– Super heroína!

Quem disser que a Estelinha não é a verdadeira Mulher Maravilha, vai levar cartão vermelho!

Assinado: Papai Super-homem!

Ops: “esse bilhete é verdade”, conforme diria o meme tão batido… kk

🦸‍♂️🦸‍♀️ #paidemenina #wonderwoman #referee #carinho #família

– Carlos França, o Chanceler da Lucidez!

Arre um elogio pertinente: a troca do chefe do Itamaraty, Ernesto Araújo, por Carlos França, foi ótima!

O embaixador nomeado para cuidar das Relações Exteriores foi corretíssimo no seu discurso: as 3 preocupações dele, no momento, serão: Insumos e Vacinas para conter a Pandemia, Economia e Meio Ambiente.

Como discordar dele? É um tripé que incomoda o Brasil hoje, que precisa ser levado a sério no seu trato com as outras nações. Para resolvê-lo, “construir pontes” é muito melhor do que “chutar o pau da barraca”, como o seu antecessor.

Em cerimônia com diplomatas, Carlos França pede diálogo no Itamaraty |  Poder360

– Ângelo e Ariel Holan: as ótimas surpresas do Peixe.

O que dizer da vitória por 3×1 do Santos FC contra o San Lorenzo? Lá na Argentina, se impondo e mostrando que, mesmo com dificuldades financeiras, é possível fazer um bom time.

Dois detalhes:

  1. Ariel Holan mostrou serviço! É nítido que, quando joga, o time está entrosado e bem treinado – e isso significa “dedo do treinador”.
  2. Ângelo: com 16 anos e jogando como está, é razoável dizer que tomou a mesma água de outros tantos “Meninos da Vila”. Como brotam talentos tão jovens por lá!

Se o Peixe irá longe na Libertadores, não sei. Mas não fará feio não!

San Lorenzo x Santos: assista à transmissão da Jovem Pan ao vivo | Jovem Pan

– O tema “Covid-19” maltrata o dia com mais de 4000 mortos. E já cansou ouvir tanta idiotice!

Lamentável ouvir tantas pessoas escrevendo asneiras sobre a pandemia nas redes sociais. É de acabar com a paciência – desculpe o desabafo.

Negacionistas aos montes no Facebook, há comentários de que “quanto maior o número de mortes, mais o hospital ganha”! Caramba, cada “viagem”… são pessoas que dormem e acordam criando teorias conspiratórias em suas mentes doentias – e duvidam dos mortos.

Meses atrás, uma senhora muito ingênua escreveu para mim que “era tudo mentira, para eu abrir os olhos e perceber que os governadores estavam inventando mortos para prejudicar o presidente“. Mais do que isso: “não existe nada de vírus não, é só para assustar as pessoas, porque morre mais gente de gripe do que desse vírus”. Por mais que eu tenha respondido com educação, ante as palavras grosseiras e tom autoritário dela em outras conversas, é obvio que nada adiantou. Mas sabe o que aconteceu?

Com pesar, soube que ela perdeu uma irmã e outras pessoas queridas. Lamento, talvez elas pensassem como essa senhora. Não sei como ela está pois não faz mais parte dos meus amigos na Rede Social, por opção dela. Mas fico pensando: será que mudou de opinião “pela dor” ou ainda está irredutível?

Outro cenário real do mundo virtual: a enxurrada de artigos e depoimentos fakes de que “cidades inteiras”, como Porto Feliz (e agora Chapecó) foram salvas por cloroquina ou ivermectina. Mentira, já comprovada, por números verdadeiros que desmascaram vídeos que deturpavam a realidade. Mas há quem teime com a veracidade deles.

Cansa. Uma “forçação de lados”, do radicalismo de quem quer fechar tudo e de quem quer abrir tudo – muitas vezes, usando argumentos radicais e/ou até mentirosos, misturando transporte coletivo e igrejas, igualando prevenção e correção, determinando o certo e o errado conforme a convicção de quem defende uma causa.

Consenso? Esqueça, é utopia esperar isso. As pessoas estão cansadas de tanto tempo ouvir falar do assunto e acabam perdendo a lucidez. Enquanto isso, gente vai morrendo e ações efetivas não são tomadas.

