia para o brasileiro a R$ 181.000,00!

O sarro é o que a matéria diz:

não é compreensível que carros como Toyota Corolla ou Honda Civic sejam veículos que dê status aos seus proprietários.”

Pois é. Pagamos bem caro para carros que são considerados comuns no mercado externo

– Os Patriarcas e Profetas da Bíblia, parte 2

Dando continuidade aos nossos enconctros da Catequese do Sacramento do Crisma, publico nossa discussão deste sábado:

Os Patriarcas e Profetas da Bíblia (PARTE 2)

 

Neste encontro, veremos que :

– Deus escolhe Abraão para se revelar ao mundo, e através do povo de Abraão (o povo judeu), se revela a todas as pessoas.

 

Algumas passagens para você estudar e entender a história de Abraão:

·         Deus se revela a Abraão – Gênese 12, 1-3

·         Aliança com Abraão – Gênese 17, 1-8

·         Promessa de dar um filho a Abraão na velhice – Gênese 17, 15-22

·         Sara duvida de Abraão – Gênese 18, 9-15

·         Nascimento de Isaac – Gênese 21, 1-8

·         Sacrifício de Isaac – Gênese 22, 1-19

 

Nas diversas passagens, vemos Deus pedindo algo importante para Abraão: a FIDELIDADE.

 

Reflita: Será que os diversos momentos onde Deus pede que Abraão seja fiel (e Ele, Deus, se mostra fiel em retribuição) acontece ou já aconteceu com você também?

 

Isaac, filho de Abraão, tem um filho que se chama Jacó (também chamado de Israel), ao qual Deus também se revela para perpetuar seu Nome.  Vemos a revelação de Deus a Jacó em Gênese 28, 10-15. Em Gn 35, 23-26, vemos os doze filhos de Jacó, que constituiriam as 12 grandes famílias ou tribos da nação de Israel: Rubem, Simão, Levi, Judá, Issacar, Zabulon, José, Benjamim, Dã, Neftali, Gad e Aser – e deles surge o povo judeu, que constitui ISRAEL.

 

Reflita2: Deus demonstrou tanto carinho com Israel, mas até hoje o povo está vivendo em guerras por terra. Se Deus ama tanto alguém, por quê esse alguém sofre mesmo assim?

 

O povo judeu, que passa a viver no Egito, torna-se escravo do faraó. E do povo surge um libertador: Moisés (Êx 2, 1-15 e Ex 3, 1-15) . Por mais que Moisés pedisse a libertação dos judeus, o faraó negava. Vemos em Êxodo 14 a fuga do Povo de Deus, que sofria, sorria, caminhava, desesperava e vacilava na fé. Mesmo assim, Deus continua com ele.

 

Reflita3: Assim como na fuga do povo hebreu houve muito desespero, tristeza, desalento, em muitos momentos sentimos depressão e desesperança. Como você lida com isso?

 

Depois que o exército do faraó é derrotado, Deus, demonstrando compaixão de seu povo eleito, guia-os até a terra prometida, donde os judeus eram originários (terra natal de Abraão), e estabelece os 10 mandamentos (Êxodo 20).

 

Reflita4: Você tem praticado os 10 mandamentos no seu dia-a-dia?

 

Esta fuga vencedora dos judeus frente aos egípcios, o fim da escravidão desse povo, levou-os a festejar este episódio anualmente, criando-se a festa da Páscoa Judaica, junto com a época da colheita de suas plantações. Por vontade divina, a ressurreição de Cristo coincide durante estes festejos, centenas de anos mais tarde. É por isso que  chamarmos a Ressurreição do Nosso Senhor Jesus Cristo de festa da Páscoa Cristã.

 

Outras Reflexões—————————————————————————————-

 

5.         Deus pede a nós sacrifícios do mesmo peso que “a morte do próprio filho”, como o de Isaac, ou são outros os desafios que ele permite a nós no dia-a-dia? Fale sobre isso:

 

6.         Os judeus viveram muito tempo em caminhada, no sofrimento e em dificuldades. Você tem paciência suficiente para suportar que as “tempestades da vida” passem?