– Aécio e Serra como Lula e José Dirceu. E agora, radicais?

Política no Brasil é algo assustador. O que tem de radical, fanático, “torcedor”, “doente por político”, chega a ser ridículo.

Sabemos que a turma do PT está suja até o pescoço (isso é comprovado). E desconfiávamos da turma do PSDB quase que na mesma medida. Com as ultimas delações premiadas, ficou certo de que todos são farinha do mesmo saco!

Aliás, viram a capa da Veja dessa semana? Todos os podres revelados sobre Aécio…

bomba.jpg

– Vai sobrar para todo mundo!

O senador Aécio Neves apareceu novamente como um dos beneficiários em esquemas de corrupção envolvendo Furnas e a construção da Cidade Administrativa, segundo o delator Léo Pinheiro.

Não há nome de político citado que seja surpresa. Lula, Temer, Dilma, Serra, Alckmin… todos são suspeitos.

Mas… será que a “batata vai assar”? Que asse a todos os corruptos, independente de partido ou ideologia.

bomba.jpg

– Fica quieto, Aécio!

Boquiaberto por ouvir e tentar entender: o senador Aécio Neves, a respeito do caso Geddel / Calero, disse que se for provado que o ex-Ministro da Cultura gravou a conversa dele que envolve o suposto pedido de interferência do presidente Michel Temer a fim de descumprir as regras do Iphan, deve punir Marcelo Calero, pois ele está colocando em risco conversas de interesse nacional!

É como o marido traído, que se descobre a infidelidade da esposa, tira o sofá da sala para resolver o problema…

Ridículo! Há de se punir quem comete a corrupção e o descumprimento das leis nesse país, seja quem for.

O país está definitivamente sem bons políticos…

bomba.jpg

– Vale tudo ou não vale na Política?

Já escrevemos sobre as nojentas declarações de Romero Jucá e Sérgio Machado. Lamentáveis… (considerações em: http://wp.me/p4RTuC-f2e). Pois bem: Dilma Roussef declarou que tais gravações eram provas de golpe.

Peraí, quando surgiram as gravações de Dilma e Lula, ela e seus militantes não reclamaram que eram escutas ilegais e que isso não valia? Por que agora valem?

É claro que tanto Direita e Esquerda no Brasil estão sujos. Não pela ideologia, mas pelas pessoas que estão nos partidos.

São muitíssimos os equívocos de Temer até então. A diferença é que ele é menos piegas do que o pessoal que o antecedeu, iludindo muita gente.

E para o Brasil?

Em matéria de honestidade (ou desonestidade), trocou-se apenas os nomes.

bomba.jpg

– Que se resolva logo quem será o Presidente do Brasil!

Escrevo sem saber como será a votação sobre o impeachment ou não da presidente Dilma, hoje a tarde. Estou passado, cansado e de saco cheio de política. Eu, e creio, a maioria dos brasileiros, não aguenta mais o blablablá dos senhores políticos. Tirarei minha tarde para resolver pendengas de trabalho e curtir as pessoas queridas.

Durante esse final de semana, só se ouviu conversa fiada. Ou melhor, os monólogos dos Deputados nas madrugadas pré-votação. Há para todos os gostos…

O “ar da mudança” existe, é inegável. A possibilidade de um clima menos negativo, de fato, pinta no Brasil. Mas não nos iludamos: muda do PT para o PMDB que já estava lá, com apoio do PSDB de Aécio (estranhamente tão sumido e com denúncias nas costas).

Lula se fortalecerá (infelizmente) para 2018 (se não estiver preso ou com os direitos cassados), pois estará na melhor zona de conforto que gosta: a de oposição.

REITERO: Não nos iludamos! A ética não voltará, tampouco a corrupção cessará. Só trocará (se trocar) a quadrilha.

Aliás, a sequência de votação dos deputados é cômica. Para que estados intercalados? Faça por ordem alfabética, ora bolas!

Xô corrupção!

Assisti a um vídeo espetacular sobre “moralizar o Brasil” (pena que os idealizadores não cumpriram o que fizeram de apologia), em: https://m.youtube.com/watch?v=dHSQjj2LSgw&feature=share

bomba.jpg

– Muito Blabláblá de Defensores e Opositores do Governo

A radicalização fanático-religiosa do Brasil está assustando. Muito discurso furado. Gente que fala bonito iludindo a população, como a presidente Dilma se comparando à vítima do Nazismo (que Deus a perdoe) ou movimento de atores que recebem verbas federais para defendê-la.

Do outro lado, pessoal que até marcou data para o impeachment, falando sobre a mudança de direção da nação (esquecendo-se que Temer é do mesmo pacote: já beijou a mão do PSDB e usufruiu o quanto pode do PT).

Prefiro a moderação. Quero um país menos corrupto, livre de políticos profissionais e sedentos de poder. E que os bandidos de colarinho branco (de Lula a Aécio, se tudo for provado) sejam presos (e devolvam a grana, logicamente).

Uma coisa é certa: há muito blábláblá, lenga lenga e o povo continua sofrendo.

bomba.jpg

– As Delações e as Listas de Corruptos Multipartidários. Em quem confiar?

Delcídio Amaral citou em delação premiada políticos em atitudes corruptas das mais diversas ideologias: de Lula a Aécio, de Norte a Sul!

Na lista oficial de propina da Odebrecht, descobriu-se quase 300 políticos de mais de 20 partidos, de comunistas aos neo-liberais.

Aí fiquem pensando: e os radicais “torcedores” do PT que se matam nas redes sociais contra os radicais “torcedores” do PSDB? Nem assim os dois grupos de eleitores se mancam que a briga é pelo poder e pelo dinheiro, não pelo povo?

Esses militantes profissionais me trazem dúvida: alienados ou fanáticos?

Não aguento mais escrever ou falar sobre política. O Brasil, politicamente falando, é um antro de perdição e está falido moralmente.

O que será do nosso país? Onde achar um nome sequer honesto para presidi-lo?

bomba.jpg

– As corretas frases de Lula repaginadas em atos concretos e contraditórios, somadas as infelizes tiradas dele próprio.

Em 2010, quando Julian Assange, o fundador do Wikileaks, divulgou vários documentos sigilosos que continham crimes de pessoas e governos importantes, Luís Inácio Lula da Silva declarou:

Aparece o tal do WikiLeaks e desnuda a diplomacia que parecia inatingível, parecia a mais certa do mundo, e aí começa uma busca. Se ele leu, é porque alguém escreveu. O culpado não é quem divulgou, o culpado é quem escreveu. Portanto, em vez de culpar quem divulgou, culpem quem fez a bobagem, porque senão não teria o escândalo que tem”.

Repetindo: “Quem divulga não é culpado”, pois o problema é o ato criminoso cometido e que ficaria encoberto.

Certo?

Mas quando é com ele… o discurso mudou?

Em 1988, no Governo Sarney, em entrevista ao “O Globo”, Lula se referiu a políticos corruptos que ficavam impunes dizendo:

No Brasil é assim: quando um pobre rouba, ele vai para a cadeia, mas quando um rico rouba ele vira ministro“.

Que ironia do destino… Lula, acusado de corrupção, foi chamado às pressas para ser ministro. E não um simples ministro, mas um super ministro, praticamente para governar a nação e que depois foi impedido por se descobrir por grampos telefônicos que era um esquema de evitar sua provável prisão e ter foro privilegiado.

Em referência aos grampos, fica a pergunta: que baixeza foi a fala de Lula ao dizer que o PT precisava das mulheres de grelo duro”? Que linguajar chulo! Pior: sobre Clara Ant, diretora do Instituto Lula, ele disse que quando a diretora viu 5 Policiais Federais, “achou que era um presente de Deus”.

Se ele trata assim as pessoas próximas a ele, imagine aos adversários?

Mais do que isso: a troca de gargalhadas entre Eduardo Paes e Lula sobre o sítio de Atibaia (sítio negado por ele), ironizando como “lugar cafona” de quem tem “mania de se fazer de pobre”.

