– Empreender ou ser Escravo?

Trabalhar demais pode fazer mal. Mas, muitas vezes, o trabalho excessivo não é por necessidade financeira, mas por prazer! E aí cai-se em uma doença típica e não tratada costumeiramente: o vício do trabalho.

Trabalhar não é bom? Claro que é! Só que se virar um vício descontrolado, é ruim.

Dizem (e aí é história) que Henry Ford era viciado em trabalho, ou, como preferir, um workaholic. Ele, no começo da sua carreira empresarial, chegou a quebrar empresas, mas o gosto pelo trabalho fez vingar a Ford Co. É atribuída a ele a frase de que “feriados só atrapalham e trabalhar faz bem”. Se a frase é de autoria duvidosa, um dos seus maiores princípios era comprovadamente real: o de afirmar que quanto mais se trabalhar, melhor será para todos: o patrão fica contente, o empregado recebe mais, o consumidor ganha opções e o governo arrecada impostos. Isso é verdade.

O problema é: e quando se perde o controle do excesso de trabalho? Qualquer vício traz prazer momentâneo, mas e os limites?

Todos nós temos limites. E podemos perder o entendimento de quais são os nossos.

Compartilho belo texto sobre workaholics, extraído da Revista Incorporativa, para melhor entendimento desse assunto,

Extraído de: http://www.incorporativa.com.br/mostranews.php?id=1463

EMPREENDEDOR OU ESCRAVO?

por Christian Barbosa

“O dia que eu for dono do meu próprio negócio, terei mais tempo para mim”. Quem já não ouviu ou disse essa frase alguma vez na vida? Talvez você tenha sido uma dessas muitas pessoas que falavam isso com freqüência. Infelizmente, essa afirmação é uma das coisas mais irreais que vejo quando falamos de administração do tempo para empreendedores.

O empreendedor “padrão” é aquela pessoa que tem uma tendência a ser workaholic, deixar de lado as coisas importantes na sua vida em função do crescimento da empresa, está sempre pensando em inovações, mais resultados etc. A maioria dos empreendedores que conheço vira escravos do próprio negócio, pois não consegue separar a vida pessoal da vida empresarial. Eu fui assim durante muitos anos e o pior é que nem percebia o quanto me afundava no meu próprio estresse. Hoje vejo o quanto isso me fez mal e por isso recomendo algumas dicas para reverter esse quadro:

1. Pare e pense qual caminho sua vida está seguindo – Se você cuida tanto da empresa e se dedica pouco para você e para suas atividades importantes, pode perceber que focou seu tempo em tarefas erradas e, às vezes, isso acontece tarde demais. Conheço muitas histórias de empreendedores que cresceram com a empresa, mas destruíram suas vidas e depois passaram a questionar se realmente o esforço de tentar fazer com que a empresa prosperasse, esquecendo-se da vida pessoal, valeu a pena. Equilibrar sua vida profissional com a pessoal é muito importante para ter um futuro com maior sentido e sem arrependimentos

2. Delegue o máximo que puder. Você não é onipresente! – O empreendedor precisa ter a consciência de que outras pessoas também podem realizar o trabalho que ele faz, pois ninguém é insubstituível. Isso não tira sua responsabilidade, mas o liberta para focar em outras atividades mais importantes. Se não for possível delegar algo a alguém, o crescimento da empresa estará diretamente ligado ao tempo do empreendedor, que pode ser bem limitado. Obviamente, ele não delegará definição de metas ou estratégias, mas o operacional deve ser, ao máximo, passado à equipe

3. Aprenda técnicas de gerenciamento do tempo e redução de estresse – Chega um certo momento em que estamos tão assolados de urgências e atividades circunstanciais que precisamos de ajuda externa para conseguir enxergar uma solução. Recomendo que procure um treinamento que o ajude a incorporar novas técnicas de administração do tempo e redução de estresse no seu dia-a-dia. Elas funcionam e podem ajudar a sair dessa fase negativa

