– Decorando!

Flores, para decorar a casa.

Para a beleza, não tem dia nem hora para fazer a coisa acontecer!

Gostaram? Combina com a parede.

– Museu do Futebol lança audioguia sobre a história das mulheres na modalidade – confira o teaser! *

(Créditos: divulgação) – Narrado por Leci Brandão, o Audioguia Mulheres do Futebol será disponibilizado no dia 27 de abril. Ele é resultado de uma … (continua no link abaixo):

Museu do Futebol lança audioguia sobre a história das mulheres na modalidade – confira o teaser! *

– Pare. Pense. Respire.

Nunca seja afoito. Respire fundo. Pense. Pense duas vezes. Respire novamente. Saia de casa. Veja uma paisagem bonita. Distraía-se.

Quando estiver nervoso, mantenha a calma. Conte até 10. Isso evita cometer erros. 

Sei que é difícil. Às vezes, nem eu pratico isso. Mas vale a pena ao menos se esforçar para tentar.

– A atemporalidade da vida e das coisas importantes.

O que realmente importa na vida da gente?

Essa mensagem com a passagem bíblica do Evangelho de São João nos convida a refletir: damos verdadeira relevância às coisas que são necessárias em nossa vida ou às futilidades?

Pensemos.

 

– Já teve AQUELA vontade de mandar…?

Vendo e lendo algumas coisas, se referindo a certas pessoas que têm cargo de poder (não importa o setor de atividade), também outras que tem a influência da escrita, e algumas que simplesmente querem “causar”, penso cá com meus botões que um dito popular é extremamente verdadeiro:

Passarinho, de tanto andar com morcego, um dia poderá dormir de ponta cabeça. E mesmo que não durma, dirão que anda dormindo.”

Acrescento outro:

Diga-me com quem andas que direi quem tu és“.

Entendeu? Fuja de picaretas e crie boas amizades. Há tempos fiz isso com meia dúzia de “vagabundos” e me honro por não ter deles nem a amizade! E antes que achassem que eu era da mesma laia, mantive a integridade.

O gozado é que, ao observar algumas hipocrisias dessas pessoas, que já são esculhambadas (merecidamente) pela mídia, dá uma vontade de falar umas verdades…

Releve! É assim que se deve agir. E mantenha distância social e de negócios das mesmas. Junte-se sempre a pessoas de bem – e tudo fluirá!

Tudo isso reforço para dizer: o quão me impressiona o cara saber que fulano é bandido, e ainda por cima insiste em ser próximo dele! E age assim para conseguir benesses, mesmo com o discurso de que “é diferente”.

bomba.jpg

– A Índia chora. E o Brasil?

A Índia está sofrendo demais com a Covid. Com quase 1,4 bi de pessoas, o país registrou 2.000 mortos aproximadamente nas últimas 24 horas. Se fala em lockdown em Nova Délhi, já que o chamado “tratamento precoce”, utilizado por lá, não funcionou (em especial, as altas doses de cloroquina).

O que dizer do Brasil que tem 1/5 da população indiana e mais de 3.000 falecimentos por dia?

Triste demais…

Brasil e Índia: possível aproximação em serviços? | Economia de Serviços

 

– O Cartola que se acha “O Cara”, em Juventus 1×2 Taubaté.

Sabe aquele cartola que se acha o “tal”, que fala para seus pares que vai pressionar o juiz para o time dele ganhar, e que quando isso acontece (por funcionar ou simplesmente por coincidência) se gaba pois sua “valentia deu certo”?

Isso é muito comum no futebol brasileiro, e aconteceu ontem na A2 (de maneira hilária): vivendo a bolha sanitária, o Juventus não pode jogar na Moóca (por falta de refletores) e foi para Santos, jogar no Ulrico Mursa às 20h contra o Taubaté. Perdeu por 2×1, mas, para muitos, não pela superioridade do “Burro da Central”, mas pela “força das palavras” de um dirigente do adversário.

Vejam o relato em súmula do árbitro Alysson Matias, do que fez o diretor citado abaixo (quando a equipe dele perdia) e sua atitude quando o time virou o placar:

“Informo que aos 47 minutos de jogo, após a marcação de uma falta em favor do Clube Atlético Juventus, o senhor Carlos Magno Bueno dos Santos, membro da diretoria do Esporte Clube Taubaté, proferiu as seguintes palavras em tom alto e exaltado: ‘seu filho da puta, vai tomar no seu cú. Não foi falta porra nenhuma, vai tomar no cú, ladrão, filho da puta, você é fraco’. Informo ainda que, ao fim da partida, o mesmo veio próximo ao alambrado (zona vermelha) em direção ao vestiário da equipe da arbitragem proferindo as seguintes palavras: ‘só foi eu te xingar que você melhorou’“.

É esse o futebol profissional brasileiro… Pode?

Juventus x Taubaté: como assistir ao jogo da Copa Paulista AO VIVO

– E se Tiradentes fosse vivo?

Tiradentes é simbolo de abnegados de um país revoltado com tantos impostos.

Caramba, e hoje é diferente daquele cenário? Some-se a violência, a falta de escolas, saúde precária…

O Joaquim José ficaria mais fulo ainda se observasse tudo isso!

Conheça, extraído de: http://educacao.uol.com.br/biografias/joaquim-jose-da-silva-xavier-tiradentes.jhtm

TIRADENTES

Líder da Inconfidência Mineira e primeiro mártir da Independência do Brasil, Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, nasceu em Minas Gerais em 1746, filho do proprietário rural português Domingos da Silva Santos.

Antes mesmo de freqüentar a escola, já havia aprendido a ler e escrever com a mãe. Órfão de mãe e pai desde a juventude, ficou sob a tutela de um tio até a maioridade, quando resolveu conhecer o Brasil. Já adulto, foi tropeiro, mascate e dentista (daí o apelido). Trabalhou em mineração e tentou a carreira militar, chegando ao posto de alferes no Regimento de Cavalaria Regular.

Foi na tropa que Tiradentes entrou em contato com as ideias iluministas, que o entusiasmaram e inspirariam a Inconfidência Mineira, a primeira revolta no Brasil Colônia a manifestar claramente sua intenção de romper laços com Portugal, marcando o início do processo de emancipação política do Brasil.

A revolta foi motivada ainda pela decisão da coroa de cobrar a derrama, uma dívida em atraso. A conspiração foi delatada por Joaquim Silvério dos Reis e todos os seus participantes foram presos.

Sobre Tiradentes, recaiu a responsabilidade total pelo movimento, sendo o único conspirador condenado à morte. Enforcado em 21 de abril de 1792, teve seu corpo esquartejado. Seus membros foram espalhados pelo caminho que ligava o Rio de Janeiro a Minas Gerais. Sua cabeça foi exposta em Vila Rica.

Com a morte de Tiradentes, o Estado português queria demonstrar uma punição exemplar para desencorajar qualquer revolta contra o regime colonial. Tiradentes tornou-se mártir da Independência e da República.

Com informações da Nova Enciclopédia Ilustrada Folha

BlvjAuwIUAAfp1F.jpg

– Fundo Cristão Criado por Empresas. Cristãs ou Politicamente Corretas?

Essa ideia (abaixo) surgiu há 11 anos. Na época, eu não achava propícia. Hoje, acho muito interessante. Mas… tentei pesquisar e não sei no que resultou. Compartilho o texto da época:

Na Europa, foi criado nesta semana um fundo de investimentos com cunho moral chamado de “Fundo Cristão”, supervisionado até mesmo pelo Vaticano.

Para participar, a empresa não deve produzir / investir em tabaco, pornografia, armas e jogatina, entre outras coisas. Participam a Shell, Vodafone e Nestlé entre outras.

Mas uma ressalva é importante: o fundo parece ser mais um fundo moral do que cristão. Afinal, produzir corretamente não é dever de todos? Se os recursos fossem destinados para a solidariedade, talvez o termo cristão caísse bem. Mas nessas condições, acho impróprio o uso. Ser cristão exacerba tais atos.

Extraído de: http://www.google.com/hostednews/epa/article/ALeqM5gaj50GH_NkFN9pC2iRVTh1vre8aA

PRIMEIRO “FUNDO CRISTÃO” DA BOLSA COMEÇA A OPERAR NA EUROPA

Londres, 27 abr (EFE).- O primeiro índice de bolsa cristão da Europa, que responde à crescente demanda dos investidores por ações “éticas” por causa da crise financeira global, começou nesta segunda-feira sua caminhada.

Do chamado Índice Cristiano Europeu Stoxx fazem parte 533 empresas do Velho Continente que dizem obter suas receitas exclusivamente de fontes compatíveis com os “valores e princípios da religião cristã”, explica o jornal “Financial Times”.

Entre as companhias que integram o índice figuram as petrolíferas BP e Royal Dutch Shell, a farmacêutica GlaxoSmithKline, o multinacional do setor alimentício Nestlé, o banco HSBC e a Vodafone, do setor telefônico.

Apenas grupos que não lucram com pornografia, armas, tabaco, controle de natalidade e jogo podem fazer parte do índice.

Um comitê, no qual, segundo a Stoxx, está representado o Vaticano, coordena as ações, que saem do índice Stoxx Europa 600.

Alguns dos maiores fundos de investimentos do mundo, como Aviva Investors, AXA Investment Managers e Hendrson Global Investor, criaram nos últimos anos fundos éticos em resposta à demanda dos investidores.

Esse tipo de fundos tem objetivos similares aos dos “fundos cristãos” embora não discriminem as empresas que fazem negócios ligados ao controle de natalidade e estão mais centrados em evitar os investimentos em empresas que danificam o meio ambiente.

© EFE 2010. Está expresamente prohibida la redistribución y la redifusión de todo o parte de los contenidos de los servicios de Efe, sin previo y expreso consentimiento de la Agencia EFE S.A.

The Calvary. [Desktop wallpaper 2234x1338] | Imagens de cristo, Imagens de  cruz, Banners igreja

– Quem implodiu a Superliga da Europa: a pressão dos torcedores, a UEFA ou os próprios clubes?

Não tenhamos dúvida: a criação da Superliga formada por potências europeias da Inglaterra, Espanha e Itália, visava mais dinheiro aos clubes. Nunca foi um movimento para criação de um futebol elitista, nem de independência de UEFA ou FIFA, mas sim o desejo de chantagear as entidades organizadoras para maior remuneração aos clubes.

A ideia de uma “NBA dos times”, ou de um formato de MLS (mais fechado) era interessante por um lado, mas excludente por outro. Não havia santos nesta história (são todos empresas privadas, que buscam lucro), e, aparentemente, o propósito deu certo.

Os clubes da Inglaterra conseguiram mais dinheiro da UEFA e implodiram a Superliga (segundo o que os jornais retratam hoje). E aqui, é capitalismo puro como sempre feito na história: por exemplo, a reinvenção do Campeonato Inglês após o Relatório Taylor (atacando os Hooligans e criando novas responsabilidades, trazendo torcedores aos estádios), a criação da Premier League (aumentando o faturamento) e o superdimensionamento dos seus torneios em mercados como no Sudeste Asiático (explorando esse público ávido em gastar e investir) deixaram o futebol mais rico. E isso não quer dizer “mais honesto”: vide os mecenas suspeitos que investem nos times de lá: russos envolvidos em máfias, sheiks árabes, califas dos emirados, tailandeses suspeitos (vide que os termos estão realmente no plural), em diversas divisões.

É movimento por mais dinheiro, simplesmente. Negociações com “atitudes polêmicas”, supostamente divisionistas, mas que se rendem ao vil metal. Os protestos de torcedores, de patrocinadores e até de jogadores, tenhamos certeza, foram repercussões negativas calculadas por quem se aventura numa situação como essa.

Em tempo: Florentino Perez, aparentemente, se deu mal. Sem 6 times da Inglaterra, não há Superliga. E não lhe foi oferecido verba suplementar ao Real Madrid e demais, segundo se especula…

Por fim: o torneio nasceu e já morreu. Mas o objetivo final (o de ganhar mais dinheiro) foi obtido por metade dos postulantes. A outra (dos “não ingleses”), que se vire.

Ops, uma pergunta: se a FIFA e a UEFA colocassem em prática tais punições divulgadas na 2a feira, quem apitaria os jogos? Qual árbitro seria louco de desobedecer alguma dessas entidades?