– Lenda urbana ou verdade sobre os palhaços criminosos dos EUA?

Cada vez mais surgem relatos sobre palhaços que estariam assustando crianças na Carolina do Sul, nos Estados Unidos. As autoridades investigam a seriedade das denúncias ou, em tempos de lorotas, se não passam de “lendas urbanas”.

Me recordo da “loira do banheiro” na minha infância. Seria uma versão disso nos States?

Tire suas conclusões, veja esse link: http://oglobo.globo.com/mundo/policia-investiga-palhacos-que-assustam-moradores-da-carolina-do-sul-20024748

PALHAÇOS ASSUSTADORES OU MARKETING?

GREENVILLE, Carolina do Sul — Chefes de polícia de Greenville, na Carolina do Sul, Estados Unidos, estão reforçando o patrulhamento na área após receberem novas denúncias de que pessoas vestidas como palhaços estão tentando atrair crianças para as florestas. De acordo com o relatório dos oficiais, várias crianças dizem que os palhaços lhes oferecem dinheiro para que elas os sigam para uma casa próxima a um lago.

Os últimos relatos são dessa segunda-feira, quando os delegados da cidade receberam um chamado do condomínio Emerald Commons por volta das 20h20. Mais tarde, às 22h, houve outro alerta sobre alguém vestido como palhaço nos arredores do Shemwood Apartments. Quem fez a denúncia foi uma criança de 12 anos.

O Emerald Commons fica a 20 minutos do Fleetwood Manor Apartments, outro conjunto habitacional onde as pessoas relataram ter visto palhaços na semana passada. Os oficiais que foram atender à demanda disseram que não encontraram nenhuma evidência de que alguém esteve no bosque. A polícia também inspecionou a casa mencionada pelas crianças, mas não encontrou nenhuma pista.

Adultos também relatam ter visto as figuras. Uma mulher que voltava para casa à noite afirmou ter visto um palhaço acenando para ela debaixo de um poste de luz. Ela acenou de volta antes de voltar para sua casa em segurança. Uma mãe decidiu ir até o bosque após seu filho ter lhe falado sobre palhaços “sussurrando e fazendo barulhos estranhos”. Chegando no local, segundo ela, havia vários palhaços com lasers verdes.

As autoridades não sabem dizer se as histórias são reais, mas estão preocupadas com a segurança dos moradores. De acordo com o xerife de Greenville, um dos residentes de um condomínio pode ter atirado em direção à floresta. A moradora Donna Arnold disse à rede de TV WYFF que achou que seu filho estava mentindo, até que “30 crianças” fizeram a mesma denúncia.

— Havia mais de uma criança dizendo ter visto eles, então eu estou certa de que elas estão falando a verdade.

No início do mês, vários moradores de Green Bay, em Wisconsin, viram e fotografaram um palhaço que rondava as redondezas. Um ator disse à rede de TV Wbay que se trata de uma ação de marketing para um curta do qual ele tentou fazer parte.

bomba.jpg

Anúncios

Um comentário sobre “– Lenda urbana ou verdade sobre os palhaços criminosos dos EUA?

  1. Muito interessante, eu acho que todo o problema começou devido à imagem dos palhaços no cinema e toda a atmosfera em torno dessa figura na cultura do terror. Ainda asim eu gosto deles. Excelente artigo! Acho que é uma boa idéia fazer este tipo de adaptações cinematográficas com esses personagens. Amei dos palhaços desde que eu vi o trailer do It A Coisa filme. Li o livro em que esta baseado faz alguns anos e foi uma das melhores leituras até hoje. Andy Muschietti foi o diretor responsável do filme e fiquei muito satisfeita com o seu trabalho, além de que o elenco foi de primeira. De verdade, amo o personagem de Pennywise.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.