– Nextel estará a venda após fugir da falência?

Ela foi um sucesso como rádio, mas na briga entre as empresas de telefonia, sucumbiu! Saindo da recuperação judicial, possivelmente a Nextel será vendida!

Extraído de: http://www.istoedinheiro.com.br/blogs-e-colunas/post/20150825/missao-valim-preparar-nextel-para-venda/7343

MISSÃO DE VALIM É PREPARAR NEXTEL PARA A VENDA

Apesar de ter tido em entrevista ao jornal Valor de que “não há qualquer transação em discussão” e que uma eventual venda só faria sentindo “se tiver mais valia”, até as pedras sabem que a missão do executivo Francisco Valim, novo presidente da Nextel, é preparar a empresa de telefonia para a venda.

Em outras palavras, Valim terá de embelezar a noiva para valorizar seu dote para um futuro pretendente. Esse é o plano desenhado pela NII Holding, empresa que controla a Nextel, que saiu da recuperação judicial no fim de junho deste ano, com a aprovação de seu plano de reestruturação.

Com graves problemas financeiros, a empresa vendeu seus ativos no Peru, Chile e no México nos últimos anos, para concentrar seus investimentos no mercado brasileiro, o único lugar onde mantém atualmente operação.

Apesar das dificuldades, a Nextel até que conseguiu um relativo sucesso em sua estratégia brasileira, em especial nas cidades do Rio de Janeiro e em São Paulo.

No Rio de Janeiro, por exemplo, a operadora atingiu uma participação de mercado de 13,1% em maio deste ano, segundo a consultoria Teleco, passando a TIM em celulares pós-pagos (a Nextel não atua em pré-pago). A previsão é que ultrapasse a Oi até o fim de 2015.

Em São Paulo, sua participação de mercado saiu de 2,8% para 6,7%, em maio deste ano, mas atrás das principais empresas do setor – Vivo, Claro, TIM e Oi.

De janeiro a maio, segundo a Teleco, a Nextel foi a terceira empresa em adições líquidas de celulares, atrás apenas de Vivo e TIM, com 490 mil de aparelhos, e à frente de Claro e de Oi.

Procurada, a Nextel não se pronunciou até o fechamento deste post.

Se comercialmente a Nextel mostra sinais de recuperação, há muito o precisa ser feito na parte financeira – exatamente a especialidade de Valim.

No ano passado, a receita da companhia encolheu 6,2% no Brasil, para R$ 3,9 bilhões. O prejuízo de R$ 1,9 bilhão representou uma alta de 106,7%.

No segundo trimestre de 2015, a receita de R$ 983 milhões representa uma queda de 8% em relação ao mesmo período do ano passado. A geração de caixa, no trimestre, foi negativa, assim como a margem Ebtida.

Mesmo assim, não faltam rumores que há interessados em comprar a Nextel. Nos últimos dias, o boato mais forte envolvia a TIM – fato negado pela operadora de origem italiana, em comunicado a Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Para fazer uma oferta pela Nextel, a TIM teria de agir nos bastidores para resolver um imbróglio regulatório, afinal há sobreposições de licenças entre as duas empresas, o que não é permitido pela legislação brasileira.

A AT&T será peça-chave nesse xadrez do mercado de telecomunicações brasileiro. A operadora americana é dona da Sky, que atua no mercado de tevê por assinatura via satélite. No México, ela comprou a operação da Nextel, em janeiro deste ano, por IS$ 1,875 bilhão.

Os movimentos da companhia americana serão fundamentais no processo de consolidação do setor. Não se sabe ainda se ela vai aprofundar seus investimentos – e, nesse caso, a Nextel seria um alvo óbvio – ou tirar o pé do acelerador. Nesta opção, a Sky poderia parar nas mãos da Vivo.

Executivo com formação na área financeira, Valim é constantemente lembrado pelo processo de reestruturação da NET, que comandou em momentos críticos em meados dos anos 2000.

Mais recentemente, ao ser presidente da Oi, ele deixou a companhia depois de brigar com os controladores, que não concordaram em abrir o caixa e investir mais, como pedia o executivo.

Na Via Varejo, holding do Casino que controla a Casas Bahia e o Ponto Frio, teve uma rápida passagem de apenas oito meses.

bomba.jpg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.