– O Papa e o pós-Papado

Como será a primeira noite de Bento XVI, agora como ex-mandatário da Igreja Católica?

De fato, mais tranquila. Leve, sem o fardo que o sucessor de Pedro deve carregar. Fico pensando: o que, com quem e a que momentos as dificuldades ocorreram?

Sua renúncia nunca foi para mim um ato de fraqueza, mas de coragem. Abdicar do seu trono não deve ter sido fácil. Mas foi um despojar-se para que alguém que o suceda comece a lutar contra os males que a saúde e a habilidade política não permitiram que ele fizesse.

Imagine o tamanho da chaga que ele deve ter se defrontado ao saber detalhes dos escândalos sexuais e financeiros. Mas, contra as investidas do Maligno dentro da Igreja de Cristo, certamente o Espírito Santo agirá. É o que esperamos e rezamos.

imgres.jpg

– Yes, Rum não é Cachaça!

Ufa! Depois de muito tempo brigando com os EUA, uma vitória da pinga brasileira!

A nossa Aguardente era classificada como Rum, sofrendo com isso uma alta carga de impostos. Alguns chamavam a bebida pura pelo nome de Caipirinha. Mas, enfim, os americanos aceitaram a classificação como “Cachaça”.

Extraído de: http://www.istoedinheiro.com.br/noticias/113073_EUA+RECONHECEM+A+CACHACA+COMO+BEBIDA+BRASILEIRA

EUA RECONHECEM A CACHAÇA COMO BEBIDA BRASILEIRA

Por Carla Jimenez

Depois de anos de negociações, a Tax Tariff Bureau, divisão responsável pela regulamentação tarifária de produtos comercializados nos Estados Unidos, chancelou a classificação da aguardente brasileira como “cachaça”, abandonando o rótulo improvisado pelos importadores estrangeiros de “rum brasileiro”.

Segundo Ricardo Gonçalves, diretor superintendente da Cia Muller de Bebidas, que fabrica a caninha 51, o Brasil tentava o reconhecimento nos Estados Unidos, com apoio de entidades, desde o ano 2000. “Agora, só as bebidas destiladas no Brasil terão essa denominação”, diz Gonçalves, que também é presidente do Conselho Deliberativo da Associação Brasileira de Bebidas (Abrabe).
 
O reconhecimento da bebida brasileira era esperada desde que a presidenta Dilma Rousseff visitou o presidente Barack Obama, em abril do ano passado. Na ocasião, ficou acertado que os americanos certificariam a ‘branquinha’, e o Brasil fariam o mesmo para o bourbon, o uísque americano.
 
Hoje o Brasil exporta, globalmente, apenas US$ 14 milhões em cachaça. Com a nova denominação, há oportunidades de aumentar esse número, avalia Cesar Rosa, presidente das Indústrias Reunidas de Bebidas, que produz a Velho Barreiro. “Este foi um grande passo, mas é apenas o primeiro”, diz Rosa. “O setor ganha mais força para ganhar a denominação oficial da cachaça em todo o mundo, a partir de agora.”

mi_3012724419440866.jpg

– R$ 70,00 que acabarão com a Miséria?

Dona Dilma parece brincar com as pessoas inteligentes. Aumentou o bolsa-família para 70,00 reais e disse que isso acabará com a miséria de vez no Brasil.

Ora, ao invés de procurar dar emprego para que as pessoas possam dignamente se auto-sustentarem, pratica o assistencialismo eterno.

Falamos disso dias atrás em outro post: é a demagogia que impera nos discursos e práticas políticas. Além disso, como fica a miséria social (as faltas de condição de saúde, educação e segurança)?

