– Ufa!

Dia 41 de aproximadamente 150 vencidos. Graças a Deus.

Tentando ser “pãe” na ausência da mamãe, que está se sacrificando por todos nós (motivo em: https://wp.me/p4RTuC-Bm4).

Uma jornada cansativa. Sozinho em casa, senti falta das minhas garotas – das de todas as idades!

Até amanhã!

– O meu “boa noite” carinhoso…

A tecnologia nos permite coisas impressionantes! Se bem usada, nos traz tantas facilidades…

Por exemplo, acabei de receber uma video-chamada da minha Tetéia, pedindo “Benção, pai” antes de dormir!

Como é bom ver esse sorriso tão carinhoso…

“Deus te abençoe”, e durma com os anjinhos! 💖

– #tbt derradeiro:

Para terminar o dia, o #tbt final de um entardecer perfeito:

🇺🇸 A perfect evening in the city of Jundiaí, inland Brazil! The sun in the trees saying goodbye to the day … / 🇧🇷 Um entardecer perfeito na cidade de Jundiaí, interior do Brasil! O sol em meio às árvores dizendo adeus ao dia…

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– Faça sempre a sua parte!

O que vale na vida é: ajudar!

Às vezes cansa… mas ainda assim, a piedade deve existir. O abandono passa a ser consequência; e a solidão, fruto das recusas e decisões erradas na vida.

Seja menino mimado, adulto teimoso ou somente um bobão qualquer, faça a sua parte. Depois, desista (afinal, não se deve dar “murro em ponta de faca”, ou se preferir, “acender vela para mal defunto”). O mercado seleciona os profissionais corretos, a sociedade classifica as pessoas com suas características e o que fica é: o respeito.

Uma reflexão para quem teima em socorrer o próximo e vê a arrogância e a soberba falarem mais alto. São muitos os abnegados por aí.

(Em tempo: esse texto não se refere a alguém específico ou a alguma situação corrente, mas derivada de uma reflexão cristã da Semana Santa).

– E os demais racistas do River Plate x Fortaleza?

E todos viram o cidadão repugnante que jogou uma banana contra a torcida do Fortaleza, em claro caso de racismo, no Monumental de Nuñes.

A questão mais triste do que isso é: alguém repreendeu o racista, que ficou rindo à toa? Veja quantas outras pessoas estão “comungando da bobagem” do bobão (na imagem abaixo)…

Aí fica a questão: só punir o “CPF” do cidadão é suficiente? Ou por conta da coletividade estar satisfeita com o ato, o “CNPJ” também deveria ser punido?

– Elon Musk oferece 43 bilhões de dólares pelo Twitter!

Depois de adquirir 10% das ações do microblog Twitter, Elon Musk “chuta o pau da barraca” e oferece R$ 43 bi pela Rede Social!

Ter muito dinheiro permite tais loucuras…

Em: https://www.istoedinheiro.com.br/musk-diz-que-twitter/

– Pare de me ligar, telemarketing da Claro.

Os números: 11 2107 3841, final 3842, 43, 44 e até 50, são da Claro. Todo dia eu recebo 4 ligações desses caras, querendo oferecer produtos e serviços. Eu não quero, e IMPLORO para que parem de me ligar e tirem meu número da lista de telemarketing deles. Também 0303 720 1234 é um outro número da Claro.

Já bloqueei eles, mas aí mudam com número desconhecido. Que pé no saco! Isso é ser chato com o cliente…

Pin em Brunovisk

Imagem: Divulgação.

– A carestia e os chocolates pascoalinos.

Que os chocolates estão caríssimos, não tenhamos dúvida. E como a minha Páscoa está, ano a ano, diminuindo a quantidade de doce proporcionalmente à diminuição do saldo no banco, esta imagem, abaixo, é perfeita (considere o último quadradinho como 2022):

WhatsApp Image 2019-04-18 at 05.37.11

– Celebrações desta 5a feira. Que vontade de estar participando…

Não me sinto legal de viver a Semana Santa “à distância”. Sempre participei das celebrações, e neste ano, por conta de cansaço, ou de sono, ou de desculpas esfarrapadas e outros motivos, não estou vivendo esse Tempo como eu queria…

Uma pena. Tenho feito minhas orações em casa e acompanhado pela Internet as Missas. Mas não é a mesma coisa do que viver e estar em comunidade, além de receber a Eucaristia.

