– Marcelo Odebrecht ovacionado?

O empreiteiro Marcelo Odebrecht foi falar aos deputados na CPI da Petrobrás. E não é que seus “interrogadores”, muitos deles, eram políticos que receberam doação de campanha da construtora Odebrecht?

Alguns o louvaram pelo seu empreendedorismo!

Assim fica difícil… sem o que comentar!

bomba.jpg

– Cruzeiro está no caminho certo com Mano Menezes?

Mano Menezes é o novo treinador do Cruzeiro/MG porR$ 500.000,00/ mês!

Não é muito?

Por um contrato até Dezembro de 2017?

Com carta branca para contratações?

Depois de demitir o bicampeão brasileiro Marcelo Oliveira e contratar por algumas rodadas Vanderlei Luxemburgo, a Raposa vai para o seu 3o treinador no Campeonato Brasileiro. Dará certo?

bomba.jpg

– McWhopper não vingou. Teremos a união do Burger King e o McDonald’s algum dia?

Causou alvoroço: recentemente, o Burger King sugeriu ao seu maior rival, o McDonald’s, a criação de um lanche: o BigMacWhopper, numa excepcional ação de marketing, a ser comercializado no dia 21 de setembro, considerado em alguns países o “dia da Paz”.

Não aceita a proposta, através da rede social Tumblr, o Burger King sugeriu outra ação: a criação do “The Peace Day Burger”, juntando outras redes de fast food (incluindo a brasileira Giraffas). Para essa iniciativa, o McDonald’s ainda não respondeu…

Dará certo?
bomba.jpg
bomba.jpg
bomba.jpg

– Pressão no Itaquerão com Ricci no apito? Sobre Corinthians x Fluminense

Sandro Meira Ricci, FIFA, bom e experiente árbitro e que está há algum (ou muito) tempo em má fase, apitará Corinthians x Fluminense nesta noite na Arena de Itaquera.

Será seu primeiro jogo do Timão desde a partida polêmica na Libertadores em que expulsou Sheik e Mendonza.

Em tempos nos quais as torcidas propagam o tal do “apito amigo” (discordo, pois são erros de competência), evitaria um desgaste na escala. Aliás, vide a frase do treinador Tite ontem à imprensa:

Quero que o atleta concentre em jogar, mas ficaremos focados para que o árbitro tenha critério igual. Não queremos privilégio, mas ninguém é bobo”.

Trocando em miúdos: não faremos pressão, mas pressionaremos…”

bomba.jpg

– As Extravagâncias de Artistas trocadas pelo Correto!

Sabem aqueles pedidos absurdos de celebridades em seus camarins? Tipo: 2000 toalhas, sabonetes blablá e outras coisitas mais?

Vejo na Revista Isto É (em: http://is.gd/7WmmwR)  que isso está mudando. Bruce Springsteen se apresentará em São Paulo, e pediu para que tudo em seu camarim fosse ecologicamente correto. Copos e pratos biodegradáveis, lixeiras para reciclagem e produtos alimentícios orgânicos.

Compare com outros artistas: Britney Spears exige Lanches do McDonald´s sem pão e uma foto da princesa Diana emoldurada; Van Hallen pede lubrificante íntimo KY; Prince solicita injeções de vitamina B12 e um médico dentro do camarim; Frank Sinatra pedia 24 camarões gigantes resfriados com Chivas Regal.

Quem pode, pode…

mi_7255710698625912.jpg

– A Regra do Futebol mudou e a boleirada não sabe?

Talvez seja por má comunicação entre as entidades, por desinteresse ou simplesmente por desconhecimento que alguns erros estão acontecendo por jogadores e treinadores no Campeonato Brasileiro de 2015.

Entenda: nas últimas rodadas do Brasileirão, tivemos algumas situações discutidas e modificadas em 2013 ainda não assimiladas. Exemplos:

1) No jogo entre Ponte Preta x Avaí, Gilson Kleina, suspenso, tentava se comunicar por celular com seu assistente técnico dentro de campo; isso não pode mais…

2) Wellington Paulista, no Fluminense x Atlético Mineiro, foi comemorar o gol subindo na arquibancada. Isso também é proibido.

