– Viva a vida intensamente!

Com esse entardecer maravilhoso, não teve como deixar de brincar com a minha filha Teté!

Pedalar, correr atrás da cachorra e curtir a natureza! Viva a vida!

Imagem

#PaiDeMeninas #Família #Carinho

– A NASA e os sons que os ETs escutarão!

Coisas do mundo (ou de “outro”): há 5 anos, soube-se quais serão os “sons do universo”: a Nasa, depois de tanto tempo, divulgou os áudios que colocou nas sondas espaciais da série Voyager, em 1977!

E sabe o que os alienígenas, se existirem e encontrarem os equipamentos terráqueos, ouvirão?

Sons de crianças, conversas de adultos, pulsares do coração, barulhos de ferramentas e saudações em diversas línguas, inclusive em português com uma voz feminina dizendo: “PAZ E FELICIDADE PARA TODOS”.

A seguir, ouça no link: http://seuhistory.com/noticias/nasa-disponibiliza-audios-que-enviou-para-alienigenas-no-projeto-voyager

Resultado de imagem para sons do universo

– E há aqueles que não creem na força do Covid_19?

Passamos da fase de que anônimos morriam vítimas do Novo Coronavírus. Fomos para a fase de conhecidos, amigos e parentes. Nos últimos dias, começamos a observar gente importante e conhecida sofrer com esse mal. 

Estamos falando de mais de 90 mil mortes e milhões de infectados por um vírus “malandro”, que reage muito diferente em cada pessoa. A Ciência, apesar dos esforços, não consegue ainda produzir um remédio ideal, universal e confiável.

A solução?

  • Prevenção hoje, e vacina nos próximos dias (assim que ela surgir)!

O que mais entristece é que os inúmeros falecidos não comovem mais muita gente, que relaxou nos cuidados e acaba se contaminando e transmitindo às outras pessoas – seja por aglomeração ou por imprudência. 

Pior do que esses, é o pessoal que fica politizando a pandemia, querendo defender ou acusar político A ou B através de um fanatismo absurdo – e que grita que não é fanático (lógico, nenhum irracional raciocina sobre sua irracionalidade).

Vamos parar de bobagem em Rede Social e agir com os alertas preventivos. Cuidar-se, neste momento, é também pensar no próximo (ou melhor, no não contágio do seu vizinho).

O que é coronavírus: veja sintomas, riscos e tratamento da covid-19

– Guilherme Bellintani, o presidente diferente no mundo do futebol!

Ele promove ações sociais importantes, cuidando de causas como o racismo e a transfobia. É paparicado pelos clubes rivais por ser um bom gestor. Fez seu time, o Bahia, gozar de grande respeito e bons resultados. Referimo-nos a Guilherme Bellintani, presidente do clube.

Nesta semana, após vencer o Botafogo da Paraíba, criticou a arbitragem por ter FAVORECIDO seu time. No twitter, escreveu que:

“Bahia se classificou merecidamente. Mas três lances mudariam o resultado do jogo. Gol legal anulado do Botafogo/PB, gol irregular do Bahia e pênalti não marcado em Elber. Bahia sempre lutou pelo VAR no Brasileirão. Está na hora do VAR na Copa do Nordeste. É um avanço necessário”.

Sobre esse personagem diferente do mundo do futebol, abaixo:

Extraído de: https://www.uol.com.br/esporte/futebol/ultimas-noticias/2020/07/25/como-presidente-do-bahia-virou-idolo-e-ate-cobicado-por-torcidas-rivais.htm

GUILHERME BELLINTANI VIRA ÍDOLO DE TORCEDORES

Quem não se lembra do jogo em que Ronaldinho Gaúcho foi aplaudido de pé pela própria torcida do Real Madrid depois de fazer dois golaços pelo Barcelona em pleno Santiago Bernabéu? Ou do momento em que Cristiano Ronaldo, ainda no time merengue, recebeu aplausos da torcida da Juventus após uma pintura de bicicleta pela Liga dos Campeões?