Que Deus, tão bondoso e misericordioso, permita-me gozar dos benefícios da fé e da Misericórdia de Jesus, mesmo eu estando mais longe. Ser membro de alguma pastoral, estar numa comunidade na paróquia, é fundamental.

Sobre a Missa desta 5a feira, em: https://professorrafaelporcari.com/2022/04/14/lava-pes-e-instituicao-da-eucaristia-3/

– Colégios preocupados com cigarro eletrônico entre alunos.

Uma febre, mas também uma praga: os cigarros eletrônicos nas escolas

Que moda burra!

Extraído de: https://www.cnnbrasil.com.br/saude/uso-de-cigarros-eletronicos-entre-adolescentes-poe-colegios-em-alerta/?utm_source=social&utm_medium=twitter-feed&utm_campaign=saude-cnn-brasil&utm_content=link

USO DE CIGARROS ELETRÔNICOS ENTRE ADOLESCENTES PÕE COLÉGIOS EM ALERTA

Algumas escolas privadas enviaram comunicados aos pais alertando sobre o dispositivo, com venda proibida no Brasil

Por Júlia Marques, do Estadão Conteúdo

O uso de cigarros eletrônicos pelos adolescentes tem colocado colégios brasileiros em alerta. A preocupação cresceu neste ano, com a retomada das aulas presenciais. O consumo é comum em ambientes reservados, como nos banheiros, e há casos até de venda dos dispositivos, que são proibidos no Brasil, nas escolas.

Colégios privados fazem comunicados aos pais e abordam em aulas os riscos da substância, vista muitas vezes como inofensiva. O desafio do cerco ao cigarro eletrônico, no entanto, é grande: como são discretos (alguns se parecem com pendrives), podem passar despercebidos pelos professores.

Os dispositivos funcionam por meio de uma bateria que esquenta um líquido interno (uma mistura de água, aromatizante alimentar, nicotina, propilenoglicol e glicerina vegetal). Também chamado de vape ou pod, o dispositivo é tragado pela boca e cria uma fumaça branca e sem cheiro ou com um cheiro que se dissipa rapidamente no ar.

Adolescentes ouvidos pelo Estadão dizem que o consumo é comum entre grupos de estudantes, principalmente do ensino médio, nos banheiros, no fundo da sala de aula ou nas quadras. Os jovens enviam mensagens de celular uns aos outros para marcar encontros em áreas mais reservadas das escolas, onde fumam juntos. O uso também ocorre fora do colégio, na saída da aula ou no intervalo entre os turnos.

Os estudantes fazem ainda vaquinhas para comprar cigarros eletrônicos. Como são caros – um vape pode custar de R$ 60 a R$ 680 -, o hábito é mais comum em escolas particulares. Apesar de proibidos no Brasil, cigarros eletrônicos são facilmente encontrados em tabacarias, lojas de conveniência e redes sociais. Na escola, são passados de mão em mão ou dentro dos estojos, contam os estudantes.

Em alguns casos, os jovens já conhecem os riscos da substância, mas usam como forma de pertencer ao grupo ou como válvula de escape para questões emocionais. Em outros, se surpreendem com a informação de que pode ser cancerígeno, viciante e causar danos aos pulmões.

Moda

Diretora de um colégio particular na zona sul de São Paulo, Ana Paula de Oliveira diz que o auditório da escola, formado por alunos do ensino médio e fundamental, “foi abaixo”, surpreso, durante uma palestra sobre os riscos do cigarro eletrônico na semana passada. “Eles não entendem que tem nicotina, o mal que faz para a saúde. Apenas cumprem uma moda”, diz.