3) Flamenguistas x Vascaínos discutiram sobre um gol de bola desviada após rebote do goleiro: é ler o livro de regras para entender!

4) Bola na mão ou mão na bola? Toda rodada, uma discussão por jogo.

Sendo assim, REMEMORE:

Desde 01 de Julho algumas novas orientações das Regras do Futebol foram colocadas em prática pela FIFA, bem como recomendações diversas aos árbitros pelas entidades estaduais e CBF. São elas:

1- Está proibido que atletas zombem da torcida adversária em comemorações de gol; bem como nos estádios em que não há alambrados separando a torcida e do campo (onde existem as escadas de segurança) ocorram comemorações exaltadas (como a de um jogador que vai comemorar na torcida). Para essas situações: cartão amarelo. Na prática, ainda não vimos tais lances.

2- Há tempos a FIFA autorizou a permanência de até 12 reservas no banco de suplentes, mas somente neste ano o Brasil adotou a medida. Nos estádios da 1a divisão do Brasil, há as adaptações pertinentes pois os espaços eram diminutos. Mas e no interior do Brasil? Convocar 23 atletas para uma partida muitas vezes não tem sido tarefa fácil.

3- Numa circular da FPF de 22/07/13, uma curiosidade: a Comissão de Árbitros sugere cuidados com os acréscimos, pois “5 ou 10 segundos em excesso podem modificar o jogo. Ora, quando se aponta 3 minutos de acréscimos, significa que não se pode acabar a partida antes desse tempo, e que o jogo vai ter NO MÍNIMO 3. Acabar o jogo aos 3’30” é normal. Talvez tal recomendação seja prudente demais.

4- No mesmo documento citado no item acima, está avisado que os árbitros estão PROIBIDOS de pedir a bola para encerrar o jogo. Deve-se apitar o final a partida, simplesmente. Para mim, pura bobagem tal orientação.

5- Qualquer faixa ofensiva (racista, homofóbica, xenófoba ou que cause constrangimento) deve ser retirada pelo policiamento. Se não for possível, a partida deverá ser interrompida. Fica a pergunta: se existir uma faixa escrita: “Fora Marin”, e o torcedor insistir com ela, não tem jogo?

6- Antes dos jogos, os árbitros deverão se reunir com os gandulas, que agora têm um procedimento padrão: devem rolar a bola somente pelo solo aos atletas. Os gandulas estão proibidos de jogar a bola pelo alto ou de colocar ela no local do reinício do jogo.

7- Uma das mais importantes modificações: está proibido rádio ou telefone celular em campo. Acabou a comunicação eletrônica entre treinador fora de campo e assistente técnico no banco de reservas. Se um treinador for expulso, não poderá se comunicar com aparelho; mas… e se for na Rua Javari ou na Comendador Souza, onde os bancos de reservas ficam ao lado dos alambrados? Fernando Diniz, pelo Audax, dirigiu sua equipe aos berros da arquibancada, após ser expulso em 2013 num jogo pelo Paulistão da A2. Recentemente, um assistente técnico do Palmeiras foi expulso pelo árbitro Ricardo Marques Ribeiro na partida contra o Atlético Paranaense em Curitiba, pela Copa do Brasil, por fazer uso do rádio.

8- A mudança da interpretação de mão na bola: lances de atletas que pulem com os braços extremamente abertos e que a bola bata neles não devem ser considerados involuntários. A idéia, segundo uma corrente, é de: quem é descuidado tende a querer interferir na jogada. Sendo assim, não seria um acidente de trabalho ou não-intenção, mas sim uma intenção faltosa disfarçada. O exemplo clássico: Brasil x Inglaterra em Wembley, num pênalti a favor do Brasil no começo do ano, marcado pelo português Pedro Proença. O zagueiro inglês se vira de costas e com os braços abertos num chute de um atacante brasileiro; o juizão marca pênalti pois entende que quem estava com os braços tão abertos o faz propositalmente.

9- O novo entendimento de “impedimento ou não” em lances desviados em adversários: Se um atacante chutasse para o gol e a bola desviasse num adversário, mas sobrasse para seu companheiro que estivesse do outro lado do campo, ele estava impedido por tirar vantagem de uma posição. Agora, bola desviada que sobre para um atleta que não participava originalmente da jogada, mesmo ele estando mais próximo da linha de fundo do que dois adversários e a bola (a definição clássica de impedimento), é lance legal. Mas atenção: aqui, a bola foi desviada e caiu para alguém que não participava do lance, sendo diferente da situação na qual um jogador esteja sozinho e receba uma bola de rebote de goleiro, ou ainda quando lhe é lançada uma bola e ela bate no zagueiro (pois, afinal, a bola era para ele e ele a recebeu mesmo após bater no adversário). Para ambas situações continua sendo impedimento. Continua valendo a máxima: desvio não tira impedimento (com exceção ao lance modificado).

Para quem tem o livro Trívia FIFA (o conjunto de perguntas e respostas oficial e complementar às Regras do Jogo), esse lance era a questão 238, que hoje foi alterado. Há dois anos, tivemos no Campeonato Paulista no jogo Americana x Santos (no Décio Vita) um lance similar.

E aí, há mais de dois anos com tais modificações, você já sentiu muitas diferenças?

Eu penso numa seguinte situação: e se numa cobrança de falta, um jogador ficar adiantado, e um bom cobrador de faltas tentar tabelar com a barreira a fim de que disfarçadamente a bola sobre sozinha por um desvio? Como provar a intenção de lançar a bola através de uma burla da regra ou de uma inocente desviada?

Sobre tais lances, convido a visitarem um manual didático da FIFA, em: http://labhipermedia.net/descargas/Offside_ifab.PC.zip

Deixe seu comentário:

url.jpg

– Papa e o Perdão a quem Faz o Aborto

Neste dia 01, o Papa Francisco estendeu aos sacerdotes a permissão de perdoar o pecado da fiel que aborta, justamente como sinal de que estamos em uma ano especial da celebração da misericórdia (em referência ao “Ano Santo Católico” que se iniciará em 08 de dezembro de 2015 e vai até 20 de novembro de 2016).

Calma: o Papa não liberou o aborto nem fez apologia, mas simplesmente concedeu uma autorização para que os Padres ministrem o Sacramento da Reconciliação a essas pessoas.

O Aborto é um pecado gravíssimo dentro do Catolicismo, afinal, se considera assassinato a uma vida inocente e que não pode se defender. Quando uma mulher pratica o aborto, pode ser excomungada; mas se existir o real arrependimento dos pecados, deve procurar a Igreja em busca da Confissão. E aqui uma particularidade: nem sempre os padres absolverão a fiel de imediato!

Normalmente, para que seja perdoado tal pecado, a pessoa passará por um período penitencial, de demonstração concreta de valorização da vida, arrependimento verdadeiro e busca da ação reparadora por meio de carentes, onde esse processo reconciliatório buscará o perdão integral e reintegração ao seio da Igreja.

Nem todos os padres podem perdoar tal grave conduta; somente a quem o bispo permite ou o próprio bispo, devido à característica do pecado.

A atitude de Francisco visa permitir que a Igreja se mostre mais acolhedora e que os padres tenham a possibilidade de, diretamente (sem a intervenção do bispo), atender a confissão de quem abortou e reinserir a pecadora na vida cristã.

Disse o Papa:

Tomei a decisão de conceder a todos os padres durante o Jubileu o arbítrio de absolver os pecados de todos aqueles que desejam, com o coração arrependido, receber o perdão (…) a tragédia do aborto é vivenciada por alguns com compreensão limitada, enquanto muitos outros acreditam não ter outra opção (…) Encontrei muitas mulheres que levam em seus corações a cicatriz dessa decisão dolorosa e torturante“.

