– Tentando entender como a conta fecha!

Leia essa nota publicada em uma importante revista de circulação nacional, na semana passada:

MORADA DE LUXO

O goiano Alexandre Baldy, ex-ministro das Cidades de Michel Temer e atual secretário de Transportes Metropolitanos de João Doria, acaba de se instalar em um apartamento de luxo em São Paulo. Ele terá como vizinhos José Batista Sobrinho, da JBS, e Teodoro Nguema Obiang Mangue, filho do ditador da Guiné Equatorial. Valor do aluguel: 150.000,00 por mês. O salário como secretário é de 20.743,72 reais, na ponta do lápis, mas dinheiro não é exatamente um problema. Baldy é casado com Luana Gonçalves, da família fundadora da Neo Química. O secretário tem a missão de ampliar a Linha 17 do metrô, a cargo da chinesa BYD — empresa da qual Eduardo Paes é presidente. O sogro de Baldy, Marcelo Henrique, foi o maior doador individual de Pedro Paulo, candidato de Paes à prefeitura do Rio em 2016: 200.000 reais. Baldy nega as informações. Paes diz que a licitação ainda não tem vencedor e que só esteve com Baldy em duas oportunidades.

Viram a maluquice? Confesso que qualquer pessoa, por pior que seja em Matemática, vê que alguém está rasgando dinheiro ou, teoricamente, pagando para trabalhar.

Como explicar?

Sinceramente? Não acredito que um aluguel de apartamento residencial, por mais caro que possa custar, tenha seu preço de aluguel estipulado nesse valor inacreditável. Em todo caso, a informação está na edição 2642 de 03/07/2019 da Revista Veja.

bomba.jpg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.