A palestra ocorreu depois que a escola presenciou a venda do vape entre dois estudantes – esses alunos foram convidados a se desmatricular. “Cumprimos o que nosso regimento prevê”, explica a diretora, citando a proibição da venda de drogas lícitas ou ilícitas na escola. Para ela, após o afastamento do ambiente escolar na pandemia, os adolescentes retornaram com dificuldades de seguir as regras.

O cigarro eletrônico é um problema crônico em outros países, como os Estados Unidos. No Brasil, ganhou força mais recentemente. “Vai todo o mundo para a cabine de cadeirante (no banheiro), mais espaçosa, e ficam todos lá”, conta um adolescente de 17 anos, aluno de uma escola particular em Brasília. Outra estudante, da rede estadual paulista, de 14 anos, diz ter começado a usar há um mês, na escola, e compartilha o vape de sabor de uva com três colegas. O consumo, diz, é para aliviar tensões. “Nunca tive relação boa com minha mãe e, desde o início da pandemia, só tem piorado.”

Um colégio particular tradicional de Salvador, o Antônio Vieira, enviou comunicado aos pais no fim de março sobre o risco do cigarro eletrônico. A direção diz não ter registrado consumo no colégio, mas percebe aumento do problema entre jovens de modo geral. O comunicado fala até em “transferência compulsória” em caso de uso na escola.

“Eles acham interessante a tecnologia do aparelho, que pode botar água e o sabor que quer”, diz a diretora acadêmica do Antônio Vieira, Ana Paula Marques. “As próprias famílias muitas vezes não têm clareza do que é isso.” Os professores vêm buscando informações sobre o tema.

Novidades como sabores diferentes e dispositivos que brilham no escuro atraem os adolescentes. “Há a sensação de que não é viciante e pode parar a qualquer momento”, diz Mario Fioranelli Neto, coordenador pedagógico no Centro Educacional Pioneiro, na zona sul de São Paulo. A escola registrou um caso pontual de uso no colégio – o próprio estudante buscou a direção -, mas também se preocupa com a difusão do cigarro eletrônico fora do ambiente escolar, como em festas ou na saída dos alunos para o almoço.

Luciana Nogueira, professora do Departamento de Educação da Universidade Estadual Paulista (Unesp), diz ter recebido relatos de colégios sobre o problema e afirma que a visão positiva em relação ao vape torna o dispositivo ainda mais perigoso. Diferentemente do cigarro tradicional, que tem cheiro forte e incomoda quem está perto, o eletrônico é socialmente aceito, “como algo cool, legal, da moda”.

Ela alerta que mesmo dispositivos eletrônicos sem nicotina são viciantes, já que o vício de fumar não tem apenas origem química, mas principalmente psíquica. “Eles estão adquirindo o hábito de levar um objeto à boca e tragar”, diz Luciana, especialista em vulnerabilidades da adolescência.

Autoafirmação

Outro problema é a dificuldade de identificar o dispositivo. “Pelo fato de (o cigarro eletrônico) ter a carinha pequena, camuflada, moderna, para passar batido é muito fácil, a menos que você esteja procurando por ele”, conta Edgar Crispino, professor de Biologia da Escola Carandá Educação, na zona sul de São Paulo. Ele afirma ter flagrado um grupo com o vape certa vez na porta do banheiro e, a partir disso, começou um trabalho de trazer informação para dentro da sala de aula.

O assunto entrou em pauta, nas perguntas dos próprios estudantes, em aulas sobre fisiologia e poluição. “Se eles estão usando é por um motivo, precisamos entender qual é e conversar sobre o assunto. Muitas vezes, usam porque é a coisa legal do momento, por pressão social”, diz o professor, que também vê impacto do distanciamento causado pela pandemia na necessidade de autoafirmação dos adolescentes. “Queremos que procurem ajuda sem se sentirem acuados ou demonizados, o que pode fazer com que se afastem da gente e continuem usando.”

Depois que o tema foi abordado, o professor diz que houve uma “quebra de gelo” entre professores e estudantes, que se sentiram mais abertos para dialogar até sobre outros temas espinhosos da adolescência. No Pioneiro, também estão previstas abordagens em aulas de convivência ética. Procurada, a Secretaria Estadual de Educação de São Paulo reforça que o consumo é proibido e diz desenvolver projetos e produzir conteúdos de conscientização para os alunos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Cigarro eletrônico
Nery Zarate/Unsplash

– 13º do Flu?

Leio que o Fluminense terminou de pagar o 13o salário de seus atletas (que venceu em 20 de dezembro) nesta última terça-feira (12 de abril).

Atrasar 4 meses o dinheiro que é de direito de seus funcionários não é legal, né?

Que bagunça é o nosso futebol…

Fluminense marca 2 gols no fim e abre vantagem sobre Flamengo na final do Carioca

Imagem extraída de: https://pagina3.com.br/esporte/fluminense-marca-2-gols-no-fim-e-abre-vantagem-sobre-flamengo-na-final-do-carioca/

– Se até o WhatsApp da dona Luiza Trajano é clonado…

Nós, simples mortais, vemos frequentemente os golpes de clonagem de Redes Sociais em nossos telefones. Mas quando se vê gente importante…

Não é que até a Luiza Trajano, do Magazine Luiza, foi vítima?

Será que o texto do golpista foi o mesmo que costumamos ver: “pai, tô escrevendo de um telefone de uma amiga. Preciso blábláblá…”

Abaixo, extraído de: https://veja.abril.com.br/economia/nem-a-bilionaria-luiza-trajano-escapou-do-golpe-do-whatsapp/

NEM A BILIONÁRIA LUIZA TRAJANO ESCAPOU DO GOLPE DO WHATSAPP

Por Victor Irajá

Nem a bilionária Luiza Trajano escapou do já nãp tão novo golpe do WhatsApp. Nesta terça-feira 12, a fundadora do Magazine Luiza publicou nas redes sociais a seguinte mensagem: “Pegaram uma foto minha e estão se passando por mim no WhatsApp, pedindo dinheiro. Por favor, não mandem e não cliquem em nada. É fraude”, escreveu. Seria cômico se não fosse trágico. Um dos seguidores de Luiza fez troça nos comentários da publicação: “Imagine alguém recebendo um zap de Luiza Trajano falando: ‘Oi, to sem limite e sem dinheiro aqui, pode me emprestar
200 reais pra pagar um boleto? dia 15 eu te devolvo’”, brincou. 

Aos 70 anos, a empresária segue na lista das mulheres mais ricas do país, com 1,4 bilhão de dólares. Ela é a quinta brasileira entre as mulheres com grandes fortunas no Brasil. A tradicional lista da revista Forbes mostrou que há 62 brasileiros no rol de pessoas mais ricas do mundo. Desse total, apenas oito dessas pessoas são mulheres. Cofundadoras ou herdeiras de negócios que vão do varejo ao agronegócio, as oito brasileiras, juntas, somam uma fortuna de 19,1 bilhões de dólares — ou 90,5 bilhões de reais.

CORAGEM - Luiza Trajano, do Magalu: a mulher mais rica do país lançou programa de trainees apenas para candidatos negros -

Foto: Ana Paula Paiva/Valor/Agência O Globo

– Lava Pés e Instituição da Eucaristia.

Hoje é um dia de excepcionais ritos do tempo litúrgico nesta Quaresma. Recorda-se a Instituição da Eucaristia, quando Jesus dividiu o pão e o vinho e conclamou aos discípulos a repetirem o ato como Memorial do seu próprio Corpo e Sangue a ser derramado por Ele. Também temos o exemplo do serviço à Igreja e ao próximo, onde o próprio Cristo lavou os pés dos apóstolos como sinal de Servidão e Humildade.

Em tempos de tanta arrogância social, quando o TER e o PODER se tornam símbolos de sucesso, onde a corrupção tem vencido, relembrar e celebrar tais passagens bíblicas é inspirador e santo.

bomba.jpg
bomba.jpg

Imagens extraídas da Internet, autoria desconhecida.

