– Tudo errado na Ponte do Rio Moju!

Muito se falou nesse final de semana sobre o acidente da Ponte que caiu sobre o Rio Moju, onde supostamente dois carros passavam no momento do desabamento e estão desaparecidos. 

Sabia-se que uma balsa bateu em uma das pilastras. Agora, sabe-se que ela estava navegando em horário proibido e com excesso de peso.

Perceberam que há acidentes totalmente evitáveis, caso as regras e leis fossem seguidas?

Olhe só a foto:

Resultado de imagem para A balsa no pará ponte

 

Anúncios

– É Hora de Empreender!

Compartilho principalmente com nossos alunos empreendedores, belo artigo de Jack Welch, alegando que é o momento exato de ser empreendedor. Para quem quiser, há um link com as fotos de Hewlett e Packard, da HP, como exemplo de empreender na crise.

Extraído da coluna Agenda do Líder:

É HORA DE EMPREENDER

O quê? Será que lemos direito? Se for isso mesmo, obrigado. Em meio à avalanche de e-mails que temos recebido ultimamente de gente se sentindo em pânico, irada e/ou deprimida por causa da economia e do que ela tem feito à sua carreira, sua pergunta tão objetiva foi uma agradável surpresa.

Foi também uma ótima oportunidade para que nos déssemos conta de que, sem dúvida, este seria um momento excelente para abrir um negócio. Na verdade, há pelo menos quatro razões muito fortes para isso, mas só se o negócio que você está pensando em abrir for aprovado no teste mais importante de todos: o de vender mais por menos.

Não estamos falando aqui de vender apenas um pouco mais por um pouco só a menos. Em tempos de recessão, nenhuma empresa nova terá grandes chances de sucesso, a não ser que trabalhe com uma proposição de valor nitidamente superior às disponíveis no mercado. É verdade que até pouco tempo atrás era possível pegar um produto ou serviço do concorrente, modificá-lo ligeiramente ou introduzir um ou dois recursos novos e convencer os clientes a pagar mais por ele. Mas hoje todo mundo está na defensiva e os dias de vendas com margens gordas se foram – e é provável que a situação persista por um bom tempo. Portanto, se você é um empreendedor cujo produto ou serviço irá melhorar de fato a vida das pessoas – a um custo significativamente mais baixo do que o da concorrência -, saiba por que talvez este seja o momento certo de levar sua ideia adiante.

Em primeiro lugar, se há uma coisa de que toda empresa nova precisa para ir à luta é de gente esperta, disposta a ganhar. E há um público aí hoje, como há muito tempo não se via, à espera de alguém que se disponha a conquistá-lo. É claro que toda demissão é um baque terrível e há milhões de histórias pessoais dolorosas por trás das altas taxas de desemprego no país. Mas o fato é que novas empresas nascem ou morrem dependendo da rapidez com que conseguem formar equipes brilhantes, flexíveis e com muita garra. O clima atual facilita o processo, já que a escassez de trabalho é de tal ordem que não faltam profissionais experientes e mbas recém-chegados ao mercado em busca de emprego.

Em segundo lugar, e em estreita correlação com o que acabamos de expor acima, aparece um elemento mais efêmero: uma urgência generalizada e uma dose de humildade que hoje caracteriza as pessoas. A implosão da economia baixou a bola de todo mundo. Os antigos “Mestres do Universo” descobriram que são seres mortais, e quem achava que tudo girava em torno de si mesmo se deu conta de que o fracasso de suas empresas é também o seu fracasso. Portanto, o clima atual não só facilitou a contratação de bons profissionais como também promoveu entre os empregados uma nova compreensão acerca da importância do trabalho em equipe e da produtividade sem tréguas. Essa “vibração”, na falta de uma palavra melhor, é a esperança de todo executivo e o sonho de todo empreendedor.

Em terceiro lugar aparece o dinheiro – sob uma ótica positiva. Apesar das notícias que todos temos acompanhado sobre o recuo do mercado de crédito, não faltam linhas de financiamento para novas empresas, sobretudo para aquelas que conseguem oferecer mais por menos. É óbvio que não estamos dizendo aqui que o empreendedor de hoje deva esperar aquele mundo de contos de fadas de antes, em que o dinheiro parecia crescer em árvores. Contudo, há muitos bancos regionais dispostos a emprestar, e as empresas de capital de risco estão sempre prontas a investir em ideias revolucionárias – afinal de contas, as novas empresas são a alma do seu negócio.

Por fim, abrir um negócio hoje vai deixá-lo em ótima situação no momento em que a recuperação econômica se consolidar. Pense no seguinte: se você abrir um negócio agora, sua empresa contará com profissionais inteligentes e cheios de energia que aprenderam a trabalhar juntos para manter os custos baixos e o índice de inovação elevado. Sua empresa não terá de lidar com um sistema de custos oneroso, não sofrerá com as cicatrizes deixadas pelas demissões e com o baixo moral que as acompanha. Em outras palavras, você estará em condições de pegar a primeira onda da reviravolta econômica. Isso não é ótimo?

