– O Brasil Político da Esquerda Mentirosa e da Direita Oportunista: quero achar um chefe de estado honesto!

Tivemos nesse domingo as manifestações contra a Corrupção, contra o Governo Dilma e contra o Lula-Petismo!

Impossível ignorar as pessoas nas ruas. Foram milhões de brasileiros em diversas cidades, revoltados com o abandono do país.

Correto. Temos uma Esquerda capitaneada pelo PT e pelos seus “partidos satélites”, que nos anos 80 pregava a ética e a lisura, mas que quando entrou no poder se corrompeu com os mais graves escândalos de roubo da nação, como Mensalão e Petrolão. Quem diz o contrário, é fanático-partidário.

Já a Direita é fraca, não sabe ser oposição e permitiu esse “status quo”. Formada por caciques do PSDB, foi omissa na maior parte dos casos e tentou se aproveitar de visibilidade no último protesto, sendo Alckmin e Aécio vaiados pela massa de 1,4 milhões de paulistanos na mais paulista das avenidas. Inclua-se na lista a agora peemedebista Marta Suplicy e outros tantos ex-petistas que abandonaram o barco para perder menos votos no próximo pleito.

Não me empolgo com nenhum partido ou nome de candidato. Todos são iguais perante o dinheiro público, infelizmente. E é o que temo: precisamos mudar esse Governo corrupto e prender os cabeças, como prioridade; depois ir para cima dos pseudo-salvadores da nação, tão envolvidos em outras maracutaias quanto os mandatários atuais. Todos devem ser investigados, doa a quem doer, pela ordem de importância dos seus crimes. MAS SOBRARÁ QUEM?

Sérgio Moro, corretamente, se tornou herói nacional. Ótimo, mas provavelmente quer distância do Planalto por ser honesto demais. Vai que perde a incorruptibilidade…

O duro é ver que muitos dos apoiadores do impeachment de Fernando Collor, que lesou menos o Brasil do que Dilma + Lula, são contrários ao impeachment atual. Será por que nomes como Sarney (o ícone do coronealismo), Collor (tirado do poder também por eles próprios mas hoje senador) e Maluf (o “rouba mas faz”) tem seus partidos integrando a base aliada?

bomba.jpg

– Partido Novo, Aécio e Dilma

Ouvi na Rádio Jovem Pan a entrevista do presidente do Partido Novo, a nova agremiação política do Brasil.

Gostei! Parece, de fato, uma terceira via. Mostrou ter uma ideologia liberal, de centro, sem políticos velhacos e viciados no jogo corrupto. Gente trabalhadora cansada dos mesmos nomes. Mostrou-se ético e, de certo ponto, “pixotesco” (no sentido bom da palavra).

De Dilma e o pessoal do PT, cansamos. De Aécio, a decepção por surgimentos de denúncias bem fundamentadas, em especial ao do uso particular por dezenas de vezes do avião do Governo de MG para recreação no RJ.

Tomara que seja uma alternativa o pessoal do Novo!

bomba.jpg

– Esperança na Política Brasileira e suas fases

Eu vivi o período da inflação alta, dos conturbados anos 80 e dos inúmeros planos econômicos.

A ESPERANÇA para o Brasil era o Caçador de Marajás, Fernando Collor de Mello, que pelo PJ (Partido da Juventude e que depois viraria PRN – Partido da Renovação Nacional), mudaria os rumos para o país.

Essa esperança era um engodo…

A NOVA ESPERANÇA veio com a posse de Itamar Franco e o aceite do Plano Real, uma espécie de dolarização da economia bolada pelo Ministro da Fazenda Fernando Henrique Cardoso. Ufa, que desafogo das dívidas e que fase maravilhosa da economia brasileira!

Essa nova esperança durou algum tempo. Veio a crise mexicana, a russa… e o não mais ministro, mas sim presidente FHC precisou tomar duras medidas para blindar o país. Veio a recessão econômica para segurar a inflação.

Surgiu uma NEO-ESPERANÇA, que disse que “venceria o medo”: Lula, que enfim se tornaria presidente e encontrou o país protegido da crise econômica internacional. Período de ascensão da classe média, de programas assistenciais em alta possibilitados pelo período impopular da gestão anterior. Mas a neo-esperança, que vencera o medo, trazia a desconfia consigo.