Quando achamos que o fundo do poço chegou, vemos que ele está longe ainda…

Desse atual episódio onde a Lava Jato está corretamente indo a fundo, tiramos duas conclusões:

– A Oposição é fraca e parece estar indo (ou melhor, já foi) para o mesmo caminho: e as contas e podres de Aécio Neves? Não dá para ignorá-las também!

– Não há um líder político como opção. Quem pode subir em um palanque e conclamar o povo para mudança nesse momento turbulento? Quem é o político-símbolo de honestidade hoje? Infelizmente, não há…

bomba.jpg

– O Brasil Político da Esquerda Mentirosa e da Direita Oportunista: quero achar um chefe de estado honesto!

Tivemos nesse domingo as manifestações contra a Corrupção, contra o Governo Dilma e contra o Lula-Petismo!

Impossível ignorar as pessoas nas ruas. Foram milhões de brasileiros em diversas cidades, revoltados com o abandono do país.

Correto. Temos uma Esquerda capitaneada pelo PT e pelos seus “partidos satélites”, que nos anos 80 pregava a ética e a lisura, mas que quando entrou no poder se corrompeu com os mais graves escândalos de roubo da nação, como Mensalão e Petrolão. Quem diz o contrário, é fanático-partidário.

Já a Direita é fraca, não sabe ser oposição e permitiu esse “status quo”. Formada por caciques do PSDB, foi omissa na maior parte dos casos e tentou se aproveitar de visibilidade no último protesto, sendo Alckmin e Aécio vaiados pela massa de 1,4 milhões de paulistanos na mais paulista das avenidas. Inclua-se na lista a agora peemedebista Marta Suplicy e outros tantos ex-petistas que abandonaram o barco para perder menos votos no próximo pleito.

Não me empolgo com nenhum partido ou nome de candidato. Todos são iguais perante o dinheiro público, infelizmente. E é o que temo: precisamos mudar esse Governo corrupto e prender os cabeças, como prioridade; depois ir para cima dos pseudo-salvadores da nação, tão envolvidos em outras maracutaias quanto os mandatários atuais. Todos devem ser investigados, doa a quem doer, pela ordem de importância dos seus crimes. MAS SOBRARÁ QUEM?

Sérgio Moro, corretamente, se tornou herói nacional. Ótimo, mas provavelmente quer distância do Planalto por ser honesto demais. Vai que perde a incorruptibilidade…

O duro é ver que muitos dos apoiadores do impeachment de Fernando Collor, que lesou menos o Brasil do que Dilma + Lula, são contrários ao impeachment atual. Será por que nomes como Sarney (o ícone do coronealismo), Collor (tirado do poder também por eles próprios mas hoje senador) e Maluf (o “rouba mas faz”) tem seus partidos integrando a base aliada?

bomba.jpg

– Dilma, o Partido e o País dividido!

Alguém duvida que o Brasil está ao Deus-dará?

Se desde as Eleições o país rachou entre Dilma e Aécio, ou entre PT e PSDB (e parece ser um crime dizer que você não simpatiza nem com um ou nem com outro), onde ser esquerda tornou-se “petralha” e ser direita virou “coxinha” (durma-se com um barulho desses) e que bipolarizou-se forçadamente as ideologias, agora vemos um cenário inimaginável: o PT abandona Dilma através de discursos negativos, e a presidente diz que não governa para o PT mas sim para o país.

Estratégia política ou de fato estão brigados?

Algo que irrita: por quê ao se referir ao Lula, Dilma frequentemente o chama de presidente, ao invés de Ex- Presidente, como os demais?

bomba.jpg

– Justificar o quê, Aécio?

Repito: falta em nosso país uma personalidade política que inspire HONESTIDADE.

E as denúncias – comprovadas – de que enquanto governador Aécio Neves permitiu que celebridades e amigos usufruíssem de vôos às custas oficiais de Minas Gerais?

Por incrível que pareça, dentro da lei, isso era permitido. Legal, mas imoral!

Tal fato começa a equiparar o Tucano com os Petistas acusados e provados de corrupção. Ou não?

bomba.jpg

– Partido Novo, Aécio e Dilma

Ouvi na Rádio Jovem Pan a entrevista do presidente do Partido Novo, a nova agremiação política do Brasil.