Mais uma vez, obrigado por sua pergunta. Neste momento o mundo precisa que milhares de empreendedores façam a mesma pergunta que você fez. Nossa esperança é que eles descubram que não há cenário melhor que o atual para começar de novo.

Veja as fotos dos fundadores da HP em: http://fotolog.terra.com.br/rafaelporcari:68

– Leonardo Gaciba, o novo Presidente da Comissão de Árbitros da CBF

Segundo o GloboEsporte.com, Leonardo Gaciba, ex-árbitro FIFA e comentarista de arbitragem “da casa”, será o novo chefe da arbitragem brasileira, no lugar do Coronel Marcos Marinho, que será demitido por Rogério Caboclo, o presidente eleito da CBF que tomará posse nessa semana.

Fica a questão: com o Brasileirão tão próximo, toda a pré-temporada da arbitragem e planejamento (que deveria ter sido feito do término do Campeonato de 2018 culminando com o início do de 2019), foi “jogado fora”?

Imagine um treinador que começou toda a sua preparação e na hora do time estrear, troca-se o comando?

De duas, uma: ou o trabalho estava sendo pessimamente feito, ou simplesmente é para mostrar que quem mandará na casa será Caboclo, e não Del Nero, já que o Coronel Marcos Marinho é homem de confiança dele.

Torço para que Gaciba faça um ótimo trabalho!

A informação aqui, da própria Globo: https://globoesporte.globo.com/blogs/bastidores-fc/noticia/leonardo-gaciba-sera-o-novo-chefe-da-arbitragem-da-cbf.ghtml

Leonardo Gaciba vai chegar a arbitragem da CBF — Foto: Daniel Cardoso

– O Ser Humano não é Fruto do Acaso, mas de um Projeto de Amor!

Pessoal, vale essa reflexão, extraída da homília de Vigília Pascal do último ano do Pontificado do Papa Bento XVI, mas que é um “dedo na ferida” bem atual para nós.

O Papa criticou o cetismo no mundo e disse que o homem não é um produto do acaso”. Deixou como mensagem o belo pensamento sobre qual é a forma de Deus ter criado o ser humano:

“O princípio de tudo seria a irracionalidade e o acaso; ou a razão, a liberdade e o amor?”

Escolheu a sua opção? Não é um problema dos dias atuais?

Imagem relacionada

– Brazil Conference: Tite deseja que os jogadores brasileiros não queiram jogar na Europa!

Em evento organizado por brasileiros que trabalham e estudam nas conceituadíssimas MIT e Harvard (BRAZIL CONFERENCE), o treinador da Seleção Brasileira Tite, defendeu que os jogadores de talento permaneçam no Brasil para recuperar a grandeza do futebol no país. Disse que se os atletas abdicarem de jogar na Europa, voltaremos a ter prestígio.

A única coisa que o treinador não falou é: COMO SEGURAR O ATLETA AQUI, mediante os valores pagos lá fora, a grandeza dos torneios, além da qualidade de vida e experiência cultural possibilitadas?

Abaixo, extraído de: https://istoe.com.br/em-harvard-tite-pede-que-talentos-do-futebol-brasileiro-voltem-a-jogar-no-pais/

EM HARVARD, TITE PEDE QUE TALENTOS DO FUTEBOL BRASILEIRO VOLTEM A JOGAR NO PAÍS

O técnico da seleção brasileira, Tite, defendeu neste domingo que os talentos do futebol nacional voltem a jogar no País – e não em times estrangeiros, a maioria da Europa – como uma das medidas que fará com que a modalidade recupere seu prestígio e volte a ser grande.

“Economicamente (é preciso) manter nossos principais atletas no Brasil. Desde 1990 ou 1994, 80% ou mais estão todos atuando na Europa. O nosso campeonato fica restrito”, comentou Tite, ao ser questionado em Harvard sobre o que fazer para que o futebol brasileiro “volte a ser tão grande quanto a sua história” – é o único pentacampeão do mundo, mas não ganha uma Copa desde a conquista de 2002.

Tite participou da Brazil Conference, evento organizado pelos alunos brasileiros das universidades de Harvard e do MIT, nos Estados Unidos. A resposta para a melhora no futebol do País demanda um conjunto de fatores. Além da questão dos jogadores, Tite defendeu também que os técnicos brasileiros evoluam “cada vez mais” e busquem “informações que gerem conhecimento e melhora”.

O técnico da seleção afirmou que a base do futebol precisa melhorar. Disse ainda que estão surgindo no Brasil mais treinadores estudiosos associados à figura do ex-atleta. Sem se aprofundar, Tite também afirmou que questões envolvendo o calendário brasileiro e da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) poderiam ser mais discutidas – há um trabalho entre CBF e Conmebol nesse sentido para melhorar os calendários das competições no Brasil e na América do Sul.

Ao abordar temas relacionados à Copa do Mundo de 2018, disputada na Rússia, Tite afirmou que a seleção fica “pressionada” com a alta expectativa em torno dela. “A gente carrega toda a história de Pelé, de Zagallo…”, comentou. Ele ressaltou que a jogada envolvendo o volante Fernandinho, na derrota para a Bélgica por 2 a 1 e que tirou o Brasil da competição prematuramente, foi um “acaso”.

