– Extintor ABC se tornou artigo raro

E o martírio que tem sido encontrar um Extintor ABC para substituir o antigo BC?

O que aconteceu foi o seguinte: o Conselho Nacional de Trânsito (Contran) decretou que os veículos deveriam ter como equipamento de segurança o citado extintor “mais completo”. A medida é a de número 333 de 06 de novembro de 2009, e previa que a partir de 01 de janeiro de 2015 todos os extintores antigos fossem trocados.

Acontece que os carros fabricados a partir de 2005 já saiam de fábrica com o extintor ABC, por outra medida do Contran (de 2004). E quem possuía carros de 2004 para baixo, não se importou ou nem soube da mudança da lei.

Por 6 anos a lei foi “esquecida”, até que, próximo do limite do prazo, começou a correria pela troca.

Agora, poucos comércios têm estoque do produto, não houve uma campanha sobre o assunto e a confusão ficou instaurada.

A propósito: seu extintor está em ordem? Cuidado com a multa salgada: R$ 127,69 e 5 pontos na carteira de motorista.

Resumindo: vá até o seu carro e verifique qual é o seu extintor. Vai que já é ABC e você está se preocupando à toa.

\bomba.jpg

– 100 anos de um medalhista anão: Joe de Pietro

Para ser campeão, não precisa ter tamanho. Quer uma prova?

Joe de Pietro levou a Medalha de Ouro no Levantamento de Peso nas Olimpíadas de Londres de 1948. Ele levantou 307,5 kg. Detalhe: media 1,40 m… E se hoje fosse vivo, faria seu 100o aniversário!

Veja a foto:

Extraído de: http://www.esportefino.net/joe-de-pietro-um-improvavel-campeao-olimpico/

JOE DE PIETRO, UM IMPROVÁVEL CAMPEÃO

Daí você pensa em um campeão olímpico e imediatamente imagina um sujeito alto e musculoso ou magro e com físico bem cuidado ou então gordo e forte, como um judoca da categoria salve-se quem puder. Joe De Pietro não era nada disso. O americano foi campeão olímpico no levantamento de peso nos Jogos de Londres 1948. E tinha 1m40 de altura. Era um anão.

Na categoria até 56 quilos, De Pietro, campeão mundial em 1947, encerrou a competição com 307,5 quilos, contra 297,5 quilos do britânico Julian Creus, medalhista de prata. O americano Richard Tom completou o pódio (295 quilos).

De Pietro morreu em 1999, aos 84 anos.

– Simplicidade da Vida

Certas coisas não custam nenhum valor financeiro, mas são eternamente prazerosas.

Ao ver meu pai brincando com minha filha, me sinto duplamente feliz: a alegria do vovô com a netinha se divertindo com a mais pura e sincera naturalidade me deixa orgulhoso como pai e satisfeito como filho.

#alegria. 

São coisas assim, simples e desinteressadas, que fazem bem para a alma.

bomba.jpg