Gostei! Parece, de fato, uma terceira via. Mostrou ter uma ideologia liberal, de centro, sem políticos velhacos e viciados no jogo corrupto. Gente trabalhadora cansada dos mesmos nomes. Mostrou-se ético e, de certo ponto, “pixotesco” (no sentido bom da palavra).

De Dilma e o pessoal do PT, cansamos. De Aécio, a decepção por surgimentos de denúncias bem fundamentadas, em especial ao do uso particular por dezenas de vezes do avião do Governo de MG para recreação no RJ.

Tomara que seja uma alternativa o pessoal do Novo!

bomba.jpg

– Esperança na Política Brasileira e suas fases

Eu vivi o período da inflação alta, dos conturbados anos 80 e dos inúmeros planos econômicos.

A ESPERANÇA para o Brasil era o Caçador de Marajás, Fernando Collor de Mello, que pelo PJ (Partido da Juventude e que depois viraria PRN – Partido da Renovação Nacional), mudaria os rumos para o país.

Essa esperança era um engodo…

A NOVA ESPERANÇA veio com a posse de Itamar Franco e o aceite do Plano Real, uma espécie de dolarização da economia bolada pelo Ministro da Fazenda Fernando Henrique Cardoso. Ufa, que desafogo das dívidas e que fase maravilhosa da economia brasileira!

Essa nova esperança durou algum tempo. Veio a crise mexicana, a russa… e o não mais ministro, mas sim presidente FHC precisou tomar duras medidas para blindar o país. Veio a recessão econômica para segurar a inflação.

Surgiu uma NEO-ESPERANÇA, que disse que “venceria o medo”: Lula, que enfim se tornaria presidente e encontrou o país protegido da crise econômica internacional. Período de ascensão da classe média, de programas assistenciais em alta possibilitados pelo período impopular da gestão anterior. Mas a neo-esperança, que vencera o medo, trazia a desconfia consigo.

Veio a MÃE DA ESPERANÇA, a mãe do PAC, a mãe dos brasileiros, a reboque da neo-esperança: Dilma, que sem o mesmo carisma venceu 4 anos de excessivas críticas e desmandos. E reeleita, SEPULTOU A ESPERANÇA com a volta da inflação, do desemprego, da carestia e da falência dos cofres públicos.

QUEM RESSUSCITARÁ A ESPERANÇA? Temer? Aécio? Lula de novo?

Precisarei, então, rever meus conceitos de esperança…

bomba.jpg

– Não acredito em Políticos!

Alberto Youseff, o doleiro, citou os peessedebistas Aécio Neves e Sérgio Guerra também como receptores de dinheiro sujo, assim como os inúmeros petistas e peemedebistas.

Não acredito. E não duvido. Infelizmente, políticos são todos iguais e as provas estão escancaradas.

Nessa, estou com o José Simão, que publicou: “Não há virgem na Zona”.

Concordo e assino embaixo.

bomba.jpg

– Golpismo da Oposição ou Demagogia da Situação?

Se correr o bicho pega; se ficar bicho come! Assim está a política no Brasil.

Não gostei de Aécio “trollando” na convenção do PSDB, dizendo que “o partido está pronto para governar”. Foi oposição acomodada até agora, e de repente reaparece? Aliás: está defendendo o Brasil ou lutando por causa própria?

Tampouco gostei da manifestação do PT, seja por Dilma, Rui Falcão ou Lula, alegando tentativa de golpe de estado

Quando Collor (que hoje faz parte da base aliada petista) sofreu o impeachment, a oposição (na qual o PT pertencia) conseguiu tirá-lo pela corrupção de uma Elba não declarada. E tudo foi democrático. Por que com os milhares de escândalos do PT e que envolvem a atual presidência não seria legítimo também?

O outro problema é: quem assume é Michel Temer.

Xi…

É a picaretagem petista contra a sede de poder de Aécio. Prefiro corroborar com Alckmin, que declarou ser “descabido promover confusão e impeachment neste momento“.

Contra a radicalidade, MODERAÇÃO!

A foto abaixo assusta e entristece…
bomba.jpg