– Só para reforçar… FELIZ DIA DOS PAIS

Nos posts anteriores do blog, já deixei minha mensagem de carinho pelo Dia dos Pais. Mas sabe como é…

É TÃO BOM SER PAI!

Bem sincero, com linguajar informal: Putz, ser pai é indiscritível!

Quando soube que a Andréia estava grávida, não cabia de alegria! Estourei champagne, gritei, pulei… não sabia o que fazer.

E quando soube que seria pai de menina, coisa que eu nem imaginava?

Estava preparado para ser pai tanto de menina ou menino, mas, no fundo, acho que o homem se condiciona mais para receber um homenzinho. Quando soube que seria a Marininha… me senti o homem mais importante da face da terra!

Me recordo que fui à primeira loja de brinquedos que encontrei e comprei um monte de bonequinhas. A vendedora perguntou quantos anos tinha minha filha, e eu… kkk… tentei dizer que ela ainda estava na barriga da mãe dela, mas de tão encantado, chorei. E a vendedora se emocionou e chorou junto!!! Precisava ter filmado isso… rsrsrs

Vale a pena, pois hoje a minha filha é tão amiga…

Carinhosa, sarrista, ela adora fazer maluquices para ver minhas caretas! E quando vamos ao cinema, ficamos a semana inteira incorporando os personagens. Agora, a onda é brincar de “Valente”, a princesinha da Disney.

Olha ela aqui: http://www.youtube.com/watch?v=upL5fbEiC-k

Vivo a paternidade intensamente. E agradeço todos os dias a Deus por me fazer pai, e me ter dado um pai tão bondoso, honesto e justo, que ensinou tudo o que sei e me fez ser o que sou.

Pai, te amo. Se eu for metade do que o senhor é, serei um gigante!

FELIZ DIA DOS PAIS

– A Função Social da… Motoserra?

Às vezes, pessoas públicas devem ficar caladas, se o argumento não for convincente. Leia a idiotice que o Deputado Federal do DEM-RR, Luciano Pizzatto, a respeito do desmatamento – basicamente, para ele, é importante desmatar para dar oportunidade de plantar!.

O que os defensores do meio ambiente devem entender é que o universo é violento e destrutivo. Ao derrubar uma árvore, estamos na verdade dando o direito de outra árvore nascer”.

Acredite, ele é deputado e disse isso mesmo!!!

– Enfermeiras contra a Erotização da Imagem

Ora essa! As enfermeiras estão em pé de guerra com qualquer tipo de alusão pejorativa à atividade delas. Já conseguiram que os programas de TV não utilizem mulheres com fetiche de enfermeiras, além de programas de humor que utilizam de tal expediente. Agora, até o Google terá que retirar páginas pejorativas. Estão em defesa da imagem da sua atividade…

Extraído de: http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI76111-15220,00-ENFERMEIRA+NAO+PODE+SER+EROTIZADA.html

ENFERMEIRAS CONTRA EROTIZAÇÃO DA IMAGEM

Os conselhos de enfermagem processam artistas e televisões que perpetuam o imaginário erótico em torno da enfermeira

por Nelito Fernandes

Se existe uma coisa que deixa as enfermeiras doentes é personagem de televisão mostrando enfermeira sexy. Aí não há remédio: é processo na certa. Pelo menos 15 ações movidas por associações profissionais da categoria já tiraram do ar figuras que reforçam o fetiche. A última vítima da fúria das profissionais foi Luciana Gimenez. Uma liminar impediu o Superpop de exibir qualquer reportagem mostrando strippers fantasiadas de enfermeira. Agora, o Conselho Regional de Enfermagem do Rio de Janeiro (Coren-RJ) estuda uma ação contra o Google. Quer que o buscador pare de exibir imagens de enfermeiras sensuais e não indexe mais sites que façam referência a elas com conotação sexual. Mas isso não deixa a liberdade de expressão dodói?