4. Coloque momentos importantes para você mesmo em sua agenda semanal – Não deixe que os seus dias sejam compostos inteiramente por urgências e circunstâncias, comece a colocar pequenos momentos para você em sua agenda como, por exemplo, um almoço em família, sair um pouco mais cedo para ir ao cinema, buscar seus filhos na escola, praticar um esporte ou algum outro hobby. Além de ser importante para você e para suas relações sociais, atividades prazerosas como essas renovam suas energias e dão mais disposição para agüentar a pressão do dia-a-dia

5. Aprenda com suas urgências – A maioria das questões urgentes da sua rotina ou da sua equipe poderia ser evitada! Na próxima vez que algo urgente acontecer, pare e pense como pode evitar que esse problema se repita. Em geral, com antecipação de atividades e planejamento você conseguirá reduzi-las com sucesso

6. Domingos são para atividades pessoais – Sua família e sua vida precisam de você. Sempre que possível, evite ao máximo utilizar seu domingo para trabalhar. Desligue seu notebook, seu celular e esqueça a empresa. Faça passeios com a família, aproveite seu tempo com as pessoas importantes de sua vida. Recomendo que no final do dia você planeje a semana, de modo a priorizar atividades importantes para seus dias e prevenir eventuais urgências

7. Escolha uma ferramenta para gerenciar o seu tempo – Para que sua organização e planejamento sejam feitos da melhor maneira, você precisa ter uma agenda eficiente, um celular, um palm top ou então um site na Internet que o ajude a priorizar seus dias, planejar suas metas, agendar reuniões etc. Cada pessoa tem uma preferência por um tipo de “organizador” diferente. Seja no computador ou no papel, encontre qual forma é melhor para você e coloque em prática.

Por último, mas tão importante quanto qualquer uma das dicas citadas acima, é que você já agende suas férias. Se a empresa não vive sem você por pelo menos 10 dias, é melhor você repensar toda a estrutura e organização do seu empreendimento.

* Christian Barbosa – Um dos maiores especialistas em gerenciamento do tempo e produtividade pessoal e empresarial. Autor dos livros A Tríade do Tempo – A Evolução da Produtividade Pessoal, pela Editora Campus, e Você, Dona do Seu Tempo, pela Editora Gente. Sócio da Triad – empresa especializada em produtividade que presta consultoria, treinamento e oferece produtos diferenciados. Facilitador do programa de empreendedores do Sebrae/ONU – Empretec. Sua metodologia e teorias sobre produtividade ganharam destaque e importância nacional e internacional devido inovações e soluções diferenciadas. http://www.triadedotempo.com.br e http://www.maistempo.com.br

Resultado de imagem para empreendedor

– Wilmar Roldán “pagando mico”em Bucaramanga 2×1 Santa Fé

Árbitro FIFA de Copa do Mundo, repleto de polêmicas, o colombiano Wilmar Roldán protagonizou uma cena, digamos, patética no domingo!

Na última rodada do Campeonato Colombiano, apitando Bucaramanga x Santa Fé, o time da casa fez seu gol e o árbitro anulou confirmando o impedimento assinalado pelo bandeira. Na sequência, Roldán pediu as imagens do VAR para tirar a dúvida da anulação.

Tudo normal, se TIVESSE o árbitro de vídeo!

Não existe VAR na Colômbia, e o árbitro, talvez já tendo “virado o chip” para arbitragem somente com recurso tecnológico, como que num ato reflexo se socorreu ao recurso. E ao lembrar que não tinha, chamou para a si a responsabilidade e mudou a decisão inicial, confirmando o gol anulado pelo bandeira.

E pensar que na Copa da Rússia ele foi criticado por desprezar o VAR… está escaldado até demais?

Resultado de imagem para roldán wilmar Bucaramanga

– “Como fazer negócios no Brasil” – uma Cartilha Norueguesa

Revista Veja, 12/04/2012 : dicas de executivos noruegueses para negociar no Brasil (como os noruegueses são pioneiros em exploração de petróleo do pré-sal, havia muitos profissionais chegando ao Brasil naquela época):

 “Os brasileiros se baseiam mais na confiança interpessoal do que nas instituições, têm grande apreço pela hierarquia e raramente fazem críticas diretas. Um ‘sim’ pode ser um não’.”

E aí? Concorda ou discorda dessa visão sobre nós, hoje, em 2019?