“O jogo de desempenho e o jogo de resultado às vezes comungam e às vezes não comungam”, disse Tite, ao afirmar que já teve grande satisfação em trabalhos que não renderam títulos. O treinador sabe que estará pressionado daqui a dois meses, quando o País receberá a Copa América. A seleção fará duas partidas em São Paulo na fase de classificação, no Morumbi e no estádio do Corinthians.

O evento em Harvard era para ter também a participação de Pelé, que seria homenageado. Mas o Rei do Futebol permanece internado em Paris em tratamento de infecção urinária.

Resultado de imagem para Brazil Conference:

– Amor pelos raros! Aplauda-se.

Alguns testemunhos nos comovem pela forma como são feitos. Abaixo, um depoimento real de um pai sobre a sua filha portadora de uma doença rara. Eis que contou com a solidariedade da família Moro (sim, do atual Ministro da Justiça Sérgio Moro), que silenciosamente ajudou a garotinha.

Lembro-me muito bem de uma passagem bíblica onde Jesus diz em um dos Evangelhos, mais ou menos assim: “que uma mão não veja o que a outra faz”, no contexto de: “ajude e não fique rememorando a ajuda que você deu“. Ajude desinteressadamente. Faça acontecer na surdina, sem desejar os méritos do reconhecimento.

Você viu em algum lugar (exceto o relato de agradecimento na página pessoal daquele que foi ajudado) algum momento de auto-lovação de Sérgio Moro e sua esposa?

Fico imaginando: quantos artistas ajudam doando uma cesta básica e aparecem como beneméritos do país em programas de TV – buscando a auto-promoção a um custo baixo. É muito mais marketing do que ajuda!

Quem ajuda, não espera “obrigado” e o faz desinteressadamente. No máximo, divilga uma causa incentivando a ajuda solidária de outras pessoas, buscando voluntários.

Independente da sua motivação política, impossível não dar parabéns ao Ministro Sérgio Moro por essa ação.

Extraído do LinkedIn de Giovani Coutinho.

#AMORPELOSRAROS

Pessoal há uns anos atrás, minha filha Ana Alice que sofria de Síndrome de NIEMANN PICK (Doença neuro generativa que atinge o baço, figado, e parte neurológica) e precisava de uma medicação de auto custo em torno de R$50.000,00 mensal.

A Sra. Rosangela Moro, esposa do Sr. Sérgio Moro, se prontificou a ajudar, oferecendo apoio pessoal a nossa família.

Através de uma procuração e uma ação judicial a Sra. Rosangela conseguiu a disponibilidade da medicação que era fundamental para a sobrevivência da minha filha.

Agradeço incondicionalmente e ressalto para todos, que o trabalho prestado pela Sra. Rosangela de forma gratuita e sem nenhum interesse, é um trabalho correto e honesto com intuito de ajudar a todos que necessitam de ajuda em momentos de dificuldade.

– Nova Semana, novos propósitos!

Começamos novamente a segunda-feira. Passo por dias de transformações pessoais e profissionais, que merecem ser ditas positivas apesar dos entraves e percalços que acontecem. Assim, regozijo-me em esperança a cada novo ciclo semanal!

E como sou (ou quero ser) um eterno otimista, iniciamos a semana com nossos cliques rotineiramente motivacionais. Vamos lá? São 4 poses mobgráficas para desejar inspiração a todos, postadas nas redes sociais concomitantemente às ações (correr, rezar, relaxar e contemplar). Abaixo:

👊🏻Vamos suar?
Já de pé para começar a semana bem animado. S’imbora para o #cooper diário?
🏃🏻 #Fui #RunningForHealth #run #cooper #corrida #sport #esporte #running #asics #underarmour #nike #cores #motivação

🙏🏻Correndo e Meditando:
Ó #Senhor, livrai-nos de todo o mal, em todas as situações, em todos os lugares e em todo o tempo. #Amém.”
 #Fé #Santidade #Catolicismo #Jesus #Cristo #MãeDeDeus #Maria #NossaSenhora #PorUmMundoDePaz #Peace #Tolerância #Fraternidade

🌺Fim de #cooper!
Suado, cansado e feliz, alongando e curtindo a beleza das #flores – bem gotejadas pela garoa da manhã.
🏁 #corrida #treino #flor #flower #flowers #pétalas #pétala #jardim #jardinagem #garden #flora #run #running #esporte #alongamento

🌅Tudo lusco-fusco no infinito costumeiro azul. Mas há de ser uma boa 2a feira!
🍃 #sol #sun #sky #céu #photo #nature #morning #alvorada #natureza #horizonte #fotografia #pictureoftheday #paisagem #inspiração #amanhecer #mobgraphy #mobgrafia #AmoJundiaí

Diante de tudo isso, me despeço e desejo sucesso. Afinal, se fazemos algo com mais disposição e alegria, esse algo será melhor feito.

E lembrando: #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby!