– Análise da Arbitragem de Santos 1×0 Palmeiras

O jogo foi atípico: 2/3 apitado por Luís Flávio de Oliveira, que sentiu uma contusão, e 1/3 por Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, seu substituto imediato.

Vamos à participação de Luís Flávio: dentro do clima do jogo visto na Vila Belmiro, foi bem tecnicamente. Mas disciplinarmente, ao “pé-da-regra”, apenas razoável, sendo mais mediador do que árbitro em alguns momentos. Arbitragem que pode ser classificada como “cautelosa”, pois houve muito nhe-nhe-nhém na partida, com jogadores que não colaboraram dos dois lados e cartões poupados propositalmente, evitando que os atletas pendurados para a finalíssima levassem a advertência. Como previsto, Luiz Flávio conversou bastante.

Os dois lances mais difíceis para LF:

1) Pênalti marcado ao Santos: O escanteio vai ser cobrado, Ricardo Oliveira e Arouca estão se empurrando. Não se pode marcar nada pois a bola não está em jogo (apenas se pode dar advertência verbal). Cobrado o tiro de canto, Ricardo Oliveira corre para a pequena área e é puxado por Arouca. Aparentemente, o puxão na camisa não tem força suficiente para derrubar Ricardo Oliveira, mas por ser explícito e claramente ter a intenção de atrapalhar a tentativa de domínio do atacante, é infração. Dentro da área, pênalti. Lance infantil do defensor palmeirense, valorizado pelo atacante santista. Acertou Luís Flávio de Oliveira.

2) Pênalti não marcado ao Palmeiras: Lucas Barrios tem a oportunidade para chutar ao gol e há David Brás grudado nele. Quando se arma para chutar, perceba que já está desequilibrado, e é durante o desequilíbrio que há o contato do santista. Não foi por esse toque que Lucas caiu. Resta saber: caiu por ter se jogado intencionalmente ou se desequilibrou antes? Acertou também Luís Flávio de Oliveira.

Sobre a atuação de Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza: entrou descansado, com a faca entre os dentes! Mudou o critério disciplinar de Luís Flávio, aplicando os cartões necessários. Em especial, soube discernir a violência da falsa impressão de jogada viril devido aos escorregões. Somente um porém: Lucas Lima, após sofrer falta de Lucas, o provoca com a mão no rosto. Era lance para Cartão Amarelo, não aplicado. Na sequência, Lucas desforra com um pontapé, e recebe Cartão Vermelho corretamente. Se não houvesse essa falha do árbitro, Lucas Lima estaria fora do segundo jogo da final…

Duas observações derradeiras:

1- Lance triste da contusão de Gabriel de Jesus. O choro do jovem atleta por ter caído de mau jeito aos 30 segundos e ter que sair do jogo foi comovente. Quem trabalha com esporte e procura manter a saúde, sabe o que é perder tão bestamente uma oportunidade. Além do menino ser “boa praça”.

2- Parabéns ao desprendimento de Luís Flávio, nenhum árbitro quer sair durante um jogo, em especial numa final. LF não foi vaidoso em querer se manter em campo e para o bem da partida, sabendo da dificuldade em estar em cima das jogadas devido ao gramado pesado e chuva, procurou a substituição.

Ops: para quem tem dúvida no lance de Lucas Barrios, veja que ele TROPEÇOU na própria perna. Segue:

bomba.jpg

– Vitória do bem no Senado

E os “senhores Senadores” tentaram nessa noite “aliviar” a vida do líder da Presidente Dilma no Congresso, o Senador Delcídio Amaral, preso nesta manhã por, segundo a Polícia Federal, “provas robustas de corrupção”. Na verdade, manipulava ajuda para uma possível fuga de Nestor Cerveró, outro picareta envolvido no Petrolão, investigado pela Lava Jato. A ideia dos Senadores era conseguir sua libertação.

Por muita pressão pública, a votação foi aberta (o desejo dos políticos era que fosse fechada). Existindo a transparência, o placar foi 59 x 13 contra Delcídio.

Interessante: 13 senadores foram a favor desse corrupto. Portanto, comungam como ele. O defendem. Estariam eles também comprometidos e/ou com rabo preso?

Veja a lista de quem votou contra a prisão do primeiro Senador corrupto em exercício do mandato (curiosamente: a maioria do PT, número 13; causa indefensável…).

Clique aqui para a relação: Os59contra13doSENADO

bomba.jpg

– Dia Nacional do Doador de Sangue. Você costuma doar?

Hoje é Dia Nacional do Doador de Sangue. Já contei algumas vezes, sou doador voluntário apesar das minhas fobias com sangue e agulha. Porém, a satisfação em saber que ajudo alguém, sem nem conhecer quem receberá meu sangue, não tem preço.

Doe sangue, é algo que faz bem para o corpo e para a alma. Se eu que sou medroso costumo doar, por quê você não?

bomba.jpg

– Senador Delcídio Amaral foi preso!

A Operação Lava-Jato acabou de prender o líder do Governo da Presidente Dilma no Senado Federal, Delcídio Amaral!

Motivo: atrapalhar as investigações da PF. Mas segundo o jornalista Diogo Mainardi no “OAntagonista.com”:

O Senador Delcídio Amaral foi acusado pelo delator Fernando Baiano de ter recebido 1,5 milhão de reais de propina na negociação da compra de Pasadena [a refinaria superfaturada negociada pela Petrobrás nos EUA]. A compra de Pasadena vai implodir o PT, porque envolve todo o partido, sobretudo Lula e Dilma Rousseff.

Cenário mais claro do que isso para entender o que está acontecendo, impossível! Sérgio Moro está chegando…

bomba.jpg

– Camargo Correa vende Havaianas para a JBS

É sabido que depois dos escândalos envolvendo empreiteiras no Brasil, as construtoras passaram a ter dificuldades. Um caso desses é o da Camargo Correa: recentemente vendeu a Topper e a Rainha; agora, vendeu a Alpargatas, de tantas marcas importantes e, em especial, das Havaianas.

O valor do negócio? Cerca de R$ 2,66 bilhões, pagos pela JBS, frigorífico dono da Seara, Bertin e de tantos outros negócios importantes.

Abaixo, extraído do G1:

CAMARGO CORREA VENDE CONTROLE DA ALPARGATAS PARA DONA DA JBS

A Camargo Corrêa vendeu o controle da Alpargatas, dona de marcas como Havaianas, Osklen, Mizuno, Timberland e Dupé, para a J&F Investimentos, dona da JBS, segundo informa comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta segunda-feira (23).

O valor total da operação é de R$ 2,66 bilhões, sendo R$ 12,85 o valor atribuído por ação. A forma de pagamento do preço será à vista, em moeda corrente nacional, na data do fechamento.

De acordo com o comunicado, a operação ainda está sujeita à aprovação prévia do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), “bem como à condição resolutiva de lançamento de uma Oferta Pública de Aquisição de Ações pela J&F”.

A companhia que comprou a Alpargatas disse, ainda no mesmo comunicado, que o objetivo da operação é a “diversificação do portfólio de negócios investidos pela J&F”. Uma das principais empresas controladas pelo grupo, a JBS, atua com processamento de carne e tem como principais marcas a Friboi e a Swift. Outra delas é a Vigor, que fabrica produtos lácteos.

A empresa afirmou ainda que não tem intenção de, dentro do prazo de um ano, cancelar o registro de companhia aberta da Alpargatas.

Perto das 13h30, as ações da Alpargatas, que não fazem parte do principal índice de ações da Bovespa, recuavam 7,21%, revertendo os ganhos da abertura, conforme agentes financeiros analisavam a venda da participação de controle. O papel havia subido quase 45% desde 5 de outubro, quando a Camargo Corrêa afirmou que analisava oportunidades para a Alpargatas. A ação ON da Alpargatas, por sua vez, subia mais de 2%, mas com número baixo de negócios.

OUTRA VENDA

No início de novembro, a Alpargatas anunciou um acordo para vender as marcas de calçados esportivos Rainha e Topper no Brasil para um grupo de investidores liderados pelo empresário Carlos Wizard por R$ 48,7 milhões. A operação não inclui ativos industriais vinculados às marcas.

O acordo também inclui venda da marca Rainha no mundo e 20% da Topper na Argentina e no mundo, com exceção de Estados Unidos e China, onde a marca será licenciada por 15 anos aos compradores.

bomba.jpg

– Quem é Bumlai, o amigo do Lula que está em cana!

Pecuarista, empresário, lobbysta e… suspeito de vários crimes de corrupção na Operação Lava-Jato! Este é José Carlos Bumlai, preso ontem pela Polícia Federal. Mais um aproveitador dos cofres nacionais, se não fosse um detalhe: amigo pessoal do ex-presidente Lula!

Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula, admitiu que Bumlai tinha grande intimidade com o ex-chefe da nação.

Lula, ao saber da prisão do “amigo do peito”, resolveu ironizar dizendo que a Lava Jato queria ele próprio.

Parece que a verdade está chegando perto…

bomba.jpg

– O processo de “io-ionização” dos clubes de futebol

Eu sou do tempo em que havia sempre os mesmos times no Campeonato Brasileiro e Paulista. Alguns subiam e caiam de divisão com facilidade: a Portuguesa Santista, o Juventus ou o América de Rio Preto eram assim no Estadual. Náutico e Bahia idem no Nacional.

De repente… Portuguesa e Guarani começaram a cair-subir; cair-subir e… somente a cair! Passaram de times “io-iô” para times de divisões inferiores.

Recentemente, o Vasco da Gama e o Botafogo (com o Palmeiras no limite) passaram por essa fragilidade na perenidade da Série A. E tal fato traz o questionamento: o grandioso Time da Colina, de história maravilhosa, se cair pela 3a vez em 8 anos, estará definitivamente se apequenando? O Botafogo, subindo para a Série A, será para ficar?

