– Os Profetas na Bíblia e no Dia-a-Dia; a Missão de “Ser Profeta” na Vida do Jovem na Sociedade

Neste sábado, mais um tema bacana que discutiremos nos nossos encontros semanais da Catequese do Crisma.

Hoje, os Profetas. Abaixo:

OS PROFETAS DA BÍBLIA

A palavra profeta não quer dizer vidente, mas sim entendido em determinado assunto. Nos dias atuais, temos profetas da economia, profetas da política, que são chamados comentaristas ou analistas.

Quem seriam eles no seu dia-a-dia?

Hoje falaremos de profetas religiosos!

Profetizar, aqui, não se trata de revelar o futuro, mas de transmitir o que o Senhor nos fala. O profeta é um instrumento de Deus para falar aos homens. Nós somos esses profetas. Você é um profeta de Deus dentro da sua casa, na sua comunidade, porque eles precisam saber dessa “colheita” que se aproxima. Talvez na sua casa ou na sua comunidade você seja o único que esteja abrindo o coração ao Senhor. Não que você seja melhor que os outros, mas o Senhor fez de você sal para levar Jesus e o Espírito Santo a cada pessoa da sua família e comunidade. Essa é a receita para que você e sua casa sirvam ao Senhor: Pedir o Espírito Santo sobre todos da nossa casa, trabalho, grupo de oração, escola, país, mundo.

Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos.

Profecia é um relato, muitas vezes com conotação religiosa, no qual se prevê acontecimentos futuros. A previsão profética pode surgir por visões, sonhos ou até mesmo encontros com um ser sobrenatural, sendo muitas vezes considerados como mensagens divinas. Aqueles que obtêm as revelações são, muitas vezes, chamados de profetas.

Você já passou por alguma experiência como a citada acima?

Profeta, portanto, não é aquele que adivinha o futuro, e sim, aquele através de quem Deus fala

Na Bíblia, vemos inúmeros livros de Profetas. Vamos conhecer os principais?

1- PROFETAS ANTERIORES (ANTIGO TESTAMENTO):

Livro de Josué

Trata-se de um livro muito bonito que relata a conquista da terra prometida, a partilha do território e o fim da carreira de Josué, que tem o mesmo nome de Jesus. Passa o rio Jordão e entra na Terra Prometida. Após a entrada não mais tiveram o Maná. Tomada de Jericó por intervenção de Deus (Graça de Deus). Jos 1,6-9

Livro dos Juízes

São 6 os Juízes maiores: Otoniel, Aod, Barac, Débora, Gedeão,  Jefté e
Sansão. E os menores, Samgou, Tolo, Jair, Abesão, Elou, Abdou.

São heróis libertadores e recebem de Deus um carisma especial O livro ensina que a opressão é um castigo da impiedade e que a vitória é conseqüência do retorno de Deus. Os Juízes menores eram governantes de Israel.

Livros I e II Samuel

Relatam a história do povo, que vai da monarquia israelita ao fim do reinado de Davi. Narra a vocação de Samuel. A chamada de Davi para ser rei, suas desavenças com Saul. A história de Davi e as lutas em torno da sucessão do trono.

Nele tem o cântico a Ana ( I Samuel 2,1-10) – de onde surgiu o Magnificant que Maria fala em Lc 1,46-56.

No II Samuel, conta a história de Davi e Betsabéia. Do pecado de Davi – como todo pecado não é só uma violação de uma lei moral ou social mas, antes de tudo uma ruptura de uma relação pessoal entre o homem e Deus.

Livros I e II Reis

Continuação do livro de Samuel. Fala do reinado de Salomão, sua sabedoria e o esplendor de suas construções. Especialmente o templo de Jerusalém. Ao morrer Salomão, em 931 a.C. , o reinado se divide: Israel e Judá. Fala da destruição de Jerusalém no ano 587 a.C. e fala de 2 reis – Ezequias e Josias. Marcado pelo ressurgimento nacional e uma reforma religiosa. Invasão de Nabucodonosor e o exílio. Fala de Elias e Eliseu.

2- PROFETAS POSTERIORES MAIORES (ANTIGO TESTAMENTO):

Isaias

Livro escrito por Isaias e seus discípulos. Recebeu no templo de Jerusalém sua vocação profética: a missão de anunciar a ruína de Israel e Judá, em castigo das infidelidades do povo.

Isaias exerceu o ministério durante 40 anos. É um poeta genial. Sua grandeza é sobretudo religiosa. É o profeta da fé. É o maior dos profetas messiânicos.

Vale a pena citar alguns trechos de Isaías, que viveu 600 anos antes do nascimento de Jesus Cristo e disse coisas que se revelaram posteriormente, como Isaías 7, 14, e também conselhos ao povo, como Isaías 59, 1-15.