Lembremo-nos: o direito à vida é indiscutível ao cristão, e o aborto é crime canônico condenável. E para seu perdão, assim como para qualquer pecado, o arrependimento de quem peca é condição sine qua non para a absolvição. 

bomba.jpg

– O Corinthians é Tricolor ou não?

A Itália tem a bandeira de cores verde, branca e vermelha, mas joga de azul em homenagem a cor predominante da Casa Real de Savóia. Os clubes que se chamam “Internacional” jogam normalmente de vermelho, pela origem socialista-proletária, exceto a Internazionale de Milão, que veste azul e preto em homenagem a região de Santo Ambrósio. Assim também o América Mineiro é exceção em não utilizar a cor do sangue rubro dos seus co-irmãos Brasil afora.

E por quê o Corinthians não é tricolor, já que tem a bandeira do Estado de São Paulo em seu distintivo, além de remo e timão nas cores vermelhas?

O time do Parque São Jorge adotou o preto e branco como cores oficiais, mas mantém o Vermelho em seu escudo; afinal, se chama Corinthians Paulista.

Qual a vergonha, repulsa ou medo em usar a cor tão discriminada? De o chamarem de tricolor como seu arquirrival São Paulo Futebol Clube e ser ironizado?

Pura bobagem. Se o alvinegro do Parque São Jorge quiser assumir outra identidade – a de 3 cores, deveria fazer. O Atlético Mineiro, o Botafogo ou o Santos são puros alvinegros. O Corinthians, pelo emblema, de fato não é.

Seria utopia o Mosqueteiro usar uma camisa vermelha? Talvez. Certamente não o veríamos de verde. Lembrando que o time já usou roxo (em alusão do torcedor ser “corinthiano roxo”), usou vinho (em homenagem a São Jorge e ao… Torino !?), usou amarelo (pela honraria da Seleção Brasileira) e agora usará o laranja, lembrando do famoso Terrão de Itaquera.

Gostou da nova camisa? E o que pensa sobre a identidade tricolor do Corinthians?

Deixe seu comentário:

bomba.jpgbomba.jpg

– Você conhece Santa Dorotéia?

Eu não a conhecia. Mas nesses tempos em que o mundo necessita de pureza, compartilho a história dessa santa que a Igreja hoje celebra: Dorotéia!

Extraído de CançãoNova.com:

SANTA DOROTÉIA

Escolheu viver sua juventude na castidade perfeita (virgindade consagrada), em jejum e com muita oração

Nascida em Cesareia da Capadócia no Século III, Santa Doroteia teve seus pais martirizados. Em sua liberdade e formação herdada principalmente dos pais, Doroteia escolheu viver sua juventude na castidade perfeita (virgindade consagrada), em jejum e com muita oração, atraindo desta maneira a afeição daqueles que eram testemunhas de sua humildade, doçura e prudência.

Doroteia foi uma das primeiras vítimas do governador Fabrício, que recebeu ordens imperiais para exterminar a religião cristã. Após um interrogatório, que não a fez renunciar a Jesus, ela continuava cheia de alegria, e dizia: “Tenho pressa de chegar junto de Jesus, meu Senhor, que chamou para si os meus pais”.

Teófilo, um advogado, em tom de brincadeira, disse para Doroteia que enviasse do jardim de seu esposo frutos ou rosas, e Doroteia, levando a sério, disse que se ele acreditasse em Deus ela faria o que ele havia pedido.

Aconteceu que antes dela morrer, pediu uns instantes para rezar, chamou um menino de seis anos e entregou-lhe o lenço com o qual havia enxugado o rosto a fim de que chegasse para o advogado Teófilo.

O menino entregou o lenço, justamente na hora em que Doroteia foi decapitada (no ano de 304) e Teófilo entendeu a mensagem de Cristo, e de perseguidor dos cristãos, converteu-se pelo testemunho e intercessão da santa mártir aceitando livremente morrer decapitado por causa do nome de Jesus.

Santa Doroteia, rogai por nós!

 bomba.jpg