– Como acreditar na Política?

Assistindo as aberrações do Congresso Nacional. Quer dizer que se o voto for aberto, os senadores mudam a quem destinariam a escolha do candidato à Presidência da Casa? Se for secreto, o nome é outro?

Por quê?

Parece, claramente, negociação de bandidos. BRIGA DE QUADRILHA?

O pior é que a conta chega ao povo

Resultado de imagem para Senado Brasileiro

Anúncios

– Vestir-se Bem garante Emprego e Dinheiro!

Você gosta de se vestir bem?

Cientistas comportamentais comprovam: quem usa roupas de grife em entrevistas de emprego consegue melhores ofertas de trabalho!

(original em: http://is.gd/Br79U4)

TODO MUNDO DE OLHO EM VOCÊ

Só pessoas superficiais não julgam pela aparência. Em busca de fundamentos científicos para essa provocação do escritor irlandês Oscar Wilde, dois pesquisadores saíram a campo e (como pouca pretensão é bobagem) concluíram que o poeta irlandês estava no caminho, mas poderia ter sido mais preciso. Na verdade, eles disseram, faltou ao autor de O Retrato de Dorian Gray dizer que o julgamento humano é muito marcado pelos símbolos de status carregados pelas pessoas.

O que poderia ser um desperdício de palavras para Wilde virou o ponto de partida dos cientistas comportamentais Rob M.A. Nelissen e Marijn H.C. Meijers, da Universidade de Tilburg, na Holanda. Para ir mais fundo nessa tese, eles organizaram uma série de experimentos para verificar em que medida a presença de um logotipo à mostra na roupa poderia influenciar as reações das pessoas. Os testes utilizaram modelos vestindo peças que ora ostentavam marcas de luxo, como Lacoste ou Ralph Lauren, ora traziam grifes menos prestigiadas e, por fim, não tinham nenhuma marca à vista.

Em um dos experimentos, voluntários assistiram a vídeos com várias versões da mesma entrevista de emprego. Embora a qualificação do candidato fosse a mesma, aquele que tinha a grife das roupas à mostra foi considerado o mais indicado para a vaga. Em seguida, os cientistas verificaram se essa tendência se mantinha no contato corpo a corpo. Colocaram então pessoas pedindo doações para a Fundação do Coração. “Alguns modelos vestiam uma camiseta polo Lacoste e outros uma camiseta polo sem logotipo. No final da tarde, os de Lacoste arrecadaram quase o dobro em relação aos seus colegas ‘sem marca’”, disse Meijers.

Segundo a hipótese dos cientistas holandeses, as raízes deste comportamento humano vêm de longe. São produto da competição natural, que leva os indivíduos a procurar elementos de diferenciação com o fim de impressionar os potenciais cônjuges.

O exemplo clássico utilizado pela biologia evolucionista para explicar esse mecanismo é a grandiosidade da cauda do pavão. Toda aquela exuberância existiria apenas para informar às fêmeas que o proprietário é, sim, muito saudável, tanto que pode despender tantos recursos em um apêndice sem função prática aparente. Para esses biólogos, a Humanidade usou a mesma estratégia ao longo do processo de seleção natural.

O curioso, dizem os pesquisadores, é que agora os seres humanos estariam aplicando em diversas situações essa técnica de aferição, que foi eficiente no passado para medir a saúde e a qualidade dos genes. Alguns estudiosos acreditam que esse “desvio” explicaria não só a preferência pelas grifes, mas também outros comportamentos baseados na troca de mensagens subliminares.

Oscar WildeEscritor irlandês (1854-1900), autor de clássicos como O Retrato de Dorian Gray, foi um dos expoentes da literatura do período vitoriano, no final do século 19. Por ser homossexual, foi preso e humilhado perante a sociedade

Imagem relacionada

– Luiz Flávio de Oliveira em Palmeiras x Corinthians. Mas veja só que interessante…

Para o  Derby que “quase não acabou” da final do Paulistão 2018, agora em 2019, apitará Luiz Flávio de Oliveira, o irmão de Paulo César de Oliveira.

Seria uma simples bobagem lembrar que LF não tem nem o mesmo estilo e nem a mesma má vontade de alguns torcedores de PC. Mas leia essa publicação de 2011, a respeito de 2010 no jogo do “Fala Muito” entre Tite e Felipão:

Quando comemorei 1 ano que “pendurei o apito”, fui convidado para participar do Programa “No Pique da Pan”, apresentado por Wanderley Nogueira na Rádio Jovem Pan. Naquela semana, jogariam no Pacaembu Corinthians x Palmeiras pela semifinal do Paulistão-2011. De um lado, Tite. Do outro, Felipão.

Na 4a feira que antecedia o jogo, Luiz Antonio Próspori publicou no extinto e saudoso Jornal da Tarde que Paulo César de Oliveira seria sorteado para apitar aquele Derby, a pedido de ambas equipes. E de fato foi! A presidência da FPF, na pessoa de Marco Polo Del Nero, negou qualquer pedido. A Comissão de Árbitros da FPF, através do Coronel Marinho, alegou coincidência. Nunca se provou nada.

Por ser um assunto efervescente, fui questionado pelo Wanderley naquela entrevista sobre tal escala, e disse mais ou menos assim: “Como o Palmeiras não gosta do PC, o Corinthians o pediu para apitar o jogo só para enervar o adversário. E o Palmeiras deve ter pedido o PC por crer que, com tantos jogos reclamados contra ele, ‘pagaria a dívida’ e na dúvida erraria a favor dele”. Lembro que nos bastidores eu disse que conhecendo o Paulo César, entraria em campo “mordido”, atento, vibrante. E que na primeira reclamação de qualquer treinador, ele expulsaria não importanto quem fosse. Não me esqueci que alguém (talvez o próprio Wanderley Nogueira) disse: “se acontecer isso mesmo, na segunda-feira o programa [Esporte em Discussão] vai ser uma fumaça”!

E o que aconteceu? Aos 26 minutos do 1o tempo Felipão foi expulso por reclamação e Tite o ironizou com o “Fala Muito, gesticulando com as mãos. Relembre em: https://wp.me/p4RTuC-2DQ.

Observação 1: Teremos fumaça na segunda-feira de novo, já que, apesar de não ser mais Tite e sim Carille, o ambiente está ruim entre as duas equipes e Felipão não vai querer perder o jogo por nada?

Observação 2: Dionísio Roberto Domingos, acusado pelo presidente Maurício Galliote de passar uma suposta informação externa, não estará em campo; nem José Henrique de Carvalho, o outro membro da Comissão de Arbitragem que foi DEMITIDO às vésperas das festas de final de ano, sem justificativa. Estarão Carlos Donizete Pianosqui como “treinador / assessor dos árbitros” e Ednilson Corona, da CEAF, avaliando a arbitragem. E para quem perguntou, Dionísio estará em Barueri, no Oeste x Novorizontino.

Em tempo: lembra que o “Fala Muito” virou camiseta?

tite-fala-muito-700

– A Lei que socorre as Mulheres em dias de Menstruação!

Coisas de um mundo moderno e contraditoriamente primitivo: no Nepal, as mulheres costumam ser colocadas em cabanas isoladas de suas famílias nos períodos de menstruação. O costume local diz que é sinal de desgraça e azar para os maridos e seus lares quando o sangramento ocorre.

Preocupado com certos abusos, as autoridades de lá promulgaram uma lei que proíbe tal prática, revoltando nepalêses mais retirados. Uma das justificativas de quem defende a solitária, abaixo:

Se uma mulher menstruada entra na casa, 3 coisas acontecem: um tigre aparece, a casa pega fogo e o chefe da família fica doente

A frase acima é de Funcho, morador do Nepal e reproduzida na Edição da Revista Veja de dias atrás (extraída do original no NYT), explicando os motivos do isolamento de mulheres menstruadas em seu lugarejo.

É esse o mundo do século XXI?

bomba.jpg

– Ainda sobre o “entrou ou não entrou”- Ilusão de Ótica ou Erro Crasso, parte 2

Tenho recebido muitas imagens e comentários sobre o lance de Olímpia 1×3 Rio Preto. Alguns achando um absurdo a confirmação do gol; outros, salvando a pele do juizão e especialmente do bandeira com vários argumentos.

Se você não viu o vídeo, assista-o com som em: https://pergunteaoarbitro.wordpress.com/2019/01/29/ilusao-de-otica-ou-erro-grosseiro/

Entretanto, vejo certa radicalidade de muita gente “sem espírito democrático”. Assim como é muito difícil dizer que a bola entrou com a câmera do meio de campo no vídeo do link, é proporcionalmente difícil ser taxativo numa opinião com essa imagem congelada (abaixo), com os pés do goleiro dentro do gol. 

Teria o goleiro “defendido um gol que já entrou?” Mas há a plena convicção de que a bola passou pelo ar TOTALMENTE a meta?

Dessa forma, insisto na repetição da dúvida feita desde a 1a postagem: Uma grande Ilusão de Ótica? Ou um Erro Absurdo?

Somente com a tecnologia do chip na bola isso seria resolvido. Mas recordo-me de um lance entre Corinthians x Linense no Pacaembu onde o árbitro Marcelo Rogério foi execrado num lance envolvendo o grandalhão Fabão e, dias depois, uma imagem perdida mostrou que ele foi o único que viu a realidade.

Chega de extremismos, pessoal.

Olímpia x Rio Preto

 

– E o Google Plus chega ao fim.

Estava muito na cara que o Google Plus não duraria muito, pois assim como o Google tem produtos e serviços de sucesso, tem também os que fracassam.

Depois do Orkut não ter dado certo (era uma rede social que conquistou apenas brasileiros e indianos), o Google o encerrou. Tentou criar, sem sucesso, o Google Wave e não deu certo. Por fim, investiu com muita força no Google Plus (G+) para rivalizar com o Facebook e foi um furo n’água.

Agora, a empresa global anuncia que não aceitará mais novos perfis a partir de fevereiro, retirando os conteúdos e perfis remanescentes em 02 de abril de 2019.

Eu usava o G+, mas depois do anúncio, já encerrei minha página lá. Pra quê investir nele se já esteja condenado oficialmente? Uma pena. Mas fica a questão: o Google desistiu de rivalizar com o Facebook numa rede social mundial, ou reinventará algo?

Resultado de imagem para Google Plus logo