Claro que os prejuízos financeiros e morais são grandes para quem cai de divisão. O desgosto do torcedor, maior! Mas a “io-ionização” de alguns clubes (como o próprio Vasco) traz questionamentos sobre o futuro!

bomba.jpg

– Ganhando o meio-campo!

Os memes que surgem na Internet sobre futebol podem ser bem didáticos. Este, abaixo, relativo ao clássico Real Madrid 0x4 Barcelona, mostra perfeitamente como “ganhar o meio-campo” pode ser fatal.

A foto, verdadeira (não é montagem), mostra como o treinador madrilenho Rafa Benítez perdeu o jogo deixando os craques do Barça jogarem a vontade.  

– Análise Pré-Jogo para a Arbitragem de Santos x Palmeiras – Final da Copa do Brasil

Para a primeira partida da final da Copa do Brasil 2015, apitará o paulista Luiz Flávio de Oliveira.

Bom árbitro escolhido por sorteio?

Sim, bom nome pelos árbitros que se tem no quadro na atual geração. Mas há algumas coisas interessantes a serem discutidas. Vamos a elas?

1- LF leva o estigma do sobrenome Oliveira, tão repudiado por santistas e palmeirenses devido ao histórico de discussões marcadas na carreira de seu irmão Paulo César (algumas críticas justas, outras não). O problema sempre foi: a comparação!

2- Paulo deixava o jogo, no auge da carreira, fluir muito mais. Quando viu o sonho de apitar a Copa do Mundo se desmanchar, tornou-se comum. Luiz paralisa mais as partidas, tenta controlar o jogo marcando as faltas mais leves.

3- PC ouvia as queixas dos atletas, que entravam por um ouvido e saíam pelo outro. LF as ouve, filtra e dá satisfação aos jogadores.

4- PC e LF, se comparados, são iguais na condição tecnico-física, mas opostos nas disciplinar.

E isso é bom para quem?

Avalie você mesmo: para um time de jogo truncado, com mais reclamações e onde a bola não rola tanto (pela condição ou tamanho do gramado), Luiz Flávio é melhor. Assim, seu estilo não se encaixa para equipes velozes e que jogam mais para o ataque.

Trocando em miúdos: em tese, teoricamente, para o Palmeiras, time mais marcador, que toca a bola mais de lado e possui jogadores que falam muito e estão pilhados, LF é uma boa pedida.

Se eu fosse dirigente do Santos, torceria para que a bolinha sorteada (pelo estilo de arbitragem, não por pressão, afinidade ou qualquer bobagem que o valha) fosse de: Vuaden, Daronco, Claus – que gostam do jogo mais corrido e não permitem reclamações.

E se eu fosse dirigente do Palmeiras, torceria para árbitros como: Luiz Flávio, Ricardo Marques Ribeiro, Péricles Bassols e Wilton Sampaio – árbitros que “picam mais o jogo”, aceitam conversa e não tão rigorosos disciplinarmente.

Claro, tudo isso pensando no jogo sendo na Vila Belmiro, pelas suas características próprias.

Tenho certeza que se a final fosse em 3 jogos e Sérgio Correa da Silva, o chefe dos árbitros, pudesse escolher 3 árbitros por pura indicação, escalaria: Dewson Freitas-PA (jogo 1) e Anderson Daronco-RS (jogo 2), escalados à exaustão e apostas que ele faz, dando a finalíssima a Ricardo Marques Ribeiro, que mesmo com tantos erros no Brasileirão é prestigiado – sendo ele o nome trabalhado hoje pela CBF para a Copa do Mundo de 2018 na Rússia.

Espero que Luiz Flávio faça uma grande partida; afinal, está maculado pelo erro bisonho de um “pênalti de queimada”, daqueles da “Regra 12B”, no jogo Corinthians x Sport pelo Brasileirão. É a oportunidade para mostrar que superou o equívoco!

Aliás, tomara que não tenhamos tais lances polêmicos de mão na bola e bola na mão; e se ocorrerem, que se aplique a Regra da FIFA, não a da CBF.

Em tempo:

1- Luiz Flávio precisa de mais exposição em jogos internacionais. Sendo FIFA e com 38 anos, está pouquíssimo aproveitado fora do país.

2- Os bandeiras Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Van Gassen são incontestáveis hoje. Eu os escalaria tanto nos jogos de ida e de volta.

bomba.jpg

– Verde Goaibeira para constratar com o Céu Nublado!

E o céu colorido das 06h​, postado agora há pouco, foi-se embora logo às 7h… Sobrou apenas o verde da goiabeira para contrastar com o cinza da manhã nublada!
Não tem problema: nem isso tirará o bom humor. A não ser que as goiabas maduras tenham bicho…
Vale a piadinha, tão batida mas simpática! 

– Ótima 4a feira, de céu colorido e muita inspiração!

Amanhecer de 4a feira sem sol mas com cores incríveis! Céu colorido espantando as nuvens de chuva, anunciando que será um bom dia a todos.

Click das 06h do bairro Medeiros (Jundiaí-SP)

bomba.jpg