– Vigilía Pascal em casa.

Não podemos estar na Igreja presencialmente, mas espiritualmente estamos em Comunhão nesta Noite Santa.

Em casa, estamos acompanhando a Vigília Pascal, a Santa Missa da Ressurreição, onde Cristo venceu a Morte.

Feliz Páscoa!

Transmissão on-line da Paróquia Santa Luzia, em Bragança Paulista/ SP, pelo Padre Alex Motta.

– Satan 2, o super míssil da Rússia

Há exatamente 3 anos… muito diferente o ambiente hostil de hoje?

Parece que a Guerra Fria voltou, moldada com a tecnologia do século XXI.

Se não bastasse a confusão das Eleições nos EUA com a suposta intervenção de Putin no resultado que deu Trump, agora a ex-república soviética apresenta ao mundo o temido míssil nuclear intercontinental que pode atingir com precisão qualquer ponto do Planeta Terra: o Satã 2!

Onde é que chegaremos, não?

bomba.jpg

– Equitativo Tratamento para Problemas Sociais:

Um sábio amigo mandou essa reflexão. Concordo e assino embaixo:

Já que colocam fotos de gente morta nos maços de cigarros, por que não colocar também: de gente obesa em pacotes de batata frita, de animais torturados nos cosméticos, de acidentes de trânsito nas garrafas e latas de bebidas alcoólicas e de políticos corruptos nas guias de recolhimento de impostos?

Verdade ou não? Em tudo, há de se ter equilíbrio e correção.

Equilíbrio sempre | Escultura em rocha, Arte com seixos, Arte com ...

– Sábado de Aleluia e Malhação de Judas!

Hoje à noite será um dia especial para os cristãos: a Festa da Vigília Pascal!

Quando criança, lembro-me que ao meio-dia se promovia a “Malhação de Judas“. Os tempos são outros, quase não se vê essa brincadeira. Mas…

Quem representaria Judas Iscariotes do século XXI?

Pra mim, não há dúvidas: os políticos corruptos. E pra você?

judas1.jpg

– Faça a sua auto-avaliação sobre sua toxidade nas Redes Sociais.

Você leva as pessoas a agregarem ou a conflitarem?

Você busca o debate educado ou xinga porque pensa diferente?

Você se considera um cara bacana na Web ou um chato a ser evitado?

E, principalmente, você faz bem ou você faz mal às pessoas com suas publicações?

Gostei muito desse meme (abaixo) pois permite a auto-reflexão: as coisas que nós falamos ou escrevemos, são tóxicas aos outros ou fomentam boas ideias e bons ideais?

Extraído de: http://namascaf.com/2020/03/31/humorzinho-se-voce-pudesse-comer-suas-palavrassua-alma-seria-nutrida-ou-envenenada/

– A “Mortadela fatiando a máquina de fatiar”? Sobre “Acesso Total”, Boselli e Corinthians.

O canal de Tv por assinatura Sportv está exibindo uma série que conta os bastidores da última temporada do Corinthians, intitulada “Acesso Total”. E algumas coisas, para um clube de futebol, são um anti-marketing puro. Por exemplo: Duílio Monteiro Alves, o presidente do clube, demitindo o atacante Boselli – que foi bem em todos os clubes que jogou, exceto no Timão.

Sem receber salários, o jogador foi cobrado mesmo não cobrando sua remuneração. Cabível?

Aliás, uma praxe: como os clubes podem exigir de seus comandados, sem o pagamento que têm que fazer? 

É a “banana comendo o macaco”, uma inversão total de lógica. Vide outro exemplo, o Vasco da Gama, que completou 4 meses de salários atrasados.

Será que se as contas estivessem em dia, o Vascão cairia? Os jogadores estariam mais comprometidos e a diretoria poderia cobrar mais?

Lógico, há exceções: o Santos chegar à final da Libertadores sem pagar os atletas – mas isso não pode ser a regra / nem um modelo, mas sim uma excepcionalidade.

Jorge Kalil, Mauro Boselli e Duílio Monteiro na assinatura de contrato do atacante com o Corinthians

– Dia do Padroeiro dos Doentes Incuráveis e Portadores de HIV: São Luís Scrosoppi

Hoje é dia do padroeiro dos doentes incuráveis, dos portadores do vírus HIV e dos caridosos: São Luís Scrosoppi.

Com a busca incessante de ajuda incondicional aos pobres, sempre buscando promover a Caridade, tornou-se Santo por João Paulo II, após milagrosa e inexplicável cura de um devoto sulafricano. Abaixo, extraído de iTerço:

SÃO LUÍS SCROSOPPI

Luís nasceu em 4 de agosto de 1804, em Udine, cidade do Friuli, no Norte da Itália. Foi o último dos filhos de Antônia e Domingos Scrosoppi, cristãos fervorosos que educaram os filhos dentro dos preceitos da fé e na caridade. Aos doze anos, Luís ingressou no seminário diocesano de Udine, e, em 1827, foi ordenado sacerdote.
A região do Friuli, a partir de 1800, mergulhou na miséria em conseqüência das guerras e epidemias, o que serviu ao padre Luís de estímulo para cuidar dos necessitados. Dedicou-se, com outros sacerdotes e um grupo de jovens professoras, à acolhida e à educação das “derelitas”, as mais sozinhas e abandonadas jovens de Udine e dos arredores. A elas ele disponibilizou todos os seus bens, suas energias e seu afeto, sem economizar nada de si. Quando foi preciso, ele não hesitou em pedir esmolas. A sua vida foi, de fato, uma expressão palpável da grande confiança na Providência Divina.
Com essas senhoras, chamadas de “professoras”, hábeis no trabalho de costura e de bordado, que estavam aptas à alfabetização, dispostas a colocarem suas vidas nas mãos do Senhor para servi-lo e optando por uma vida de pobreza, padre Luís Scrosoppi fundou a Congregação das Irmãs da Providência. Mas notou que necessitava de algo mais para dar continuidade a essa obra. Por isso, aos quarenta e dois anos de idade, em 1846, tornou-se um “filho de são Felipe” e, através do santo, aprendeu a mansidão e a doçura, qualidades que lhe deram mais idoneidade na função de fundador e pai da nova família religiosa.
Todas as obras feitas por padre Luís refletiram sua opção pelos mais pobres e necessitados. Ele profetizou certa vez: “Doze casas abrirei antes da minha morte”, e sua profecia concretizou-se. Foram, realmente, doze casas abertas às jovens abandonadas, aos doentes pobres e aos anciãos que não tinham família. Porém Luís não se dedicava apenas às suas obras de caridade. Ele também oferecia seu apoio espiritual e econômico a outras iniciativas sociais de Udine, realizadas por leigos de boa vontade. Era dele, também, a missão de sustentar todas as atividades da Igreja, em particular as destinadas aos jovens do seminário de Udine.
Depois de 1850, a Itália unificou-se, num clima anticlerical, e os fatos políticos representaram um período difícil para Udine e toda a região do Friuli. Uma das conseqüências foi o decreto de supressão da “Casa das Derelitas” e da Congregação dos Padres do Oratório, de Udine. Após uma verdadeira batalha, conseguiu salvar as “Casas”, mas não conseguiu impedir a supressão da Congregação do Oratório.
Já no fim da vida, padre Luís transferiu a direção de suas obras às irmãs, que aceitaram a missão com serenidade e esperança. Quando sentiu chegar o fim, dirigiu suas últimas palavras às irmãs, animando-as para os revezes que surgiriam, lembrando-as: “… Caridade! Eis o espírito da vossa família religiosa: salvar as almas e salvá-las com a caridade”. Morreu no dia 3 de abril de 1884. Toda a população de Udine e das cidades vizinhas foram vê-lo pela última vez e pedir-lhe ajuda do paraíso celeste.
No terceiro milênio, as irmãs da Providência continuam a obra do fundador nos seguintes países: Romênia, Moldávia, Togo, Índia, Bolívia, Brasil, África do Sul, Uruguai e Argentina.
Padre Luís Scrosoppi foi proclamado santo pelo papa João Paulo II em 2001. Nessa solenidade estava presente um jovem sul-africano que foi curado, em 1996, da Aids. Por esse motivo, esse mesmo pontífice declarou São Luis Scrosoppi padroeiro dos portadores do vírus da Aids e de todos os doentes incuráveis. O jovem sul-africano que se curou desse vírus entrou no Oratório de São Felipe Néri, tomando o nome de Luís.

bomba.jpg

 

– E se todas as atividades profissionais exigissem urgência na vacinação?

Todos nós sofremos com a Pandemia de COVID – seja na saúde, nas relações pessoais ou profissionais.

Igualmente, todos queremos voltar à normalidade no trabalho (muitos estão totalmente sem renda, por conta da sua função). Mas já imaginaram se cada um de nós entendêssemos que nossa atividade “é mais essencial” do que a outra”?

Independente da natureza da profissão, precisamos analisar o que é “essencial para a sociedade”, “essencial para a sobrevivência” ou simplesmente “egoísmo”.

Digo isso por esse pedido do sindicato da categoria: as prostitutas de Minas Gerais querem vacinação urgente para suas associadas. É justo ou há outras atividades cujos trabalhadores igualmente estão na mesma pindaíba do que elas? Se sim, como definir a prioridade?

Sem preconceito, fica a reflexão pertinente.

A matéria abaixo:

Extraído de: http://dlvr.it/Rwwjcz

PROSTITUTAS DE MG FAZEM GREVE POR PRIORIDADE NA VACINAÇÃO CONTRA COVID-19

As profissionais do sexo alegam impossibilidade de distanciamento social no desempenho de suas atividades; associação que representa a categoria diz que há trabalhadoras passando necessidades básicas

Por Thiago Rabelo

As profissionais do sexo de Minas Gerais querem ser incluídas no grupo prioritário do Plano Nacional de Imunização, do Ministério da Saúde. Para pressionar as autoridades, a Associação das Prostitutas de Minas (Aprosmig) orientou a categoria a cruzar os braços por tempo indeterminado e retomar as atividades apenas quando tiverem garantia de imunização.

O pedido foi feito por Cida Vieira, presidente da Aprosmig, nesta sexta-feira (2). Em entrevista à ÉPOCA, ela alertou sobre a difícil situação enfrentada pelas mulheres nos últimos meses da pandemia da Covid-19.

“Não queremos furar fila. Queremos dignidade. Isso é política pública. Estamos em uma situação difícil porque o nosso trabalho é de contato. Não adianta nenhum protocolo porque sempre vai ter contato mesmo com as pessoas que só querem conversar. O que o nosso movimento quer é que a gente possa ser um grupo prioritário na vacinação”, declarou.

Segundo a Aprosmig, Minas Gerais conta com mais de 80 mil profissionais do sexo em todo estado. Na grande Belo Horizonte está a maior concentração, com 12 mil. Desde o início da pandemia, algumas deixaram de trabalhar com o temor de infecção, enquanto outras não tiveram opção por conta da necessidade financeira.

“A situação de muitas é de pobreza. Muitas já estão morando na rua. Eu estou com uma menina que não tem como pagar o aluguel e trabalha para se manter. Não tem como ter doação porque a família não sabe o trabalho dela. Tem gente pedindo qualquer doação, fralda, cesta básica. Hoje temos mais de 2 mil mulheres desamparadas”, afirmou.

Além da falta de recursos financeiros, Cida Vieira diz que o preconceito ainda é muito forte contra as profissionais do sexo, situação que dificulta ainda mais qualquer ação política e tentativa de representatividade.

“Existe um preconceito muito grande contra nós. Mas ninguém fala que nós evitamos estupros e violência familiar contra as mulheres. Algumas prefeituras de Minas Gerais acham que somos invisíveis, que não merecemos nada. Queremos ser ouvidas pelo governo, pelo (Jair) Bolsonaro, pelo ministro da Saúde”, protestou.

A presidente da Aprosmig disse que a prefeitura de Belo Horizonte tem ajudado com cestas básicas, mas que apenas uma minoria vive na capital por conta do alto custo de vida. Já as cidades vizinhas, que formam a grande Belo Horizonte e onde está a maioria das profissionais, não adotaram nenhuma política de auxílio.

Minas Gerais enfrenta o pior momento da pandemia. De acordo com dados do governo estadual, um total de 486 mortes por Covid-19 foram confirmadas nas 24 horas que antecederam a divulgação do boletim epidemiológico de sexta-feira (2). Ao longo de toda a pandemia foram registrados 25.214 óbitos pela doença no estado.

– Dever de Casa: Arrumação!

Detesto fazer isso, mas é necessário: revirando e reorganizando exames médicos em casa.

Todos preventivos, cansativos mas necessários para impedir que a mutação genética TP 53 atrapalhe nosso dia-a-dia.

Às vezes, “gritar isso” pra fora é bom para aliviar a tensão que me é cara.

Imagem

– Bom dia, sábado.

Lá no infinito, eis que surge uma “mancha de luz”!

É o sol, vencendo as nuvens e a névoa. E mesmo sem estar formoso em seu círculo, ainda mostra brilho e calor.

Ótimo sábado para todos nós!

📸 #FOTOGRAFIAéNOSSOhobby
#sun #BragançaPaulista #amanhecer #paisagem #landscapes #inspiration #Saturday