Guardadas as devidas proporções, o mesmo vem acontecendo no Brasil, mas de outra forma, e não com um jogador: o ‘idolatrado’ da vez, e não só pela torcida rival, é um presidente: Guilherme Bellintani, do Bahia.

No caso do mandatário tricolor, o palco não são os estádios, e sim as ruas e, principalmente, as redes sociais. Basta uma leve bisbilhotada no Twitter, por exemplo, para perceber o quanto o atual presidente tricolor é cobiçado por torcedores dos outros clubes – e até do próprio Vitória.

É comum ver pedidos de torcedores de ‘venha pro meu time’ para jogadores e técnicos, mas não para presidentes. Mas por que será que isso acontece? Com a palavra, o próprio presidente, entrevistado pelo UOL Esporte.

“Acho que essa conjunção de um clube que tem falado e buscado ser um clube com um propósito social, tratando o futebol além das quatro linhas, que tem governança, que é democrático, aberto, transparente, inovador e que traz elementos importantes de conceito de mudança no futebol… A combinação disso tudo com o exercício prático dessas coisas, e não só de falar, promove nas pessoas um desejo de acompanhar o trabalho”, analisa.

“Não é uma coisa de me verem como ídolo, mas as pessoas estão bem interessadas em acompanhar o trabalho. E também tem outra coisa importante: a gente nunca se apresenta como dono da verdade ou como única referência em nenhum tema. Muito pelo contrário. Eu sei que a gente ainda tem muito a aprender com vários outros clubes, cada um no seu projeto. Então, acho que o torcedor também vê que o Bahia valoriza o clube dele, que o Bahia vê que cada clube tem um pouco a contribuir e que a gente tem buscado pegar um pouco de cada um desses clubes e formar um projeto mais amplo com o valor que cada um tem; beber nessas fontes tradicionais do futebol brasileiro é muito importante”, acrescenta.

Os mais recentes elogios ao presidente surgiram depois do último jogo do Bahia. Nas redes sociais, ele anunciou que o clube, atendendo a inúmeros pedidos dos torcedores – colocou à venda a camisa utilizada contra o Náutico com a marca do SUS, em uma homenagem aos profissionais de saúde. E com um valor acessível: R$ 99, o mesmo da camisa popular.(…)

Também nesta semana, Guilherme já havia sido alvo de comentários positivos entre os torcedores ao participar do rachão entre os próprios jogadores à véspera do jogo contra o Náutico, pela Copa do Nordeste. A atividade foi transmitida ao vivo por meio do Sócio Digital, espécie de Netflix do Bahia, lançado na semana passada e que também tem conquistado aficionados de outras agremiações.

Apesar de não se ver como um ídolo dos torcedores, Bellintani se diz feliz com os comentários e faz questão de dividir o mérito pelos elogios com todos os profissionais do Bahia:

“É bom, dá prazer, estimula, e eu divido muito disso com a minha equipe. Eu tenho uma equipe muito focada na reconstrução desse clube que é o Bahia, que quase acaba e a gente está trabalhando para reconstruir. Acho que a nossa forma de comunicar facilita muito. A gente trata o torcedor como elemento central dessa história toda. Vemos o futebol se voltando muito pra dinheiro, remuneração, e isso é fundamental e trabalhamos também pra aumentar nosso faturamento”.

“Torcedor é o principal patrocinador do clube”

Com mandato iniciado em 2018 (e com término previsto para o fim deste ano), o presidente tricolor sempre procurou estar próximo do torcedor. Exemplos vão desde frequentes respostas aos questionamentos dos aficionados nas redes sociais até a participação ativa nas ações promovidas pelo Bahia — como, por exemplo, quando colocou a cerveja a R$ 1 no entorno da Fonte Nova para protestar contra o preço abusivo da bebida dentro da Arena.

E com Guilherme Bellintani na presidência, o Bahia tem atingido todos os públicos. São frequentes as ações do clube que tratam sobre questões mais humanas como racismo, direitos LGBTQ+, demarcação de terras indígenas e o tratamento das torcedoras nos estádios de futebol, entre outros.

“A gente coloca o torcedor como elemento principal disso tudo, é o principal patrocinador, o principal ativo, é o dono do nosso clube. E a gente fala pra todo mundo: quando a gente busca incluir a torcida que habitualmente não era lembrada, as minorias, que na verdade são maiorias, facilita muito, e comunicar com franqueza. Isso é fundamental e o torcedor percebe isso. Quando você fala olhando no olho é diferente de quando você fala simplesmente para implementar um discurso bonitinho”, acrescenta.

E não é que tem até torcedor do maior rival enchendo o presidente de elogios? Bellintani também tem uma explicação.

“Talvez pela minha forma como me refiro ao Vitória, com respeito. Claro que tem uma brincadeirinha aqui e ali, normal, sou torcedor e faço de vez em quando, mas mais no sentido de pequenas resenhas pra divertir. Mas sempre respeitei muito o Vitória como instituição e entendo que o torcedor também identifica isso. A rivalidade tem seus limites. Acho que a torcida do Vitória, uma parte pelo menos, me vê com respeito porque sabe que eu respeito a instituição”, completa.

Guilherme Bellintani apresenta ações para manter a fidelidade do ...

– Brasil, país de Primeiro Mundo?

Jim O’Neill, presidente do Goldman Sachs e que criou o termo BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China) para se referir aos gigantes emergentes da economia, disse em 2014 que nós, brasileiros, chegamos ao desenvolvimento pleno:

“O Brasil não é mais um país emergente. Será uma das 5 maiores economias em 2050.”

Respeito-o e não acredito nessa felicidade próxima. Com nossos indicadores sociais (e em que pese a pandemia), estamos longe de sermos primeiro mundo…

Imagem4.png

– Dia de Santo Inácio de Loyola

Hoje a Igreja celebra Santo Inácio de Loyola, precursor dos Jesuítas (e aqui, lembrando como membros ilustres dessa ordem José de Anchieta e o Papa Francisco) – é dele a frase: “Em tudo, Amar e Servir! Este deve ser o propósito

Conheça sua história, em: http://is.gd/YHLPrn

HISTÓRIA DE SANTO INÁCIO DE LOYOLA

Íñigo (Inácio) López nasceu na localidade de Loyola, atual município de Azpeitia, próximo a San Sebastian, no País Basco, na Espanha, em 1491. De família rica, o caçula de treze irmãos, decidiu dedicar-se à espiritualidade aos 26 anos, quando abandonou a carreira militar, voltando a estudar para melhor abraçar a vocação descoberta de evangelizador. De 1522 a 1523 escreveu os Exercícios Espirituais, baseados em sua experiência de encontro com Deus, através de reflexões que levam em conta sua própria humanidade. Os Exercícios Espirituais se tornaram, mais tarde, um reconhecido método de evangelização para os católicos.

Em 1534, com mais seis companheiros, entre eles Francisco Xavier, funda a Companhia de Jesus, que recebe a aprovação do Papa Paulo III em 1540, quando Inácio é escolhido para o cargo de superior-geral da ordem.

Os jesuítas se espalharam pelo mundo. No Brasil, tiveram importante papel na conversão e proteção de indígenas durante a época colonial, além de contribuírem decisivamente para o ensino com colégios em diversos pontos do território nacional que hoje integram a Rede Jesuíta de Educação.

Santo Inácio morreu em Roma, em 31 de julho de 1556, aos 65 anos. Em 1922, o Papa Pio XI declarou Santo Inácio padroeiro de Retiros Espirituais.

