– Como crer na lisura dos políticos?

Parece montagem ou brincadeira, mas não é: em Brasília, durante o jogo em que o Flamengo perdeu do Coritiba, assistiram a partida irmanados o Presidente do Congresso Nacional, Eduardo Cunha, INVESTIGADO pela CPI da Petrobrás, e Hugo Mota, o presidente da mesma CPI (portanto, o INVESTIGADOR).

Vai dar em Pizza ou não?

bomba.jpg

– Curiosidades das Escalas de Arbitragem da Rodada 28 do Brasileirão

Para São Paulo x Palmeiras no Morumbi, teremos a arbitragem de Anderson Daronco. Parece que o gaúcho é a bola da vez, tendo trabalhado nesta temporada em 22 jogos. O “Fortão que tem medo de Aranha”, conforme foi retratado em reportagem da Revista Veja, está indo bem no seu 1o ano como FIFA. Erra pouco (embora as vezes deixa de marcar faltas leves – e isso é uma recomendação da CBF para deixar o jogo correr).

O interessante é: uma hora, o critério é arbitro regional; outra hora, de fora do estado. Vai saber o que se passa…

Tão sortudo quanto ele pode ser Marco Antonio Martins, o presidente da ANAF que irá para seu 19O jogo como observador da CBF. Como é que o presidente da Associação Nacional dos Árbitros brigará com os chefes da Comissão de Árbitros com essa relação? Respeito Marco Antonio, é um cara trabalhador, honesto, mas a incompatibilidade dos cargos é visível.

Em tempo: Flávio Guerra e Rogério Zanardo, envolvidos no lance polêmico de Corinthians 2×0 Santos, estão prestigiados: trabalharão em Náutico-PE x ABC-RN e Grêmio-RS x Avaí-RS, respectivamente.

Coisas do futebol brasileiro…

bomba.jpg