– E O STJD quer Apitar as partidas do Brasileirão!

Dias atrás, debatemos na página virtual do Bom Dia / Diário de São Paulo o abuso de uma das Comissões Disciplinares do STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva), ao punir o árbitro Heber Roberto Lopez por entender que em determinada jogada o apitador deveria dar Cartão Vermelho a um jogador, ao invés do Amarelo, como interpretou o árbitro (para quem não leu, pode ser acessado no endereço: http://is.gd/ABUSODOJUIZ)

Pois bem: se houve na oportunidade a crítica de que juízes togados estão querendo mudar as decisões dos juízes de futebol de dentro de suas salas confortáveis, dias após o jogo e sem conhecerem as regras do futebol, vemos um novo episódio: agora, o alvo está voltado para o árbitro Marcelo de Lima Henrique.

Na partida entre Flamengo X Vasco, dias atrás, o rubro-negro Adrian cometeu uma infração no seu adversário cruz-maltino Auremir. O árbitro marcou falta e aplicou Cartão Amarelo. Porém, a Procuradoria entendeu que o jogador deveria ser expulso e por isso denunciou o árbitro em 3 artigos (que se referem a deixar de cumprir as Regras do Jogo), e pode ser suspenso por 180 dias, além da multa de R$ 100.000,00!

Ora, cada um na sua: se o árbitro, que conhece as Regras do Futebol, entendeu que naquele momento, no calor da partida, a falta era para Cartão Amarelo, que seja. Se errou, quem deve puni-lo é a Comissão de Árbitros, nunca o STJD, já que os membros que formam o Tribunal são profissionais da área do Direito, e NINGUÉM deles conhece as Regras do Futebol.

Aqui, há nítido exagero. O STJD parece querer reapitar as partidas, sem que isso seja adequado!

Fica a observação: cada vez mais o futebol está recebendo interferência externa, desnecessária, inadequada e que acabará deturpando a relação Árbitro & Regras. Parece que não é para o juiz de futebol cumprir o que manda o livrinho das 17 leis do jogo, mas o que os membros do Tribunal acham mais adequado.

A FIFA deveria se manifestar sobre essa intervenção inapropriada: a da falta de respaldo as decisões dos árbitros em campo.

O julgamento de Marcelo de Lima Henrique será na próxima quarta-feira, dia 29. Torço para a sua absolvição (que é a decisão justa) e para que outros casos como esse não se repitam.

Um comentário sobre “– E O STJD quer Apitar as partidas do Brasileirão!

  1. Não esta se querendo repitar a partida, mas simplesmente punir um profissional que mentiu descaradamente na sumula do jogo. O arbitro mencionou que houve um calço do jogador do flamengo, mentira indecorosa, pois ele acertou o rosto do jogador do Vasco. Desta forma, nao só deve ser punido como deve ser exemplar,ente multado e suspenso. Deixou de observar as regras do jogo e omitiu um fato relevante da partida. Ele será punido, pois há muito tempo tem utilizado esse expediente e ninguém toma uma providencia. Com os erros do jogo de sábado, a pressão é ainda maior.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.