– Pitacos da eliminação e classificação dos grandões de SP

Quatro observações importantes sobre os grandes clubes na mudança de fase do Paulistão:

1. Em Santos, o Peixe foi eliminado em casa pela Ponte Preta, com mais uma expulsão. Repararam que em TODOS os últimos jogos alguém recebeu o Cartão Vermelho e o time, jogando com 10, despencou de rendimento? Com o condicionamento físico abalado pela parada da Pandemia, perder atleta fica difícil.

2. Camisa de time grande, queiramos ou não, ainda ajuda a ganhar jogo. Veja o caso do Corinthians, que encarando um ótimo Red Bull Bragantino, cresceu e classificou-se para a semifinal.

3. Imagine o que passa na cabeça do treinador do Palmeiras, Vanderlei Luxemburgo… Ele treinou o Verdão com um ataque vibrante e de jogadores que batiam no peito, chamando a responsabilidade de decidir o jogo: Zinho, Edmundo e Evair. Hoje, vê no lugar desses craques os sonolentos Gustavo Scarpa, Rony e Lucas Lima.

4. E o São Paulo? Se tirar o Fernando Diniz agora, joga fora o possível trabalho de renovação da base e futebol ofensivo (mostrado contra o Guarani). Se o mantém, tem que aguentar os medalhões que pediram sua contratação e que não estão jogando nada (como contra o Mirassol). O que fazer?

Enfim: se as quartas-de-final do Campeonato Paulista 2020 estivessem na Loteria Esportiva de domingo, ninguém teria feito os 13 pontos… a zebra esteve solta!

Acréscimo: nenhum dos 4 clubes de São Paulo pode reclamar de arbitragem, certo? Nada ocorreu de errado CONTRA eles que pudesse decidir algo.

– Bom dia, 6a feira!

👊🏻 Bom dia!
Mesmo com esse #frio bem chato, nada de clamar por #preguiça. Vamos correr para ter #ânimo na labuta?
S’imbora ao #cooper diário!
🏃🏻👟 #Fui #RunningForHealth #run #mizuno #adidas #asics #training #corrida #sport #esporte #running
Clique 1:

🙏🏻 Correndo e Meditando:
“Ó #NossaSenhoraDasNeves, rogai por nós que recorremos a vós. #Amém.”
⛪😇 #Fé #Santidade #Catolicismo #Jesus #Cristo #MãeDeDeus #Maria #NossaSenhora #PorUmMundoDePaz #Peace #Tolerância #Fraternidade
Clique 2:

🌺 Fim de #cooper!
Suado, cansado e feliz, alongando e curtindo a beleza da #natureza. Hoje, com nossa #roseira de dias atrás.
🏁 🙆‍♂️ #corrida #treino #flor #flower #flowers #pétalas #pétala #jardim #jardinagem #flores #garden #flora #run #running #esporte #alongamento
Clique 3:

🌅 Desperte, #Jundiaí, neste dia frio e bonito!
Que a #SextaFeira possa valer a pena!
🍃🙌🏻 #sol #sun #sky #céu #photo #nature #morning #alvorada #natureza #horizonte #fotografia #pictureoftheday #paisagem #inspiração #amanhecer #mobgraphy #mobgrafia
Clique 4:

Ótima jornada para todos!

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobbye

– Sobre a campanha da Natura com Thammy Miranda, um pai transgênero.

Thammy Miranda está no noticiário, juntamente com a Natura pela propaganda do Dia dos Pais da marca de cosméticos. Vamos fazer algumas consideracões sobre esse delicadíssimo tema?

Para não ficar arestas no entendimento: Thammy era conhecida pela alcunha artística de “Thammy Gretchen”, filha da conhecida cantora do “Melô do Piripiri”. Ela estampou algumas capas de revistas masculinas, como a Sexy.

Anos atrás, Thammy revelou que era lésbica, o que revoltou sua mãe Gretchen e sua tia, a cantora Sula Miranda – e trouxe surpresa para seus admiradores. Mais tarde, se descobriu transgênero e resolveu fazer a mudança de sexo, adotando seu nome e sobrenome de nascimento (Thammy Miranda). Hoje, Gretchen e Thammy vivem uma boa relação, incluindo a esposa da mesma e o filho desta relação.