– Caldera, em Corinthians 1×0 Deportivo Cali, segundo o Zé Boca de Bagre.

O querido Professor Reynaldo Basile, aqui de Jundiaí, é amigo do bocudo “Zé Boca de Bagre”, um sujeito politicamente incorreto, que escancara coisas que outros não falariam. E ele disse, ao ver o gol contra do colombiano Caldera (anotado para o Corinthians que estava nervoso e não conseguia marcar), e na sequência o gol perdido por ele próprio, que:

“Ôrra meu, quanto é que esse cara levou para ferrar seu próprio time. Ou tão dividindo a bufunfa?

Claro, ele falou com paixão de torcedor. Eu não creio em sacanagem. Mas…

Mas… mas…

Nos últimos anos, acompanhei bastante os jogos do Paulista de Jundiaí na 4a divisão paulista, e vi muita coisa “bizarra” envolvendo os clubes pequenos paulistas e apostadores, que depois foram investigados e muita coisa erra comprovada na Justiça. Pude conversar até mesmo com um dos aliciados, Magno Dourado, que explicou como foi cooptado por um dos estelionatários (relembre aqui outros casos: https://wp.me/p4RTuC-rAV).

A propósito, os presidentes das agremiações ficam “carecas de preocupação” quando percebem que têm em seus elencos jogadores que aceitam as ofertas de “entrega de resultados” (e em alguns casos, há até mesmo os próprios cartolas envolvidos).

Os casos de manipulação não são tão divulgados, até por conta do sigilo das investigações, mas os relatos que trouxemos nos últimos anos são assustadores. Entretanto, os lances duvidosos são vistos à exaustão.

O que eu quero dizer é: não acredito que Caldera fez um gol-contra de propósito e perdeu para sua equipe da mesma maneira (até porque o histórico de Cali e violência assustam: lembram de Escobar no pós Copa 1994?). Mas se isso acontece nas divisões menores do futebol brasileiro, certamente o jogador seria investigado.

Ao vivo: Corinthians x Deportivo Cali | Conmebol Libertadores 2022

https://www.meutimao.com.br/videos-do-corinthians/103552/ao-vivo-corinthians-x-deportivo-cali-conmebol-libertadores-2022

– Atitudes para alcançar o sucesso? Aqui vão 5 delas:

Muito legal esse artigo: atitudes conscientes e simples para se alcançar o sucesso nos negócios.

Abaixo, extraído de Revista Dinheiro (clique aqui para link)

CINCO ATITUDES PARA QUEM QUER ALCANÇAR O SUCESSO

Por Carlos Wizard

Atitudes positivas e estrategicamente pensadas são fatores imprescindíveis para os empreendedores que trabalham em busca de resultados. O dia a dia nos negócios exige que o gestor esteja sempre atento às formas de se manter competitivo em um mundo cada vez mais dinâmico. Expandir os negócios é uma constante na agenda de quem pretende manter a liderança em seu setor.

Além de estratégias comerciais, alcançar o sucesso exige sabedoria para escolher o seu time e para mantê-lo motivado, utilizando todo o seu potencial criativo e de realização. Tornar um sonho individual em um sonho coletivo e manter uma equipe coesa é importante para quem quer alavancar os negócios. Afinal, ninguém já fez algo grandioso sozinho.

Nesse sentido a delegação é um elemento fundamental para todo gestor que busca se destacar em sua área de atuação. Após delegar o papel do líder é acompanhar e apoiar sua equipe e o desempenho individual dos profissionais que são parte de sua equipe. Talvez o papel principal do líder seja estabelecer metas realistas, porém, desafiadoras de modo a motivar os membros da equipe a superar seus resultados atuais.

Compartilho alguns dos conceitos que utilizo no meu dia a dia e que se forem seguidos, podem gerar grandes resultados em sua organização. Confira:

1)– A busca por resultados altos: Um dos princípios que adotei em relação ao meu time é ter ao meu lado profissionais de alta performance. Uma das formas de manter os colabores sempre motivados a entregarem os melhores resultados é promover uma espécie de competição entre eles, acompanhando os indicadores de vendas e bonificando, reconhecendo e valorizando aqueles que superam as metas.

