– Virou!

Uau!
O tempo virou completamente. Sumiu o céu azul e anoiteceu bem mais cedo, com vento e nuvens ameaçadoras.

17h30 – ao invés do lindo entardecer de ontem (veja aqui: https://wp.me/p4RTuC-n9Q), um horizonte escuro. Abaixo:

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– O Fair Play do time de Bielsa

Marcelo Bielsa usou de um Fair Play “polêmico” na segunda divisão do Campeonato Inglês, e com isso perdeu a chance do acesso direto “dependendo das próprias pernas” da sua equipe, o Leeds.

Entenda como foi:

Extraído de: https://esporte.uol.com.br/futebol/campeonatos/ingles/ultimas-noticias/2019/04/28/time-de-bielsa-ignora-fair-play-faz-gol-e-gera-confusao-na-inglaterra.htm

TIME DE BIELSA IGNORA FAIR-PLAY, FAZ GOL E TREINADOR “DEVOLVE O GOL”

Em partida válida pela segunda divisão do Campeonato Inglês, Leeds e Aston Villa protagonizaram um duelo quente, que gerou muita confusão.

Até os 25 minutos do segundo tempo, as equipes empatavam em 0 a 0, até que tudo mudou. Jonathan Kodjia, do Aston Villa, foi derrubado por um adversário e ficou caído no gramado. O Leeds, porém, ignorou o fair-play, não jogou a bola para fora e continuou jogando normalmente.

Na sequência do lance, Mateusz Klich recebeu a bola e bateu colocado, abrindo 1 a 0. Como era de se imaginar, os jogadores do Villa se irritaram e partiram imediatamente para cima dos rivais, dando início à confusão.

Do lado de fora, o clima era igualmente quente, com a discussão entre os técnicos Marcelo Bielsa e John Terry. Nesse meio tempo, o atacante Anwar El Ghazi ainda foi expulso.

Mas a confusão não parou por aí. Bielsa decidiu agir sob o fair-play e mandou seu time parar completamente após a saída de bola do Aston Villa, permitindo o empate.

Assim, a partida terminou em 1 a 1 e agora o Leeds, em terceiro lugar com 83 pontos, não tem mais chances de conseguir o acesso de maneira direta.

O empate ainda ajudou um dos concorrentes do time na tabela: o Sheffield United venceu o Ipswich Town e garantiu a segunda colocação e a vaga na primeira divisão inglesa.

Resultado de imagem para Leeds e Aston Villa

 

– A nova estratégia de barreira dupla em São Paulo 2×0 Botafogo

Uma das novidades das mudanças das Regras do Jogo é a proibição de que, em caso do time que defende fazer uma barreira na cobrança de falta, os adversários se misturem nela (a equipe defensora não tem direito de fazer a barreira, eles se aglutinam por que querem; quem pode reclamar é o batedor da falta, exigindo a distância – e daí a existência de casos onde quem cobra rápido abre mão dela).

Era muito comum aquela confusão de atacante ficando na frente da barreira ou misturado nela para atrapalhar (já que a barreira não existe na Regra do Jogo, os defensores se aglutinam e fazem esse “paredão” porque querem, como explicado acima). Mas se existir, os companheiros de quem cobrará a falta deverão a partir de agora se manterem distantes 1 metro.

Assim, vimos na Rodada 01 do Brasileirão uma mini-barreira do ataque, na cobrança de falta a favor do Botafogo. Tudo dentro da permissão da Regra.

A minha única dúvida é: ela funciona? Realmente ajuda o batedor?

Por ser algo novo, aguardemos.

– Neymar é o culpado pelo seu próprio mau comportamento na França? Será que…

Eu critico muitas vezes os atletas que não possuem uma conduta profissional adequada. E quando vejo casos como o do Neymar (que agrediu um torcedor que o provocava quando ele iria receber a medalha de vice-campeão contra o Rennes, pela Copa da França), seria muito simplório escrever o que seria lógico: já é um homem adulto, precisa ter equilíbrio emocional, tem muito dinheiro, blablablá…

Mas vou ponderar algo (que não justifica, mas ajuda a entender): o cara perdeu o título, o torcedor pede um cumprimento e ele atende; e, de maneira sacana, o suposto fã “corneta e ironiza” Neymar.

De cabeça quente, ouvir gracinha é dose… foi uma possível agressão verbal respondida por agressão física, motivada pelo calor do pós-jogo. REPITO: não justifica, Neymar errou mas… até Zidane reagiu com uma cabeçada contra o Materazzi, após provocado (e numa final de Copa do Mundo)!

O problema é que querem que Neymar seja o que não é. Deixem-o na dele, pois afinal, não está muito preocupado em ser exemplo.

Resultado de imagem para neymar agressão

– Hoje é o Domingo da Misericórdia!

Os domingos posteriores a Festa da Páscoa são conhecidos como “Domingo da Misericórdia”; dia de perdão, caridade e serviço. A data foi instituída pelo saudoso Papa João Paulo II, hoje santo da Igreja Católica.

Cá com meus botões: o mundo não seria diferente se todos os dias tivéssemos esse propósito?

jesus_misericordia_confio_em_vos.jpg

– Motivando a jornada em 5 cliques:

Bom dia, domingo.
Hora de estar em pé para o cooper matutino. S’imbora correr?

Durante a atividade física, meditando nas coisas do Alto: hoje, pedindo na invocação de Nossa Senhora da Santa Cabeça:

Pós-treino, alongando e relaxando no jardim. E a inspiração da beleza da natureza?

Pausa para contemplar o amanhecer: veja só que alvorada bucólica! Muito bonita e promissora para uma boa jornada:

06h40 – Último clique da manhã: o sol raiando para a nossa certeza de que teremos um domingo iluminado! E, de fato, será assim!

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby