– A falta de ritmo de apito dos árbitros pós-paralisação!

Ritmo de Jogo: se os atletas terão dificuldades em voltar no condicionamento físico ideal, tempo de bola e outras nuances, imaginem os árbitros

Um juiz de futebol ganha “ritmo de apito” somente apitando. E, neste período onde se tem dificuldade em manter o corpo em dia (pelas diversas circunstâncias: estar em casa, falta de espaço e equipamentos adequados para treino, indisponibilidade diversas), existe outro agravante: a falta de jogos não-oficiais!

O treino do árbitro, muitas vezes, é o jogo amador, a partida entre amigos ou o torneio inter-clubes. É lá que ele pode errar, é onde ele vai se adaptar a um novo posicionamento dentro de campo e, enfim, se preparar e/ou manter a condição ideal para as partidas oficiais. Quando não está escalado, esse tipo de jogo vira treino (e “ganha-pão”).

Que a mesma paciência que os torcedores de futebol deverão ter para com os jogadores (vide na Bundesliga, que já voltou: equipes voando e outras “patinando”), tenha-se para os árbitros, pois eles demorarão ainda mais que os atletas para estarem em sintonia com o tempo de jogo (teremos a falta de timing na aplicação de vantagens ou marcação de faltas), o correto posicionamento dentro de campo (veremos muitas bolas batendo no bumbum…) e a interpretação correta de infrações (considerem também a dificuldade da leitura dos lances). Acrescentem os bandeiras para interpretarem impedimento ativo ou passivo (impossível não termos problemas com essas situações).

Tudo isso é natural pelo tempo inativo e pela impossibilidade de preparação (ainda lembrando que os árbitros não são profissionais). É previsto que isso ocorra, e é importante deixar claro: suportem-se os erros iniciais na volta dos campeonatos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.