EMPATIA, PREVENÇÃO e SENSATEZ, amigos. Na briga nada se resolverá.

Tudo o que é preciso saber sobre o Coronavírus (Covid-19) - Comunicação

– Relax! Ser bicho ou ser gente?

Preguiça, na sua forma mais natural, retratada abaixo:

Quantas vezes você não queria estar no lugar do seu cachorro?

Eu, algumas. Para me livrar de preocupações e para ter descanso! Porém… e se o meu dono fosse “mala”?

Melhor ser gente mesmo, apesar de muita vezes o bicho-homem ser mais complicado do que um simples cachorrinho.

Imagem

– O Católico e a Política: o nome de Deus em vão!

Em 2013, no começo do seu pontificado, o Papa Francisco disse durante uma Missa:

Um bom católico se envolve em política, já que a política é uma das formas mais elevadas de caridade, pois ela serve ao bem comum”.

Perfeito!

O político eleito é para servir o povo, e não para ser servido. Entretanto, é lamentável ver o quanto usam o nome de Deus em vão para pedir votos. Aí vira demagogia, picaretagem e desvio da fé alheia.

bomba.jpg

– O DNA e a Depressão

Muito interessante: a Holiste, empresa da área de saúde, publicou uma matéria a partir da reportagem da Revista Superinteressante intitulada: DNA, a nova arma contra a depressão. 

Para quem se preocupa com o chamado “mal do século” (o trio formado por depressão, ansiedade e pânico), vale a pena a leitura da questão de se realizar mapeamento genético para atacar essas crises / doenças.

Extraído de: https://www.holiste.com.br/depressao-teste-genetico/

DNA E A DEPRESSÃO

A Revista Super Interessante abordou o uso do Teste Genético como aliado no tratamento da depressão.   Na matéria, a jornalista Pâmela Carbonari explicou o funcionamento do teste genético e relatou sua experiência com a depressão e com os tratamentos medicamentosos.

“O que mais temia não era a ajuda profissional, mas o troca-troca de remédios típico de quem começa tratamentos, e a convivência com efeitos colaterais que cada um pode dar no início do tratamento – ansiedade, tontura, dor de cabeça, náusea…”, explica Pâmela Carbonari.

O “troca-troca” que a jornalista se refere se dá pelo fato de que, a despeito de todo cuidado e perícia do psiquiatra, não é incomum que o paciente não responda de forma eficaz à primeira prescrição do tratamento medicamentoso, ou apresente efeitos colaterais indesejados, já que cada remédio interage com o organismo de uma forma.

“Os testes genéticos surgem como uma alternativa para determinar quais antidepressivos funcionam melhor no seu corpo.  A grosso modo, são testes que fazem uma leitura do seu DNA para detectar se ele é mais amigo deste ou daquele remédio”, resume a jornalista.

O psiquiatra Guido May – do laboratório GnTech, parceiro da Holiste – comenta sobre o teste farmacogenético na matéria.

“É raro encontrar alguém que metabolize normalmente todos medicamentos utilizados para o sistema nervoso central.  Mas, mesmo com esse manual de instruções na mão, a avaliação de um médico segue sendo fundamental.   O teste genético é uma ferramenta, uma informação a mais para ajudar, em conjunto com histórico de tratamentos prévios, ambiente, fase da vida”.

ESTUDOS E RESULTADOS

Um levantamento realizado nos Estados Unidos pela organização de saúde Mayo Clinic, mostrou que quem fez o exame genético teve uma resposta 70% melhor à medicação se comparada àqueles que usaram o antidepressivo sem ter realizado o teste.

“Existem estudos norte-americanos que demonstram que as pessoas que fazem o tratamento guiado com o teste farmacogenético faltam 75% menos ao trabalho do que o paciente que faz o tratamento pela via tradicional, gasta 60% menos com saúde e demanda 67% menos dos planos de saúde” – afirma Guido May.

Já o estudo realizado em publicado em 1167 pacientes com transtorno depressivo maior – que apresentaram resistência ao tratamento e não tiveram resposta a pelo menos um medicamento – identificou uma probabilidade 30% maior de resposta do paciente ao tratamento e 50% maior de alcançar a remissão quando a seleção da medicação foi guiada pelo teste genético.   O estudo foi publicado no American Psychiatric Association (APA), em maio de 2018.