Resultado de imagem para PETROLEO

– A audiência pública ao invés do sorteio de árbitro. Palmas ao Gaciba. Mas falta mexer em muita coisa…

Desde 2015, não é mais obrigado a realizar sorteio público para as escalas de árbitros em jogos profissionais. Houve uma mudança no Estatuto do Torcedor que permitiu a realização de audiências públicas para a escala de juízes de futebol.

Mas por quê havia sorteio ainda?

Ué, pelo motivo lógico: os cartolas do apito justificavam as más atuações dos árbitros alegando que “não poderiam escalar simplesmente por desejo próprio e escolher os nomes ideais, que precisavam fazer sorteio”.

Leonardo Gaciba, o novo presidente da Comissão de Árbitros da CBF, a quem tem minha humilde torcida, acerta ao dizer que fará audiências públicas e não mais sorteios. Aliás, CANSAMOS de ver “sorteios viciados”, onde você era levado a crer que eram fajutos (Brasil afora, sem especificar qual ou quais, fajutíssimos).

O que me preocupa é: a autonomia que Gaciba terá e quem estará ao lado dele. Claro que ele não pode assumir a cadeira e demitir todos os subalternos, se não ficará inviabilizado qualquer trabalho. Aos poucos, ele poderá ir substituindo os nomes antigos que há tanto tempo mamam nas tetas da arbitragem.

Um detalhe interessante: quando Marco polo Del Nero demitiu Sérgio Correa da Silva da CA-CBF, ele o remanejou para um departamento novo criado: o de Desenvolvimento de Árbitro de Vídeo. Agora, Rogério Caboclo faz o mesmo: “demite de mentirinha”o Cel Marcos Marinho e cria a ele um Departamento de Desenvolvimento de Árbitros (ambos são remanejados ganhando o mesmo salário).

Se por um lado imaginamos que Caboclo quer mudar a cara da CBF para não deixar nenhum vestígio ou lembrança de Marco Polo, por outro não nos esqueçamos que ele é seu padrinho e braço político. Pessoas da confiança de Marco Polo Del Nero continuam por lá!

Tomara que Gaciba consiga enfrentar tudo isso. Para o bem da arbitragem! E não se esqueça: para o Brasileirão, acabou o sorteio oficialmente.

Imagine num Flamengo x Vasco, os times mandam representantes e na audiência pública vetam o nome do juiz escolhido. Que fumaça acontecerá…

Imagem relacionada

– A Revolução do Bem pelos Focolares

Chiara Lubich, fundadora do movimento católico “Focolares”, deixou esse dito:

A Nossa Revolução não consiste simplesmente em combater o mal, mas em fazer o bem”.

Correto! A Paz, o Bem e o Amor são maiores do que uma simples antítese.

bomba.jpg

– Análise Pré-Jogo para a Arbitragem de Paulista x Manthiqueira

Um jogo cheio de curiosidades! É assim que espero para Paulista x Manthiqueira. Vamos a elas:

A PRIMEIRA é que a partida mostrará o Paulista em sua nova fase. Após o bom empate em São José dos Campos, a torcida ficará no aguardo de uma boa apresentação na sua estreia em casa.

A SEGUNDA é que o adversário é dirigido pela treinadora Nilmara Alves, única mulher a ser técnica de futebol masculino profissional em nosso país.

A TERCEIRA é que o Manthiqueira tem como filosofia o Fair Play (jogo limpo) e seu apelido de Laranja Mecânica do Vale do Paraíba se deve à inspiração do mítico treinador da Holanda de 74, Rinus Mitchel (eleito recentemente pela France Football como melhor treinador da história do futebol de todos os tempos).

A QUARTA é que o árbitro da partida, natural de Cajobi-SP, é um jovem de 23 anos bem midiático: João Vitor Gobi. Vamos então falar da arbitragem?

Gobi foi candidato a vereador em Cajobi (cidade de menos de 10.000 habitantes, próxima de Catanduva) com apenas 21 anos de idade (saiu pelo DEM e levou 117 votos, não se elegendo). É servidor público municipal, extremamente ativo nas Redes Sociais e promove vários eventos de futebol em sua região. Dos 18 aos 22 anos na FPF, trabalhou em apenas 3 jogos profissionais da Segunda Divisão Categoria Sub 23 como árbitro principal (no resto, somente jogos amadores). Neste ano, “foi descoberto” por alguém e testado à exaustão em jogos da A3.

Seus auxiliares serão Leonardo José Rodolfo Brandini e Denis Antonio Mistrelo, ambos com razoável experiência. O 4º árbitro será Daniel Sottile, um árbitro bem experiente que já apitou o Paulista nas divisões de cima. Não teria outra explicação de Sottile estar escalado nessa função com 40 anos de idade a não ser a de passar segurança para o árbitro central.

Por tudo o que se ouviu falar do estilo de jogo do Paulista nesses últimos treinos e pelo que se sabe da filosofia do Manthiqueira, imagino um jogo muito limpo, respeitoso e fácil para apitar.

Desejo uma boa partida para as equipes e boa arbitragem a todos! 

Se você quiser saber mais sobre o Manthiqueira, veja essa matéria curiosa do Estadão em 2017: https://professorrafaelporcari.com/2017/10/22/manthiqueira-e-o-time-diferente-do-estado-de-sao-paulo-algum-grande-o-imitaria/

Acompanhe a transmissão de Paulista x Manthiqueira pela Rádio Difusora Jundiaiense AM 810, com o comando de Adilson Freddo. Narração de Rafael Mainini; comentários de Heitor Freddo e Robinson “Berró” Machado; análise da arbitragem com Rafael Porcari; reportagens de Luiz Antonio “Cobrinha” de Oliveira. Sábado às 15h00 – mas a jornada esportiva começa a partir das 14h00 para você ter a melhor informação com o Time Forte do Esporte!

ad-manthiqueira-paulista-de-jundiai-8188061.png

– A cada cinco chamadas ao SAMU, uma é trote!

Número impressionante: mais de 20% dos chamados ao SAMU são trotes (média do Brasil)!

Já imaginou tal número? O que faz um sujeito incomodar socorristas médicos e enfermeiros, a troco de nada? Pensem o que isso atrapalha a sociedade e como retarda o socorro aos doentes.

Fico refletindo: o cara não tem sensibilidade?

Resultado de imagem para ambulancia

– Serei interventor do SAFESP? Apoio A ou B? Como se minha opinião importasse…

Sabe aqueles trolls que vivem vagando pelo mundo virtual?

Um deles (logicamente sem se identificar; afinal é um troll), me perguntou se eu sou postulante ao cargo de interventor do Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado de São Paulo, já que o mandato do atual presidente acabou e as Eleições foram suspensas pela Justiça.

Bem claro: 

1- É piada imaginar que eu desejasse essa função (ou ainda que alguém ventilasse meu nome). O Sindicato é para os árbitros sindicalizados. 

2- Deixo reforçado a minha conduta: não apoio Arthur Alves Junior nem Aurélio Sant’Anna Martins (o atual presidente e candidato à re-reeleição e o candidato oposicionista, respectivamente).

3- Meu blog é um espaço de opiniões, sempre com palavras cuidadosas e respeitosas. E esse mesmo espaço é aberto (isso é um costume) para o educado debate. Recentemente, por exemplo, publiquei a questão dos débitos do ISS do Sindicato dos Árbitros (R$ 336.000,00), enviada por ex-árbitro. Reforcei que, se desejar, envie alguém  a manifestação do SAFESP ou ele próprio, mas parece que não houve interesse em fazê-lo. É claro que eu li posteriormente uma publicação de defesa da chapa situacionista de que esses valores são contestados na Justiça por entenderem que não seria necessário o recolhimento. Mas o débito existe.

4- Minha claríssima manifestação e entendimento desse momento de Eleição pode ser lido aqui, no link abaixo, onde explico minha neutralidade e outras coisas importantes, a fim de que não exista dúvida do meu posicionamento:

https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2019/03/05/carta-aberta-de-um-nao-eleitor-nao-militante-nao-sindicalizado-e-nao-entusiasta-do-safesp-nem-de-coafesp-ou-orgao-apocrifo/

Sou “minhoquinha” e quero distância das cobras. Minha opinião é meramente pessoal, sem importância alguma (evidentemente, por eu não ser importante). Não entendo o motivo pelo qual meia dúzia de puxa-sacos de plantão de fulano ou fulana criam tantas bobagens.

Atenciosamente, Rafael Porcari.

Resultado de imagem para Democracia

Uma imagem ilustrativa para simbolizar a DEMOCRACIA em meu blog

– Falar bem é muito bom!

Estou ouvindo a entrevista do Governador de SP, João Dória Jr, ao vivo pela Jovem Pan. Como ele fala bem!

Você pode estar ciente de todos os problemas do Estado, mas sua fala parece convencer de que há coisas boas e concordar que existem sérias dificuldades – mas que serão revertidas.

Independente de qualquer ideologia política, admiro quem fala bem (não quer dizer que eu concorde com suas ideias, mas sim a impressão de “a palavra tem poder”). O convencimento de que muitas pessoas conseguem passar com sua fala mostra que saber se comunicar é algo que vence barreiras e ajuda a conquistar adeptos.

Na história, tivemos grandes oradores, para o bem e para o mal: do papa João Paulo II ao ditador Adolf Hittler, ambos possuíam o carisma de falar bem.

Isso mostra: “quem não se comunica, se intrubica”, conforme o Velho Guerreiro dizia… E viva a boa oratória!

Resultado de imagem para Megafone

– Deveríamos comer insetos?

Pelo jeito… sim!

A Revista Superinteressante trouxe uma extensa matéria sobre o quão saudável são mosquitos, borboletas e besouros!

Extraído de: http://super.abril.com.br/alimentacao/voce-deve-comecar-comer-insetos-730304.shtml?utm_source=redesabril_jovem&utm_medium=twitter&utm_campaign=redesabril_super

POR QUE VOCÊ DEVE COMEÇAR A COMER INSETOS

O nojo que você sente é relativo

Insetos podem, sim, ser bons substitutos para bois, porcos e frangos. No “pasto”, eles ajudariam a economizar água e custariam menos, além de serem mais nutritivos do que outras carnes. Tudo muito legal se não fosse um detalhe: imagine como seria mastigar uma larva. Sentir a textura do bicho e o jeito que ele explode dentro da sua boca. Ruim? Saiba que o nojo que você sente é natural, mas pode ser domesticado. Tanto que existem provas de gente capaz de comer insetos espalhadas pelo mundo todo. Dos índios brasileiros, que adoram formigas, aos glutões japoneses, viciados em gafanhotos, passando por povos do México e aborígenes da Austrália. Você também pode dizer que a questão não está só na cabeça, mas no próprio bicho: eles são sujos. Bom, nem sempre.

INSETOS ESTÃO CHEIOS DE ENERGIA

Adicione um fator importante à limpeza: eles são ricos em proteína. E costumam carregar mais deste nutriente do que outros bichos. Compare: enquanto a carne de boi é composta por apenas 28% de proteína, o corpo de moscas e mosquitos chega a quase 59%, e libélulas têm 58% (veja mais no gráfico abaixo). “Eles também são ricos em vitaminas, principalmente a B, e minerais, como ferro e cálcio”, enumera Marcel Dicke, professor de entomologia da Universidade de Wageningen, na Holanda. Para terminar, possuem ácidos graxos essenciais, um tipo de gordura também encontrada em peixes, que ajuda nosso corpo a metabolizar energia.

QUANTIDADE DE PROTEÍNA

Moscas têm quase o dobro de proteínas que bois. Veja a quantidade de nutrientes de outros insetos.

Moscas e mosquitos – 59%

Libélulas – 58%

Percevejos – 55%

Cigarras e cigarrinhas – 51%

Besouros – 50%

Formigas E abelhas – 47%

Borboletas e mariposas – 45%

Baratas e grilos – 44%

Boi – 28%

Porco – 25%

Frango – 23%

bomba.jpg

– Um #tbt divino!

#tbt – uma expressão da internet para relembrar fotos de fatos saudosistas numa 5a feira.
O meu #tbt de hoje tem título: “crianças abençoadas“! Ou vai duvidar que esse anjinho (meu sobrinho Miguel) e essa anjinha (minha filha caçula Maria Estela) são presentes de Deus em nossas vidas?

💙💗🚗👑#MIMI & #TETÉ! – #amor #carinho #baby

 

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby