– O “Disse-que-me-disse” mal dito do Chefe dos Árbitros

Repercutiu extremamente mal a entrevista do Chefe da Arbitragem da CBF, Coronel Aristeu Tavares, ao jornal “O Popular” de Goiânia/GO.

Em matéria intitulada “Arbitragem sob Suspeita”, por Thiago Rabelo (ed 20/02/2013), disse sobre a questão de manipulação de resultados no Brasil:

Sim. Existem denúncias e, repito, foram de pronto encaminhamento para o Ministério Público, que é o órgão fiscal da lei. Eu esperei virar o ano, ver as denúncias e as coletas de provas. Eu quero acompanhar isso. Vou pedir para verificar com o Ministério Público como que está isso, se houve evolução. Temos de acompanhar. É uma obrigação nossa. Somos fiscais da moralidade da arbitragem nacional. Posso dizer que a CBF tem colocado ferramentas à disposição, inclusive da população, para fiscalizar isso. (…) Não posso entrar em detalhes porque é denúncia e isso pode dar em nada. Pode ser que alguém fez a denúncia com um objetivo sem fundamento de atingir alguém, porque o torcedor é um ser passional. Ele vê a sua equipe sendo traída e prejudicada, e o culpado é o árbitro. (…) [Os árbitros denunciados] continuam trabalhando. A gente monitora, obviamente, e não há, a princípio, nenhum indício que contra indique o trabalho desses profissionais. Repito, é uma denúncia que tem de ser analisada. (…) Veja bem, algumas denúncias surgiram até de árbitros. É algo interessante. O árbitro fez uma denúncia que ouviu aqui, ali, acolá. É algo que já foi enviado para o Ministério Público e o presidente da CBF já foi alertado”.

Portanto, a CA-CBF e José Maria Marin estão cientes de que existem denúncias de torcedores e de árbitros. Se ainda não foram apuradas, por que divulgar? E qual o motivo dos denunciados estarem trabalhando, se são suspeitos? Imaginem se as denúncias forem comprovadas – o que vier depois do fato provado, também ficará sob suspeita!

Ainda bem que não repercutiu muito. Mas imagine se estivéssemos em fase decisiva do Campeonato Brasileiro, e ocorressem erros de arbitragens (comuns no Brasileirão) que indiretamente favorecesse X ou Y? O que iríamos ouvir de “esquema”, “teoria da Conspiração”, etc…

O Coronel Aristeu foi infeliz em divulgar que árbitros sob suspeitas estão trabalhando, mesmo investigados e denunciados. Se os nomes vazarem… Erro de marcação de lateral virará lance capital para quem perder!

Gozações e insinuações indevidas como abaixo, lamentavelmente, florescerão. Se há suspeitos, afaste-os e investigue-se rapidamente!

arbitros.jpg

arbitragem.JPG.jpg

– Notebook Google versus MacBook da Apple

Quem tem MacBook, sabe que o computador portátil da Apple é extremamente bom (e caro). E para concorrer com esse mercado de exigentes consumidores, o Google apresentou nessa última semana seu computador pessoal tátil, com o aviso explícito: é para concorrer com o Macbook

Extraído de: http://t.co/XVt86o9upR

GOOGLE APRESENTA COMPUTADOR PORTÁTIL CONCORRENTE DO MACBOOK DA APPLE

Por AFP

A gigante da internet Google apresentou esta quinta-feira um computador portátil com tela tátil voltado para os usuários de computadores de alta performance, concebido para competir no segmento dos MacBooks da Apple.

A Google informou que o dispositivo Chrome Pixel, que usará como base os chips da Intel e disporá de elementos gráficos de alta resolução, foram lançados nos Estados Unidos e no Reino Unido esta quinta-feira ao preço inicial de US$ 1.299.

“As pessoas deixarão o MacBook Air de lado por este”, assegurou Sundar Pichai, diretor do Google, ao apresentar o novo dispositivo à imprensa.

Segundo a empresa, trata-se de um modelo que oferece conectividade a partir do serviço de internet móvel Verizon chegarão ao mercado em abril ao preço de US$ 1.499.

A versão disponível na quinta-feira permite a conexão à internet através de redes sem fio ou via cabo.

“Há um produto com muito boa aparência”, disse Om Malik, do site de tecnologia GigaOm, durante a apresentação do produto em San Francisco, Califórnia (sudoeste dos EUA).

“Mas a Google enfrenta um problema de venda, tem que competir de forma original nos preços e construir uma base de desenvolvedores para um produto de alta qualidade”, acrescentou.

A empresa espera que as pessoas vejam além dos preços ao comparar o Pixel com concorrentes como o MacBook ou os computadores portáteis que usam Windows 8 e perceba o valor da tela têtil e o terabyte para o armazenamento online no Google Drive.

“Está claro que a tecnologia tátil chegou para ficar e que é o futuro”, disse Pichai. “Estou certo de que todos os portáteis serão táteis no futuro”, emendou.

imgres.jpg

– A Copa da Coca-Cola, queira ou não, é Empolgante!

Você pode detestar futebol, não beber refrigerantes e criticar o capitalismo. Como eu, não desejar uma Copa do Mundo no Brasil e se indignar com autoridades que dão “pão e circo” para seu povo.

Mas uma coisa é inegável: existe gente competente trabalhando no Mundial. E um dos patrocinadores, a Coca-Cola, prova isso.

Assisti e compartilho o vídeo “A Copa de Todo Mundo”, onde a empresa americana entusiasma as pessoas com a mensagem positivista / otimista da Copa, do Brasil e dos Brasileiros.

Se você não viu, aqui: http://www.youtube.com/watch?v=u-tp3SwitMY

imgres.jpg

– A Tristeza na Serra do Mar

Na sexta-feira, muito se ouviu falar das fortes chuvas na Baixada Santista. Entretanto, a Rodovia Anchieta sofria um pouco mais, com deslizamentos e interdições.

E não é que a Imigrantes, no final do dia, pela primeira vez em sua história registrou um soterramento?

Quem passa com frequência pela estrada dificilmente acreditaria em interdição por excesso de chuva. E o flagrante da água/terra, interditando o túnel e vitimando uma senhora, impressiona. Veja o vídeo com os carros “um em cima do outro”. Em: http://is.gd/IMIGRANTES

safe_image.php.jpg

– Treinador e Jornalista são Desonestos no Futebol?

Dunga, ex-jogador campeão do Mundo pela Seleção Brasileira, treinador da Canarinho na Copa de 2010 e atualmente dirigindo o Internacional/RS, sempre foi antipático com a imprensa. E sobre ela, foi infeliz nesse final de semana, declarando em entrevista que “alguns jornalistas ganham presentes para falar bem de atletas”.

Tal declaração teve resposta imediata de alguns, em especial do jornalista gaúcho Pedro Ernesto, que via Twitter disse:

Dunga diz que jornalistas ganham presentes. Eu digo que treinadores ganham dinheiro com compra e venda de jogadores (…) Dunga é um homem bem sucedido, vitorioso, mas mantém um rancor inexplicável. Seria mais feliz se levasse a vida numa boa.”

Quer saber de uma coisa? Ambos estão com razão, se considerarmos essa situação como exceção. Nada de generalizar, pois em todas as profissões existem os bons e os ruins.

Seria utopia imaginar que não existem jornalistas desonestos, comentando em interesse próprio, e tão pouco treinadores escalando por comissões de agentes (assim como árbitros, jogadores…).

Penso que a segunda situação (treinadores) tem maior incidência do que a primeira... E você, o que pensa sobre isso?

imgres.jpg

– Mancini duvida de Neymar na Terra da Rainha

Dias atrás divulgou-se que o sheik árabe proprietário do inglês Manchester City ofereceria 160 milhões de reais para contratar o santista Neymar.

Porém… Vejam a declaração do treinador do time, o italiano Roberto Mancini:

Não sei se Neymar está preparado para jogar aqui. Na Inglaterra, o futebol é diferente” (The Guardian).

É… se ele fosse mais disciplinado e menos polêmico em campo, teria a mesma dúvida? Balotelli, que é craque, foi liberado do próprio City por seus atos “desinteligentes”…

Acho mais fácil Lucas, ex-SPFC e que joga no PSG, ser eleito melhor do mundo do que o próprio Neymar, por motivos diversos (que ficarão para um próximo artigo…).

– O Ouro Verde Paulista

Cada vez mais a cana-de-açúcar demonstra ser o Ouro Verde (fazendo uma analogia ao petróleo, chamado outrora de Ouro Negro) no mercado agrícola e energético brasileiro. Da cana se produz o álcool, o açúcar, a garapa, a cachaça; do seu bagaço a energia elétrica, também biodiesel, e… pasmem… até água potável.

A Dedini, gigante do setor, está desenvolvendo um equipamento que explora simultaneamente 6 riquezas da cana-de-açúcar. Abaixo, extraído de:

http://www.terra.com.br/istoedinheiro/edicoes/599/a-usina-seis-em-um-dedini-desenvolve-um-equipamento-que-129820-1.htm

A USINA 6 EM 1

A HISTÓRIA DA DEDINI – Indústrias de Base é marcada por altos e baixos. Em 1987, a companhia quase fechou as portas por conta da forte retração do setor sucroalcooleiro. De uma hora para outra praticamente todas as encomendas foram canceladas e a direção da Dedini se viu sem recursos para honrar os compromissos. Para escapar da falência, foi preciso vender terrenos e até a divisão siderúrgica, repassada à Belgo Mineira. No final de 2008, o cenário pelo lado da demanda praticamente se repetiu. A crise econômica global fez com que os clientes se retraíssem, causando uma redução de R$ 600 milhões na carteira de pedidos da fabricante de equipamentos, caindo para R$ 2,1 bilhões. A diferença é que a Dedini de hoje em nada lembra a de dez anos atrás. A começar pela estratégia de produção, fortemente diversificada na qual as usinas de etanol respondem por cerca de 45% das vendas totais. Na década de 1980 esse percentual era o dobro. Além disso, em breve sairá do forno um produto que a própria empresa classifica como a usina do futuro. Batizado de Usina Sustentável Dedini, será a arma da companhia para enfrentar uma eventual retração do mercado. Hoje, uma unidade padrão é capaz de gerar produtos como açúcar, etanol, biodiesel (extraído da palha e das folhas da planta) e energia (por meio da queima do bagaço). A Usina Sustentável produzirá também fertilizante (da mistura de resíduos do processamento) e água para uso industrial e consumo humano. Hoje, este insumo é desperdiçado apesar de cada tonelada de cana ser composta de 70% de água. “A usina do futuro será praticamente autossustentável, com impacto ambiental próximo de zero”, diz Sérgio Leme dos Santos, presidente da Dedini, que assumiu o cargo em janeiro deste ano. O novo modelo de usina está em fase de testes e chegará ao mercado até o final de 2010. Para ampliar a receita, a empresa criou ainda uma divisão de automação. Ela é responsável pela montagem de equipamentos da marca e de outros fabricantes, uma tarefa que antes era entregue a terceiros e que já colabora com uma parcela expressiva do faturamento da Dedini.

Santos, porém, não acredita numa crise profunda para o setor. “A agroindústria vive um período de consolidação e deverá emergir desse processo ainda mais forte”, aposta. “A pressão global para o uso de tecnologias limpas deverá continuar favorecendo os investimentos em combustíveis renováveis, como o etanol.” Além disso, cerca de 95% dos pedidos estão em fase de produção nas cinco fábricas da Dedini e serão entregues até o final do ano. Com isso, a receita deverá se manter no patamar dos R$ 2 bilhões obtidos em 2008. Para especialistas, as perspectivas para o setor são realmente positivas. “O momento atual é delicado mas a expectativa é de que haja uma retomada no médio prazo”, opina Estefan Haddad, sócio- diretor da BDO Trevisan.

Mesmo que as previsões otimistas não se confirmem, a Dedini conta com a diversificação para superar possíveis dificuldades. Sua lista de produtos inclui esteiras para mineração, laminadoras para siderúrgicas, processadoras de biodiesel, usinas para tratamento de água e esgoto, tanques para cerveja e pequenas centrais hidrelétricas (PCHs). A diversificação é resultado de um robusto plano de investimentos que consumiu R$ 300 milhões no período 2005/2008. A tecnologia da Usina Sustentável foi desenvolvida pela equipe composta pelos 20 pesquisadores “da casa”, todos com título de mestre ou doutor, que tiveram o reforço de técnicos ligados a universidades de São Paulo e parceiros globais como a alemã Siemens, a sul-africana Bosch Projects e a americana Rohm and Haas. “Agregamos à nossa linha produtos para os segmentos nos quais poderíamos ser competitivos no cenário brasileiro e internacional”, explica o presidente da Dedini. Mas isso não significa dizer, no entanto, que a área de açúcar e álcool será abandonada. Ao contrário. Esse nicho faz parte do DNA da empresa fundada em Piracicaba (SP) em 1920.

imgres.jpg

– Eleições 2014: a todo vapor!

Quer dizer que o ex-presidente FHC declarou que estará ao lado de Aécio Neves como Lula está para Dilma?

A Eleição à Presidência já começou. E teremos FHC+Aécio X LULA+Dilma. Serão dois “presidentes adjuntos”, palpitando, ao lado dos seus presidenciáveis. Sim, pois Lula e e FHC ainda respiram a cadeira do Planalto. Luis Inácio, em especial, parece em alguns momentos que nunca deixou o cargo.

A opção chamada de “terceira via” será Marina Silva. Creio que não levará a vitória na Eleição 2014, mas decidirá o vencedor, já que vai tirar importantes votos do PSDB e PT.

imgres.jpg