– Como Afastar os Jovens das Drogas

“Nem todos os usuários de crack são pobres, mas o crack empobrece a todos”.

Tal frase está na Revista Época (ed 630 de 14 de junho de 2010, pg 71-78, por Rodrigo Turrer e Humberto Maia Júnior), onde a matéria de capa procurou mostrar como tentar prevenir a dependência de drogas entre os jovens.

A reportagem é didática, interessante, e mostra como as drogas invadiram a classe média brasileira. Um verdadeiro alerta aos pais, aos filhos e à sociedade em geral. Para quem ainda defende a liberação das drogas, o texto é algo para se pensar mais!

Para acessá-lo, entre direto no site de Época: http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI147183-15257,00-COMO+AFASTAR+OS+JOVENS+DO+MUNDO+DAS+DROGAS+TRECHO.html

– Punir para Valer ou para Fazer Média?

Leio severas punições (na verdade, não tão severas) aplicadas pelo STJD para os jogadores que foram expulsos após as brigas durante a partida entre Corinthians X Palmeiras, na rodada final do Brasileirão. As penas estão por aí, nos diversos sites.

Mas não é delas julgadas propriamente ditas que quero falar, mas sim do que resultarão!

Os jogadores deverão cumprir as suspensões automáticas na Copa do Brasil, competição da CBF que antecede o Brasileirão. Ora, se foram expulsos no Campeonato Brasileiro, que é mais importante e difícil, por quê cumprir em outra competição CBF menos prestigiada?

Entenda: por exemplo, o que é melhor para o Palmeiras: ter seu jogador suspenso contra o Flamengo no Maracanã ou contra o Luverdense na primeira fase da Copa do Brasil?

Mas, cá entre nós: aposto que todas as suspensões (estou apostando, hein!) não serão cumpridas. Duvido que alguém não consiga o famoso “efeito suspensivo” ou transforme a pena em Cesta Básica, que não custa quase nada ao jogador que ganha muito.

A propósito: punir com cesta básica é pura média! Para jogador que ganha 300 mil por mês, meia dúzia de cestas básicas é trocado…

Infelizmente, vivemos no país da impunidade.

E você, o que acha disso? Deixe seu comentário:

– Consumidores se espelham na… Mãe, a Verdadeira Inspiração!

Tomo sempre cuidado com a importância, propósito e validade de pesquisas. Mas essa é curiosa. Um estudo mostrou em quem os consumidores se espelham. E deu… mãe!

Mas sabe qual é a ordem de inspiração completa?

Mãe: 46%

Pai: 33%

Lula: 19%

Amigo: 10%

Sílvio Santos: 10%

Ivete Sangalo: 6%

Ronaldo Fenômeno: 6%

Na mesma pequisa, Natura, Ipê e Petrobrás foram apontadas como empresas que promovem um mundo melhor…

Mais detalhes abaixo, extraído de: http://is.gd/LBujUs

ESTUDO APONTA AS MÃES COMO MAIOR FONTE DE INSPIRAÇÃO

As mães são a maior fonte de inspiração dos consumidores de acordo com o estudo “Quem me inspira”, realizado pela Giacometti Comunicação com coordenação de Denis Giacometti.

A proposta da pesquisa foi avaliar quais pessoas e valores são capazes de inspirar transformações, além de idenficar personalidades mais admiradas.

Em resposta à pergunta “quem te inspira?” a resposta “mãe” foi citada por 46% dos entrevistados. Em segundo lugar, aparece “pai” (33%) seguida por “amigo” e “irmãos” (10% de indicações cada).

A pesquisa traz um conteúdo riquíssimo para o conhecimento das pessoas. “Investimos muito no conhecimento como fonte de inovação e nosso obejtivo com esse estudo foi aferir quais os fatores que têm impacto na vida do indivíduo e de que maneira são capazes de transformá-lo”, diz Dennis Giacometti, presidente da Giacometti

A pesquisa teve duas fases, qualitativa e quantitativa, na qual foram entrevistadas 400 pessoas divididas em classe AB (100 homens e 100 mulheres) e classe C (100 homens e 100 mulheres).

Entre os famosos mais admirados, os mais citados foram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (19%), Silvio Santos (10%); e Ivete Sangalo e Ronaldo Fenômeno (6% cada um).

Os entrevistados também apontaram seus ídolos: Jesus Cristo (10%); o ex-presidente Lula (7%); Chico Xavier (5%); Ronaldo Fenômeno (5%); pais (4%); Ayrton Senna (4%).

Entre os destaques do estudo também foram apontadas a “falta de tempo” como o principal problema nas relações amorosas, a “falsidade” como principal problema das relações de amizade.

Os entrevistados apontaram a Natura (25%), Ypê (15%) e Petrobras (14%) como empresas que “contribuem para um mundo melhor. “

– De Cinquentinha a Quinhentão

Pode-se criticar por muitas coisas as vendas de ingressos para jogos de futebol no Brasil. Mas nesta problemática, algo exemplar: as vendas on-lines de ingressos realizadas pelo Corinthians.

Tal medida tem dado certo, evitado filas e contribuído para uma certa organização.

Agora, tudo tem seu custo: para a Libertadores, os ingressos variarão entre R$ 50,00 e R$ 500,00, com prioridade para os sócios-torcedores dos clubes. E já estão a venda.

De fato, tal modelo parece ser o ideal e a tendência para o futuro.

E você, o que pensa sobre isso? Deixe sua opinião:

– Uma Grécia em Favelas no Brasil

Que loucura. No Brasil, o número de moradores em submoradias, segundo o IBGE, é de 6% da população!

Muita coisa… maior do que um país como a Grécia.

O estado em número percentual com maior quantidade de moradores em condições degradantes é o Pará. Pasmem, pois lá quase 17% das pessoas moram nessas condições.

Em compensação, o MS, RR e GO são os estados cuja população é inferior a 1%.

Jundiaí, nossa cidade, segundo o censo, tem 5% da população em favelas. Tal índice nos questiona a repensar sobre a dita “Qualidade de Vida” da cidade…