– O Globinho da Sorte da Copa Sadia do Brasil!

Inusitado e engraçado: durante os sorteios dos confrontos da Copa do Brasil, quando uma das modelos foi sortear o adversário do Vasco da Gama, não é que ela pegou a bolinha e… a deixou escapar, sorteando outra, que curiosamente foi a do Flamengo?

Para quem crê em teorias conspiratórias, dirá que foi armado, que a bolinha não era a “gelada”, etc.. O Zé Boca de Bagre, amigo do sapientíssimo Professor Dr Basile, diria até que “o Globinho foi levado pelo Marco Polo Del Nero da Comissão de Árbitros da FPF para a CBF”. Calma, nada disso.

O que aconteceu foi que simplesmente alguém da plateia gritou uma gracinha e a moça que sorteava assustou (as imagens foram claras). Somente isso.

Mas que tem gente que desacredita nesse vacilo, ô se tem…

bomba.jpg

– Amamentar de que jeito?

Que o leite materno é fundamental para a vida do bebê, não há dúvida! Mas algumas coisas são incoerentes no Brasil quanto a esse incentivo.

Cartilha do Ministério da Saúde sugere que as mães amamentem em períodos regulares do dia durante 6 meses. Ao mesmo tempo, o Ministério do Trabalho permite apenas 4 meses de licença maternidade.

Como é que faz?

bomba.jpg

– Feriado do Dia do Gol da Alemanha?

O vereador (e radialista) da cidade de Campinas-SP, Jota Silva (PSB), propôs uma data comemorativa inusitada na cidade: o Dia do “É Gol da Alemanha” (sim, do jeito que você leu mesmo), a ser comemorado todo dia 08 de julho a partir de 2016.

A ideia é rememorar e refletir sobre o vexame brasileiro na Copa do Mundo de 2014.

Lembrar, sempre nos lembraremos. Mas e mudar o futebol, como fazer?

Tenho dó dos amigos campineiros, que pagam seus impostos para manterem um cidadão como esse na vereança municipal, se preocupando com demagógicas idéias em prejuízo a tantas causas mais importantes…

bomba.jpg

– A estranha escala para a Final da Libertadores da América

Dario Ubríaco apitará a final da Copa Libertadores da América, entre River Plate x Tigres, nesta 4a feira.

É bom árbitro, mas não gostei da sua escala por um simples motivo: ele reprovou no teste físico qualificatório da Conmebol visando a Copa América do Chile, e foi substituído por Andrés Cunha.

O gozado é que, tendo realizado há 15 dias um novo teste físico e sendo aprovado neste exame, recebeu na sequência a honraria de apitar a final da Libertadores da América!

3 meses ele não apita um jogo profissional, foi deixado de lado na principal competições entre seleções do continente e volta a atuar justo nesta final? No mínimo, incoerente.

Da última vez que um time da Conmebol enfrentou em final da Libertadores um da Concacaf (Boca Jrs x Cruz Azul) o árbitro Márcio Rezende de Freitas teve má atuação que acabou beneficiando o time argentino. Carlos Alarcón, o paraguaio envolvido no “Escândalo Amarilla” (envolvendo Corinthians e AFA), foi quem escalou Márcio naquela oportunidade e é ele mesmo quem escalou Dario para esse novo confronto envolvendo argentinos x mexicanos.

Palpitaço e creio que não vou perder: coluna 1 hoje à noite. O Tigres vai ter que jogar muita bola para ganhar a competição…

bomba.jpg

– Luís Eduardo e o Preconceito a quem estuda!

O mundo do futebol é muitas vezes incoerente.

Mulheres sofrem de preconceito e sexismo; negros sofrem de racismo (e Pelé tem a cor da pele…); estrangeiros de xenofobia; e, agora, critica-se quem tem boa formação educacional.

Rogério Ceni é considerado chato por saber discutir temas fora do mundo do samba e de futilidades. Agora, sem nem entrar em campo, nas redes sociais se critica o jovem zagueiro Luís Eduardo, que em entrevista falou muito bem, se mostrou esclarecido e revelou que tem curso de gestão financeira e administra ele próprio sua carreira.

Tudo isso faz crer: #GER7x1BRA deve ter sido pouco… Há muito o que se mudar na mentalidade do torcedor brasileiro em geral.

bomba.jpg

– Agora desabafa, Valdívia?

O venezuelano naturalizado chileno Valdívia é um fanfarrão! Somente após encerrar seu ciclo com o Palmeiras resolveu dar entrevistas – e pelo ritmo que vai, não faltará um só veículo de comunicação para desandar a falar o que deve e o que não deve!

Recentemente, atacou os médicos do Palmeiras, a diretoria, colegas, treinadores… o problema sempre foi com os outros, nunca com ele próprio!

O custo-benefício do ex-camisa 10 foi um dos mais ridículos da história do futebol brasileiro. Vivendo de lampejos e de poucos minutos em campo, mais atrapalhou do que ajudou seu time. Onerou a folha de pagamento, deixou o clima ruim no vestiário e ainda cavou cartões.

Trabalhei como 4o árbitro por duas oportunidades com Valdívia em campo: em ambas, o assistindo de perto, me pareceu um jogador muito habilidoso – e ao mesmo tempo provocador. Mas nada de excepcional, simplesmente muito bom, além de meio “xarope” antes e depois das partidas.

Enfim: o Palmeiras se livrou de um fardo. No abstêmico Oriente Médio, como Valdívia fará para suas noitadas, já que o único pecado que admitiu foi o abuso de álcool durante suas (muitas) recuperações estando contundido?

bomba.jpg