imgres.jpg

– Maior proteção a Serra do Japi foi tema de reunião em Cabreúva

Por Reinaldo Oliveira

A cidade de Cabreuva sediou no dia 26 de fevereiro, uma reunião com participantes de Jundiaí e Cabreuva, cujo tema foi de unificar ações que proporcione mais proteção ao meio ambiente, em especial, ao território da Serra do Japi. A reunião foi uma iniciativa do presidente da Câmara Municipal de Cabreuva, vereador Antonio Carlos Pereira (PDT). Da cidade participaram a secretária de meio ambiente Rosimeire Rabelo Timporim, a secretária de Cidadania e Defesa Civil – Dra. Débora Emmanoelli, dos vereadores Paulo Henrique Amorim (PDT) e Ivonete Pereira Santos Souza (PDT), do Flavio Araujo Cruz – da Defesa Civil, do comandante da GM – Pedroso e do ouvidor da GM – Rômulo. De Jundiaí participaram o subcomandante da GM, Paulo Vicente da Silva, soldados GM, Cesar Zaratonelo e Darli, o presidente do Conselho Gestor da Serra do Japi – Antonio Luis Mendes Pereira, do conselheiro José Rosa e Reinaldo Oliveira, da ONG A Vida Vista de Cima.  Pereira iniciou a reunião explanando a preocupação existente com o crescimento de loteamentos e condomínios no entorno da Serra, em Cabreuva. Assunto que foi ampliado com as colocações sobre o fato também estar acontecendo em Jundiaí. Outra grande preocupação é sobre o final do período das chuvas, entrada do período de estiagem, quando aumenta a possibilidade de focos de incêndios. Muitos outros exemplos de risco foram colocados. Num segundo momento foram elencadas algumas ações que devem ser colocadas em conjunto pelos dois municípios, bem como a retomada do assunto na Aglomeração Urbana Jundiaí, que envolve sete municípios, sobre o que já foi pedido à órgãos estaduais, como a liberação de verbas para a aquisição de dois veículos específicos para ações de combate a incêndios florestais, equipamentos individuais para os componentes das equipes existentes nos municípios e formação de uma Brigada Regional, envolvendo brigadistas das sete cidades da Aglomeração Urbana Jundiaí, para atuarem de forma conjunto em  acontecimentos de riscos. Por ultimo também foi acordado sobre a necessidade de participação neste assunto de outros setores que podem contribuir nesta discussão, e convidá-los para a próxima reunião que será realizada no dia 26 de março.

imgres.jpg

– A Boa Vida de Ricardo Teixeira

A Folha de São Paulo de ontem destacou como vive Ricardo Teixeira pós-CBF.

Não é que ele vive num balneário de milionários, possui diversos carros de luxo (incluindo Porsche), e está curtindo a boa vida como um magnata?

Tudo bem, o problema (ou o bom gosto) é dele. Mas… será que com dinheiro honesto fruto do seu trabalho?

Dá dinheiro assim ser presidente da CBF (honestamente)?

imgres.jpg

Ele deve estar preocupado por lá, né?

– Elton John no Jockey? Não aprendem…

Dias atrás, Andrea Bocelli realizou um show a céu aberto no Jockey Club, em São Paulo. Choveu, ventou, atrasou… um desrespeito aos fans e ao próprio tenor.

E não é que em pleno verão, que chove quase todos os dias, fizeram outro com Elton John (ontem)? Por sorte, dessa vez as condições climáticas foram favoráveis. Mas que esses promotores gostam de risco, ô se gostam.

Elton John é certeza de música de ótima qualidade. E ainda bem que melhorou seu figurino, pois aqueles modelitos dos anos 70 / 80 eram horríveis. Ele chegou a fazer show vestido de Pato Donald!

imgres.jpg

– CNLB-SUL 1 realiza Assembléia Geral em Bauru/SP

Por Reinaldo Oliveira

O Conselho Nacional do Laicato do Brasil – Regional Sul 1, realiza nos dias 01, 02 e 03 de março, no Centro de Transformação e Vivências (CTV), em Bauru/SP, a sua Assembléia Geral Ordinária. A Assembléia que dará continuidade ao processo de formação, terá como tema Por um novo agir, com fé renovada e esperança ativa, ligado às celebrações pelos 50 anos da realização do Concílio Vaticano II, que será refletido por mais de uma centena de conselheiros adultos e jovens. Durante a realização da Assembléia, no dia 2 à noite, acontece solene celebração, fazendo memória pelos 40 anos de atividades da Pastoral da Juventude. “Será uma celebração para reafirmar profeticamente a caminhada do CNLB-SUL 1 com a juventude, revigorando a opção afetiva e efetiva pela vida dos jovens no Estado de São Paulo”, destacou um dos coordenadores da animação litúrgica do CNLB-SUL 1.

imgres.jpg