– O Leão Cecil e o Ditador do Zimbábue

O Zimbábue possui um parque florestal chamado Hwange, uma reserva natural que protege os leões dos caçadores das redondezas. Naquele país, a caça é legalizada em determinados perímetros.

Eis que um dentista americano chamado Walter Palmer pagou 50 mil dólares para um cidadão local a fim de ajuda-lo a caçar um leão. Esse “guia” atraiu um leão do parque e que foi abatido.

Não é que o leão era Cecil, de 13 anos, considerado manso e símbolo da preservação local?

Agora, se faz campanha contra a caça legal. Empresas aéreas já decidiram não levar mais “troféus de caça” (peles de animais, cabeça de leão ou elefante, coisas do tipo). E muito se fala em ajudar o Zimbábue nessa luta.

O problema é que o Zimbábue é governado pelo ditador bilionário Robert Mugabe, dito comunista e que governa há décadas o pobre país. Recentemente, promoveu uma festa de casamento onde deu como lembranças iPhones de ouro (feitos especialmente pela Apple a ele, com personalização a cada convidado).

Você doaria dinheiro para Mugabe cuidar da preservação dos animais?

Difícil responder, hein?…

bomba.jpg

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.