“Atualmente, a prescrição por tentativa e erro de antidepressivos é um fator que contribui para o insucesso do tratamento e aumenta os custos.  A farmacongenômica combinatória pode melhorara os resultados identificando medicamentos que, por razões genéticas, serão menos eficazes, podem levar a mais eventos adversos e que podem existir a troca”, explicou o Dr. John Greden, pesquisador principal do estudo.

TESTE FARMACOGENÉTICO GNTECH

A Holiste realiza o teste em parceria com a GnTech, laboratório catarinense de genética e bioinformática, que realiza exames de alta qualidade e precisão, provenientes do sequenciamento do genoma humano.

O teste da GnTech oferece uma avaliação de como as medicações atuarão no sistema nervoso central do paciente, no tratamento de transtornos como depressão, ansiedade, déficit de atenção e psicoses.

O exame é realizado de forma simples, com a coleta de uma amostra da saliva do paciente. O material é enviado para o laboratório que analisa 26 genes para determinar como o organismo daquele indivíduo reage aos 79 remédios mais usados para o Sistema Nervoso Central – antidepressivos, ansiolíticos, antipsicóticos, analgésicos, opioides, psicoestimulantes, estabilizantes de humor e anticonvulcionantes.

O laudo gerado auxilia o trabalho do psiquiatra, como um “mapa” que demonstra como os genes determinam a absorção, distribuição e metabolização dos remédios e de que forma acontece a recaptação de neurotransmissores.

“O teste farmacogenético apresenta-se como uma alternativa para auxiliar a escolha do melhor tratamento, respeitando as especificidades genéticas daquela pessoa.  Podemos definir se é necessário aumentar ou reduzir a dosagem da medicação, ou buscar uma outra alternativa que se adapte melhor ao tipo de metabolismo do paciente, possibilitando uma melhor adesão ao tratamento e uma maior qualidade de vida”, explica a psiquiatra da Holiste Fabiana Nery.

bomba.jpg

– Luiz Adriano confirma a pesquisa da USP / FAPESP: não há protocolo que resista à irresponsabilidade.

O atacante Luiz Adriano, do Palmeiras, testou positivo para Covid-19. Ao invés de ficar em casa em quarentena, levou a mãe ao mercado, foi ao shopping, atropelou uma pessoa e a socorreu!

Quantas outras pessoas ficaram expostas ao contágio por conta da irresponsabilidade dele?

Dias atrás, falamos sobre a volta ou não dos campeonatos profissionais de futebol, e abordamos uma pesquisa que mostrava a alta taxa de contágio entre os atletas brasileiros (12% no futebol de SP, contra 0,6% da Alemanha e 0,07% da Inglaterra). Ela está acessível aqui: https://wp.me/p4RTuC-tYy. Naquela oportunidade, a conclusão foi: os protocolos brasileiros são falhos por conta da indisciplina dos jogadores em se cuidarem!

Parece que o palmeirense (que foi punido pela sua equipe) comprova o trabalho científico, não?

Não é apenas questão educacional, é de cidadania não expor seu contágio ao próximo, levando risco de infectá-lo.

Com suspeita de Covid-19, Luiz Adriano não viaja para a Argentina e está  fora do jogo da Recopa - PTD

– Que brincadeira boba!

Viralizou através do vídeo de Jair Renan Bolsonaro, filho do Presidente da República, o “número 4”, mas já estava na Web há algum tempo: uma boba brincadeira no TikTok em que você faz desafios contra uma pessoa e a pune.

No caso específico, Jair Renan desafiou a mãe para imitar o som de uma baleia. Como ela não sabia, “ele cospe água na cara dela”. Tudo consensual, com ambos felizes.

Gosto não se discute, mas… coisa de bobão, né?

Eu não faria na minha adolescência. Nem como adulto, muito menos com minha mãe. E você, amigo leitor?

Em: https://rollingstone.uol.com.br/noticia/filho-de-bolsonaro-cospe-agua-no-rosto-da-mae-e-ana-cristina-justifica-me-respeita-muito/

ANA CRISTINA JUSTIFICA: ME RESPEITA MUITO

No último final de semana, o filho de Jair Bolsonaro (sem partido), Jair Renan, viralizou nas redes sociais após publicar alguns vídeos no TikTok. Em uma das filmagens, ele cospe água no rosto da mãe Ana Cristina Siqueira Valle, que reage com tapas e xingamentos.