Uma forma de incentivar até mesmo aqueles que não entregaram os resultados desejados, é oferecer a oportunidade de participar de treinamentos que ajudarão cada um aprimorar suas qualificações. Entretanto, se mesmo assim após um período de tempo combinado entre as partes, ainda não houver resultados positivos, não dá para ser complacente e aceitar o baixo desempenho.

2)– A busca por novos clientes: não acredite que um número fixo de clientes é o suficiente para manter o seu negócio e alcançar a liderança. É preciso ter consciência que quem se acomoda é rapidamente ultrapassado pela concorrência, perde participação no mercado e reduz suas chances de uma retomada. Por isso tenha um foco constante na busca de novos clientes. Em outras palavras, isso significa vendas, vendas, vendas.

3)– Definição de indicadores financeiros: defina quais são os indicadores financeiros que vão direcionar seu negócio. São eles que vão mostrar se você está no caminho correto e seguindo passos seguros para cumprir as suas metas. Com indicadores bem definidos você não precisará confiar somente no discurso de seus colaboradores ou no humor do mercado. Os números falam por si e demonstram com fidelidade o crescimento de seu negócio.

4)– Sociedade: Ter ou não ter? eis a questão: Em algum momento você pensou em ter um sócio? Pois essa é uma questão para se pensar com muito cuidado. Minha experiência diz que só se deve buscar um sócio em duas situações específicas: se você não tem os recursos financeiros para levar sozinho o seu projeto avante ou se não tem o conhecimento necessário para fazer o negócio crescer. Se você optar por ter um sócio, lembre-se de definir uma porta de entrada e outra de saída, e determinar muito bem qual a participação e responsabilidades de cada um. Tomar as devidas precauções, sempre imaginando que em algum momento pode haver ruptura, pode evitar muita dor de cabeça futura.

5)– Contratação de profissionais com potencial de crescimento: colocar a pessoa certa no lugar certo não é uma tarefa fácil. Por isso, quando for contratar um profissional, opte por pessoas com potencial, capacitando-as por meio de um modelo de educação corporativa consistente e que as prepare para enfrentar os desafios futuro. Busque profissionais capazes de trazer inovações, reduções de custo, aumento de eficiência e rentabilidade ao negócio. As organizações precisam de pessoas que tragam soluções para seu negócio e que façam a diferença nos resultados da empresa.

Imagem: citação no link acima.

– A 5a feira Santa e a Missa dos Santos Óleos

Hoje estaremos vivendo um dia especial da Semana Santa. Costumeiramente, há uma grande celebração diocesana, onde os bispos reunem os sacerdotes para abençoar os óleos sagrados (alguns lugares celebram na 4a feira).

Saiba mais em: https://www.a12.com/jovensdemaria/artigos/crescendo-na-fe/voce-sabe-o-que-e-a-missa-dos-santos-oleo

MISSA DOS SANTOS ÓLEOS

Hoje, as dioceses se reúnem em suas catedrais para a celebração da Missa dos Óleos Santos. Mas, você sabe qual o simbolismo desse momento para a Igreja?

Durante esta celebração, se abençoa o óleo dos catecúmenos e dos enfermos e se consagra o óleo do Santo Crisma, daí, a celebração ser também chamada de ‘Missa dos Santos Óleos’.

Após o término do rito, os padres voltam para suas comunidades e levam a porção dos óleos para que possa ocorrer a prática dos sacramentos dos seus fiéis.

Nela também se renovam as promessas sacerdotais pronunciadas no dia da ordenação, sendo também chamada de “Missa da Unidade”, expressando a comunhão diocesana em torno do Mistério Pascal de Cristo, constituindo um momento forte de comunhão eclesial, de participação intensa das comunidades e de valorização dos sacramentos da vida da Igreja.