Veio a MÃE DA ESPERANÇA, a mãe do PAC, a mãe dos brasileiros, a reboque da neo-esperança: Dilma, que sem o mesmo carisma venceu 4 anos de excessivas críticas e desmandos. E reeleita, SEPULTOU A ESPERANÇA com a volta da inflação, do desemprego, da carestia e da falência dos cofres públicos.

QUEM RESSUSCITARÁ A ESPERANÇA? Temer? Aécio? Lula de novo?

Precisarei, então, rever meus conceitos de esperança…

bomba.jpg

– Golpismo da Oposição ou Demagogia da Situação?

Se correr o bicho pega; se ficar bicho come! Assim está a política no Brasil.

Não gostei de Aécio “trollando” na convenção do PSDB, dizendo que “o partido está pronto para governar”. Foi oposição acomodada até agora, e de repente reaparece? Aliás: está defendendo o Brasil ou lutando por causa própria?

Tampouco gostei da manifestação do PT, seja por Dilma, Rui Falcão ou Lula, alegando tentativa de golpe de estado

Quando Collor (que hoje faz parte da base aliada petista) sofreu o impeachment, a oposição (na qual o PT pertencia) conseguiu tirá-lo pela corrupção de uma Elba não declarada. E tudo foi democrático. Por que com os milhares de escândalos do PT e que envolvem a atual presidência não seria legítimo também?

O outro problema é: quem assume é Michel Temer.

Xi…

É a picaretagem petista contra a sede de poder de Aécio. Prefiro corroborar com Alckmin, que declarou ser “descabido promover confusão e impeachment neste momento“.

Contra a radicalidade, MODERAÇÃO!

A foto abaixo assusta e entristece…
bomba.jpg

– Como assim, Aécio e PT?

1) Como assim PT?

O Partido dos Trabalhadores anunciou que expulsará seus membros envolvidos em corrupção. Mas só vale a partir de agora. Portanto: Genoíno, Dirceu, Vaccari e tantos outros permanecem numa boa na legenda. 

Cadê o PT da fundação, da ética e da moral? Nessa, Marta Suplicy está com a razão em reclamar sobre esses princípios (se bem que ela abandonou o partido por falta de espaço político).

2) Como assim Aécio?

A Folha de SP noticia que, mesmo depois de deixar o governo do estado de MG, Aécio Neves continuou a usar o “avião do governador”, tudo bancado com dinheiro público

Cadê o Aécio da campanha, da ética e da moral? 

                       …É por isso que não me iludo com políticos…
bomba.jpg

– Esquerda e Direita nos Protestos do dia 15. Respeitem o direito dos brasileiros!

Parece birra de torcida organizada de futebol!

Defensores e opositores da presidente Dilma Rousseff sairão às ruas neste domingo. Cada grupo com sua pauta, crença e mote para reivindicar ou apoiar. Isso é democracia. 

Sejamos bem sinceros: as propostas de campanha de Dilma foram baseadas em mentiras (mexeu em direitos dos trabalhadores, promoveu um tarifaço e não reduziu os gastos públicos – e prometeu justamente o contrário). MAS TUDO QUE AÉCIO FARIA NO CAMPO ECONÔMICO, ELA FEZ! Ou seja: promoveu medidas impopulares, mas necessárias. 

A revolta – e aqui me incluo – é pelo nítido descontrole dos rumos do país

As evidências cada vez mais latentes de um projeto de manutenção do poder baseado em corrupção nas estatais (Correios, Mensalão e Petrobrás), desgostam qualquer cidadão. Aqui começam os excessos de ambas as partes: os de esquerda, falando em “golpismo de direita” (que grande bobagem); os de direita, impeachment imediato!

Calma! Façamos tudo dentro da lei. E os protestos pacíficos fazem parte da Democracia. O puxão de orelha vale para os dois lados não radicalizarem.

bomba.jpg

– Todos que Governam Revolucionam o Brasil?

Um dia FHC disse que revolucionou o Brasil com o Plano Real. Também Lula alardeava que revolucionava a nação com suas ações administrativas enfatizando em seu discurso dizendonunca antes nesse país. Agora é a vez da presidente Dilma Roussef, em entrevista à TV Al Jazeera do Catar, batendo na tecla que promoveu uma revolução social democrática em sua administração, pedindo uma nova chance de governar, em clara campanha.

Ok, todos fizeram algumas coisas, acertando e errando. Mas com os 3 últimos revolucionários o Brasil continua igual em péssimos índices sociais e de corrupção.

