– New York, Boston, Rio de Janeiro e Jogos Olímpicos!

Confesso: tenho inveja dos prefeitos americanos em relação à responsabilidade dos gastos com o dinheiro público.

Enquanto que a cidade do Rio de Janeiro gasta horrores com as obras para a Olímpiada de 2016 (e esse dinheiro é composto por verbas municipal, estadual e federal), nos EUA, duas cidades abandonaram a disputa com motivos justos e honrosos!

No ano passado, Bill de Blasio, prefeito de NY, abandonou a disputa para ser cidade-sede dos jogos de 2024 com a seguinte justificativa:

Queremos tomar decisões de desenvolvimento baseados em políticas públicas sólidas e não ir a uma direção particular apenas para atender as necessidades de um evento de 17 dias. A cidade tem outras prioridades e não quer concentrar recursos para um evento curto. Saia as ruas e pergunte ao cidadão de New York se ele quer que a cidade e seus esforços sejam direcionados para um evento de três semanas em dez anos, ou se deve arregaçar as mangas e lidar com todos os demais desafios imediatos? Acho que a vasta maioria diria: ‘prefiro assistir ao evento em um telão grande em minha casa’. É o que penso.

Boa! Enquanto isso gastamos o que temos e o que não temos, fadados ao fracasso. Mas pensa que só o novaiorquino pensou no custo?

Boston, outra cidade que pleiteava 2024, retirou a sua candidatura na semana passada. Segundo o prefeito Martin Walsh:

Percebemos que não teríamos investidores privados e que precisaríamos usar dinheiro público. E a receita dos impostos dos cidadãos precisa ser respeitada“.

Quando é que vimos algum político brasileiro dizer algo assim e agir dessa forma, não?
bomba.jpg

– Justa a Punição ao Presidente do Santos FC?

Lembram-se que o presidente do Santos FC, Modesto Roma Jr, após a vergonhosa expulsão de Geuvânio (erro crasso do árbitro) na partida entre Santos x Grêmio, pediu o “escalpo” de Sérgio Correa da Silva (presidente da Comissão Nacional de Árbitros), bem como sugeriu o Coronel Marcos Marinho em seu lugar?

Para relembrar o caso, acesse: http://wp.me/p55Mu0-tn

Pois é. Modesto acaba de ser suspenso das suas atividades por 30 dias e pagará R$ 10.000,00 de multa.

Exagero, Pouco Rigor ou decisão acertada do STJD?

bomba.jpg