O bispo, se necessário, pode antecipar a celebração. Em algumas dioceses, ela é celebrada na Terça-feira Santa. 

Entenda o significado dos óleos:

– Óleo dos Catecúmenos: Concede a força do Espírito Santo aqueles que serão batizados para que possam ser lutadores de Deus, ao lado de Cristo, contra o Espírito do mal.

– Óleo dos Enfermos: É um sinal utilizado pelo sacramento da Unção dos Enfermos, que traz o conforto e a força do Espírito Santo para o doente no momento de seu sofrimento. O doente é ungido na fronte e na palma das mãos.

– Óleo do Crisma: É um óleo utilizado nas unções consacratórias dos seguintes sacramentos: depois da imersão nas águas do batismo, o batizado é ungido na fronte; na Confirmação é o símbolo principal da consagração, também na fronte; depois da Ordenação Episcopal, sobre a cabeça do novo bispo; depois da ordenação sacerdotal, na palma das mãos do néo-sacerdote.

Resultado de imagem para missa dos oleos santos crisma

Imagem extraída da Internet, autoria desconhecida.

– Sunshine.

🌄 MORNING

🇺🇸 An extremely beautiful dawn in Bragança Paulista, interior of Brazil. Cheer the nature!

🇧🇷 Um amanhecer extremamente bonito em Bragança Paulista, interior do Brasil. Viva a natureza!

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#amanhecer #morning #sol #sun #sky #céu #natureza #horizonte #fotografia #paisagem #landscapes #inspiração #mobgrafia

– Não tome Kratom, se te oferecerem!

Um extrato oferecido em chá ou em cápsulas, de uma planta parecida com café, dita estimulante e ao mesmo tempo com alto poder analgésico, o Kratom, tem feito mortos nos EUA, onde virou moda.

Se você não ouviu falar disso ainda, compartilho:

Extraído de: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/bbc/2019/04/17/o-que-e-kratom-a-planta-que-ja-matou-mais-de-90-pessoas-nos-eua.htm

O QUE É KRATOM, A PLANTA QUE JÁ MATOU MAIS DE 90 PESSOAS NOS EUA

Este suplemento natural tem sido usado há milhares de anos no sudeste da Ásia, especialmente na Tailândia. Seus efeitos em doses baixas podem ser positivos, mas em altas doses são potencialmente mortais, alertam as autoridades americanas.

O kratom é uma planta da família do café, mas que exige muito mais cuidado do que o parente cheio de cafeína. Os problemas que ela está causando nos Estados Unidos levaram autoridades a lançar um alerta sobre seu uso.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças do país publicou na semana passada os resultados um estudo que mostra que, só em julho de 2016 e dezembro de 2017, esta planta, comercializada na forma de suplemento natural, causou a morte de 91 pessoas.

Além disso, a substância foi encontrada, junto a outras drogas, no corpo de 61 pessoas mortas por overdose.

Embora esses casos representem uma parte mínima do total de mortes por overdose de drogas nos Estados Unidos (1%), a preocupação das autoridades vem pelo aumento de situações como essas.

O Centro examinou mais de 27 mil casos de overdose em 27 Estados americanos.

Em aproximadamente 80% das mortes por kratom ou naquelas em que o suplemento aparecia, o falecido tinha um histórico de abuso de substâncias e em aproxidamente 90% delas não recebiam tratamento médico para dor com supervisão médica (a planta também tem propriedades analgésicas).

Em 2016, Russ Baer, porta-voz da agência federal antidrogas dos EUA (DEA, na sigla em inglês), em conversa com a BBC Mundo, serviço em espanhol da BBC, reconheceu apenas dois casos de morte por overdose de kratom nos Estados Unidos.

Este extrato de planta, que é vendido sem receita médica em qualquer fitoterapeuta, contém mitragyna, um ingrediente ativo com efeitos estimulantes.

Em doses baixas, pode funcionar como uma xícara de café bem forte que ajuda você a ficar acordado e ter mais energia.

Em altas doses, no entanto, seus efeitos são mais semelhantes aos de qualquer opioide, como a morfina.