Aí que surge a polêmica atual: Thammy Miranda e esposa tiveram um bebê, e a Natura resolveu fazer sua propaganda do Dia dos Pais homenageando os mesmos com… Thammy, um pai transgênero, ao lado do seu filho Bento.

É óbvio que o departamento de marketing desejou a repercussão sobre a escolha de um “pai não convencional aos padrões” do que um pai heterossexual (ou, como li numa postagem de Rede Social, um pai “homem de verdade”). Empresas deste porte calculam muito bem quanto vale uma ação promocional inclusiva (mesmo que tenha gente contrária) versus aumento / queda nas vendas, rejeição na mídia e aumento do valor de imagem.

Não pensemos que uma organização (comércio ou indústria) queira apenas o “ser politicamente correto” e abra mão das vendas. Sem lucro, retorno ou divulgação da marca, nada adianta. É falácia achar que ela, Natura, está preocupada com as campanhas de boicote, pois previu o retorno que tem sido positivo. Prova disso é que as ações da Natura subiram somente num dia 6,73% com esta campanha dos Dias do Pais (a maior alta da Ibovespa).

Resumindo: ao apostar num tipo de pai que representa a minoria (é uma questão de lógica: a maior parte dos pais são homens heterossexuais, não pais transgêneros ou gays), a Natura desagradou muita gente. Mas ganhou dinheiro e valor de mercado com tal atitude.

Agora, sobre “gostar ou não da campanha”, aí é questão de foro íntimo de cada um. Compre ou não da Natura, é um direito seu. Não condeno quem se desagradou com ela, pois é algo intrínseco de cada um. Idem a quem gostou.

 

Thammy Miranda com o filho

– Tudo pode acontecer com o Galo no reinício da A3. Mas atentemo-nos aos detalhes!

O Campeonato Paulista da A3, se tudo der certo, retornará em 20 de setembro. Mas poucos estão comentado: e se tivermos uma “segunda onda de Covid_19”, como ocorre hoje em alguns lugares na Europa e Ásia (especialmente Espanha e Coreia do Sul), trazendo preocupação e fechando / parando algumas atividades que estavam, a priori, se normalizando?

Programar e planejar é necessário. Mas se a pandemia registar números mais alarmantes, dificilmente o Governo do Estado permitirá a continuidade do esporte. Isso não pode ser descartado! Mas levando em conta hipoteticamente que não ocorrerá, pensemos: é outro torneio que teremos, diferente do começo do ano!

Na A1, o Mirassol perdeu jogadores 16 profissionais (e ainda se classificou para a fase semifinal). Imagine na A3! Quem estava “por cima”, pode estar por baixo. E vice-versa. É tudo novo, exceto a tábua de classificação estando a 4 rodadas do término da 1a fase. 

Lembremo-nos que teremos 50 dias para todo mundo se refazer até o reinício. Evidentemente, ninguém é médico e nem mesmo “bidu” para saber como estará o país, os clubes e as suas finanças até lá. Tudo deve estar norteado com as palavras “provável”, “se” e “condicionado”.

Isso vale aos resultados em campo: o Paulista FC pode cair, se manter e até mesmo conseguir a classificação para a outra fase, pois obviamente falamos de futebol, onde a única lógica dele é ser ilógico. 

Essa é a graça do futebol! Vamos aguardar, e torcer para que a contratação de Julinho, novo gerente de futebol, surta bons frutos ao treinador Oliveira, bem como ao trabalhado novo presidente Rodrigo Alves.

Esse é o meu jogo | Federação Paulista de Futebol

– Você terceiriza seus problemas?

Muita gente reclama das dificuldades da vida e pouco faz. Critica, mas não age para solucionar o que desgosta.