Na gravação, Jair Renan pede para a mãe imitar o som de animais. Após desconhecer o som da baleia, o filho cospe água no rosto de Ana Cristina. O filho de Jair Bolsonaro usou os stories do Instagram na segunda, 5 de abril, para explicar o ocorrido:

“Vim aqui fazer a explicação da história que repercutiu aí em toda mídia que cuspi na cara da minha mãe. Então mãe, eu cuspi na sua cara?,” questionou Jair Renan a Ana Cristina nos stories da rede social.

Em seguida, a mãe de Jair Renan justifica: “Ele não cuspiu. Ele fez uma brincadeira como tantos filhos vêm fazendo com as suas mães. A gente está vivendo hoje um momento de pandemia, todo mundo está em casa curtindo, brincando, tirando onda com a cara da mãe. E ele fez com a minha. Levou uns bons tapas, mas foi água que ele jogou na minha cara porque eu não sabia o som da baleia.”

Ana Cristina continuou: “Agora, a mídia pega que ele está brincando e faz isso como se fosse uma ofensa, como se tivesse me desrespeitado e cuspido na minha cara. Não foi isso que aconteceu. Quem viu sabe, achou graça, eu também achei graça. Na hora fiquei brava, dei uns tapas, mas está tudo bem. Não era para acontecer isso que está acontecendo hoje na mídia de falar que cuspiu na minha cara. Meu filho me respeita muito, ele jamais cuspiria na minha cara.”

Outro vídeo de Jair Renan que viralizou nas redes sociais no último final de semana foi uma gravação na qual o filho de Jair Bolsonaro dança ao som de uma música utilizada em treinamentos físicos militares.

Com a legenda “Quando você é dispensado do Exército”, o vídeo mostra Jair Renan dançando e acompanhado de duas outras pessoas – uma vestida de pirata. Um trecho da música diz: “Bota o fuzil para cantar, pá-pum. Bota para cantar, pá-pum. Troquei o meu Playstation por um fuzil. A minha Coca-Cola é água quente do cantil”

Renan Bolsonaro cospe água na cara da mãe, que esclarece: 'Meu filho me  respeita' | Jovem Pan

– Só restou o socó!

Não deu para ter uma foto bacana da paisagem no entardecer de ontem. Porém, esse socó-dorminhoco resolveu fazer pose para nós.

Taí uma ave tranquila, sem preocupação… Curtindo o Lago do Orfeu, em Bragança Paulista.

Imagem

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby

– Boa 4a feira.

👊🏻 Olá amigos!
Apesar do friozinho, tudo pronto para suar mais uma vez em busca de #saúde.
Vamos correr a fim de produzir e curtir a tão necessária #endorfina?
🏃🏻👟 #Fui #RunningForHealth #run #cooper #training #corrida #sport #esporte #running #adidas #mizuno
Clique 1:

🙏🏻 Correndo e Meditando:
Ó #NossaSenhoraDaPaz, rogai por nós que recorremos a vós. #Amém.
😇 #Fé #Santidade #Catolicismo #Jesus #Cristo #Maria #NossaSenhora #PorUmMundoDePaz #Peace #Tolerância #Fraternidade
Clique 2:

🌺 Fim de #cooper!
Suado, cansado e feliz, alongando e curtindo a beleza da #natureza.
Hoje, com a foto das #roseiras de outrora.
🏁 🙆‍♂️ #corrida #treino #flor #flower #flowers #pétalas #pétala #jardim #jardinagem #flores #garden #flora #run #running #esporte #alongamento
Clique 3:

🌅 Desperte, #BragançaPaulista, mesmo bem nublada.
Que a #QuartaFeira possa valer a pena!
🍃🙌🏻 #sol #sun #sky #céu #photo #nature #morning #alvorada #natureza #horizonte #fotografia #pictureoftheday #paisagem #inspiração #amanhecer #mobgraphy #mobgrafia
Clique 4:

Ótima jornada para todos!

#FOTOGRAFIAéNOSSOhobby