Além disso, disse a agência americana, existem estudos que indicam que é uma substância com potencial de desenvolver dependência.

Sob esses argumentos, a DEA equiparou kratom a LSD, heroína, maconha ou ecstasy, em 2016.

Cada vez mais popular

Mas sua popularidade continuou a crescer e seus defensores alegam que as autoridades não têm dados científicos confiáveis para justificar o alerta.

É o que diz a Associação Americana de Kratom.

“Numerosos estudos em animais mostraram que o kratom tem toxicidade muito baixa”, explicou Charles M. Haddow, membro da associação e responsável por suas relações públicas em um comunicado.

Nesses estudos, ele acrescentou, mesmo “doses extremamente altas (doses que quando ajustadas para consumo humano seriam difíceis de serem consumidas) não causam morte ou efeitos tóxicos significativos”.

Desintoxicação

Essa chamada de atenção por parte das autoridades ocorre em um momento em que os Estados Unidos enfrentam uma emergência de saúde pública devido ao uso de opioides – uma epidemia que já deixou mais mortes do que a guerra do Vietnã e do Afeganistão juntas.

Neste contexto, o kratom é visto como uma substância que ajuda a gerenciar a desintoxicação de opioides, como o OxyContin e o Percocet.

Suas propriedades de aliviar a dor atenuam os efeitos da síndrome de abstinência.

Mas a FDA continua preocupada com o uso deste suplemento como uma alternativa aos analgésicos.

“Nem kratom nem seus compostos mostraram serem seguros e eficazes para qualquer finalidade, e não devem ser usados para tratar qualquer condição ou doença”, disse.

Muitas pessoas também usam essa substância para abandonar a dependência de heroína, álcool e até do tabaco, de acordo com um estudo do Transnational Institute, localizado na Holanda.

Quais são seus efeitos?

O kratom é uma planta decídua (que, numa certa estação do ano, perde suas folhas) usada há milhares de anos no sudeste da Ásia, especialmente na Tailândia.

Suas folhas são consumidas como chá ou trituradas e misturadas com água, embora também existam cápsulas.

Um estudo do Transnational Institute afirma que o kratom pode causar efeitos positivos, como euforia, relaxamento, sociabilidade, aumento de energia e alívio da dor.

Entre os efeitos negativos estão náuseas, dores de estômago, calafrios e suores, tontura e instabilidade, vômitos e coceira.

“(A planta) começou a ser usada nos Estados Unidos nos últimos 20 anos e nos últimos cinco, seu uso aumentou”, disse Susan Ash, da Associação Americana de Kratom para a BBC Mundo em 2016.

A associação acredita que entre três e cinco milhões de pessoas nos EUA consumam a planta como uma alternativa às drogas convencionais.

Resultado de imagem para Kratom

– #tbt 4: Nosso Mini Jambo!

Há 2 anos…

Dias atrás, mostrei o nosso pé de jambo com seus deliciosos frutos (o Jambo Amarelo). Aqui, a 1a colheita de Mini Jambo (ou Jambo Smith, Jambo Pink), outra espécie, bem menor, mas da família dos Jambos.

A natureza nos presenteia sempre com delícias!

Imagem

– #tbt 3: Gargalhando!

Relembrando, de anos atrás…

Que demais!

Nossa #bebê Estelinha adora tomar #banho, e com um simples “oi amigo” dá uma contagiante #risada que faz todos rirem.

Aumente o volume, com certeza você também vai sorrir com esse vídeo engraçadinho dela.

👶🏼 😀 #Paternidade #Sorriso #Alegria #Baby #Amor #Criança

Link em: https://m.youtube.com/watch?v=tNGMh1Y8YgA

– #tbt 2: O brilho que nos aquece!

Essa aqui é de exatamente 2 anos, do trecho do Retão (Avenida Reynaldo Porcari, no Bairro Medeiros, em Jundiaí).

Que “sol danado é esse que mediu a altura da árvore e a tela da câmera para ficar simétrico?

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby