– Os Erros de Árbitros e de Jogadores no final de semana futebolístico

Muitas reclamações nos campos de futebol Brasil afora. Vamos analisar se elas procedem?

1- AVAI 2×2 SPORT: No domingo cedo, na partida entre Avaí x Sport, a equipe catarinense quase tirou a invencibilidade do time pernambucano. Aos 47 minutos do 2o tempo, o atacante André (SPO) tem a bola dominada e Jubal (AVA) dá um carrinho nela. André imediatamente se joga e o árbitro paraense Dewson Freitas (que já é da FIFA, acreditem) não entende como simulação e marca o pênalti que decidiu o jogo. Após a partida, ainda aplicou o 2o Cartão Amarelo (e consequentemente o Vermelho) a um jogador do Avaí por lhe ter chutado a bola para longe e lhe ofendido com palavrões. Errou de novo, tinha que ser Vermelho Direto (afinal, os “elogios” proferidos a ele exigiam a Expulsão incontestável). Aqui, ERROU O ÁRBITRO.

2- SÃO PAULO 0x0 FLUMINENSE: no 2o tempo, Leandro Pedro Vuaden (que na próxima rodada apitará novamente o São Paulo, agora contra o Vasco da Gama – assim, 3 escalas no Tricolor em 12 rodadas) não viu o braço de Reinaldo (SPFC) empurrando Gerson (FLU). Da posição do juiz, é claro que o próprio corpo de Reinaldo encobriu o lance. Se existisse um Árbitro Adicional Assistente (um AAA, como no ano passado), poderia lhe ter ajudado. ERROU O ÁRBITRO (vide essa análise no blog “Pergunte ao Árbitro”, em: http://wp.me/p55Mu0-tj, ou no nosso espaço nos jornais da Rede Bom Dia / Diário de São Paulo, em: http://is.gd/2lo9Zz).

3- GOIÁS 0X0 CORINTHIANS: o atacante Carlos (GOI) dribla GIL (COR). O corinthiano tenta lhe roubar a bola. Em um primeiro momento, a perna de Gil não atrapalha o adversário. Mas em um segundo momento, fora do campo de visão do árbitro, Gil trava Carlos que cai. E aí que reside o erro: o jogador do time goiano valoriza o lance e abre os braços gritando, iludindo de que a queda fosse por lance violento. ERROU O ÁRBITRO em não marcar e ERROU O JOGADOR pela mania que brasileiro tem em exagerar nas caras e bocas de infrações. Também nesse lance, se existisse um AAA, poderia ter ajudado o árbitro Heber Roberto Lopes.

4- INTERNACIONAL 1X3 ATLÉTICO MINEIRO: após o árbitro assistente paranaense Bruno Boschilia (sim, é primo distante do falecido Dulcídio) marcar uma falta a favor do Atlético Mineiro, o jogador Anderson (INT) irresponsavelmente se dirige ao bandeira e o chama de, segundo o que o árbitro Rapahel Claus escreveu na súmula, “filho-da-puta (…) árbitros de merda”. ACERTOU O ÁRBITRO em expulsar o colorado e ERROU O JOGADOR com tal indisciplina.

5- SANTOS 1X3 GRÊMIO: Geuvânio (SAN) recebe atendimento médico fora de campo e pede para retornar ao jogo. O árbitro Felipe Nunes o autoriza (o gesto habitual e corriqueiro de permissão é flagrado pela TV, não há dúvida da autorização), e Geuvânio entra justo em cima de um lance próximo do Grêmio, roubando a bola e armando um contra-ataque. O árbitro errou na leitura do jogo permitindo entrar num momento inadequado; na sequência, parou o jogo alegando não ter autorizado e lhe deu o cartão amarelo. Como Geuvânio já houvera recebido um Amarelo anteriormente, foi expulso. ERROU O ÁRBITRO (vide as explicações detalhadas desse lance, os motivos que levaram o árbitro a errar, bem como o que ele justificou na súmula, na nossa publicação no blog Pergunte ao Árbitro, no link: http://wp.me/p55Mu0-t8 , ou também na nossa coluna nos Jornais da Rede Bom Dia / Diário de SP, em: http://is.gd/Ap7tyu).

Para dizer que os erros não aconteceram apenas no Brasil, reforçamos o acontecido na final da Copa América:

6- ARGENTINA 0X0 CHILE: Rojo (ARG) está no ataque e é agarrado pelos braços por um chileno aos 43m do 2o tempo. O árbitro colombiano Wilmar Roldán, que estava bem no jogo, não marcou. Não me pareceu encoberto nem mal posicionado. Azar? Não importa se sorte ou azar, importa que ERROU O ÁRBITRO nesse lance. Aos 47m, Higuaín perdeu um gol incrível, na cara do gol. ERROU O JOGADOR. E fica a dúvida: qual erro foi mais relevante? (a análise desses lances pode ser acessada também no Pergunte ao Árbitro, em: http://wp.me/p55Mu0-t4, ou na coluna de sábado do Bom Dia / Diário de SP, em: http://is.gd/OkoJ7s).

A arbitragem mundial passa por um momento crítico, indiscutivelmente. Algo deve ser feito!
bomba.jpg

– Acredito Desacreditando em algumas coisas na Política!

Acredito na corrupção galopante e no esquema de perpetualização de poder implantado por Lula e Dilma.

Não acredito que o PSDB tenha esquema de arrecadação tão diferente do que o PT.

Acredito que as correntes políticas alternativas não são a solução.

Não acredito que o povo saiba votar.

Acredito que a maioria dos políticos está pouco se importando com a população.

Não acredito que as bancadas do Congresso representam o país na totalidade.

Acredito que a presidente não termine o seu mandato.

Não acredito em revolução a curto prazo.

Acredito que a Economia vai nos dar muita dor de cabeça.

Não acredito que, sem Educação, o país mude.

Enfim, estou desacreditado com a classe política, seja de qual partido for. E me pesa perceber que não há um nome no qual possamos dizer: “com esse cara na Presidência, o seu Governo será honesto”.

Triste.
bomba.jpg

– O tranco de Neto Berola em Mamute e o de Reinaldo em Gerson. Pênalti não marcado no Morumbi…

Leandro Vuaden e Felipe Nunes, árbitros de respectivamente São Paulo 0x0 Fluminense e Santos 1×3 Grêmio, não usaram o mesmo critério nas suas avaliações de disputa de bola.

1- No Morumbi, Reinaldo vai dar um tranco (o tranco legal é ombro a ombro), ele estende o braço direito e desequilibra Gerson.

2- Na Vila Belmiro, Neto Berola faz exatamente a mesma coisa em seu adversário Mamute, mas nas costas do gremista.

No primeiro relato, o árbitro mandou seguir. No segundo, foi marcada a falta. Olha aí a prova da falta de critério no Brasileirão…

Quem errou, nesse tipo de lance, foi Vuaden. Foi pênalti do jogador do Tricolor Paulista no atacante do Tricolor Carioca. E nele, fica a observação: lado cego para o juizão visualizar, fácil para quem estivesse atrás do gol, ruim para quem corre em diagonal!

bomba.jpg

– Dia de Santa Maria Goretti

Hoje é dia de Santa Maria Goretti, uma jovem italiana morta numa tentativa de estupro. Compartilho a história daquela que se tornou a Padroeira dos Adolescentes.

Extraído de: http://www.cademeusanto.com.br/santa_maria_goretti.htm

SANTA MARIA GORETTI

Santa Maria Goretti foi uma virgem, martir, com muitos milagres após a morte. Ela nasceu em 16 de outubro de 1890 na cidade de Corinaldo, Itália , filha de um fazendeiro, Luiggi Goretti que mudou-se com a família para Ferriere di Conca, perto de Anzio.
No dia 16 de julho de 1902 Maria estava sentada no degrau de sua casa remendando uma camisa, quando Alexandre Serenelli, filho do sócio de seu pai arrasou Maria para dentro e enquanto ele gritava e se debatia, ele rasgava as suas roupas tentava asfixia-la, apertando o seu pescoço. Ela debateu-se e ele a ameaçou com uma faca, e ela continuou a gritar que preferia morrer a perdeu sua virgindade, então ele a esfaqueou repetidamente nas costas e depois correu. Ela foi levada para o hospital mas estava claro que ela não iria sobreviver. Nas sua ultimas horas de vida ela perdoou o seu assassino. Ela morreu no mesmo dia do ataque. Alexandre foi sentenciado a 38 anos de cadeia. Uma noite ele experimentou uma visão de Maria Goretti apanhando flores e oferendo-as a ele e dai em diante ele experimentou uma mudança de personalidade e do modo de ver vida e pediu repetidamente o perdão a mãe de Goretti. No natal de 1937 Alexandre e a mãe de Maria Goretti, receberam a comunhão um ao lado do outro, atendendo, segundo a tradição, a visões que ambos tiveram, de que Santa Maria Goretti havia feito um pedido a eles em aparições separadas. Ele tem sido citado como um exemplo pelos advogados da abolição da pena de morte. 
Em 1947, Santa Maria Goretti foi beatificada pelo Papa Pio XII, que apareceu no “Balcão de São Pedro” com a mãe de Maria, três das suas irmãs e irmãos. Em 1950 ela foi canonizada pela sua pureza e uma grande multidão compareceu a cerimonia. Alexandre estava ainda vivo e compareceu a cerimonia. Na época de sua canonização já haviam sido verificados e certificados cerca de 40 milagres resultados de sua intercessão.

Ela é padroeira das adolescentes, da castidade e das “Filhas de Maria.”

url.jpg