Gozado, onde está essa revolução de fato?

Se tudo o que se propagandeia é verdade, seriamos o Canadá, a Noruega, o Japão…

desconhecido.jpg

– Eleições 2014: a todo vapor!

Quer dizer que o ex-presidente FHC declarou que estará ao lado de Aécio Neves como Lula está para Dilma?

A Eleição à Presidência já começou. E teremos FHC+Aécio X LULA+Dilma. Serão dois “presidentes adjuntos”, palpitando, ao lado dos seus presidenciáveis. Sim, pois Lula e e FHC ainda respiram a cadeira do Planalto. Luis Inácio, em especial, parece em alguns momentos que nunca deixou o cargo.

A opção chamada de “terceira via” será Marina Silva. Creio que não levará a vitória na Eleição 2014, mas decidirá o vencedor, já que vai tirar importantes votos do PSDB e PT.

imgres.jpg

– Apagão Energético Desde Quando?

Me recordo como se fosse hoje: voltava das minhas atividades acadêmicas quando as luzes se apagaram. A emissora de rádio saiu do ar, e tudo ficou escuro e quieto. Foi o grande apagão energético que parou o Brasil.

Na época, o presidente Fernando Henrique Cardoso não sabia o que justificar, e o Governo logo disse que foi culpa de um “raio certeiro” numa importante torre. Desmentido o fato, Lula usou o episódio na sua campanha.

Foram 2 mandatos de FHC, 2 de Lula e metade do de Dilma. E continuamos a sofrer apagões!

O que esses senhores justificam agora? Queremos fazer Copa, Olimpíada e tudo o mais, porém, não conseguimos manter a lâmpada acesa sem risco de apagá-la…

imgres.jpg

– Ronaldo Nazário, o Vice-Presidente da República?

A informação vem do jornalista Bruno Astuto (Coluna Vida, Revista Época, Ed 10/09/2012, pg 89): segundo ele, com as bênçãos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, Ronaldo Nazário deve ser convidado para ser o candidato a vice-presidente, na chapa encabeçada por Aécio Neves na disputa de 2014.

Vale lembrar que FHC já disse publicamente que gosta de jogar poker com Ronaldo, que é seu vizinho de apartamento em Higienópolis. Ademais, o ex-atleta já recebeu uma sondagem sobre a possibilidade e se encaixaria no perfil buscado pelo PSDB: o de um novato na política, conhecido publicamente e carismático.

Se você, eleitor, pudesse votar separadamente para vice: o Fenômeno teria seu voto?

– Privatizar: Antes, era Pecado. Hoje, Virtude?

Me recordo que quando o presidente Fernando Henrique Cardoso começou a privatizar uma série de empresas estatais, foi duramente criticado pela oposição. Hoje, os mesmos críticos privatizam, mas a justificativa chega a ser risível:

A diferença desse programa de privatização com a do FHC é como o colesterol: tem o bom e o ruim

Aloísio Mercadante

Ah bom…

Como o comportamento muda quando a oposição se torna situação, não? E vice-versa, idem.

– Dilma 8 ou 80

E a Dona Dilma? Pesquisa sim, a popularidade aumenta. Pesquisa não, cai nas capitais.

Agora, coisas que pensaríamos não ver: a ex-comunista anunciando PPPs, privatização de estatais e enfrentando manifestação do MST!

Roteiro digno da administração neoliberal Fernando Henrique Cardoso, tão atacada pela mesma patota.

Então FHC estava certo e foi injustamente criticado, ou Dilma erra tanto quanto ele?

Ser pedra é fácil. Ser vitrine…

– FHC no Roda Viva: Drogas e Saúde Pública

Ontem, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso esteve no Roda Viva da TV Cultura (aliás, depois das últimas mudanças o programa voltou a ser bom). E falou sobre um tema controverso: liberação da Maconha. Argumentou que se morre mais gente por culpa do tráfico do que do vício.

Questionado se com a descriminalização o número de doentes por culpa do uso da maconha aumentaria, FHC disse que a solução é simples:

É só melhorar a Saúde Pública

Fácil, não? Ele ficou 8 anos no Governo e não vimos melhoras significativas. Lula ficou mais 8 anos, e nada. E diz: “só” melhorar a Saúde?

Quantos hospitais são construídos por ano no Brasil? Quantos você tem perto da sua casa?

Esse discurso é só para inglês ver. Belas palavras que enganam a sociedade.