Achei fantástica essa reflexão do Padre Zezinho que postou em foto tal pensamento abaixo:

Deus não resolve tudo. Muitas coisas Ele deixa para nós resolvermos. Por quê você acha que ele nos deu cérebro, mãos e pernas? Não entregue tudo nas mãos de Deus, assuma a sua parte! Fé não é dar tudo para Deus e depois dormir numa rede, esperando que ele faça o resto por nós.”

Pois é… Direto, na ferida e preciso!

bomba.jpg

– A culpa de Fake News seria da tia do What’sApp?

Veja que interessante: li sobre Claire Wardle, a diretora de uma ONG chamada First Draft, que combate a informação falsa. Disse ela a respeito da proliferação de Fake News no nosso cotidiano:

“Podemos culpar as redes sociais, a nossa mãe e os Governos pela desinformação. Queremos uma solução fácil, que é culpar o Facebook. Mas todos somos responsáveis pela crise da informação”.

E não é verdade? Quantas vemos ingenuamente damos crédito a notícias falsas? Ou perdemos tempo em ler mentiras, fatos inverídicos e tantas bobagens’?

Já ouvi um amigo dizendo que “a culpa é da tia do What’sApp”, mostrando a figura daquela senhora simples, pura, e que replica fake news com a melhor das boas intenções sem saber! E isso é uma realidade indiscutível: quantos não são enganados e enganam os outros involuntariamente?

Resultado de imagem para Fake news

– Caí do Cavalo, por conta da Zebra no Morumbi!

O improvável sempre será charmoso e dará emoção ao futebol.

Justo no meu primeiro palpite dos 4 jogos desta fase de Quartas-de-final do Paulistão, a lógica não se confirmou: com uma equipe montada com jogadores da base e um artilheiro que acertou a permanência para uma única partida (Zé Roberto), não é que o Mirassol venceu o São Paulo que tem um elenco milionário?

Não era o provável… abordei que somente o futebol proporcionava resultados tão inesperados (aqui: https://wp.me/p4RTuC-qMz), mas esse placar, confesso, até eu não imaginava!

Acho que “a batata” deu treinador Fernando Diniz está assando…

Mirassol vence por 3 a 2, e favorito São Paulo é eliminado em ...

– Empreendimentos socialmente corretos

EMPREENDEDORISMO – Está se perdendo o medo da criação de “Negócios Sociais”. Diferente de ONG’s sem fins lucrativos, são empreendimentos que visam uma ação correta (até de mercado, por exemplo), sem dizer que é filantropia sem lucro pessoal.

Compartilho em: https://www.youtube.com/watch?v=6AobS8LObrk

– O Lobo-Guará na nota de R$ 200,00. E se fosse homenagear uma pessoa?

Quando eu era criança, a nota de CR$ 1.000,00 homenageava o Barão do Rio Branco. Era o “Milão”!

Agora, o Banco Central anunciou que lançará a nota de R$ 200,00, com o Lobo-Guará sendo homenageado (hoje, são espécies da fauna brasileira em destaque nas cédulas).

Se fôssemos voltar no tempo e escolher uma personalidade para tal fim, quem você escolheria?

Político nenhum, talvez, seja uma unanimidade.

Brasil terá nota de R$ 200 com lobo-guará; saiba detalhes

– Que lambança do Pé-de-Anjo!

Marcelinho Carioca foi visitar o presidente Jair Bolsonaro com a nova camisa do Corinthians. Lá, o palmeirense Presidente da República vestiu a camisa do arquirrival (para desgosto de palmeirenses e corintianos, pois os primeiros não gostam de atitudes como essa, e os segundos não apoiam a linha ideológica dele).

Mas o que precisamos discutir na verdade é: Marcelinho Carioca no Palácio do Planalto para debater com Bolsonaro sobre a MP do Futebol? 

Respeitosamente, mas… fala sério!

Importante: o Sport Club Corinthians Paulista não teve nada a ver com isso.

65863810-d1cc-11ea-affb-db9fe5693702