– As Notas dos Árbitros batem com a sua Sensação?

Existe o chamado “Senso Comum” na Sociedade, algo que traz a impressão do povo sobre determinado assunto.

Eis que a agência Lancepress! trouxe na coluna “De Prima”, do jornalista Fábio Suzuki, as notas que a CBF deu para os árbitros: em 1776 partidas do 1o semestre de 2015, a média de atuação foi de 8,28. Apenas em 25 jogos a arbitragem tirou nota abaixo de 7.

Essas notas são coerentes com a sua sensação ao assistir uma partida? Bate com o “Senso Comum do Torcedor”?

Me parece mais um #7×1 no futebol brasileiro: assim como a Comissão Técnica da Seleção Brasileira e os cartolas costumam dizer que está tudo bem, na Comissão de Árbitros idem.

bomba.jpg

4 comentários sobre “– As Notas dos Árbitros batem com a sua Sensação?

  1. Porcari, mas o pior disto tudo é que os numeros NÃO SÃO GELADOS. São reais e de acordo com AS NOTAS d
    os Assessores de arbitragem. Ou Assessores viajando por todo Brasil é algo que cada um deles gostaria de perder com uma SIMPLES NOTA BAIXA DADA?

    Ou voce não conhece a FIGURA e as FIGURINHAS?

    Curtir

  2. É verdade. E o pior é que tudo isso vira escárnio público, já que notoriamente as atuações não correspondem às notas. E me deixa muito triste ver que há um “pelotão” de vedores, avaliadores, observadores e tantos outros “Dores” para avaliar os árbitros da forma que fazem, comprometidos com a manutenção do “status quo” de sequência de escalas, e nunca na real atuação.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.