– O Fim do Etanol Combustível nas Bombas dos Postos Brasileiros…

Sensacional, não? Na véspera de Natal, um acordo entre Brasil e EUA acaba com a sobretaxa do álcool.

Bom?

Ótimo para exportadores brasileiros, pois eles poderão vender 10 vezes mais Etanol para os americanos.

E para o mercado interno?

Péssimo. Temos “apenas” a expectativa de mais aumento no preço do álcool combustível, pois o que há por aqui, venderemos para os gringos!

Uma pena…

Extraído da Revista eletrônica Posto Hoje, Ed 26/12/2011

FIM DOS SUBSÍDIOS

O recesso de fim de ano do Congresso americano, a partir de sexta-feira, assegura o fim da política de subsídios ao etanol americano, com data de expiração no próximo dia 31. Sem mais possibilidades de uma renovação da lei pelo voto parlamentar ainda em 2011, perderão a validade a tarifa de importação do etanol brasileiro de U$ 0,54 por galão (equivalente a 3,78 litros), e também o crédito tributário de U$ 0,45 por galão ao etanol misturado à gasolina nos EUA, encerrando uma era de benefícios que perdurou por mais de 30 anos, a um custo atual de cerca de US$ 6 bilhões por ano ao governo americano. Em tese, o Congresso poderá aprovar a qualquer momento no ano que vem uma nova lei de subsídios, mas a maioria das associações de produtores de etanol dos EUA vê muito poucas probabilidades nesta hipótese, em tempos de rigidez fiscal, e acredita que a era de auxílio do governo não retornará pelo menos em curto prazo. O fim da taxação de importação abre o mercado dos EUA para o etanol brasileiro de cana-de-açúcar, uma antiga reivindicação dos produtores brasileiros contra o lobby protecionista americano.