Jeremias

I Século após a morte de Jeremias, sua vida é relatada neste livro, e de todos os profetas é o que mais se pode conhecer dele. Chamado muito jovem, viveu o período trágico em que se preparou e consumou a ruína de Jerusalém, que é tomada e incendiada. Jeremias prega, anunciando a ruína e advertindo os reis que sucederam Davi. Tinha uma alma terna, feita para amar e seu drama é ter sido enviado para arrancar e destruir, para exterminar e demolir. Fala como Jó: “maldito o dia em que nasci” (Jó 3,3).

Ezequiel

Livro muito bem ordenado. Exerceu sua atividade no meio dos exilados da Babilônia, entre 593 e 571 a.C. Ezequiel é um sacerdote e o Templo é a sua preocupação principal. É o homem das visões. Dá origem à corrente apocalíptica. O apocalipse de São João sofreu a sua influência.

Daniel

Mais recente escrito profético, entre 167 e 164 a.C. Tem trechos lindíssimos: o cântico dos três jovens (Dn 3,24-90), Daniel na cova dos leões (Dn 6,17-25), a história de Suzana (Dn 13), a história de Bel e da Serpente Sagrada (Dn 14). Este livro destina-se a sustentar a fé e a esperança dos judeus perseguidos por Antioco Epifanes.

3 – PROFETAS POSTERIORES MENORES (ANTIGO TESTAMENTO):

Amós

Pastor, fala com o homem do campo. Prega no reinado de Jereboão. Fala sobre ricos e pobres.

Oséias

Contemporâneo de Amós, período de corrupção religiosa e moral (mulher adultera, povo adúltero). Fala sobre oração, perdão (Deus perdoa)

Miquéias

Origem camponesa, usa uma linguagem dura, fala sobre o Messias (Mq 6,8) e no NT em Mt 2,6.

Sofonias

Profetizou no tempo de Josias contra a moda estrangeira e culto a falsos deuses. Anuncia o dia de Javé.

Naum

Ruína de Nínive. É um dos grandes poetas de Israel.

Habacuc

O justo viverá por sua fidelidade (a pérola deste livro), que São Paulo via inserir na sua doutrina de fé (Rm 1,17 e Gl 3,11)

Ageu

Último período profético posterior ao exílio. Antes do exílio a palavra era castigo. Durante o exílio, consolação. Agora é restauração.

Zacarias

Fala da reconstrução do templo. Doutrina messiânica (ver Mt 21, 4-5 e 27,9)

Malaquias

Fala do Dia de Javé, que purifica os membros do sacerdócio.

Abdias

Livro mais curto. Grito de vingança, de espírito nacionalista.

Joel

Fala do dia de Javé. Inaugura os tempos escatológicos. A pessoa pode ser salva pela penitência e oração. Efusão do espírito profético.

São Pedro cita nos Atos dos Apóstolos (At 2,16-21 – Profeta de Pentecostes).

Jonas

Está a um passo do N.T. Deus não só dos judeus mas também dos pagãos. Há um só Deus. A permanência no Sepulcro é lembrada como uma analogia a de Jonas no ventre da baleia.

4 – OUTROS PROFETAS: Elias, Eliseu: muito importantes na história do povo judeu.

5- ALGUMAS PROFESTISAS: Débora, Hulda (2Rs 22.14-20) Miriã.

6- PROFETAS DO NOVO TESTAMENTO:

João Batista

Primo de segundo grau de Jesus, filho de Isabel, é quem batiza Jesus com água.

(Vide Lucas 3, 1- 20 e Mateus 3, 13- 17).

Você já tinha ouvido falar sobre alguns desses profetas?

O que você sabe sobre eles?

E Hoje?

São Francisco de Assis não age como um profeta? Veja se a sua famosa oração não é inspirada por Deus e tem características de missionários e profetas:

Oração de São Francisco de Assis

Senhor: Fazei de mim um instrumento de vossa Paz.

Onde houver Ódio, que eu leve o Amor,

Onde houver Ofensa, que eu leve o Perdão.

Onde houver Discórdia, que eu leve a União.

Onde houver Dúvida, que eu leve a .

Onde houver Erro, que eu leve a Verdade.

Onde houver Desespero, que eu leve a Esperança.

Onde houver Tristeza, que eu leve a Alegria.

Onde houver Trevas, que eu leve a Luz!

Ó Mestre,

fazei que eu procure mais:

consolar, que ser consolado;

compreender, que ser compreendido;

amar, que ser amado.

Pois é dando, que se recebe.

Perdoando, que se é perdoado e

é morrendo, que se vive para a vida eterna!

Amém

Vamos refletir e responder a algumas perguntas?

1. Existem profetas hoje?

2. Como o profeta sabe que Deus manda falar isto ou aquilo?

3. Como nasce sua vocação?

4. Como distinguir o falso de verdadeiro profeta?

5. Qual a sua missão?

6. Como ele atua?

7. Existe algum profeta na minha vida?

8. Consigo perceber uma mensagem nos acontecimentos da minha própria vida?

9. Será que posso ser profeta para alguém?

(Referências: Canção Nova, Catecismo da Igreja Católica, Bíblia Sagrada e Catequese de Adultos do santuário do Divino Espírito Santo)