“Qualquer proibição é uma forma de cerceamento da manifestação artística e cultural, garantidas pela Constituição”, diz o superintendente da Rede TV!, Dennis Munhoz. A presidente do Coren-RJ, Rejane de Almeida, diz que a exibição desse tipo de personagem reforça o fetiche. “As enfermeiras acabam sofrendo assédio sexual por causa disso. Principalmente no caso em que o doente não está debilitado, como pacientes de ortopedia. Há vários casos em que a enfermeira vai fazer a higiene e o paciente fica excitado”, diz ela.

É complicado, mas o fetiche vem mesmo da televisão. Para o psicólogo social Bernardo Jablonski, o desejo nada tem a ver com as personagens que aparecem. “A enfermeira cuida, pega e toca no paciente. Existe também uma tendência de desejo a profissionais que servem, como o pedreiro, o encanador. Quando você está doente, quem fica na beira da cama, cuidando? Sua mãe. Em última análise, é uma reaproximação edípica”, diz Jablonski, que também é autor do humorístico Zorra total. Como redator, ele considera a proibição absurda. “Há um cerceamento. Hoje na TV os vilões só podem ser empresários, senão alguma classe reclama. Isso é um exagero, uma radicalização”, diz. Presidente do Coren de São Paulo, Cláudio Porto discorda. “Entendemos o direito à liberdade de expressão, mas não podemos ser coniventes quando esse direito induz a sociedade a pensar de uma forma distorcida sobre uma profissão”, diz.

A Justiça, que é cega, não quer mesmo ver enfermeiras eróticas: até agora as associações não perderam sequer um processo. Na lista dos proibidos estão Alexandre Frota (não, ele não se fantasiava de enfermeira, ainda bem, mas criou uma personagem feminina), Flávia Alessandra, Tom Cavalcante e muitos outros (leia abaixo). E não é preciso nem mesmo ser enfermeira para ser vetado. Tom Cavalcante teve de abandonar o bordão “Chama a enfermeira”. A personagem de Flávia Alessandra que fingia ser enfermeira, mas era stripper, teve de inventar outra desculpa para o marido e deixou de sair de casa vestida de uniforme branco. Frota matou sua Enfermeira do Funk, que estava prestes a sair na Playboy fantasiada. Já Scheila Carvalho, que mostrava o tchan vestida de enfermeira na música “Turma do batente”, também teve de parar. A canção falava sobre várias profissões e Scheila disse que escolheu vestir a roupa para homenagear amigas e parentes que são enfermeiras. A letra da música dizia o seguinte: Ela pega na cabeça e o dodói passa/e o dodói passa e o dodói passa/e ela pega na cintura e o dodói passa.

O dodói pode até passar, mas a ira das enfermeiras não. As associações também ficam fulas com DVDs pornôs. O filme Hipertensão sexual, cheio de cenas eróticas com enfermeiras, teve de ser recolhido e a produtora Sex Sites Editorial se comprometeu a não fazer mais nada com o tema. Três sites de venda de produtos eróticos também foram obrigados a tirar do ar fantasias de enfermeirinhas. Um deles foi condenado a pagar R$ 20 mil de indenização por desrespeitar a ordem judicial. O dinheiro, segundo a associação, foi usado em cursos para enfermeiras. Frota teria de desembolsar R$ 1 milhão se desobedecesse. É dinheiro suficiente para deixar qualquer um doente.

– O Brasil é o País de que Esporte: Futebol ou Vôlei?

Já cansamos de falar do fiasco do futebol masculino brasileiro nos Jogos Olímpicos de Londres 2012. Mas do futebol feminino, não podemos cobrar tanto, pois não há investimentos.

E o que dizer do vôlei?

O histórico olímpico e, principalmente, os resultados da atual Olimpíada, mostram quem o futebol perde de goleada em medalhas e elogios para o Voleibol!

Com equipes sazonais, sem serem ligadas aos clubes de futebol, com pouca grana e alguma torcida nos campeonatos locais, a Pátria está de Joelheiras!

Qual é o segredo? Garra + Disposição dos Atletas? Nível Técnico inferior dos Adversários (claro que não)? Organização dos dirigentes? Enfim… Por quê o Voleibol Brasileiro é sucesso absoluto nos torneios em que disputa?

(ops: me refiro fiasco ao futebol masculino pois, pelos adversários e pelos nomes que estavam lá, a obrigação era a de vencer- dos demais esportes, não dava para cobrar).

– Turitas Americanos no Brasil Desconhecem Brasília

Olha só: divulgou-se uma pesquisa onde 75% dos turistas que chegam dos EUA aqui no Brasil desconhecem que Brasília é nossa capital.

Normal. E se fizéssemos uma pesquisa perguntando aos brasileiros qual a capital dos americanos? Tenho certeza que Nova Iorque ganharia de Washington.

Aliás, há muitas cidades que são as mais importantes de um país e que não são as capitais. Embora Roma, Paris ou Buenos Aires sejam as capitais e principais cidades respectivamente de Itália, França e Argentina, não vale dizer o mesmo de Johannesburgo, São Paulo, Zurique, Sidney, entre tantas outras.

Ter a maior economia nem sempre representa ser a capital política e administrativa, embora sua força econômica a influencie.

– Graça Forte se segura, se segura…

Quem está no ramo de combustíveis sabe que, num piscar de olhos, a Petrobrás pode surpreender e aumentar os preços.

Depois de 15 anos, a empresa registrou prejuízo, e a parcela de acionistas (ela é estatal com capital misto) está forçando um significativo aumento, que oneraria a Gasolina em mais de R$ 0,20.

A presidente da empresa, Graça Foster, nega aumento. Mas nitidamente percebe-se que é da boca-pra-fora

Antes das Eleições, duvido que mexam no preço. Mas na segunda-feira seguinte ao pleito… xiiii… os bolsos dos consumidores que tomem cuidado!

– R$ 30,00: O Preço de Uma Vida na Síria

Para alguns, a vida não vale nada. Todos nós vemos a guerra civil que está ocorrendo na Síria. E, devido ao noticiário dos Jogos Olímpicos e Mensalão, nós, brasileiros, deixamos um pouco de lado as manchetes do Oriente Médio.

Enquanto isso, leio que lá em Aleppo, norte da Síria, foi preso o shabiha Ali Hussein Mawas.

Sabe o que é um shabiha? É um matador de aluguel, que cobra 1000 libras sírias por cabeça morta. Em reais: 30,00.

É o valor que alguns dão por uma vida lá… Será que por aqui não temos também matadores de aluguel?

Infelizmente, sim.

– Te amo, Pai!

Não sou de comemorar datas.

Sou de lembrá-las, mas não festejá-las, pois, afinal, todo dia é dia das mães, dos avós, da consciência disso ou daquilo…

Mas me rendo ao dia dos pais. É muito bom ser pai e ter pai!

 Meu pai é meu melhor amigo.

Porém, tenho pena dele.

Por quê?

Porque quando eu nasci, ele ainda tinha cabelo, bigode vistoso, saúde de ferro.

Veja como ele estava radiante:

 

  Antes de mim, ele era ainda um galã!

 O terror da Ermida e do Medeiros, um rebelde sem causa:

 

 Claro que contribui para a sua calvície. Dei trabalho, não era nenhum anjinho:

 

 O bigode do meu velho já não é mais o mesmo. Demos uma judiada legal nele…

Olhe como ele ficou:

 

 

 

Mas o importante é que o amamos e nos sentimos amados por ele.

Meu pai é minha inspiração, meu herói, meu companheiro.

Meu modelo e meu tudo.

Graças a ele, aprendi e sinto como é importante ser um bom pai.

E, como ser avô é ser pai duas vezes, um velho pai volta à infância com a neta:

 

 Tudo isso por uma família linda!

  

 FELIZ DIA DOS PAIS! Te amamos, pai!